Autor Tópico: Gasolina low cost, um pequenos teste...  (Lida 2961 vezes)

Offline Mercurio

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Out 2013
  • Mensagens: 871
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Xmax 300
Gasolina low cost, um pequenos teste...
« em: 27 de Maio de 2023, 11:19 »
Como tenho muitas velas novas em casa, resolvi fazer um teste ao combustível que uso. Um teste longo e aborrecido mas que do qual poderia eventualmente tirar conclusões.
As velas das fotos andaram todas exactamente 10 mil kms no motor.




Esta primeira saiu como nova. Distância entre eléctrodos perfeita, sem resíduos nem depósitos de carbono. É a vela standard da Xmax.
Usei sempre gasolina da "cara", nomeadamente BP 98, Shell Vpower e Galp Evologic, quer 95 quer 98.



Esta segunda é a vela de Iridium foi usada exactamente nas mesmas circunstancias. Não notei qualquer incremento de potência, facilidade de arranque  ou diminuição de consumo.
Volto a dizer, a única vantagem destas velas é a longevidade. No caso da Xmax mudar uma vela é trabalho para 5 minutos e está ao alcance de qualquer pessoa.
A diferença de preço não justifica esta escolha.





 



Estas duas ultimas fotos são da mesma velas. Os mesmos 10 mil km, os mesmos percursos, a mesma condução.
A única diferença é que usei exclusivamente gasolina low cost, umas vezes 95 outras 98.
Enfim, que posso dizer? Pessoalmente fiquei admirado com o estado da vela. muito mais desgastada que o normal e com muitos residuos nos polos.
A boa noticia que que depois de voltar à gasolina "cara" voltou tudo ao normal.
A vela que saiu hoje vinha impecável com cerca de 7 mil km.
Talvez seja boa política ir alternando entre combustiveis e usufruir periodicamente dos efeitos de limpeza que as gasolinas aditivas aparentemente têm.
 
« Última modificação: 27 de Maio de 2023, 11:22 por Mercurio »

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #1 em: 27 de Maio de 2023, 11:58 »
Conclusão do estudo: tens que mudar de mota porque dá cabo das velas

PS não recomendo o uso de Linic no combustível porque pode precipitar a caspa
« Última modificação: 27 de Maio de 2023, 12:00 por moto2cool »
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline Lourenço

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2018
  • Mensagens: 111
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: SilenceS01
  • Modelo: Honda SH125
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #2 em: 27 de Maio de 2023, 12:24 »
Obrigado pela partilha.

Verifiquei algo semelhante num antigo seis cilindros com gasolinas aditivadas de marca ou com um bom aditivo a colocar no depósito.
A diferença em alguns milhares de quilómetros era notória em relação ás gasolinas simples apesar de termos verificado que existem aditivadas com efeitos diferentes entre elas e que se manifestavam não só nas velas como no óleo e no sistema pós combustão.

As 98 nunca melhoraram nada, pelo menos constatado.

Este motor hoje tem 636 000 quilómetros, roda pouco atualmente, mas a partir dos 260 000, momento em que foi intervencionado preventivamente, nunca utilizou gasolinas simples e nas manutenções é visível a diferença.

Em relação aos aditivos de depósito também há por aí banha da cobra ou pouco eficazes ou mesmo agressivos sobretudo se mal doseados e de acordo com algumas opiniões unânimes de alguns colegas proprietários de algumas antiguidades fósseis que foram adquirindo resultados ao longo de centenas de milhares de quilómetros, em caso de dúvida em relação aos aditivos a opção por aditivada de bomba de marca conhecida é preferível, se possível alternando entre algumas marcas porque isto dos aditivos parece não ser uma ciência exata e uma gasolina com um leque completo de aditivos multifuncionais seria comercialmente inviável, bem mais cara que a mais cara das BPs.

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 4365
  • Localidade: sintra-cascais
  • Mebro nº 5131
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #3 em: 27 de Maio de 2023, 13:26 »
Como tenho muitas velas novas em casa, resolvi fazer um teste ao combustível que uso. Um teste longo e aborrecido mas que do qual poderia eventualmente tirar conclusões.
As velas das fotos andaram todas exactamente 10 mil kms no motor.




Esta primeira saiu como nova. Distância entre eléctrodos perfeita, sem resíduos nem depósitos de carbono. É a vela standard da Xmax.
Usei sempre gasolina da "cara", nomeadamente BP 98, Shell Vpower e Galp Evologic, quer 95 quer 98.



Esta segunda é a vela de Iridium foi usada exactamente nas mesmas circunstancias. Não notei qualquer incremento de potência, facilidade de arranque  ou diminuição de consumo.
Volto a dizer, a única vantagem destas velas é a longevidade. No caso da Xmax mudar uma vela é trabalho para 5 minutos e está ao alcance de qualquer pessoa.
A diferença de preço não justifica esta escolha.





 



Estas duas ultimas fotos são da mesma velas. Os mesmos 10 mil km, os mesmos percursos, a mesma condução.
A única diferença é que usei exclusivamente gasolina low cost, umas vezes 95 outras 98.
Enfim, que posso dizer? Pessoalmente fiquei admirado com o estado da vela. muito mais desgastada que o normal e com muitos residuos nos polos.
A boa noticia que que depois de voltar à gasolina "cara" voltou tudo ao normal.
A vela que saiu hoje vinha impecável com cerca de 7 mil km.
Talvez seja boa política ir alternando entre combustiveis e usufruir periodicamente dos efeitos de limpeza que as gasolinas aditivas aparentemente têm.
Boa partilha,ideal para se mostrar a muitos incrédulos.
Foi algo que ainda aprendi na curta passagem pela area das duas rodas,evitar ao  maximo os combustíveis simples e vi em primeira mão o que tambem pode acontecer a injetores entre outros.
Na minha xmax as velas sempre sairam com bom aspecto nas trocas aos 20.000km
Era um bom tema para video
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline Xquim

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 665
  • Localidade: P.de Santa Iria
  • Membro CPM.4060
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman 650 Executive
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #4 em: 28 de Maio de 2023, 12:00 »
Excelente trabalho.
Obrigado  pela partilha.
(Esperemos que não haja revendedores low cost aqui no fórum)  _lol_ _lol_ _lol_
Se ouvires "apitar"é o XQUIM a cumprimentar!*
Downtown 125--08/2012--Jul2015--38.000 Km
Downtown 300I-ABS --08/07/2015..0km13/03/2018..27800Km.
Suzuki Burgman 650Euro4-16/03/2018--0Km....

Offline piedade

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Nov 2013
  • Mensagens: 707
  • Localidade: Odivelas
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC750X
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #5 em: 28 de Maio de 2023, 20:01 »
Que brutalidade. Se fosse na net dizia que estas velas não vinham todas do mesmo motor.

Obrigado pela partilha  _pol_ _pol_ _pol_

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #6 em: 06 de Junho de 2023, 08:07 »


A boa noticia que que depois de voltar à gasolina "cara" voltou tudo ao normal.
A vela que saiu hoje vinha impecável com cerca de 7 mil km.
Talvez seja boa política ir alternando entre combustiveis e usufruir periodicamente dos efeitos de limpeza que as gasolinas aditivas aparentemente têm.
 

Na altura não valorizei como devia, mas ficou cá a roer :) 
A opinião do companheiro pode ter toda a importância para juntar estes dois mundos, os que acham que as premium é marketing e os que acham que as low cost vão dar problemas mais cedo ou mais tarde.
Aparentemente podem existir bons resultados se usarmos as low cost ( poupança) e periodicamente fizermos uns ciclos com premium para limpeza. Assim ficamos com o melhor dos dois mundos.
O que o mundo CPM acha desta terceira via?
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 4365
  • Localidade: sintra-cascais
  • Mebro nº 5131
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #7 em: 06 de Junho de 2023, 09:10 »
Na altura não valorizei como devia, mas ficou cá a roer :) 
A opinião do companheiro pode ter toda a importância para juntar estes dois mundos, os que acham que as premium é marketing e os que acham que as low cost vão dar problemas mais cedo ou mais tarde.
Aparentemente podem existir bons resultados se usarmos as low cost ( poupança) e periodicamente fizermos uns ciclos com premium para limpeza. Assim ficamos com o melhor dos dois mundos.
O que o mundo CPM acha desta terceira via?
Pois,nao sei...
Sei que o custo de limpar e voltar a colocar em ordem todo sistema de injecção e admissão num motor cp2 da yamaha são cerca de 300€ ,com provas dos vestígios deixados por combustível de fraca qualidade  ,isto vi em primeira mão em ambiente de oficina, agora cabe a cada um querer algo da maquina ou simplesmente andar
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 5326
  • Localidade: sintra
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #8 em: 06 de Junho de 2023, 09:47 »
Eu já usei lowcost ,mas sinceramente a máquina fica melhor entregue a um combustível premium, neste momento uso Repsol aditivada e as vantagens são evidentes, pega melhor, mais força, já fiz a experiência de forma alongada e o meu voto vai para as premium.
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline SARider

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2021
  • Mensagens: 196
  • Localidade: Sintra
  • "Ride Free, Ride Safe!"
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: N-Max 125
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #9 em: 06 de Junho de 2023, 21:30 »
E a opção low cost aditivada?
Yamaha N-Max 125
V-Strom650XT

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #10 em: 06 de Junho de 2023, 22:19 »
E a opção low cost aditivada?
Como a Prio?
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 4365
  • Localidade: sintra-cascais
  • Mebro nº 5131
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #11 em: 07 de Junho de 2023, 08:07 »
Com essa gasolina tive um episódio que nao gostei e desde então nunca mais a usei
Num domingo,ao final do dia,tinha de ir e vir a Portimão levar algo a uma pessoa,decidi ir no carro da patroa pois só anda nas voltinhas,alem de que gasta pouco,um vw up ,tinha pouco mais de meio depósito logo naquele carro teria de dar para a A2 toda mas bastou começar a puxar que quase vi o ponteiro do indicador a descer ,nao fez a A2,tive de colocar mais 20€ na galp,onde se começou a notar a diferença, os 20€ deu para continuar na mesma velocidade, sair da A2 e chegar a Portimão onde depois atestei com cepsa,voltei a casa ja depois da meia noite e a mulher andou mais o resto da semana com o mesmo depósito, pouco depois fiz a revisão anual,mudei velas e estavam como umas duma imagem que o companheiro mercurio mostrou,velas bosch com 40.000 km onde sao para mudar de 60 em 60.000 e eu normalmente mudo de 50 em 50.000.
Resumindo, o carro gasta mais,os resíduos deixados também são mais com gasolinas "fracas"
Na xmax 300 as duas mudas de velas de 20 em 20000km as mesmas saem com muito bom aspeto ainda ,sem resíduos  nem desgaste anormal, atenção que até Dezembro passado so andou com 98 e atualmente é mais 95 aditivada.
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline Mercurio

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Out 2013
  • Mensagens: 871
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Xmax 300
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #12 em: 07 de Junho de 2023, 12:39 »
Na Prio meti uma vez, não correu bem.
Talvez pela arquitetura do motor, V2 1900cc, custava mais a pegar.
Assim que voltei à gasolina "cara" já pegava como sempre.
Enfim, vale o que vale, cada um escolhe por si.
Mas informações fundadas ajudam sempre a escolher.

Offline SARider

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2021
  • Mensagens: 196
  • Localidade: Sintra
  • "Ride Free, Ride Safe!"
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: N-Max 125
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #13 em: 07 de Junho de 2023, 13:29 »
Como a Prio?

 A Prio, pelo menos na minha área de residência não pratica os preços mais baixos. Além disso e em especial no diesel,  é notória a diferença para pior, ou então é mesmo o meu carro que é esquisito...  _Rolley_
 
 O posto do Intermarche tem tanto 95 adictivada como Diesel aditivado. Nos últimos abastecimentos que fiz, sinceramente não noto diferença para a GALP, que é o que normalmente uso. Em termos de performance não noto diferença, mas claro que é sempre subjectivo. Em termos de consumo, posso garantir que é igual, e é um facto, pois tenho o registo de todos os abastecimentos.
 
 
 
Yamaha N-Max 125
V-Strom650XT

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 5326
  • Localidade: sintra
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #14 em: 07 de Junho de 2023, 16:47 »
Na Prio meti uma vez, não correu bem.
Talvez pela arquitetura do motor, V2 1900cc, custava mais a pegar.
Assim que voltei à gasolina "cara" já pegava como sempre.
Enfim, vale o que vale, cada um escolhe por si.
Mas informações fundadas ajudam sempre a escolher.

Mercúrio,notei precisamente a mesma coisa...
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #15 em: 07 de Junho de 2023, 17:51 »
A Prio fica a 700 metros da minha casa, tem a gasolina mais barata ( gasolina top aditivada) ( excepto a marca branca Auchan) e a minha mota tem Prio desde que nasceu, para já não tive problemas até hoje.
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline SARider

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2021
  • Mensagens: 196
  • Localidade: Sintra
  • "Ride Free, Ride Safe!"
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: N-Max 125
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #16 em: 08 de Junho de 2023, 11:06 »
A Prio fica a 700 metros da minha casa, tem a gasolina mais barata ( gasolina top aditivada) ( excepto a marca branca Auchan) e a minha mota tem Prio desde que nasceu, para já não tive problemas até hoje.

 Ok, "MAS"  com a V-Strom... Isso não conta!
 _careta_
Yamaha N-Max 125
V-Strom650XT

Offline Paulo Silveiro

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1893
  • Localidade: Oeste
  • on two wheels until the end
  • Marca: Yamaha/Ves
  • Modelo: Tracer7/GTS300
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #17 em: 09 de Junho de 2023, 09:56 »
A Prio fica a 700 metros da minha casa, tem a gasolina mais barata ( gasolina top aditivada) ( excepto a marca branca Auchan) e a minha mota tem Prio desde que nasceu, para já não tive problemas até hoje.

O meu dissel , anda também a Prio e zero  problemas. As motas vou variando. Não considero a Prio low cost (só no preço), afinal tem  uma rede  nacional de bombas  e uma gama  alargada de produtos. É muito difícil tirar conclusões da utilização de combustíveis, as variáveis são tantas que é impossível ter duas situações iguais para fazer um teste credível. Só num laboratório com ambiente controlado ( temperatura, ausência de vento, pressão atmosférica, etc) seria possível ter conclusões científicas.
Honda PCX - Maio/2013 a Outubro 2014
XMAX - Outubro 2014 a Novembro de 2015
Tmax - Novembro de 2015 a junho de 2022;Yamaha D'elight 110 - 2016;Vespa Primavera 125 - Julho de 2018 a julho de 2022
Tracer 7  julho2022; Vespa 300GTS julho 2022

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 5326
  • Localidade: sintra
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #18 em: 09 de Junho de 2023, 10:42 »
Eu no carro utilizei ainda bastante tempo e não notei que fizesse mal ,noto é que com o Repsol aditivado está melhor
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline lrodrigues

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Dez 2021
  • Mensagens: 39
  • Localidade: Porto
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 350
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #19 em: 09 de Junho de 2023, 10:45 »
Eu também uso regularmente nas duas motas e nos dois carros gasolina e gasóleo da Prio, há anos e sem qualquer problema. De vez em quando abasteço com Galp, BP ou Repsol, porque tem de ser em viagens e não ter Prio perto. De resto não noto nenhuma diferença de comportamento.

Offline José Ribeiro

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Set 2021
  • Mensagens: 46
  • Localidade: Bombarral / Vale Covo
  • de carro vès a paisagem de mota fazes parte dela
  • Marca: Suzuky
  • Modelo: Burgman AN650Z Exec. de2015
Re: Gasolina low cost, um pequenos teste...
« Responder #20 em: 09 de Junho de 2023, 19:59 »
BOAS  eu no carro e na mota so meto  ADITVADA de vez em quando  ULTIMATTE da BP   BOAS CURVAS
José Ribeiro