Autor Tópico: 40000kms depois  (Lida 284 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2032
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
40000kms depois
« em: 03 de Setembro de 2018, 12:38 »


40000km em cbf125

Deixo aqui a terceira parte deste pequeno percurso

Aqui a segunda arte
http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,30064.0.html

Para inicio devo dizer que esta terceira parte não era suposta existir, essencialmente pelos motivos no tópico anterior, ie modelo descontinuado e sem grande interesse a não ser como commuter ou para ir buscar o pão.

Alêm do desgaste de ir todos os dias para Lisboa, serpenteando pelas inúmeras filas de trânsito, fez pequenos passeios a solo ou com pendura pelos locais habituais, idas praia, transportar cargas, etc.

Dos passeios maiores a registar seria  Granada e Gribaltar, resultou num fail, e acabou por ser Lisboa-Elvas-Lisboa

Outros:
Grutas Mira D'Aire
http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,32492.0.html

Torrão
http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,32474.0.html

EN2
http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,34923.0.html


Relativamente a intervenções mecânicas confirmaram-se algumas que tinha previsto, nomeadamente troca das caixas de direção e bomba combustível.

Além do registado anteriormente tive necessidade de trocar uma lãmpada de farol, minimo frontal e uma de painel.
Troca bateria aos 40K
Troca óleo a cada 4K, filtro ar cada 20K, ajuste corrente cada 12K e pastilhas travão cada 15K apróx.
Lubrificação corrente cada 1K, ou sempre que necessário, e lavagem a cada 2K.

Kit transmissão original, mudei apenas o pinhão para um mais longo, sem previsão de necessidade de troca.
Pneus continental de origem, pelo aspeto e piso estimo duração até 60K.

Limpeza e substituição filtro combustível aos 30K
Relativamente a afinação válvulas, fez aos 4 e 20K.

A frieza dos números
Uma vez que esta mota tem a sua vertente económica aqui ficam os dados do spritmonitor:

Consumption:      
1,72 l/100km   39.847 km   and   684 l
CO2 emission:          40 g/km   39.847 km   and   1.594 kg
Fuel costs:          2,42 EUR/100km   39.326 km   and   950 EUR

Consumption histogram
min   1,34   Ø   1,72   max   2,13

Manutenção 302€

Deixo uma nota relativamente a estes números.
Muitos de nós vieram para as duas rodas com ideia de poupar, praticidade, facilidade, etc.
No meu caso particular, a utilização da cbf, permitiu uma poupança anual de 150€/ano (despesas incluídas) na utilização de commuter.
Digamos que, a título de exemplo, um veículo com valor de aquisição de 1500 euros e gere esta poupança anual. Considerando o meu caso de poupança, a amortização do valor do veiculo será feita em 10 anos e realizar cerca de 100K.
Sem me alongar em demais considerações, acho que leva a refletirmos um pouco sobre o fator poupança.

Desde finais de 2014 esta foi a minha "máquina de guerra" para a cidade e um pouco mais


Conviveu e resistiu, com brio, a outras opções tais como honda s-wing, bmw f650, honda pcx e honda 500s.

Então porquê desta terceira parte?
O lado racional por vezes surge e encarei que tinha demasiadas motas, por isso 2 foram postas à venda.
E quem saiu foi a cbf, com bastante pesar por tudo o que passámos juntos, muito alcatrão, muitas horas de condução, muitos locais e muita descoberta.

O mínimo que poderia fazer seria uma despedida condigna e real, foto inicial, pequena grande guerreira, foto seguinte e de descoberta, foto abaixo

 
 
« Última modificação: 03 de Setembro de 2018, 20:10 por Ccarvalho »
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline Paulo Silveiro

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1475
  • Localidade: Cacém
  • Sexo: Masculino
  • The MAX is never enough, Scootard Spirit
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Tmax 530 ABS
Re: 40000kms depois
« Responder #1 em: 03 de Setembro de 2018, 13:35 »
Amigo Eduardo essa foi e será sempre uma grande máquina…. _palmas_ _palmas_

O que virá aí a seguir... _pensador_
« Última modificação: 03 de Setembro de 2018, 20:10 por Ccarvalho »
Honda PCX - Maio/2013 a Outubro 2014
XMAX - Outubro 2014 a Novembro de 2015
Tmax - Novembro de 2015;Yamaha D'elight 110 - 2016;Vespa Primavera 125 - Julho de 2018...
Scootard Spirit, o direito à diferença, nas duas rodas

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 3135
  • Localidade: sintra-cascais
  • Sexo: Masculino
  • Mebro nº 5131
Re: 40000kms depois
« Responder #2 em: 03 de Setembro de 2018, 14:27 »
Para poupar é a CBF ou nada maisse não desse nesse modelo mais nenhum daria.
É um modelo sempre com procura e mesmo com esses km com histórico todo , não será difícil a sua venda
« Última modificação: 03 de Setembro de 2018, 20:11 por Ccarvalho »
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2032
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: 40000kms depois
« Responder #3 em: 04 de Setembro de 2018, 10:10 »
Amigo Eduardo essa foi e será sempre uma grande máquina…. _palmas_ _palmas_

O que virá aí a seguir... _pensador_

Será que virá juizo?  _lool_

Para poupar é a CBF ou nada maisse não desse nesse modelo mais nenhum daria.
É um modelo sempre com procura e mesmo com esses km com histórico todo , não será difícil a sua venda

Marco, talvez não tenha sido muito explicito. A cbf já foi...
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida