Autor Tópico: Circulação entre filas em França  (Lida 2378 vezes)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Circulação entre filas em França
« em: 06 de Fevereiro de 2021, 11:46 »
Não é só em Portugal que o comportamento de alguns motociclistas prejudica a vasta maioria:

"Após o fim dos testes experimentais sobre a circulação de motociclistas entre filas de trânsito e o balanço desfavorável ministerial emitido pelo Governo, a Federação Francesa de Motociclistas (FFMC) reagiu de forma contundente contra o resultado.

O trânsito entre filas de motos em engarrafamentos de trânsito foi o tema de uma experiência que terminou no dia 31 de Janeiro. Foi no entender da FFMC “uma oportunidade para separar o verdadeiro do falso, e sobretudo, para fazer ajustamentos e preparar o futuro graças à próxima experiência, já prometida pelo Delegado Interministerial para a Segurança Rodoviária”.
Comunicado da FFMC

“Tem havido muitas manchetes alarmistas sobre o fim da passagem entre filas, o que assinalaria o fim da interferência do tráfego motorizado de duas rodas. A realidade é bastante diferente, e para evitar mal-entendidos, aqui ficam algumas explicações:

Defendido pela FFMC desde o início, o Tráfego Interfilas nunca foi autorizado, mas sim experimentado. O objetivo desta experimentação era determinar se esta prática poderia ser objecto de um artigo específico do código da estrada.

Esta experiência iniciada em 2016, foi sujeita a várias regras, definidas em colaboração com a FFMC, a AFDM e a CNPA. Em particular, esta prática só é possível em caso de tráfego muito congestionado ou mesmo parado, com uma velocidade máxima de 50 km/h, uma pequena diferença de velocidade com os automóveis, apenas entre a penúltima e a última faixa de tráfego, e em certos eixos bem definidos.

A fim de aprender com esta prática, foi realizado um estudo que conclui que não existem provas suficientes para decidir a favor ou contra esta prática.

O período de observação que terminou a 31 de Janeiro mostrou melhorias na prática, mas como as regras não foram respeitadas na sua maioria e a taxa de acidentes aumentou, não se podia esperar que o DSCR aplaudisse. De lá para dizer que as multas vão aumentar, há um passo que alguns, em busca de informação que faça as pessoas reagir não hesitaram em dar como notícia. 

Haverá provavelmente multas para aqueles que conduzem no meio da estrada, mas certamente não multas em massa, que nunca foram praticadas, apesar da prática de circular entre filas ter sido sempre proibida!

A FFMC está a alertar os motociclistas que sejam multados pela prática da passagem entre filas para nos avisarem por e-mail: sn@ffmc.asso.fr. Esta é também uma oportunidade para lembrar a todos que se quisermos que esta prática se torne legal no final do próximo teste experimental, é bom não fazer nada e respeitar as regras de senso comum quando se pratica o tráfego em interface. O futuro desta prática necessária depende disso!”

https://motomais.motosport.com.pt/noticias/franca-circulacao-entre-filas-posta-em-causa-ffmc-reage/
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Circulação entre filas em França
« Responder #1 em: 03 de Março de 2021, 18:22 »
Depois vários milhares de motociclistas franceses saírem às ruas para exigir a legalização da passagem entre faixas de rodagem lentas ou trânsito interrompido, o governo prontificou-se para ouvir os motociclistas.

Em 20 de fevereiro de 2021, após o fim de uma experiência de passagem estre filas, a organização francesa de motociclistas FFMC colocou 20.000 motociclistas na rua. A FFMC tem pedido desde 2011 a legalização desta prática tão difundida e sobretudo comprovada.

No dia 25 de fevereiro, por iniciativa de uma entidade do Governo, a FFMC (membro da FEMA) reuniu-se com o Delegado da Segurança Rodoviária (DSR) para tratar do assunto. No início desta reunião, Marie Gautier-Melleray assegurou à FFMC que uma proibição desta prática no futuro não estava absolutamente prevista; mas onde a legalização é óbvia aos olhos dos motociclistas em França, não é o mesmo para o estado. Para que o estado valide esta prática e para que o Código da Estrada seja modificado, são necessários mais experiências. Como a última experiência não deu resultados convincentes, é necessário realizar uma segunda.


A FFMC agora deseja avançar o mais rápido possível com este assunto; é preciso definir os contornos desta nova experiência, para que os resultados desta vez sejam evidentes.

No fim da reunião, Marie Gautier-Melleray disse que deseja responder o mais rapidamente possível às expectativas dos numerosos motociclistas que se mobilizaram no dia 20 de fevereiro. Enquanto aguarda a assinatura do decreto que lhe dará o sinal de partida, a passagem permanece ‘proibida’ e os condutores podem ser multados.

A FFMC pede, portanto, aos motociclistas que conduzem diariamente que cumpram as regras do bom senso definidas durante a implementação da experiência anterior.

https://motorcycleonline.info/?p=30801
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"