Autor Tópico: Super Soco TC Max (Night Edition)  (Lida 340 vezes)

Offline EdiMC

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Nov 2015
  • Mensagens: 49
  • Marca: SuperSoco
  • Modelo: TC Max
Super Soco TC Max (Night Edition)
« em: 24 de Março de 2024, 16:30 »
Olá pessoal!

Após longa ausência aqui do fórum (apesar de me ter mantido atento ao mesmo!), eis que acabei por ceder ao bicho das duas rodas...  _corado_

Contextualizando um pouco:
Depois de ter vendido a XMAX 125 (em 2018), há cerca de 2 anos pensei adquirir uma Super Soco TC, mas depressa cheguei à conclusão que não iria satisfazer as minhas necessidades.
Rapidamente ponderei a TC Max, mas depois de muito reflectir, achei que era precoce porque a marca ainda não tinha muita presença no mercado e os modelos ainda estavam em circulação há pouco tempo para se poder ter uma opinião mais fundamentada, o preço aproximava-se de uma a combustão de marcas reputadas e, bem, porque é uma marca... chinesa... não que as marcas chinesas não façam coisas boas, que fazem, mas para este price target, já desconfio mais.
Cheguei a contactar alguns concessionários e obtive valores, mas como o concessionário mais próximo de mim está a 80km, fiquei com receio de que, se precisasse de alguma coisa da parte deles, não tivesse bateria para lá chegar... é que, quanto mais não seja, terei sempre de lá ir para as revisões.

Tendo em conta que os consumos anunciados nunca correspondem ao real (com a bike elétrica que tenho acontece a mesma coisa), estimo que para fazer uma viagem daqui até ao concessionário, não vou conseguir fazê-la com uma única carga (a não ser que vá a pastelar a 50 ou a 60 à hora). Até poderei conseguir, mas penso que será MUITO à justa...
Mesmo com esta preocupação, acabei por avançar pois aproveitei a campanha em vigor que retira 1000€ à mota.
A juntar a isso, se o novo governo mantiver o programa dos fundos ambientais, ficará a um preço bem porreiro (4000€).

Esteticamente acho-a muito bonita e consigo sentar-me nela chegando com os 2 pés ao chão (requisito essencial para mim, já que vendi a XMAX exactamente por essa razão - era demasiado alta para mim e apanhei alguns sustos à conta disso).

A minha intenção é utilizar para o commute diário (7km casa-trabalho) e pouco mais.
SEMPRE com bom tempo - não tenho qualquer necessidade de andar à chuva e não gosto mesmo.
Para esta kilometragem e tendo uma bicicleta elétrica bem sei que não tinha necessidade de "estoirar" 4000€... mas Tenho andado muito tentado a vender a bicicleta elétrica e mudar para motociclo porque chateio-me de chegar com uma mancha de suor nas costas ao trabalho.
Por mais que o motor ajude, em Santarém é impossível isto não acontecer.
Digamos que a comprei para tentar perceber se conseguia ultrapassar esta situação (dantes cheguei a usar uma bike dita normal), mas não.
Claro, não transpiro tanto como acontecia, mas acontece e não é agradável. O verão aqui não perdoa.
Depois, andar a 25kmh é um bocado a passo de caracol... por fim, desde Março do ano passado arranjei uma lesão no joelho que me limita o pedalar (nos dias a seguir fico quase inop :( ). Já lá vão vários meses de fisioterapia e não há meio disto aliviar... começo a ter dúvidas que volte ao que era antes.

Mas tendo 2 filhos, a razão pela qual estou a pensar adquirir novamente mota, não passa apenas pela questão da practicidade e da poupança. TAMBÉM são aspectos importantes, claro, mas não os principais. Vou ter de continuar a usar muito o carro (levar/buscar os miúdos à escola, às actividades etc), e por isso, a utilização da mota vai ter mais a ver com questões de lazer do que com poupança (pelo menos nesta fase).
Claro, sempre que puder vou aproveitar para a usar e poupar um pouco o carro (raio dos FAP's!!!), mas tenho a clara noção de que muitas vezes vai ter de ficar na garagem.
Sendo assim, quero olhar para ela e pensar: "Fogo, é muita bonita! Era mesmo isto!" e não: "Feia c'mós trovões, MAS POUPADINHA!"  :D

Outro "problema" (agora em resolução), tem a ver com o carregamento.
É que na garagem do prédio não tenho onde a carregar... nem no trabalho.
Ou seja, tenho de tirar a bateria para a trazer para casa... e 20Kg ainda pesam... é perfeitamente ultrapassável, apesar de pouco prático.

E pronto, basicamente está tudo dito!

Deixo algumas fotos e descrição das alterações que já lhe fiz  8)
Opiniões são bem vindas!

Material de segurança que tive de adquirir novamente




A menina  8)












1) A primeira alteração foi retirar aquela publicidade que colocam nas matrículas... depois, sendo a mota toda em preto, não estava a gostar de ver a parte de trás da matrícula em branco...
Lixadela, primário e pintura (preto mate)!

Antes


Depois



2) Alteração da grelha de protecção do farol dianteiro (e outros)




3) Troca das tampas dos depósitos do óleo e as tampas das válvulas
Pequenos pormenores, mas que gosto sempre de ver  _corado_




4) Troca dos espelhos




5) - Colocação de fitas nos punhos








6) Não sei quem é que se lembrou de achar que adicionar o som do início do Windows 95 ao start da mota era "cool"............ a primeira vez e a segunda ainda se engole, mas depois é só... embaraçoso lol
Lá tive de retirar o painel lateral, remover o módulo do som e arranjar maneira de não deixar a coluna tocar (sem a estragar, obviamente, para efeitos de garantia - caso haja algum problema, é só retirar o material que coloquei a "bloquear" a coluna e deve ficar a funcionar como de origem):


Depois da alteração feita:


O único senão é que, como este é o módulo responsável pelo alarme, este fica desactivado. Ou melhor, a parte sonora fica desactivada (o bloqueio das rodas continua a funcionar).
Como para mim o som era demasiado baixo para ser considerado um ALARME, acabou por ser uma não questão.
Irei comprar um alarme de disco de qualquer das maneiras.


7) Como estava a ouvir um ranger chato sempre que me sentava na mota (parecia vir ou do amortecedor ou do braço oscilante), aproveitei para lubrificar. E o ruído foi embora! Hoorah!
« Última modificação: 24 de Março de 2024, 16:41 por EdiMC »

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 5301
  • Localidade: sintra
Re: Super Soco TC Max (Night Edition)
« Responder #1 em: 25 de Março de 2024, 00:45 »
Parabéns pela aquisição, tudo a correr bem  _convivio_
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline JGarcia

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2012
  • Mensagens: 822
  • Localidade: São Julião - Mafra
  • Adoro curvas ;)
  • Marca: Honda
  • Modelo: SH300i (2008)
Re: Super Soco TC Max (Night Edition)
« Responder #2 em: 25 de Março de 2024, 16:38 »
 _palmas_ _palmas_ _palmas_ _palmas_ _palmas_ _pol_ _pol_
O que não te mata torna-te  mais... ATENTO!!;)Membro CPM nº. 2887
Experiências anteriores: "tucha50cc" - Honda 175cc - Honda CB500 - Honda Transalp - Honda SH125i - Honda SH300i ...

Offline jfreitas

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jul 2014
  • Mensagens: 500
  • Localidade: sintra
  • Marca: SYM
  • Modelo: Tl 508
Re: Super Soco TC Max (Night Edition)
« Responder #3 em: 26 de Março de 2024, 14:39 »
Bonita.
Boa curvas com segurança.  scooter_

Offline EdiMC

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Nov 2015
  • Mensagens: 49
  • Marca: SuperSoco
  • Modelo: TC Max
Re: Super Soco TC Max (Night Edition)
« Responder #4 em: 27 de Março de 2024, 13:31 »
Obrigado a todos!  _convivio_