Autor Tópico: Inspeções em França já foram e Portugal?  (Lida 111 vezes)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4018
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Inspeções em França já foram e Portugal?
« em: 27 de Julho de 2022, 18:58 »
É oficial: a decisão francesa de impor uma inspeção técnica obrigatória para motocicletas em 1º de janeiro de 2023 está definitivamente enterrada.

A espera foi longa, mas está aí: a introdução da inspeção técnica periódica para motocicletas é revogada. Entenda que o decreto de agosto de 2021 que impõe uma inspeção técnica obrigatória para veículos de duas rodas motorizados a partir de 1 de janeiro de 2023 não ocorrerá, pois está cancelado por um novo decreto. O decreto “Revoga a obrigatoriedade de inspeção técnica de veículos motorizados de duas ou três rodas e quadriciclos motorizados (categorias L)”.

A FFMC (Federação Francesa de Motociclistas Angry) e a FFM (Federação Francesa de Motociclismo) trabalham para esta vitória há mais de dez anos.

A diretiva europeia de 2014 oferece a possibilidade de derrogação da inspeção técnica para veículos motorizados de duas rodas se forem adotadas medidas que promovam a segurança rodoviária dos veículos motorizados de duas rodas.


Seis alternativas foram enviadas à Comissão Europeia, algumas das quais já estão em vigor desde este ano.

Bónus de conversão (até 6.000€ sem condições de rendimento) na compra de um veículo elétrico de duas rodas (incluindo o retrofit de motos térmicas) ou um veículo muito pouco poluente.

Instalação de radares de controle de emissão sonora e penalidades para escapamentos não aprovados e/ou adulterados.

Melhor comunicação sobre a segurança dos veículos de duas rodas, principalmente em termos de equipamentos.

Incluir as questões relacionadas a duas e três rodas nos Planos de Ação Departamentais de Segurança Viária.

Integração da questão da segurança dos utilizadores de veículos de duas rodas motorizados ao passarem o alvará B e acrescentando um programa de manutenção, eco-condução e ruído ao passarem os alvarás A1 e A2.

Reforço da proteção dos usuários graças à sinalização de pontos cegos em veículos pesados.

( Tradução automática)

https://www.femamotorcycling.eu/no-inspections-france/
« Última modificação: 27 de Julho de 2022, 19:02 por moto2cool »
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 4676
  • Localidade: sintra
Re: Inspeções em França já foram e Portugal?
« Responder #1 em: 27 de Julho de 2022, 22:28 »
Ainda vai correr muita tinta sobre o assunto.
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 4049
  • Localidade: sintra-cascais
  • Mebro nº 5131
Re: Inspeções em França já foram e Portugal?
« Responder #2 em: 28 de Julho de 2022, 07:13 »
Muitos centros de ipo já tem o material,logo já investiram,aqui só vejo duas soluções,ou arranca mesmo ou o estado devolve o investimento as empresas,que acham?
Venham lá às inspeções sff,mas de forma séria e justa.
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4018
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Inspeções em França já foram e Portugal?
« Responder #3 em: 28 de Julho de 2022, 09:32 »
A devolução do investimento depende das expectativas criadas, só o facto de existir a lei não chega.


Não tenho nada contra as inspeções mas reconheço que a segurança seria mais bem obtida com medidas diferentes, não as mesmas mas seguindo o exemplo de França.
Arrisco-me a dizer que os motociclistas se preocupam muito mais com a segurança que os automobilistas, porque o preço é muito maior.  _martelada_  Por isso as inspeções seriam mais para a poluição e tuning
O dinheiro das inspeções aplicados na fiscalização seria muito mais eficaz, nomeadamente do ruído e gases
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"