Autor Tópico: Será o fim das grandes feiras de motos?  (Lida 2913 vezes)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Será o fim das grandes feiras de motos?
« em: 26 de Janeiro de 2021, 17:53 »
Suzuki acaba de anunciar que realizará um evento global de motos online no dia 5 de fevereiro para mostrar a sua linha de modelos 2021, certamente com uma ou outra surpresa!

Link: https://www.globalsuzuki.com/motorcycle/event.html

O evento está a ser anunciado como uma “plataforma de comunicação de última geração”, a qual permitirá que fãs e potenciais clientes tenham uma noção exata da linha de produtos de 2021.

Tal como num certame convencional, os utilizadores da web poderão conferir as motos em exibição e ter um noção aprofundada das especificações de cada moto. Será ainda possível  configurar motos para atender às nossas próprias necessidades e interagir com outros visitantes no evento em tempo real.

A Suzuki vai ainda proceder ao lançamento de futuros novos modelos na nova plataforma , com fãs de todo o mundo capazes de virtualmente assistir e testemunhar a revelação de novas motos à medida que estas acontecem.

Embora a marca diga muito (ou quase nada…) sobre o que pode ou não ser revelado, o fato de não ter lançado um modelo inteiramente novo desde a V-Strom 1050 na EICMA de 2019, deixa a suspeição que a nova plataforma servirá para tirar alguns coelhos da cartola.

O único modelo novo definido a caminho é uma scooter Burgman elétrica, mas também se fala do novo motor paralelo para a roadster SV650 e a média adventure V-Strom 650, unidade que, ao que dizem os rumores, tem estado em desenvolvimento no Japão. Também não será de todo de estranhar, que na nova plataforma global venha a surgir uma nova Hayabusa que estará muito perto de ser anunciada.

https://motomais.motosport.com.pt/noticias/suzuki-abre-nova-plataforma-global-com-modelos-2021/


"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #1 em: 26 de Janeiro de 2021, 18:04 »
"A BMW Motorrad anunciou que está mudando sua estratégia de lançamento de produto e planeja contar cada vez mais com eventos virtuais e privados, em vez de feiras comerciais para mostrar suas novas motas.

 “Em particular, isso significa que os compromissos tradicionais nas duas principais exposições automotivas, EICMA em Milão e Intermot em Colônia, que eram anteriormente organizadas centralmente pela BMW Motorrad, não serão mais aplicáveis”, afirmou a Câmara de Munique em um comunicado à imprensa.

https://www.rideapart.com/news/482207/bmw-motorrad-out-trade-shows/
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline EML

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Nov 2018
  • Mensagens: 361
  • Localidade: Porto
  • Marca: Sym
  • Modelo: Symphony 125 ST
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #2 em: 26 de Janeiro de 2021, 18:52 »
Eu acho que depois da Covid-19 vamos querer conviver mais, para recuperar dos confinamentos, e as Feiras vão fazer todo o sentido! _pensador_
Sym Symphony 125 ST (8/2018) - 2,65 l/100 km (21771 Km - 04/2024)

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 5347
  • Localidade: sintra
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #3 em: 27 de Janeiro de 2021, 19:32 »
Cada vez mais as abordagens on line fazem mais sentido..
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline EML

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Nov 2018
  • Mensagens: 361
  • Localidade: Porto
  • Marca: Sym
  • Modelo: Symphony 125 ST
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #4 em: 27 de Janeiro de 2021, 23:56 »
Cada vez mais as abordagens on line fazem mais sentido..
Nestes tempos de pandemia e confinamento o online é a solução, mas a compra de mota tem um grande peso emocional e o online ainda não consegue transmitir essa sensação!
Só temos que esperar para ver!
Sym Symphony 125 ST (8/2018) - 2,65 l/100 km (21771 Km - 04/2024)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4342
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #5 em: 28 de Janeiro de 2021, 08:45 »
Hoje em dia penso que grande parte do trabalho de preparação da compra é online, nomeadamente a seleção do(s) modelo(s) pretendido(s) e mesmo obtenção de orçamentos.
Claro que a parte final tem que ser física, nomeadamente os testes.
Mas a vantagem do reforço online da parte comercial é que está lá 365 dias por ano e não apenas em dois dias.
Voltaremos de alguma forma às feiras mas penso que podem não vir a ter a dimensão que conhecemos
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 5347
  • Localidade: sintra
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #6 em: 28 de Janeiro de 2021, 13:06 »
Nestes tempos de pandemia e confinamento o online é a solução, mas a compra de mota tem um grande peso emocional e o online ainda não consegue transmitir essa sensação!
Só temos que esperar para ver!

Concordo, uma mota ou carro não faria a compra on line, mas acredito que haja quem faça.
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline ruicosta

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 591
  • Localidade: Tomar
  • Procura-se kit de unhas...
  • Marca: Sym
  • Modelo: GTS 125 EVO
Re: Será o fim das grandes feiras de motos?
« Responder #7 em: 12 de Fevereiro de 2021, 14:34 »
O online fará cada vez mais sentido, está lá disponível 365 dias por ano, 24H por dia, no conforto do nosso lar.

Mas as marcas que apostarem muito no online terão de ser muito cuidadosas com o contacto físico do cliente com o produto.
Quando se criam muitas expectativas a desilusão pode ser enorme.

Dou-vos o exemplo do que me aconteceu com o novo Peugeot 2008. Online o carro tem um desenho muito apelativo, quer no interior quer no exterior. Nos videos realizados e disponíveis no site não existem ruídos parasitas, não se ouve o motor, os comandos são fáceis de usar...

No test-drive ao vivo, o motor ouve-se demasiado, alguns plásticos têm ruídos parasitas (carro do stand com 5000km), o interior dos vídeos afinal só existe na versão GTLine que custa mais uns milhares, o apelativo design exterior é afinal estragado por vários defeitos de fabrico no acabamento das peças, bem visíveis e pelo desalinhamento das peças entre si.
E afinal o cockpit depende demasiado de um ecrã de toque, que é suposto não termos de usar a toda a hora dado que vamos a conduzir e não devemos tirar os olhos da estrada.

Resumindo, até nós cá em casa, que não estamos habituados a carros caros, ficámos completamente desiludidos em relação ao que vimos online.

As marcas terão de ter cuidado com a forma como gerem o equilíbrio entre o BB online e o físico.

Enviado do meu RMX1971 através do Tapatalk