Autor Tópico: Conduzir a mota com vento  (Lida 971 vezes)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 3970
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Conduzir a mota com vento
« em: 03 de Outubro de 2020, 09:14 »

O principal problema do vento é sua invisibilidade, portanto, é imprevisível. Ao observar o ambiente, podemos obter pistas, mas não será até que o contatemos, até que saibamos como está soprando forte. Esta imprevisibilidade exige margens de segurança que devemos adaptar à nossa condução.

- Vá mais devagar . A margem de reação, em metros e milissegundos, aumenta exponencialmente.

- Se o vento for lateral, tendemos a inclinar-nos contra o vento, para que a posição não seja perpendicular ao solo. Assim, quando passamos por objetos muito volumosos (como caminhões), o vento muda em várias direções; Por isso, é imprescindível circular no centro da pista e ter margem antes de possíveis correções.

- Se o vento for lateral, os retrovisores também deverão ser ajustados às novas circunstâncias.

- Em caso de rajadas de vento de diferentes lados, tome cuidado para não corrigir demais. É importante fazer os ajustes suavemente e, da mesma forma que você deve segurar o guiador com firmeza , não é preciso apertar as mãos até que o fluxo sanguíneo acabe, mas tome cuidado para reagir com calma .

- Diante do peso de uma rajada que nos desvia de nossa linha pelo centro da pista, podemos manobrar puxando o joelho do lado de onde vem o vento. Desta forma, se o vento soprar da direita para a esquerda, ao abrir o joelho direito a mota tenderá a frear para a direita. Você também pode empurrar levemente o punho (neste caso o direito) para a frente.

- A sensação térmica diminui com a velocidade, o que somado ao vento acentua o efeito. É imprescindível estar bem equipado com capacete integral, luvas, calça, jaqueta e botas. A concentração diminui no frio, e tenha em mente que a colisão com qualquer objeto que mova o vento é um projétil contra nós.




Outra questão relevante é o estacionamento da mota . Em situações de muito vento, é aconselhável não deixá-lo próximo a árvores, pois os galhos podem cair. Assim, nessas circunstâncias, os municípios fecham os parques ao acesso de pedestres. Também é aconselhável ter cuidado na frente de edifícios, pois os objetos que estão nas janelas ou terraços podem cair. Em qualquer caso, é preferível colocá-lo no suporte central se tiver esse equipamento e deixar a mota protegida, pois o chicote do vento pode derrubar uma motocicleta.


Claro que há gradientes em tudo, e se sopra um vendaval excessivo, a motocicleta não será mais o meio adequado para se deslocar entre A e B.

https://www.formulamoto.es/seguridad/2020/03/03/montar-moto-viento-6-consejos/26794.html
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 4633
  • Localidade: sintra
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #1 em: 03 de Outubro de 2020, 09:35 »
Boa partilha..
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline SAPCOS

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Set 2020
  • Mensagens: 2
  • Localidade: Barreiro
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #2 em: 03 de Outubro de 2020, 10:41 »
Bom artigo...

Enviado do meu MAR-LX1A através do Tapatalk


Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 4633
  • Localidade: sintra
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #3 em: 03 de Outubro de 2020, 11:23 »
E se tem estado vento, ontem a minha que já é pesaadinha (180kg) até andava de lado..  _lol_
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline António Teles

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 1118
  • Localidade: Loures
  • Marca: Deauville
  • Modelo: Honda NT700V
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #4 em: 04 de Outubro de 2020, 11:16 »
Bom tópico informativo.
Será que podemos considerar que esta Tabela de equivalências das rajadas de vento, também se pode aplicar á nossa velocidade de circulação, ou seja se eu circular a 40kms/h e a temperatura ambiente estiver nos 16º eu estou a receber o ar a 0º? Ou existe outra?
Cumprimentos
Atenção aos radares! Eles andem aí!

Offline Élio

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2019
  • Mensagens: 555
  • Localidade: Chamusca
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: V-Strom DL 650 XT
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #5 em: 04 de Outubro de 2020, 11:31 »
Belo Tópico.
Obrigado pela partilha _palmas_


O limite é apenas uma fronteira criada pela sua própria mente.

Offline JPA

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jul 2010
  • Mensagens: 1196
  • Localidade: Figueira da Foz
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: DL 1000 V-STROM
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #6 em: 04 de Outubro de 2020, 12:25 »
Bom tópico informativo.
Será que podemos considerar que esta Tabela de equivalências das rajadas de vento, também se pode aplicar á nossa velocidade de circulação, ou seja se eu circular a 40kms/h e a temperatura ambiente estiver nos 16º eu estou a receber o ar a 0º? Ou existe outra?
Cumprimentos

Não me parece ser a mesma coisa!

Para um objeto em movimento, o assunto é outro.

Encontrei uma tabela em unidades S.I., mas não sei qual a precisão, tanto mais que nem determina se há ou não vento... e isso é importante

Kymco Downtown 125i
Suzuki DL 1000 V-STROM


Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 4633
  • Localidade: sintra
Re: Conduzir a mota com vento
« Responder #7 em: 04 de Outubro de 2020, 13:46 »
Onde eu moro, o vento é uma constante, sinceramente já nem ligo, mas é desagradável andar com vento.
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018