Autor Tópico: corrente que não precisa de lubrificação  (Lida 361 vezes)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2739
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
corrente que não precisa de lubrificação
« em: 27 de Agosto de 2020, 20:56 »



 A BMW lançou a primeira corrente de transmissão que não precisa de manutenção periódica.  Batizada de "Corrente M Endurance", possui um enchimento de lubrificante permanente entre os roletes e os pinos - encapsulados nos X-rings - e, segundo informações da BMW, não requer lubrificação posterior ou tensionamento periódico.

 Essa enorme vantagem em termos de conforto foi possibilitada pela utilização de um novo material para recobrir os rolos, o carbono tetraédrico amorfo (ta-C), também conhecido como diamante industrial.  Este revestimento é caracterizado por extrema resistência e dureza, e está situado entre a conhecida camada DLC (Carbon as Diamond) e o diamante puro.

 Em contraste com as superfícies metálicas utilizadas até agora, o revestimento com o diamante industrial ta-C não se desgasta.  Ao mesmo tempo, este tipo de revestimento faz com que o coeficiente de atrito seja drasticamente reduzido.

 Graças às excelentes propriedades de lubrificação a seco e eliminação do desgaste, os rolos revestidos com carbono tetraédrico amorfo na corrente M Endurance oferecem conforto de manutenção equivalente ao de uma motocicleta com eixo de transmissão.

 Isso inclui todo o trabalho de limpeza que é inevitável com uma corrente convencional devido a respingos de lubrificante.  Desta forma, a rede M Endurance também oferece o máximo respeito ao meio ambiente.

 A corrente 525 M Endurance está agora disponível inicialmente para os dois modelos BMW S 1000 RR e S 1000 XR de 4 cilindros como um acessório ou diretamente de fábrica como equipamento opcional a um custo de 122 euros.  A BMW afirma estar trabalhando para expandir esta cadeia para outros modelos de seu catálogo.  No momento, a marca alemã não deu detalhes sobre a duração média deste kit de transmissão.

https://www.todocircuito.com/noticias/24105-revolucion-bmw-presenta-una-cadena-que-no-necesita-lubricacion-ni-tensado-periodico.html
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline JPA

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jul 2010
  • Mensagens: 991
  • Localidade: Figueira da Foz
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: DL 1000 V-STROM
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #1 em: 28 de Agosto de 2020, 09:03 »
Viva!

Existe uma empresa de Tawain que já faz a mesma coisa para bicicletas.

A novidade é o lançamento comercial desta corrente cujo beneficio e quase ausência de manutenção será de muito do agrado de quem tem uma moto com corrente.

Esta corrente é manufacturado pela REGINA, marca um pouco secundária sem o gabarito da DID, RK ou AFAM

Em Espanha já tem preço... 286€, não incluído o pinhão e cremalheira.






Kymco Downtown 125i
Suzuki DL 1000 V-STROM


Offline Élio

  • Moderador Global
  • MaxiScootard Júnior
  • *****
  • Join Date: Jan 2019
  • Mensagens: 306
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: V-Strom DL 650 XT
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #2 em: 28 de Agosto de 2020, 12:32 »
Grande inovação.
Resta mesmo perceber se a duração irá justificar tanto dinheiro


O limite é apenas uma fronteira criada pela sua própria mente.

Offline davidsantos

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 2478
  • Localidade: sintra
  • Marca: SYM
  • Modelo: CRUISYM 125
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #3 em: 28 de Agosto de 2020, 13:42 »
Grande inovação sem dúvida..
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2739
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #4 em: 28 de Agosto de 2020, 15:25 »
Em termos económicos para esse preço não justifica de certeza, quando muito poupa algum esforço ,  não é claro que aumenta a durabilidade. Com lubrificação contínua acho que perde parte do interesse, mesmo os ciclos lubrificação/limpeza só na parte da limpeza são mais chatos, a lubrificação são 5 min
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline António Teles

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 1016
  • Localidade: Loures
  • Marca: Aprilia
  • Modelo: Mana 850
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #5 em: 29 de Agosto de 2020, 00:00 »
Pelos iniciais 122€ até era bom preço pois a minha que é uma normal corrente que tem de ser lubrificada e limpa, custou 90€, era só mais uns patacos e ficava a andar com a jante traseira limpa. 280€ já é outra história.
Atenção aos radares! Eles andem aí!

Offline davidsantos

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 2478
  • Localidade: sintra
  • Marca: SYM
  • Modelo: CRUISYM 125
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #6 em: 29 de Agosto de 2020, 00:36 »
Pois o preço desencorajar apesar das vantagens evidentes..
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2739
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #7 em: 29 de Agosto de 2020, 08:29 »
Também se é BMW tem que pagar a marca , para o preço mas motas deles nem se nota este pequeno custo
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline Mercurio

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Out 2013
  • Mensagens: 677
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Xmax 300
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #8 em: 29 de Agosto de 2020, 11:02 »
Quantas pessoas continuarão a lubrificar a corrente mesmo sabendo que não é necessário????

Offline António Teles

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 1016
  • Localidade: Loures
  • Marca: Aprilia
  • Modelo: Mana 850
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #9 em: 29 de Agosto de 2020, 11:29 »
Quantas pessoas continuarão a lubrificar a corrente mesmo sabendo que não é necessário????

Eh eh eh, por segurança......

Atenção aos radares! Eles andem aí!

Online antoniopat

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Fev 2014
  • Mensagens: 913
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
  • Membro nr6120
  • Marca: Sucas
  • Modelo: MTS 1200S
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #10 em: 29 de Agosto de 2020, 12:55 »
Viva!

Existe uma empresa de Tawain que já faz a mesma coisa para bicicletas.

A novidade é o lançamento comercial desta corrente cujo beneficio e quase ausência de manutenção será de muito do agrado de quem tem uma moto com corrente.

Esta corrente é manufacturado pela REGINA, marca um pouco secundária sem o gabarito da DID, RK ou AFAM

Em Espanha já tem preço... 286€, não incluído o pinhão e cremalheira.



Boas.

Não me leves a mal, mas, aqui tem informação errada a Regina é uma marca histórica no fabrico de correntes e outros produtos metalúrgicos. Foi fundada em 1919 (como o azeite Gallo _pensador_), em Itália, são as melhores correntes do mundo e são muito utilizadas na competição.

São caras, bem caras, para a minha sucati  _lol_ um kit Regina custa cerca de 400€, um da RK ou DID fica por pouco mais de metade desse preço, o preço da qualidade.

Em relação ao assunto do tópico o que me está a criar dúvidas é que não se fala da cremalheira e do pinhão, como o material é diferente acredito que, sem lubrificação, iremos ter um desgaste permaturo desses componentes. E se aparecer um kit completo acredito que será bem caro talvez para mais de 500€.

Cumps
« Última modificação: 29 de Agosto de 2020, 13:00 por antoniopat »
Ex Piaggio X7 125 21k km 04-14 a 08-16 39k km
Ex Gilera Nexus 500 31K km de 02-17 a 5-18 46k km
Ex Honda Integra 700 56k 10-18 a 02-19 60k
Ex Honda FJS600 SilverWing

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2739
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #11 em: 29 de Agosto de 2020, 21:55 »
Quantas pessoas continuarão a lubrificar a corrente mesmo sabendo que não é necessário????


Isso é como aqueles que param na bomba para abastecer de gasolina um carro eléctrico

[Edit] coloquei a citação porque não era claro a que se dirigia este comentário
« Última modificação: 30 de Agosto de 2020, 13:37 por moto2cool »
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline JPA

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jul 2010
  • Mensagens: 991
  • Localidade: Figueira da Foz
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: DL 1000 V-STROM
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #12 em: 29 de Agosto de 2020, 22:11 »
Boas antoniopat

A REGINA é talvez mais cara por ser fabricada em Itália, mas uma RK JAPAN faz o mesmo serviço, e vende...

Para a minha Strom nem consta no catálogo... mas que elitistas !!!  _lol_ _lol_

O pinhão e a cremalheira sofrem desgaste e por isso é quase sempre vendido o kit.

Se calhar a REGINA ainda tem mais algo a divulgar com a parceira BMW... aguardemos !
 

Kymco Downtown 125i
Suzuki DL 1000 V-STROM


Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2739
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: corrente que não precisa de lubrificação
« Responder #13 em: 15 de Setembro de 2020, 11:56 »
Felizmente, a fabrica desta corrente, Regina, anunciou a intenção de lançar este kit de transmissão denominado High Performance Endurance. A marca italiana vai comercializar esta corrente a partir do próximo mês de janeiro, e fá-lo-á também com diversas medidas de adaptação aos mais diversos modelos e marcas do mercado.

A cadeia Regina HPE usa carbono tetraédrico amorfo (ta-C), também conhecido como diamante industrial, para revestir os rolos, uma técnica que se caracteriza por extrema resistência e dureza, e está situada entre a conhecida camada DLC (Carbono Diamante). e o diamante puro.

Ao contrário do revestimento metálico tradicional das outras correntes, o diamante industrial ta-C não se desgasta e, ao mesmo tempo, este tipo de revestimento reduz drasticamente o coeficiente de atrito.

Segundo explicou a Regina, com a corrente HPE não é necessária a manutenção periódica de limpeza e lubrificação que qualquer kit tradicional precisa a cada 1.000 quilómetros, e garantem que a duração da corrente seja a mesma de qualquer outro kit de transmissão sem este tratamento com carbono tipo ta-C

https://motorcycleonline.info/?p=24231

Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"