Geral > Motos que não são Maxiscooters

Teste Suzuki V-Strom 1050 XT

(1/2) > >>

moto2cool:
A Suzuki é a marca mais discreta dos 4 gigantes japoneses, mas sempre se distinguiu pela fiabilidade e longevidade dos seus modelos.



Por isso a renovada V-Strom 1050, nesta glamorosa versão XT, estéticamente inspirada nas míticas DR-Z e DR-Big, tem basicamente a mesma base ciclística e motriz da sua antecessora, tendo sido refinada com a homologação Euro5 e com aquilo que a Suzuki chama de S.I.R.S. (Suzuki Intelligent Ride System), um pacote electrónico muito completo que contribui para excepcionais níveis de segurança, que favorecem uma condução animada, mas despreocupada.

No motor, a grande e principal diferença é a sua maior elasticidade, que permite rolar a mais baixa rotação, e acelerar sem as habituais batidas típicas de uma configuração V2, de que a sua antecessora padecia. Isso, e a redução do som do escape, uma das consequências da homologação Euro5, algo que não afectou a sonoridade, que se mantém bastante agradável. 

O bicilíndrico em V a 90 ° desenvolve agora uns mais do que confortáveis 107,3 cv (79 kW), com praticamente o mesmo binário de 100Nm. O consumo de combustível foi reduzido e o fabricante anuncia médias de 4,9 litros/100km. Obviamente que no mundo real estas médias sobem, mas, na prática, a autonomia concedida pelos 20 litros de capacidade do depósito, será facilmente superior a 300 quilómetros.

(Continua no site)

https://www.andardemoto.pt/test-drives/49052-teste-suzuki-v-strom1050-xt-aventura-com-todos/

davidsantos:
Grande montada , mas esse farol da frente não gosto mesmo.

JPA:
Este motor já nada tem muito a haver com as DL1000 que originaram as V Strom por 2 gerações!

Este novo modelo apenas herda o nome, mas a filosofia deste projeto foi a DR-BIG, que nos anos 80 ( finais) era a moto com o maior

monocilindro da Suzuki  ( 800cc), arrefecido a ar -  daí as semelhanças estéticas!

- Se a Honda recuperou a AT, e a YAMAHA mantém uma SuperTenere, e a BMW vence nas vendas com as GS e GSA, a Suzuki tinha de invovar.

Esta nova V Strom, é uma refinada e moderna trail... tinha de ser, e pelo que tenho lido, é muito boa! Se a Suzuki não se adaptar e modernizar agora neste patamar, ficaria a perder e muito, no segmento rainha das super trails.

- A subida de cilindrada é expectável para os próximos anos.

moto2cool:

--- Citação de: davidsantos em 16 de Julho de 2020, 13:17 ---Grande montada , mas esse farol da frente não gosto mesmo.

--- Fim de Citação ---
É verdade. Quando apareceu esta versão de farol central não gostei muito, e depois adaptei-me e agora até gosto ( prova: tenho uma )
Estes farol retangular é muito deja vu. Veremos se tem aceitação, embora a mota tenha muitos pontos positivos ( falta as suspensão eléctronica)

davidsantos:

--- Citação de: moto2cool em 16 de Julho de 2020, 17:51 ---É verdade. Quando apareceu esta versão de farol central não gostei muito, e depois adaptei-me e agora até gosto ( prova: tenho uma )
Estes farol retangular é muito deja vu. Veremos se tem aceitação, embora a mota tenha muitos pontos positivos ( falta as suspensão eléctronica)

--- Fim de Citação ---

Poderá ser daquelas coisas que primeiro se estranha e depois se entrenha , de resto toda a máquina não merece reparos, parece uma excelente opção.

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

Ir para versão completa