Autor Tópico: Scooter 125cc - compensa financeiramente?  (Lida 5943 vezes)

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4018
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #25 em: 25 de Junho de 2022, 19:45 »
Se compensa ou não financeiramente depende da viagem que se pretende fazer e das alternativas.
Pode-se resumem o custo da alternativa mais credível, retirar o custo de pneus, revisões, combustível, seguro e equipamento e ver quanto fica para comprar, para simplificar.
As ditas citadinas são mesmo para cidade, também fazem o que fazem as outras mas com menos qualidade
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline ruicosta

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 533
  • Localidade: Tomar
  • Procura-se kit de unhas...
  • Marca: Sym
  • Modelo: GTS 125 EVO
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #26 em: 25 de Junho de 2022, 22:09 »
Se compensa ou não financeiramente depende da viagem que se pretende fazer e das alternativas.
Pode-se resumem o custo da alternativa mais credível, retirar o custo de pneus, revisões, combustível, seguro e equipamento e ver quanto fica para comprar, para simplificar.
As ditas citadinas são mesmo para cidade, também fazem o que fazem as outras mas com menos qualidade
Verdade, depende muito da vida de cada um.

E procurando aqui no fórum encontram-se aqui tópicos com esta discussão e afins com "testamentos" sobre tudo o que deve ser analisado.

Enviado do meu RMX1971 através do Tapatalk


Offline davidsantos

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 4676
  • Localidade: sintra
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #27 em: 26 de Junho de 2022, 01:16 »
Compensar compensa , tem é que fazer uso dela ,se for para ter na garagem para dar uma volta quando o rei faz anos, aí é apenas um encargo com pouca rentabilidade e talvez um brinquedo para alguns o que também é legítimo.
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline lugox

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jun 2022
  • Mensagens: 6
  • Localidade: Torres Vedras
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #28 em: 05 de Julho de 2022, 16:31 »
Do que tenho lido e utilizando as sugestões da resposta acima, que agradeço:

Sym GTS Evo 125 (carburador);
Sym GTS Evo 125i (injecção)
Sym GTS 125 (?)
Sym Cruisym 125 (valores elevados)

As Suzuki Burgman inserem-se na mesma gama das Forza e X-Max?
Como sei quais as Sym GTS que têm CBS ou ABS?

Tenho um vizinho que tem uma Sym GTS Evo 125i com 39000Km, ficou de comprovar as manuteções (só cá vem esporadicamente) para venda por €1200. É boa aquisição?

Offline carlospira

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Abr 2014
  • Mensagens: 760
  • Localidade: Montemor-o-Velho-Coimbra
  • Marca: Honda
  • Modelo: PCX - 125
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #29 em: 05 de Julho de 2022, 22:37 »
Boas,

Também aqui posso dar o meu contributo sobre esta questão da longevidade das  "meninas".
Tive uma Kymco Agility 125 que em 3 anos fez 30 mil kms sem problemas nenhuns ,depois comprei um Piaggio Medley 125, em 5 anos e meio fez 115 mil kms sem grandes problemas de maior ( ultimamente já precisava de gastar mais assiduamente material de desgaste mas  vendia á 3 meses e ainda circula ) . Agora , tenho uma PCX e com 3 meses e meio tem 6 kms também sem problemas.
Claro que tudo depende do tipo de utilização que se pretende dar dos trajetos, do que não se prescinde em temos de segurança  e do que se quer poupar em combustivel ( pois todas são económicas se não enrolarmos muito o punho....) Eu neste PCX , estou a fazer médias de 2.2/2.3 . No painel ela marca 2.0/ 2.1 , mas não é real. Eu faço manualmente as médias e dá sempre 0.2 décimos acima do que ela marca. Mas de qualquer das maneiras é muito económica. Em termos de velocidade, eu sei que ela é uma 125 e não uma 500 ou 600 cc, por isso dá 105/110 kms/h e já não é mau. Chega muito facilmente a essas velocidades em reta e a descer dá 117 kms/h. A subir claro que perde velocidade, é normal. Duas coisas ou três que não aprecio nela : falta ABS no travão traseiro, amortecedores  muito fraquinhos e como é leve, quando passa um carro maior ou camião por nós, trememos todos com a vibração provocada pelo vento.
Em termos de economia de material em relação aos carros, não sei até que ponto será muito mais económica, temos que ter em conta que o material dura metade dos kms do material usado nos carros, as revisões são mais frequentes, os pneus apesar de serem dois , não fazem tantos kms como os dos carros, o óleo faz menos kms também e é mais caro por vezes.
E não esquecer que se tem que contar com a compra de luvas  de verão, de inverno ( duram 2/3 anos no máximo ) , casaco com proteções, capacete de 3 em 3 anos  ( ou até menos tempo ) , material protetor para a chuva, cadeado... 
Mas, resumindo, estou muito satisfeito  por poder desfrutar da sensação de andar de mota e ter o prazer de levar com o vento nas ventas !!!!

Espero ter ajudado.

Abraço e boas curvas

 scooter_ scooter_ scooter_
 _scp_ _scp_ _scp_
« Última modificação: 05 de Julho de 2022, 22:41 por carlospira »
Carlos Pires
Kymco Agility 125 -  32.000  kms
Piaggio Medley 125  - 0  kms  até... 114. 850 kms
Honda PCX-125 - 0  até  6. 000 kms para já.

Offline lugox

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jun 2022
  • Mensagens: 6
  • Localidade: Torres Vedras
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #30 em: 12 de Julho de 2022, 17:26 »
mais uma vez obrigado aos intervenientes.

Depois de todas estas opiniões decidi fazer os cálculos para a minha situação concreta:

65km * 22 dias = 1430Km
1430 * 12 meses = 17160Km

3000Km / 1430 = 2,10 (a cada 2 meses e pouco tenho de fazer uma destas. arredondando são 4 por ano);
5000Km / 1430 = 3,50 (a cada 3 meses e meio, uma destas. arredondando dá +/- 3 por ano)
12000Km / 1430 = 8,40 (a cada 8 meses. 1 por ano)

revisões:
3000Km * €?
5000Km * €60
12000Km * €250

deste tópico, utilizador NSilva, obtive valores para as revisões (agradeço actualização de valoes já que é datado 2017): http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php?topic=32160.0

A fim de reduzir custos, que revisões posso ser eu a fazer(?), em que consistem(?), tutoriais(?) e peças e fornecedores(?)

Sym GTS evo ainda é válida, apesar de ser a carburador, consequentemente maior consumo?

Offline moto2cool

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 4018
  • Localidade: Porto
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: VStrom 650
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #31 em: 12 de Julho de 2022, 19:06 »
Penso que estás a ir no bom caminho no estudo dos custos. Fazendo essa quilometragem considera mais ou menos um jogo de pneus por ano, mas se tiveres direito a férias considera só 11 meses . Pelo contrário considera também o bichinho que te pode meter a andar de scooter nos fins de semana .
Não te esqueças do seguro.
E do equipamento, embora seja um custo único que dá para vários anos.
E saber se estás disponível para conduzir em condições adversas como muita chuva, não é a  mesma coisa que estar protegido dentro de um carro, e nesse caso roupa impermeável.
Tutoriais há aos montes no YT
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline ruicosta

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 533
  • Localidade: Tomar
  • Procura-se kit de unhas...
  • Marca: Sym
  • Modelo: GTS 125 EVO
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #32 em: 14 de Julho de 2022, 09:42 »
Para dar uma ajuda.
 
Tenho uma Sym GTS Evo 125, motor de carburador, de 2010 com perto de 37500kms.
 
Anda com um consumo de 3,2 mas precisa de alguma manutenção e parece-me que os consumos vão descer muito ligeiramente.
 
Quanto aos dias que vai circular com a mota, possivelmente convém fazer algumas alterações.
Retirar pelo menos 20 dias úteis em que, por frio extremo, possivelmente com gelo na estrada ou por chuva muito intensa, irá optar pelo carro. É o mais provável.
Retirar pelo menos 5 dias úteis em que por calor extremo será muito desconfortável circular de mota.
 
Se aí por casa é costume ir ao supermercado ou a qualquer loja ao fim de semana só para ir fazer pequenas compras, pode acrescentar essas deslocações, se quiser poupar ainda mais. 
Foi o meu caso, nomeadamente a partir do momento em que adquiri a top case (a Maria apercebeu-se do que cabia na top case e no baú da mota).
 
No caso da GTS Evo, a manutenção que tem a cada 5000km será na realidade a cada 6000km (óleo do motor e óleo da transmissão).

Manutenções em casa mais simples: mudança de óleo do motor, mudança de óleo da transmissão, troca de filtro de ar, troca de correia.Caso queira aventurar-se mais um pouco, mudar o líquido de refrigeração. No caso do óleo dos travões vou sempre à oficina.
Deixo-lhe aqui como fiz as minhas contas há uns anos ( https://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,40410.msg90217796.html#msg90217796 )
É um comentário do dia 15 de Janeiro.
Veja também os equipamentos que acabei por adquirir.

Offline Elizeu

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Nov 2021
  • Mensagens: 44
  • Localidade: Jundiaí - São Paulo - Brasil
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XMAX 250
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #33 em: 14 de Julho de 2022, 15:40 »
Citando um exemplo real, meu filho é professor e trabalha em duas escolas e um clube. Roda cerca de 1.000 km por mês, com sol ou chuva, utilizando uma moto Haojue 100. A moto faz 40 km/l e até os 30.000 km trocou pneus, transmissão e pastilhas de freio. De carro não conseguiria cumprir os horários.

Offline lugox

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jun 2022
  • Mensagens: 6
  • Localidade: Torres Vedras
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #34 em: 15 de Julho de 2022, 11:46 »
... se tiveres direito a férias considera só 11 meses . Pelo contrário considera também o bichinho que te pode meter a andar de scooter nos fins de semana .

Como fiz os cálculos à média de 22 dias uteis por mês daí ter mantido os 12 meses :).
Obrigado pela contribuição

No caso da GTS Evo, a manutenção que tem a cada 5000km será na realidade a cada 6000km (óleo do motor e óleo da transmissão).

Manutenções em casa mais simples: mudança de óleo do motor, mudança de óleo da transmissão, troca de filtro de ar, troca de correia.Caso queira aventurar-se mais um pouco, mudar o líquido de refrigeração. No caso do óleo dos travões vou sempre à oficina.
Deixo-lhe aqui como fiz as minhas contas há uns anos ( https://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,40410.msg90217796.html#msg90217796 )

É um comentário do dia 15 de Janeiro.
Veja também os equipamentos que acabei por adquirir.

Mais uma estruturada opinião como é habitual, ruicosta. Obrigado.
Até parece que me estou a ler. Perco mais tempo a pensar em prós e contras, custos e ganhos, perguntas e dúvidas, deixando a scooter para segundo plano :)
Já tinha visto as outras contas aos equipamentos neste mesmo tópico.

Se aos 5000/6000Km é a manutenção do óleo do motor (+ filtro?) e transmissão, o que se faz aos 3000Km?
Acho que consigo fazer a manutenção mais simples excepto quanto à correia. já estive a ver vídeos e a "adaptação de chaves" para apertar não me inspirou confiança.

Actualizando o esquema de manutenções:
aos 3000Km: que manutenção se efectua?
aos 5000Km: mudança de óleo do motor (+ filtro?), mudança de óleo da transmissão, troca de filtro de ar.
aos 12000Km: em oficina, correia, roletes e outros...

A aquisição será em 2ª mão, inclinado para a GTS125 (EVO), carburador, com 5 digitos de Km's, já que atendendo aos valores pedidos parace que fiquei com menos dinheiro do que tenho :), deve ser da inflação, esta é a única a que posso almejar.
---------------------------------------------------------------
Para não estar sempre e só a incomodar, contribuo com a questão dos seguros.

Ontem (14/07/2022) fiz várias simulações de seguros e em praticamente todas ouvi o som dos tintins a baterem no pavimento :)

A "LOGO" (passe a publicidade) foi a mais agradável, €68,89. Carta à 39 anos, sem sinistros, primeira mota.
Responsabilidade civil: 50.000.000,00
Assistência em viagem: Normal (seja lá o que isto for)
Protecção jurídica: Sim

Quanto à parceria com o forum, ainda está em vigor?: https://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,24097.msg90023115.html#msg90023115
Aparentemente não inclui assitência em viagem.
« Última modificação: 15 de Julho de 2022, 11:50 por lugox »

Offline Admin30

  • Administrador
  • MaxiScootard Júnior
  • *****
  • Join Date: Dez 2021
  • Mensagens: 82
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #35 em: 15 de Julho de 2022, 17:00 »
\...

Quanto à parceria com o fórum, ainda está em vigor?

Sim.
Está em vigor.

Offline ruicosta

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 533
  • Localidade: Tomar
  • Procura-se kit de unhas...
  • Marca: Sym
  • Modelo: GTS 125 EVO
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #36 em: 16 de Julho de 2022, 00:42 »
Respondendo a algumas questões.
A cada 3000km, óleo do motor;
A cada 6000, óleo da transmissão;
A cada 12000, correia.

Roletes também é fácil trocar mas não é algo que se faça regularmente.
Para a correia tem de ter uma chave para segurar o variador ou uma chave de impacto. A do LIDL, a de 220v, não a de bateria, serve.
35€ compra 5L de óleo sintético para o motor e dá para 5 mudas. No meu caso dá para 4 mas isso é um pormenor que depois posso explicar.
A transmissão leva 100ml de óleo e como é só a cada 6000km fica barato.

Quanto ao seguro, se fez seguro do carro através de um mediador aconselho a ir lá fazer simulação para a mota. Já há companhias que fazem valor mais baixo caso ser tenha mais do que um seguro.
Em 2017 consegui qualquer coisa menos, 65€, mas tendo menos anos de carta de carro e sendo também o primeiro seguro de mota.

Enviado do meu RMX1971 através do Tapatalk


Offline fastnet

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2573
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #37 em: 19 de Julho de 2022, 14:09 »
Companheiro, já testou algum dos modelos visados?

Depois de equilibrar números uns em cima dos outros, prevendo viabilidade do projeto, o melhor é acertar com um modelo concreto.

Tem previsto um número de kms/ano interessante pelo que veria a compra de modelo usado com cautela.
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline lugox

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jun 2022
  • Mensagens: 6
  • Localidade: Torres Vedras
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #38 em: 01 de Agosto de 2022, 15:25 »
Companheiro, já testou algum dos modelos visados?

Depois de equilibrar números uns em cima dos outros, prevendo viabilidade do projeto, o melhor é acertar com um modelo concreto.

Tem previsto um número de kms/ano interessante pelo que veria a compra de modelo usado com cautela.

Como fui escrevendo, uma vez ou outra neste tópico, será para uma Sym GTS Evo (c/ "i" ou sem "i").
Ainda este domingo pedi autorização a um desconhecido proprietário para me sentar em cima de uma. Já o tinha feito num stand mas achei que o sol ainda motivava mais :).

Mas a essência da aquisição será mesmo o valor.
De repente pode mudar para outra qualquer que tenha referênciada. No dia 01/07/2022 ía comprar uma Daelim S3, em excelente estado e por um valor "simpático" não fosse o caso de ter sabido a meio do percurso (22Km), quando já ía a caminho que tinha sido vendida e nem me informou  >:(

Offline ruicosta

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 533
  • Localidade: Tomar
  • Procura-se kit de unhas...
  • Marca: Sym
  • Modelo: GTS 125 EVO
Re: Scooter 125cc - compensa financeiramente?
« Responder #39 em: 03 de Agosto de 2022, 07:16 »
Companheiro pergunte no grupo de Facebook SYM - Portugal pois existem lá pelo menos 2 companheiros a vender uma GTS EVO e uma GTS 125i.

Enviado do meu RMX1971 através do Tapatalk