Autor Tópico: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!  (Lida 8272 vezes)

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12447
  • Localidade: Évora
RIEJU CITY LINE 125/300

É um pouco curioso vir agora falar da Rieju City Line em virtude de ter falado muito por alto neste modelo quando foi criado o tópico do Salão Internacional da EICMA....
Pois agora e passados alguns meses, a RIEJU City Line já se encontra à venda e pronta para fazer voltar cabeças à sua passagem.

Esta marca espanhola adoptou um design convincente e que alia na perfeição a desportividade das suas linhas, com o formato tradicional das maxiscooter. Encontram-se muitas semelhanças com a italiana Malaguti e não é para menos, visto utilizar o mesmo chassis e um design das carnagens que ali acolhe toda a sua inspiração, havendo apenas alguns detalhes que as diferenciam.

Tem uma frente agressiva e dominada pelos faróis duplos, entradas de ar estilizadas e colocadas logo abaixo destes, assim como piscas colocados nos topos da carnagem, dando a este modelo uma identidade frontal que a permite destacar-se mesmo à distância.
A traseira segue a mesma bitola aplicada na frente e transmite a sensação de se estar perante um modelo com carácter mais desportivo do que é comum neste segmento. A forma e a função com toque desportivo!  _pol_









O banco acolhedor e o conforto global proporcionado pela RIEJU é outra surpresa segundo já pude ler num ensaio feito ao modelo à poucos dias atrás na publicação francesa Scooter-Station, sendo que este modelo da marca espanhola vai ao pormenor de apresentar, além do tradicional encosto traseiro e comum em muitas maxiscooters, também um enchimento do estofo nas suas laterais, que transmitem a sensação  (porventura real e percepcionada), de aumentar sobremaneira o apoio lateral quando surgem curvas mais fechadas ou quando nos sentimos como o Rossi em pleno GP.  >:D

Gosto muito...




A instrumentação também se apresenta moderna e muito completa, não lhe faltando o sempre útil computador de bordo.
A iluminação faz-se em dois tons de laranja distintos (mostradores e LCD), conferindo uma leitura muito fácil e rápida da informação mais importante a cada momento.



A estabilidade proporcionada pelo seu excelente chassis em conjugação com uma taragem das suspensões muito bem escolhida para o conjunto e uns bons pneus Michelin CityGrip de série, tornaram este modelo extremamente agradável de conduzir e permitiram níveis elevados de velocidade sem se recearem os seus limites, tal como se poderá verificar na descrição feita neste extenso teste de uma publicação francesa. Quem quiser ler, ver aqui: RIEJU City Line (2014)

As motorizações utilizadas neste modelo da marca espanhola são muito especiais, mesmo muito especiais.
Tratam-se de duas modernas e fiáveis unidades "emprestadas" pelo grupo Piaggio e que contam com as seguintes características técnicas:

Motorização 125cc:

Monocilindrico a 4 tempos, 125cm3, refrigeração líquida, injecção electrónica, 15cv de potência (está no limite legal para esta cilindrada  _pol_).
Velocidade máxima: 118Km/h

Motorização 300cc:

Monocilindrico a 4 tempos, 278cm3, refrigeração líquida, injecção electrónica, 22cv de potência.
Velocidade máxima: 138Km/h

Esta marca espanhola, que tem já várias décadas (faz neste ano de 2014...80 anos de existência!!!) tem a sua produção localizada numa fábrica em Figueres, Girona (Espanha) e tem procurado continuamente manter-se na vanguarda da tecnologia e feito um esforço por colocar no mercado modelos apelativos e capazes de emoções fortes.
Já agora, uma pequeno curiosidade que vos conto: Esta localidade onde são produzidas as Rieju, foi onde nasceu e viveu Salvador Dali, pintor catalão que dispensa apresentações.  _pol_
Cerca de 80% da sua produção é para exportar, sendo os seus maiores mercados, além do espanhol, os mercados Italiano, Francês e do Reino Unido.

Mas a pergunta que fica no ar é óbvia! Se esta marca apresenta produtos tão bons e estão apoiados numa mecânica que provem de uma marca com tantas provas dadas, porque razão não se vêm mais em Portugal?

Como em quase tudo, a resposta não se conta numa linha e se for analisada a fundo a razão para tal, teríamos aqui um tema de conversa muito extenso e ao mesmo tempo interessante.

Porém, algumas coisas saltam à vista e começam logo no seio da própria marca.
A RIEJU tem uma produção anual de 20.000 motos (dados da própria fabricante), pelo que a comparação com outras marcas deixa-a desfalcada se a vontade fosse competir por um lugar ao sol em termos de unidades vendidas...
Depois temos a questão da sua rede de vendas se fazer em 20 países, ao passo que quase todas as outras marcas concorrentes o fazem a nível internacional;
A fábrica, mesmo tendo em consideração a extrema dedicação dos seus colaboradores, está limitada a uma cadência de produção ditada em certa medida pela sua dimensão (12.550m2), quando outras marcas já têm linhas de montagem muito eficientes na India, China, Vietnam, Malásia, Taiwan, etc, que produzem diversos modelos diferentes e em quantidades impossíveis de alcançar pela fábrica da marca espanhola;
O preço deste modelo também não será algo que virá a ajudá-la muito. Não que a qualidade e a vertente tecnológica não o justifiquem plenamente, mas os cerca de €3.900 + despesas (preço em França para a 125cc) e os €4.700 + despesas (preço em França para a 300cc), acabam por colocá-la perigosamente perto de outras alternativas bem implantadas e cujo nome é mais familiar na altura da decisão de uma possível compra.

Respondendo frontalmente se vale a pena pensar neste modelo como uma opção a ter em conta...a minha resposta é SIM, absolutamente.



Para mais algumas informações ou simplesmente ver o portefólio de modelos desta marca, CLICAR AQUI
« Última modificação: 26 de Abril de 2014, 17:12 por Sapiens21 »

CarlaLopes

  • Visitante
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #1 em: 25 de Abril de 2014, 11:20 »
Como diz o outro... é Bué da fixe...  _pol_

Offline Panda

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 1408
  • Localidade: Lisboa
  • Marca: Aprilia
  • Modelo: SR GT
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #2 em: 25 de Abril de 2014, 12:00 »
esta era a original - Malaguti que já não produz scooters, mas continua a operar no mercado, vendendo peças de recambio para quase todos os modelos de scooters

http://www.malaguti.com/it-IT/Modelli/scooter-125-300cc/MADISON-3-125cc.aspx




Offline karloxilva

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 641
  • Localidade: Setúbal
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #3 em: 25 de Abril de 2014, 13:15 »
Tem boa pinta.
Segui o "link" da marca catalã e o seu representante em Portugal está sediado em Anadia. Na página nacional da RIEJU não há ainda referência ao modelo 300.
Quanto à scooter, casa bem o aspecto desportivo com soluções ergonómicas que lhe permitem ser mais "rutera": há espaço para se mudar os pés de posição, e até o banco algo alto (810 mm) é compensado com o desbaste lateral que ajuda os mais pequenos a colocarem os pés no chão.
O motor tem provas dadas e a montagem parece ser de excelente qualidade, a instrumentação é suficiente. Não tem ABS.
O preço é mais caro que as taiwanesas e aproxima-se das marcas estabelecidas, certo. Mas se olharmos a que se trata de um produto europeu, e é montada por trabalhadores europeus (sem qualquer chauvinismo, entenda-se) acaba por ser justo, comparativamente, na medida em que os outros modelos, mais caros, são produzidos com mão-de-obra ao "preço da chuva". Acerca deste pormenor, não posso esquecer que a Suzuki fechou a fábrica espanhola de Gijón, onde produzia a Burgman 125, e passou a produção para a Tailândia, onde é também produzida a Honda Forza, e nem por isso as novas Burgman 125 são mais baratas.
Uma opção a considerar nas 300 cc.
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12447
  • Localidade: Évora
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #4 em: 25 de Abril de 2014, 15:45 »
Estás correcto companheiro karloxilva.
O facto da construção deste apelativo modelo se fazer em território europeu (Espanha), acaba por encarecer um pouco o preço face a algumas marcas que têm fábricas ou linhas de montagem noutros países asiáticos p. ex.

A qualidade aplicada neste modelo acredito que esteja num nível muito elevado e confesso que veria com muito agrado a circulação regular de modelos desta marca entre nós. Só a motorização é, por si só, um excelente convite a assegurar tratar-se de um valor seguro.  _pol_

Deixo aqui dois vídeos relativos à City Line da RIEJU.  _pol_

Video realizado no último Salão da EICMA com diversos detalhes do modelo

RIEJU City Line 300 - Dos 0 aos 140Km/h

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12447
  • Localidade: Évora
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #5 em: 26 de Abril de 2014, 17:01 »
Quem quiser conhecer todos os modelos desta marca Made In Spain, poderá ver aqui o catálogo 2014:

RIEJU - 2014 Range

O modelo City Line 125/300 e objecto deste tópico, encontra-se nas páginas 13, 14 e 15 do catálogo.

daniel

  • Visitante
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #6 em: 26 de Abril de 2014, 19:38 »
Já conheço de nome esta marca desde à algum tempo.
Tem uma gama de modelos engraçada, mas por cá parece-me que existirão muito poucas a circular.
Eu pelo menos não me lembro.  _pensador_

Marco46

  • Visitante
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #7 em: 26 de Abril de 2014, 20:05 »
esta marca em espanha vê-se muito, e cá salvo erro já vi uma, mas nunca pensei que este modelo deriva-se de uma malagutti, porque nem conhecia este modelo na malagutti, nem na rieju.

quanto aos testes, ficha técnica e pormenores que acabei de ler, estou perplexo   _confuso_

digo-vos já que nem sabia que existia em Portugal importador, e pena enho de só haver ate 300, porque senão consideraria a compra deste fantástico modelo.

Se os olhos comem, os meus já estão bem servidos, adorei!! tem mesmo muito bom aspecto.

5*****

e ainda bem que é montada na Europa, pois a qualidade paga-se, quer queiramos quer não. Reparem bem nos pormenores deliciosos, e aquela frente agressiva a impor serio respeito, mas também só podia visto ser um modelo italiano.

obrigado pela partilha e divulgação, pois certamente como eu, muitos de vós não a conheciam.


Aquela laranja deixou-me a babar!



saudações

 _convivio_
« Última modificação: 27 de Abril de 2014, 00:43 por Marco46 »

Offline santos466

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 1317
  • Localidade: Damaia/Torres Novas
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Fazer 600
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #8 em: 27 de Abril de 2014, 00:07 »
Estou contigo Marco! Linda ! Também não sabia da historia dela nem que eram vendidas cá. Lembro-me à largos anos que havia umas 50cc que impressionavam nos testes entre as Nsr e cagivas mas depois não se via nenhuma cá em portugal, seria a representação fraca ou o preço?

A 300 ainda me piscou o olho! Lol
"...façam o que vos dá prazer e ponham de lado o que vos faz sentir mal ! " - By JorgeVaz 

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12447
  • Localidade: Évora
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #9 em: 02 de Janeiro de 2015, 10:11 »
A Motociclismo.es (Espanha) levou a Rieju City Line 300 muito recentemente para a estrada, com o objectivo de lhe fazer um teste (prueba) abrangente e em diferentes condições de circulação.

No geral e após leitura interessada ao artigo que deixo abaixo, verifica-se que o agrado geral com esta bonita máquina de produção europeia, teve saldo muito positivo.  _pol_

(Clicar na imagem para aceder directamente ao artigo)


Pessoalmente, gosto imenso desta maxiscooter GT fabricada em Gerona e sinto que é daqueles modelos que merece ser olhado com atenção e interesse, pois reúne argumentos fortes neste que é um segmento tão concorrido e em constante evolução.

Só um excerto da conclusão final:  "....este Rieju nos ha dejado un muy buen sabor de boca: cada vez que te pones a sus mandos te preguntas por qué otros scooter no son tan cómodos y con todo tan bien puesto, y cada vez que te enfrentas con él al tráfico te preguntas por qué no son todas las motos tan fáciles de manejar…"

Marco46

  • Visitante
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #10 em: 02 de Janeiro de 2015, 10:33 »
A par da nova Aprilia e da K-XCT, é sem duvida alguma, uma das 3 melhores escolhas de mercado para quem gosta de exclusividade, tem bom gosto e nao se importa de pagar por algo que vale todos os centimos ao contrario ai de certos modelos que só se valem do nome.

Para quem pensa adquirir este Ano nova montada, ai tem um modelo de topo que todos vao olhar quando estiverem parados nos semaforos.

@ Panda, a Malagutti opera no nosso mercado e ainda vende este (Madison 3 125 e 250cc), e mais modelos que se podem adquirir no representante em Portugal

http://www.motostrada.pt

Morada:

Rua Faria Guimaraões, nº100| 4000-202 Porto.

Telefone: 224 901 979

Telemóvel: 917 655 992 (Álvaro Vaz)

Fax: 224 905 243

email: geral@motostrada.pt

Horário do Stand de Motos - Porto:
Segunda a Sexta-feira:     9.30 a 12.30  e  14.30 a 19.00
Sábado Horário Inverno:   10.00 a 13.00
Sábado Horário Verão:     10.00 a 13.00 e 14.30 a 18.00


A Malagutti vendeu os direitos à Rieju para esta ser comercializada em Espanha numa forma de rentabilizar tao bom modelo, uma vez que em alguns Paises, esta marca tinha\tem pouca expressão.


a minha unica duvida seria escolher entre esta e a nova Aprilia com o novo motor QUADRA. 


saudações

 _convivio_
« Última modificação: 02 de Janeiro de 2015, 10:43 por Marco46 »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12447
  • Localidade: Évora
Re: RIEJU City Line 125cc/300cc - A forma e a função com toque desportivo!
« Responder #11 em: 12 de Setembro de 2015, 00:13 »
Um teste realizado ontem pela importante e conceituada publicação francesa Scooter-Infos, aqui aqui deixo para todos aqueles que pouco ou nada conhecem deste lindíssimo modelo de marca Espanhola...e com design Italiano.   _pol_ _pol_

http://www.scooter-infos.com/essai-2036-essai-rieju-cityline-125.html

Nota final do teste:  8,3/10   _pol_