Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 ... 10
1
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por Pianoman em Hoje às 07:56 »
Desde que instalei os espelhos de ângulo morto nunca mais tive sustos.
Basta um olhar rápido para eles, que, em conjunto com os retrovisores, consigo perceber se existe movimento atrás de mim/ao meu lado.
De noite então, só se vier alguém de luzes desligadas é que não o "topo".
Nunca mais precisei olhar para trás, arriscando assim apanhar um susto devido a uma travagem brusca ou qualquer coisa semelhante que se tenha passado à minha frente.
2
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por ruicosta em Hoje às 07:43 »
Por muito bons e bem orientados que estejam, os espelhos das motas são pequenos e muito menos sem tecnologia de angulo morto, vulgo câmera que identifica veículos e acende uma luzinha vermelha no espelho e nem mesmo os chineses que inventam espelhos para eliminar angulo morto me parecem eficazes.....

Tanto na instrução, como num curso de condução defensiva (Honda) que fiz, sempre me ensinaram, incentivaram e garantiram que olhasse sempre por cima do ombro (não é olhar para trás, nem rodar muito à cabeça, apenas um rápido movimento por cima do ombro que elimina a possibilidade de angulo morto.

Os espelhos de angulo morto, e respeitando quem se dá bem com eles, são um perigo, na minha opiniao pois não refletem a real distancia e dimensão dos objectos aí refletidos e, na minha opinião, pode dar asneira....

Continuo a usar a técnica do "olhar por cima do ombro" e felizmente tenho-me saído bem.

É só a minha opinião, não sou dono da razão...

Enviado do meu P022 através do Tapatalk
Sou obrigado a concordar, neste momento não tenho os ditos espelhos, descolaram-se e caíram. Mas quando os tinha usava apenas como um auxiliar. Em situações por exemplo de mudança de faixa ou mudança de direção há que olhar sempre por cima do ombro.
Mas para isso é preciso ter alguma cautela com a distância para o veículo da frente.
Em Lisboa principalmente, onde vejo mais motos, vejo pessoal a circular autenticamente em cima do carro da frente e com esta forma de condução o meio segundo que se demora a olhar para o lado pode ser fatal.

Enviado do meu RAINBOW 4G através do Tapatalk

3
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por LMoreira em Hoje às 00:00 »
Na minha opinião, esta questão e a distância para os veículos da frente são provavelmente as situações que mais me assustam uma vez que já apanhei alguns sustos em ambas.
Por duas vezes tive necessidade de travar repentinamente para evitar a colisão com os veículos da frente devido a minha distração, ainda que apenas por alguns segundos e aconteceram a baixa velocidade que é precisamente quando descemos os níveis de atenção.
Também já por várias vezes fui ultrapassado por outras motas, tanto pela esquerda como pela direita, principalmente em vias rápidas com trânsito intenso e normalmente "aparecem" assim de repente.
É por estas e por muitas outras que não podemos facilitar na observação e na atenção em tudo e todos.   
4
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por toffy em Ontem às 23:26 »
Por muito bons e bem orientados que estejam, os espelhos das motas são pequenos e muito menos sem tecnologia de angulo morto, vulgo câmera que identifica veículos e acende uma luzinha vermelha no espelho e nem mesmo os chineses que inventam espelhos para eliminar angulo morto me parecem eficazes.....

Tanto na instrução, como num curso de condução defensiva (Honda) que fiz, sempre me ensinaram, incentivaram e garantiram que olhasse sempre por cima do ombro (não é olhar para trás, nem rodar muito à cabeça, apenas um rápido movimento por cima do ombro que elimina a possibilidade de angulo morto.

Os espelhos de angulo morto, e respeitando quem se dá bem com eles, são um perigo, na minha opiniao pois não refletem a real distancia e dimensão dos objectos aí refletidos e, na minha opinião, pode dar asneira....

Continuo a usar a técnica do "olhar por cima do ombro" e felizmente tenho-me saído bem.

É só a minha opinião, não sou dono da razão...

Enviado do meu P022 através do Tapatalk

5
Kymco / Re: Agility city 125 - 2018
« Última mensagem por atafiop em Ontem às 22:51 »
Tenho uma Agility de 2015 e nada a apontar. 7000 km. Os consumos dependerá sempre do estilo de condução, mas eu gasto mais ou menos 3 litros e meio por cada cem km. As revisões são do mais económico que podes encontrar.
6
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por Pianoman em Ontem às 22:33 »
Os meus são redondos também e têm apenas cerca de 5cm de diâmetro. Mais do que isso já é demais.

A diferença é que eu os colei na parte interior dos retrovisores, ao contrário do que a maioria das pessoas faz, que os cola na parte exterior.
Para mim faz todo o sentido ser assim, já que a parte interior é precisamente a que reflecte um pouco dos braços e cotovelos, logo, já é uma parte do retrovisor que não se utiliza. Se os colasse na parte exterior, perdia uma das partes mais úteis dos retrovisores. Obviamente que para a utilização dos espelhos de ângulo morto estarem colados na parte interior ou exterior não faz a mínima diferença.
7
Eventos e Passeios / Re: 01-07-2018 CURVAS NO RIO - ALMOUROL
« Última mensagem por Milharada em Ontem às 20:04 »
Já fiz a transferência bancária sexta feira Miguel
Abraço
8
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por ruicosta em Ontem às 18:35 »
Junto à minha casa há uma loja de chineses que têm quase sempre uns espelhos redondos, desses para evitar os ângulos mortos, com cerca de 6cm.
Quando os coloquei na minha Sym, colados nas pontas dos espelhos da mota, passei a conseguir ver não só para os lados como também para trás de mim.

Enviado do meu RAINBOW 4G através do Tapatalk
9
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por Pianoman em Ontem às 17:45 »
Pianoman consegues dizer-me ao certo o nome desses espelhos? São aqueles pequeninos que se colam nos retrovisores, certo?
Já pensei niso mas não sei bem onde encontrá-los...
Não consigo, pois esse também é um dos meus objectivos de vida: encontrar outros iguais.
Comprei-os num chinês na EN10 (Good Mart) que fica entre Corroios e a Cruz de Pau há uns 4 ou 5 anos.

Já "corri" todo o eBay à procura de uns iguais, porque aqueles têm o tamanho e formato ideal para os retrovisores da minha mota, mas só encontro maiores.

Tenho inclusivamente uns quantos aqui em casa mas que são grandes demais para mim.
10
Segurança / Re: Retrovisores ou virar a cabeça?
« Última mensagem por pjmartinho em Ontem às 14:48 »
Se reparares os espelhos da mota são relativamente pequenos e, provavelmente ao olhares por eles, vais ver os teus braços em quase metade dos espelhos. Outro aspecto, tem a haver com o ângulo de visão que proporcionam e que é, regra geral, pequeno.

Para conseguir ter uma visão melhor através dos espelhos, provavelmente, fixas o olhar no espelho enquanto mexes um pouco a cabeça para "ver bem" para trás... assim também estás a desviar o olhar do que se passa à frente da mota. É bem mais rápido dar uma "espreitadela" por cima do ombro para ver o que se passa atrás porque, nessa espreitadela, só se pretende ver se "vem de lá alguma coisa" e não sendo necessário conseguir ler a matricula dos carros.

No meu caso, quando preciso saber o que se passa atrás de mim, primeiro dou uma olhadela aos espelhos e depois espreito por cima do ombro por causa do ângulo morto pois, embora a minha mota tenha espelhos "panorâmicos", eles não são assim tão panorâmicos quanto aqueles espelhos que os taxistas usam.

Quando comprei a minha primeira scooter, fui fazer o curso de condução defensiva na escola da Honda no kartodromo de Palmela. As motas que usam no curso, nenhuma delas tem espelhos precisamente para que as pessoas se habituem a olhar para trás.

Uns videos deste curso na Australia... por cá é praticamente a mesma coisa.
Páginas: [1] 2 3 ... 10