Autor Tópico: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!  (Lida 50630 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

ZEV

  • Visitante
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #25 em: 24 de Fevereiro de 2011, 02:30 »
Regulamentação europeia:
http://eur-lex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.do?uri=CELEX:31998R2411:PT:HTML

Dado que por cá ainda não se adaptaram todas as matriculas à regulamentação europeia e é proibido meter "extras" na matricula actual, podem colocar qualquer tipo de "P" e rezar para não serem multados lá fora...  _Rolley_

Das duas uma, ou metem um P com as estrelas na matrícula e podem ser multados cá ou metem um P fora da matrícula e podem ser multados lá fora...  _martelada_

Penso que a única solução é imprimir uns autocolantes com o P e as estrelas e colar na própria matricula quando passarem a fronteira, tirando quando regressarem...   :-?

Eu não tenho esse problema pois não penso sair do rectângulo com a maxi.  _pol_


 _reg_ _reg_ _reg_

Atenção que o que o texto diz é bem claro, e parece-me estares a misturar duas coisas.

Essa regulamentação, o que faz, é estipular em toda a UE que a letra constante na matrícula, na sua parte esquerda, é EQUIVALENTE e substitui a(s) letra(s) com que poderão obrigar os veículos a fazer-se circular.

Citar
Artigo 3º
Os Estados-membros que exigem que os veículos matriculados noutro Estado-membro apresentem um dístico identificador de matrícula quando circulam no seu território reconhecerão o dístico identificador do Estado-membro de matrícula apresentado na extremidade esquerda da chapa de matrícula segundo o Anexo do presente regulamento como sendo equivalente a qualquer outro dístico identificador por eles reconhecido para identificar o Estado de matrícula do veículo.



O que, por omissão e que assim se entende claramente, é que todo e qualquer veículo que, não dispondo das matrículas "novas", tem OBRIGATORIAMENTE de ter um dístico identificado do país emissor da sua matrícula, nos países que assim o exijam.

Como os motociclos, e os carros anteriores a essas matrículas, não dispõem desse identificador, terão de o fazer por outro modo.



Obrigado pelo link relativo a essa lei.  _pol_

Offline jogador

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Fev 2011
  • Mensagens: 83
  • Localidade: Caminha-Viana do Castelo
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman 400 2008
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #26 em: 24 de Fevereiro de 2011, 09:49 »
Olá,
Pelo que se lê na lei, eu entendo que se tem que colocar o distico, quem não o tiver.
Agora, só falta saber (ao ir a Espanha, a ver se pergunto) se Espanha obriga ou não a utilização desse dístico. Pode haver acordos bilaterais nesse sentido. É que por aqui ainda circulam muitos carros espanhois sem o E colado ao carro e com matrículas antigas. Mas também já ví em motas matrículas identicas as nossas dos carros com o E.
Jogador

josegon_calves

  • Visitante
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #27 em: 24 de Fevereiro de 2011, 10:05 »
Bom dia Companheiros e Companheiras,

A Lei só existe para ser quebrada, correcto!

Mas atenção!!!

Tem um custo mínimo de 200€, pagos na hora se fôr no estrangeiro!!!

Sempre foi obrigatório, já antes do 25 da Abril ou da entrada de Portugal da União Europeia, o uso do tal P para todas as viaturas que circulassem para além fronteiras.

Dado que não somos residentes nos países que visitamos, somos, pura e simplesmente, obrigados a pagar na hora e, se as Autoridades assim o entenderem, impedidos de seguir viagem até estar regularizada a situação!!!

Espero ter ajudado.

Um abraço,

josegon_calves

  • Visitante
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #28 em: 24 de Fevereiro de 2011, 10:54 »
Pois é Companheiro RazoR,

De facto, têm que apanhá-lo primeiro! _rir_

Mas é bom estar consciente de todas as situações, quem sabe um dia não nos apetece dar um saltinho a Badajoz e sai-nos cara a viagem _mau_ _Zang_

Especialmente o pessoal próximo da fronteira deve estar especialmente alerta _Rolley_

De resto, cá pelo Burgo, não são necessárias essas "politiquices"!!!

Um abraço,

Offline lferro

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Nov 2010
  • Mensagens: 260
  • Localidade: São Domingos de Rana - Cascais
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: R1200 GSA
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #29 em: 24 de Fevereiro de 2011, 11:13 »
Companheiros eu penso se as autoridades quiserem fazer mais uns cobres em multas o fazem e pegam por ai ou por outra coisa qualquer.
No ano passado fui a Jerez (Moto GP) e não levei "P" nenhum e as motos portuguesas que vi também não tinham "P", foram algumas multadas? Não sei, eu não fui. Mas que vi matriculas espanholas novas já com a letra "E" no fundo azul com as estrelinhas isso vi, mas também vi matriculas espanholas mais antigas sem "E". Por isso é sempre uma duvida que vamos ter.

Se o nosso Estado já tivesse optado pelas matriculas para mota como as dos carros não estavamos aqui a falar deste assunto. Porque cada um vai interpertar á sua maneira e com uma agravante, mesmo ponhamos o "P" de que maneira for vamos estar sempre a infringir a lei porque não é um "P" dado ou fornecido por alguma autoridade competente daí ser uma adultração da matricula, pode isto dar multa? Também não sei.

Um abraço.

Luis Ferro
Luis Ferro

BMW R1200 GSA - Honda NC700D Integra - Honda SW T-400

Offline ffmarques

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 587
  • Localidade: Santo António dos Cavaleiros
  • Sexo: Masculino
  • Membro CPM nº 44
  • Marca: Kawasaki
  • Modelo: GTR 1400 Grand Tourer
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #30 em: 24 de Fevereiro de 2011, 17:30 »
Isto levantou uma serie de questões e como não gosto de puxar argumentos com a  _policia_  porque eles terminan a dizer "isto é assim e prontos" e depois da informação do IMTT, fui à procura, sem êxito, do "P" para colocar na Burrinha.  _corado_

Ao mesmo tempo e já que não estava convencido,  _pensador_ porque já me tinham dito não ser preciso nada para circular em terras além fronteira, ::) fui procurar informação de se realmente tinha / bastava colar a letra P no motociclo para não ter problemas ou se teria de ser mais qualquer coisa.

Lembrei-me:  _pensador_  Falar com a GNR - liguei para o Comando Geral 213217000, deram-me o contacto da Unidade Nacional de Trânsito 213922300 onde me deram o contacto da Secção de Trânsito 213237054 para onde liguei às 15h.  _confuso_ _confuso_

Depois de explicar o que pretendia. Depois de ter pensado um pouco  _pensador_  _Rolley_  _pensador_ achou que o melhor seria dar-me o contacto do Posto Misto de Castro Marim 281531639 e pedir para falar com a Guardia Civil.  _pol_  _confuso_ _confuso_

Liguei mas falei 1º com o GNR que depois de ouvir a explicação da minha dúvida disse que me ia passar à Guardia Civil.  _pol_

Em conversa com o agente  _policia_ espanhol, e depois de várias perguntas colocadas de parte a parte, chegou-se à conclusão de que se a matricula é legal em Portugal  _pol_ em Espanha também é.  _lool_ _lool_ _lool_

Pessoal podemos ir descansados que estamos dentro da legalidade.  _palmas_ _palmas_  _pt_  _pt_

Nota: Todos os agentes com quem falei foram de uma simpatia e cordialidade exemplar  _palmas_ não mostrando o minimo de aborrecimento para responder às minhas questões.  _palmas_

Um BRAVO para todos eles.  _pt_  scooter_ scooter_  _pt_  _palmas_ _palmas_ _palmas_
Aos 49 anos a realização de um sonho que pensava ficar por isso mesmo...Um Sonho
Suzuki Burgman 650 Executive - abril 2009 -  3.000 Km --> 75.057 Km

Offline BoulderP

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 730
  • Localidade: Sobreda - Almada
  • Sexo: Masculino
  • BoulderP = Carlos Cunha = Pepe
  • Marca: Honda
  • Modelo: SW-T_400 - Forza300
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #31 em: 24 de Fevereiro de 2011, 19:39 »
Pois é como sempre... duvidas e mais duvidas!!!

E esse foi o motivo pelo qual enviei email para o IMTT e que coloquei este Tópico.

Cada um sabe de si, eu apenas transcrevi a resposta do IMTT.

Quando for a Espanha levo o "P" na scooter (e não na matricula), tal como me foi dito pelo IMTT. Não vejo motivo para arriscar e o P não pesa nem incomoda.

Peço aos Administradores para bloquearem este Tópico, pois a função do mesmo já foi cumprida.

Bons passeios em Portugal e no resto do Mundo!
 scooter_

Offline dinis espadinha

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 970
  • Localidade: ponte de sor
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Honda Integra 750
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #32 em: 11 de Abril de 2012, 19:02 »
Caros companheiros, em conversa com companheiros nossos, motociclistas surgiu  a duvida acerca da obrigatoriedade ou não da presença do P de Portugal nas maxis nas deslocações ao estrangeiro.
Como no CPM já muitos saíram do Pais de maxi, agradecia o esclarecimento desta dúvida.  scooter_ _slb_ _slb_ _scp_
Alcança quem não cansa
Cumprimentos Dinis.

Offline dinis espadinha

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 970
  • Localidade: ponte de sor
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Honda Integra 750
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #33 em: 11 de Abril de 2012, 19:34 »
Também acho que não, no entanto é só para ficar esclarecido.
Obrigado. scooter_ _slb_
Alcança quem não cansa
Cumprimentos Dinis.

Offline BoulderP

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 730
  • Localidade: Sobreda - Almada
  • Sexo: Masculino
  • BoulderP = Carlos Cunha = Pepe
  • Marca: Honda
  • Modelo: SW-T_400 - Forza300
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #34 em: 11 de Abril de 2012, 19:41 »
E eu tenho o P na Scooter, tal companheiros que foram a Madrid no ano passado.
 scooter_ _pt_

Offline jacreis

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Fev 2012
  • Mensagens: 361
  • Localidade: carvoeira-mafra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Vstrom 650 XT
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #35 em: 11 de Abril de 2012, 21:08 »
Penso ser obrigatório nos outros países da UE. ver link http://www.clubedeauville.pt/forum/index.php?topic=4276.45
 aproveitei uma matricula antiga, recortei-a e fixei por de tras da da cbf e ficou assim.

By jacreis at 2012-04-01
penso que está legal  _pol_ aqui em Portugal e nos restantes países

Offline BoulderP

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 730
  • Localidade: Sobreda - Almada
  • Sexo: Masculino
  • BoulderP = Carlos Cunha = Pepe
  • Marca: Honda
  • Modelo: SW-T_400 - Forza300
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #36 em: 11 de Abril de 2012, 21:55 »
É negativo, o exemplo está incorrecto!

A informação dado pelo IMTT é de que o dístico deverá ser oval com um P no centro, tal como está exemplificado no tópico descrito acima.

Offline dinis espadinha

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 970
  • Localidade: ponte de sor
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Honda Integra 750
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #37 em: 11 de Abril de 2012, 23:47 »
Mas, tenho informação de que o totoculante é proibido na UE, tem de ser na matricula como os carros.  scooter_ _slb_
Alcança quem não cansa
Cumprimentos Dinis.

Offline BoulderP

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 730
  • Localidade: Sobreda - Almada
  • Sexo: Masculino
  • BoulderP = Carlos Cunha = Pepe
  • Marca: Honda
  • Modelo: SW-T_400 - Forza300
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #38 em: 12 de Abril de 2012, 00:19 »
Essa informação é do IMTT? Ou de algum organismo Publico?

Se não é, prefiro acreditar na informação do IMTT.

Nota: É ilegal alterar a matricula ou colocar qualquer autocolante na mesma.
O P na moto é informativo do país, e uma vez que a nossas matriculas não têm informação do pais de origem, é necessário o P para identificar o país de origem.

Ps. Acabei de ver fotos de pessoal que foi nesta pascoa a Marrocos e todos eles tinham matriculas iguais as nossas e autocolantes com P na mota (Motos tipo Pan-European e etc)

Paulo Pessoa

  • Visitante
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #39 em: 25 de Abril de 2012, 20:52 »
Boas Companheiros  _pol_

Eu tenho andado a ver se encontro o maravilhoso Tó do P, para colocar na minha menina _pensador_
Tinha 1 que me foi oferecido pelos admin o ano passado em conjunto com o do CPM, para colar na minha primeira menina, no entanto depois de o ter descolada da anterior para esta, e com as chuvas que se tem feito nestes últimos dias, acabou por cair  :-\
Gostava de saber se por acaso algum dos admin, moderadores ou até mesmo Companheiros me consegue arranjar 1 ou me indica onde poderei comprar na Margem Sul.
Estou para ir até Espanha por estes dias e não queria ser apanhado em falta...
Um grande abraço e boas curvas  _pt_

Offline Tourister

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jan 2010
  • Mensagens: 839
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Aprilia
  • Modelo: Scarabeo 500 Gt
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #40 em: 26 de Abril de 2012, 19:47 »
Companheiro,

De facto é difícil obter o autocolante com a letra “P” nas lojas convencionais.

Sabendo dessa dificuldade, mandei fazer uma série deles para os companheiros que me acompanharam no passeio a Olivenza – Espanha.

Mandei fazer os autocolantes numa casa de impressão, em material de vinil (similar aos que enfeitam os carros publicitário, no sentido de para garantir qualidade e longevidade), dado que, na minha opinião, é a solução mais rápida e eficaz.

Essa é a sugestão que te deixo  _pol_

Um abraço

P.S.: No entanto se quiseres um autocolante é só vires a Santarém que tenho muito gosto em oferecer-te um!
Atentamente

Tourister

gasoil

  • Visitante
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #41 em: 19 de Julho de 2012, 21:52 »
Rapaziada,
Antes de mais, peço desculpa se nao estiver a postar no local correto..

contudo aí vai a minha pergunta:

como posso obter um autocolante "P"?

alguém arranja ou vende ou tem?

Obg :)

Offline cristina

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 2545
  • Localidade: Cacém
  • Sexo: Feminino
  • ... a juntar moedas para comprar o Kit de unhas!
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 300i
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #42 em: 20 de Julho de 2012, 00:36 »
Rapaziada,
Antes de mais, peço desculpa se nao estiver a postar no local correto..

contudo aí vai a minha pergunta:

como posso obter um autocolante "P"?

alguém arranja ou vende ou tem?

Obg :)

Companheiro,

visto que o assunto do "P" é recorrente, juntei o teu tópico neste que já é resultado da fusão de diversos outros que a malta foi abrindo  ;)

Entretanto, e como podes verificar pela leitura do tópico, encontrar +a venda não é tarefa fácil, e a maioria de nós tem optado por mandar fazer.

Entretanto, manda pm ao companheiro Tourister que pode ser que ele ainda tenha algum par ate dispensar  _pol_

Offline brunojr46

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2011
  • Mensagens: 153
  • Localidade: Coina
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Majesty 400 ABS
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #43 em: 03 de Setembro de 2012, 15:37 »
Não estando sózinho na minha busca por respostas venho no entanto partilhar o que já consegui, até agora.
Enviei a mesma questão (em anexo) para a GNR, o ACP, o IMTT e o Ministério da Administração Interna (MAI).
Do MAI foram muito atenciosos e reenviaram-me para o IMTT (que ainda não me respondeu).
Do ACP também foram atenciosos e enviaram-me os artigos da lei correspondente, que não me ajudaram.
Da GNR responderam o que sabiam e indicaram-me uma saída - questionar o IMTT.

A questão que enviei;

Bom dia,
Tenho uma questão/duvida que ainda não consegui esclarecer junto dos vários fóruns onde já participei e gostaria de ter uma ajuda vossa.
Se não me conseguirem esclarecer neste contacto que me consigam informar onde ou a que endereço me posso eu dirigir para conseguir obter o respectivo esclarecimento, que passo a explicar.

Sou possuidor de um motociclo e as matriculas dos motociclos, em Portugal, não têm a identificação do país, ao invés do que existe nas matriculas dos veículos ligeiros.
Pretendo viajar para o estrangeiro e fui “informado” de que deveria adquirir a identificação, que consiste na letra P em preto, num fundo branco com formato oval.
Estou cansado de procurar em estabelecimentos que por principio vendem esse tipo de material, e não encontro. Pior, tenho sido confrontado com informações contraditórias em que uns me afirmam ser desnecessária a utilização da identificação, e outros o contrário.
A realidade é que ao invés de estar mais esclarecido, estou cada vez mais confuso.
A pergunta que fica por responder;  é ou não obrigatório, ao viajar para o estrangeiro de motociclo, a colocação de uma identificação do país de origem?


Resposta do ACP;
 Exmo. Senhor
Bruno Raminhos

Em primeiro lugar as desculpas pela demora na resposta, mas a necessidade de fundamentar a resposta e a exigência de substituir colegas de férias implicaram-na.

Em resposta à pergunta, a Convenção Rodoviária de 1968, a que Portugal aderiu em 2010, não é explícita, quanto à necessidade de uma identificação internacional para os motociclos, sendo certo que, estranhamente, as chapas de matrícula dos motociclos, até e acima de 50 cm3 não têm o P de Portugal. No texto word que envio junto, copiei alguns excertos da dita Convenção Rodoviária e a obrigatoriedade aparece explícita para automóveis e reboque, mas não para os motociclos. Mando também o texto completo da Convenção, para informação.

No entanto, se tencionar comprar um desses dísticos, maneira de evitar algo desagradável durante as férias, poderá fazê-lo na sede ou alguma das delegações do ACP – encontrará as moradas no site ACP – www.acp.pt

Esperando ter esclarecido minimamente, apresento os meus cumprimentos.



(Jertrudes, com "J") Daelim S2 - 0 aos 16000 Km
(Leviana) Majesty 400 - 3300 aos..onde ela me levar

Offline brunojr46

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2011
  • Mensagens: 153
  • Localidade: Coina
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Majesty 400 ABS
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #44 em: 03 de Setembro de 2012, 15:39 »
resposta da GNR;

GUARDA NACIONAL REPUBLICANA
COMANDO OPERACIONAL
DIRECÇÃO DE OPERAÇÕES
DIVISÃO DE TRÂNSITO E SEGURANÇA RODOVIÁRIA
 
 
 
 
 
 
    
C/Conhecimento                
 
          Exmº. (a) Sr. (a)
 
Francisco Sereno       
                  
                  
 
Referência   N/Referência   Processo   Data
a) V/Email de 17AGO12;   8599   040.01.02/12/DO    06SET12
 b) Email nº 5252, CO, de 17AGO12.

ASSUNTO: CHAPA DE MATRÍCULA DE MOTOCICLOS - ESCLARECIMENTO
 
Acusamos a receção do documento em referência, o qual mereceu a nossa melhor atenção.
 
Sobre o assunto tratado no seu e-mail em referência, encarrega-me o Exmº. Comandante Operacional de informar V. Exª. que de acordo com a legislação vigente em Portugal, efetivamente, o modelo de chapa de matrícula aprovado para utilização em motociclos, não contempla a indicação do país de emissão

Relativamente ao regime jurídico vigente noutros países, o Comando desta Guarda desconhece se a indicação, na chapa de matrícula,  do país de emissão, é obrigatória.

Pese embora não tenhamos conhecimento de relato de autuações por falta de indicação do país de emissão, nas chapas de matrícula, pelo menos em Estados-Membros da União Europeia, contudo, aconselhamos que se dirija ao IMTT, entidade administrativa com competência na matéria em apreço, afim de ser devidamente esclarecido.

Com os melhores cumprimentos,

Luís Branco
Tenente - Coronel

Divisão de Trânsito e Segurança Rodoviária
Direcção de Operações
Comando Operacional
Comando Geral/GNR
(Jertrudes, com "J") Daelim S2 - 0 aos 16000 Km
(Leviana) Majesty 400 - 3300 aos..onde ela me levar

Offline brunojr46

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2011
  • Mensagens: 153
  • Localidade: Coina
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Majesty 400 ABS
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #45 em: 03 de Setembro de 2012, 15:41 »
Aguardo pacientemente uma resposta do IMTT.
Claro que, pelo sim pelo não, vou acabar por colar a letra P no bacalhau, mas não o deveria fazer por receio mas sim porque deveria estar esclarecido de que assim o devo fazer.

Beijos ás ninas e abraços aos ninos
 _convivio_  scooter_
(Jertrudes, com "J") Daelim S2 - 0 aos 16000 Km
(Leviana) Majesty 400 - 3300 aos..onde ela me levar

Offline brunojr46

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2011
  • Mensagens: 153
  • Localidade: Coina
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Majesty 400 ABS
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #46 em: 03 de Setembro de 2012, 15:43 »
Abri este novo tópico apenas para não sobrecarregar o já existente, e porque também tem ligeiras diferenças no conteudo. Espero estar correto no meu raciocínio.
 _convivio_
(Jertrudes, com "J") Daelim S2 - 0 aos 16000 Km
(Leviana) Majesty 400 - 3300 aos..onde ela me levar

Offline _AXE_

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 3480
  • Localidade: SACAVEM
  • Sexo: Masculino
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #47 em: 03 de Setembro de 2012, 15:51 »

Resumindo ngm sabe nada  _Zang_ so mesmo em  _pt_

Espera sentado pela Resposta do IMTT  _Rolley_

Vai dando noticias  _pol_

Boas cruvas
         


Vai devagar, não te atrases.....

Offline BoulderP

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 730
  • Localidade: Sobreda - Almada
  • Sexo: Masculino
  • BoulderP = Carlos Cunha = Pepe
  • Marca: Honda
  • Modelo: SW-T_400 - Forza300
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #48 em: 03 de Setembro de 2012, 16:46 »
Boas!

A cerca de um ano enviei email para imtt e abri tópico:
 http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php?topic=5650.msg70425#msg70425

A resposta está lá

Offline Saboga

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Fev 2011
  • Mensagens: 1379
  • Localidade: Parede
  • Sexo: Masculino
  • Abençoada ignorância que tão ilustres filhos tens!
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Apeado
Re: Matricula - Circular de scooter/mota noutros países!
« Responder #49 em: 03 de Setembro de 2012, 22:32 »
Boa noite Companheiro,
Depende do país no qual pretendas circular com a maxi, em Espanha a legislação é clara, não dispondo a matrícula da identificação do país é obrigatória a afixação do autocolante.
Já postei cópia da legislação, esta até refere as dimensões do autocolante e da letra.

Artículo 50. Placas de matrícula, distintivos y documentación.

1. Vehículos a motor matriculados en España y sus remolques:

a) Todo vehículo a motor matriculado en España que haya de circular por las vías públicas del extranjero deberá llevar, en su parte posterior, además de la placa de matrícula nacional, el signo distintivo de su nacionalidad española. En el caso de que el vehículo a motor vaya seguido de uno o más remolques, tanto la matrícula como el signo distintivo deberán figurar, además, en la parte posterior del remolque único o último.

El signo distintivo de la nacionalidad española del vehículo se ajustará en cuanto a sus caracteres, dimensiones y colocación a lo dispuesto en el anexo XI.

b) Los conductores de los vehículos mencionados deberán llevar el permiso de circulación expedido por las Jefaturas de Tráfico con arreglo al artículo 28 de este Reglamento.

2. Vehículos a motor extranjeros matriculados en Estados parte en el Convenio Internacional de Ginebra y sus remolques:

a) De conformidad con lo acordado en el Convenio Internacional de Ginebra, de 19 de septiembre de 1949, sobre circulación por carretera, los vehículos a motor matriculados en cualquiera de los Estados parte en el mismo podrán circular por las vías públicas españolas cuando llevaren en su parte posterior, al menos, e inscrito en una placa o en el propio vehículo, el número de matrícula atribuido a éste por la autoridad competente de su país. Cuando vaya seguido de uno o de varios remolques, el remolque único o último habrá de llevar a su vez, en su parte posterior, el número de matrícula del vehículo tractor o un número de matrícula propio.

La composición del número de matrícula y la forma en que ésta haya de exhibirse son las determinadas en el anejo 3 del referido Convenio Internacional.

Salvo en aquellos casos en que figuren inscritos en sus placas de matrícula la sigla distintiva del Estado de la Unión Europea al que pertenecen y el símbolo representativo de la bandera de aquélla de acuerdo con la reglamentación que se recoge en el anexo I, los vehículos a motor aludidos deberán llevar, además, en su parte posterior el signo distintivo de la nacionalidad de su matrícula. Cuando vaya seguido de uno o de varios remolques, el signo distintivo deberá repetirse detrás del remolque único o último.

El signo distintivo de la nacionalidad extranjera del vehículo se ajustará en cuanto a sus caracteres, dimensiones y colocación a lo dispuesto en el anexo XI.

b) Los conductores de los vehículos a motor a que se refiere este apartado deberán ser portadores del certificado de matrícula, expedido por las autoridades competentes de su país o por una asociación legalmente habilitada al efecto.

En estos certificados deberá figurar, por lo menos, el número de matrícula del vehículo, el nombre o marca del constructor de éste, el número de fabricación y el número de serie del constructor y la fecha en que el vehículo fue primeramente matriculado, así como el nombre, apellidos y domicilio permanente del titular del certificado.

Los certificados de matrícula expedidos en las condiciones precedentes serán aceptados en España como presunción legal de la exactitud de los datos correspondientes.

c) Los vehículos a motor que procedentes de Estados parte en el Convenio hayan de circular por España deberán llevar las siguientes marcas de identificación:

1. El nombre o marca del fabricante.

2. En el chasis o, a falta de chasis, en la carrocería, el número de identificación o de serie del fabricante.

3. En el motor, el número de fabricación del motor, si el fabricante lo estampa en él.

Para los remolques, las indicaciones mencionadas en los números 1 y 2, o bien una marca de identificación asignada al remolque por la autoridad competente del país de procedencia.

Las marcas mencionadas deberán estar en lugares accesibles y ser fácilmente legibles y de difícil modificación o supresión.

3. Vehículos a motor extranjeros matriculados en Estados que no sean parte del Convenio Internacional de Ginebra y sus remolques:

Los vehículos a motor matriculados en cualquiera de los Estados que no sean parte del de Ginebra, de 19 de septiembre de 1949, podrán circular en España bien en las condiciones previstas en el apartado anterior, bien en las establecidas en el Convenio Internacional de Viena de 8 de noviembre de 1968 si se trata de Estados parte en este Convenio, o en las que se indiquen en particulares Convenios Internacionales.

El signo distintivo de la nacionalidad extranjera de los vehículos pertenecientes al Convenio Internacional de Viena se ajustará en cuanto a sus caracteres, dimensiones y colocación a lo dispuesto en el anexo XI y, en su caso, a la reglamentación que se recoge

Fonte: REAL DECRETO 2822/1998, DE 23 DE DICIEMBRE


Abraço

VS
"O sábio pode mudar de opinião. O ignorante nunca."
Immanuel Kant