Autor Tópico: Dicas Para Comprar Motas Usadas  (Lida 8131 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Rcardoso

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Fev 2010
  • Mensagens: 860
  • Localidade: Moscavide
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Downtown 125
Dicas Para Comprar Motas Usadas
« em: 27 de Setembro de 2010, 14:52 »
Preço da Moto Usada
Antes de mais, terás que ponderar se o preço que vais pagar é justo. Para isso, toma nota da marca, o modelo e o ano da mota. Existem várias revistas sobre motas com tabelas de preços para motas usadas que poderás utilizar para avaliar se o preço que vais pagar corresponde ao valor de mercado da mota. Faz uma tabela com motas usadas da mesma marca, modelo e ano e compara os preços. Existem também muitos sites de classificados de motas usadas onde terás acesso à informação necessária para efectuares esse estudo comparativo.

Outra variável a teres em conta é o estado da mota. A última coisa que queres fazer, a não ser que sejas uma vedeta em mecânica, é comprar uma mota usada em mau estado, que terá com certeza consequências em termos económicos. Vais gastar dinheiro adicional em reparações e manutenção .

Considera também o estado da economia. Se o mercado estiver em baixa, a margem para regateares o preço será maior. Se estiver em alta, essa margem será menor.

Toma atenção ao tamanho do motor e às despesas consequentes. O seguro será mais caro, quanto maior for o motor. Pede uma simulação na companhia de seguros para 2 ou 3 hipóteses, considerando vários tamanhos de motor e verifica se qualquer uma dessas hipóteses cabe no teu orçamento para manteres a mota. Não faças conta apenas ao preço da compra da mota. Não te esqueças que vais ter que gastar todos os meses um determinado valor em despesas de manutenção e de utilização da mota.

Estado Da Mota Usada
É claro que o aspecto exterior da mota permite tirar algumas conclusões sobre o estado geral da moto. Mas, se não percebes de mecânica, o melhor é levares contigo um amigo que perceba, para avaliares o estado real da mota, designadamente do motor, travões, pneus, corrente, bateria, suspensão, mudanças e se alguma vez esteve envolvida nalgum acidente.

O número de km percorridos pela mota não é um indicador comparável ao número de km percorrido por um carro, dado que os motores das motas foram concebidos para durar mais do que os motores dos carros. Mas, o historial das revisões da mota poderá indiciar o cuidado que houve na manutenção da mota.

Questões Legais
A última coisa que queres é ser burlado. Portanto, pede o livrete e o registo de propriedade. Verifica a identidade do quem está a vender a mota. Pede o Bilhete de Identidade da pessoa que se apresenta como proprietário da mota usada. E confere se a identificação dessa pessoa confere com os dados que constam no registo de propriedade. Não sejas tímido! Se encontrarem alguma resistência da parte do vendedor, procura outra mota. Especialmente se as condições forem boas demais… Não vás em histórias.

Concretiza a compra na loja do cidadão ou numa Conservatória do Registo Automóvel. Preenches a declaração de venda. E passas logo a mota para o teu nome. Não facilites.

É mais seguro comprar a mota num stand do que a um particular. Mas, é uma questão de procurares várias opções e depois escolheres aquela que te parece mais vantajosa. O stand poderá oferecer uma garantia por determinado prazo.  Pondera se essa garantia justifica a diferença de preço.



Motos Honda Usadas

Uma moto Honda é uma moto fiável. Trata-se dum produto de elevada qualidade e que irá durar muitos anos.  Por isso mesmo, poderá ser uma boa opção a compra duma moto Honda usada.

Haverá certamente muitas opções por onde escolher. E no meio de tantos modelos, preços e ofertas, será uma tarefa árdua a selecção da moto que mais de adequa à tua personalidade e também ao teu estilo de vida. Mas, não cortes caminho. É uma decisão importante, portanto, perde o tempo que fores necessário para que, no fim, sejas feliz com a tua opção. Não te esqueças que o caminho é mais importanto que o destino. Ou seja, não te esqueças de te divertires durante o processo de seleccção da tua novo moto.

Como são motos muito fiáveis, poderás encontrar uma opção vantajosa no mercado de motos usadas. E, se um dia precisares de vender, a depreciação não será significativa. Há muitas pessoas que vendem motos usadas em bom estado, porque decidiram comprar um novo modelo. Não deixes de perguntar a razão da venda. E, se for essa a razão, estás no bom caminho para fazeres um bom negócio.



Motos BMW Usadas
A marca BMW é mais do que uma moto. É um determinado estilo de vida. Mais do que as características da moto, embora não sejam irrelevantes, é necessária uma identificação com a imagem projectada pela marca BMW e com o correspondente estilo de vida.

No mercado das motos usadas, a marca BMW significa uma menor depreciação face ao uso da moto. É verdade que uma moto usada não deprecia tanto como um carro. Mas, esse facto nota-se ainda mais quando se trata duma moto da marca BMW.

Parece-me importante que encontres um stand onde o vendedor seja sobretudo um apaixonado por motos. Visita vários stands até encontrares aquele vendedor que sabe tudo sobre motos. Como é que se distingue um vendedor interessado em fechar o mais rápido possível e outro que respira aquela liberdade que os apaixonados por motos tanto apreciam? O vendedor vai querer marcar um golo de qualquer jeito. Procura alguém que sabe tudo sobre motos, que sabe indicar as vantagens e desvantagens de cada modelo. Conta-lhe o que pretendes. Vais fazer viagens longas? Precisas da moto apenas para a cidade?  E aproveita as oportunidades que te facultarem para testares os vários modelos. Não vais gastar 10 Eur. Não se trata dum negócio de café, onde o cliente entra, toma uma bica e um pastel de nata e 10 minutos depois está despachado. Experimente, experimenta e, se no fim não estiveres convencido, não decidas. Só porque experimentastes alguns modelos não significa que tenhas que decidir nesse mesmo dia ou que tenhas que comprar qualquer uma dessas motos.

As motos BMW fazem parte da história das motos, por causa do papel fundamental e pioneiro que a BMW desempenhou no desenvolvimento deste mercado. Embora a BMW seja hoje mais conhecida ao nível dos carros, tudo começou nas motos. As famosas Harley Davidsons, quando apareceram, mais não foram do que imitações de modelos BMW.


*Fonte - MotoUsadas.net