Autor Tópico: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR  (Lida 624 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Abri este tópico para não continuar a abusar do DB do companheiro Arlindobar, onde fiz algumas intervenções, e porque tenho mais desenvolvimentos relativos a uma eventual aquisição de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR usada, de 2014, com cerca de 14.000 km.

Hoje finalmente consegui fazer um pequeno "test drive" a uma scooter destas, de 2018, com apenas 1.600 km. Como dispunha de pouco tempo para a utilizar apenas fiz cerca de 15 km, não mais de 20 minutos, por um percurso que envolveu alguns kms no eixo Norte/Sul, entrada em Sete-Rios saída para a 2ª Circular na zona do Aeroporto, 2ª circular, depois de Benfica saída para Monsanto para fazer as curvas da estrada que passa no Clube de Tiro, até Pupilos do Exercito, Av. General Correia Barreto até Sete-Rios e regresso a casa nas proximidades.
Deu para confirmar o seu óptimo comportamento em cidade, no arranque, a curvar, notável aceleração nomeadamente dos 80 aos 120 km/h. Pareceu existir um certo "fosso" na aceleração aí na casa dos 60 km/h, mas nada de especial. A partir dos 120 km/h desiludiu-me um pouco, esperava mais, mas também não tive estrada para poder esticar á vontade e mal cheguei aos 140 km/h. Vi que daria mais, mas algo lentamente, até que limite não pude constatar.
A protecção aerodinâmica até aos 120 km/h é aceitável/boa, mas a partir daí para cima leva-se alguma "pancada" do vento, e julgo que para circular muito tempo a 130/140 km/h em AE deixará um tanto a desejar... Talvez com um vidro maior essa questão possa ser minimizada, mas o vidro maior não fica muito bem estéticamente nesta scooter, na minha opinião. Por acaso ainda tenho um deflector da Puig da minha antiga Kymco DT que vi que servirá (estéticamente também fica mal, mas é fácil de por e tirar), mas não deu para experimentar.
Devo salientar que me pareceu que o motor desta scooter que experimentei pode ainda estar muito "preso" pois só tem 1.600 km, na mão de uma senhora, que sei não andar a grandes velocidades. A minha base de comparação de scooters é apenas a Kymco DT 300 i ABS que tive durante 18 meses e com a qual fiz cerca de 15.000 km. Julgo que teria 29 cv enquanto esta terá 30,3 cv, e não notei diferença muito significativa!!! Estava á espera de notar uma melhoria clara na aceleração... mas não me pareceu assim tanto... Mas a minha DT 300i estava bem esticada e tinha um filtro BMC e velas iridium. Mas sinceramente esperava notar grande diferença da Beverly 350 para a Kymco DT 300i mas fiquei ligeiramente desapontado.
Quanto á comodidade, qualidade de construção e maleabilidade é bastante melhor que a DT 300i, como já calculava.
Refiro que a scooter que testei tinha um "avental"/proteção das pernas montado, muito espesso e envolvente, que dificultava um pouco a entrada e saída da scooter...
Quanto á posição de condução estranhei um pouco, pois o vidro para-brisas fica muito próximo da cabeça do condutor... mas com o tempo admito que se possa habituar.
O ralenti pareceu-me muito baixo, a scooter tremelicava um pouco, mas sem cont-rotações não consegui perceber se estava bem regulado? A roda trazeira não rodava, em posição parado, no descanso central, com o motor a trabalhar, ficava imóvel.

No meu entender faltam algumas funcionalidades que eu julgo que uma scooter desta categoria e preço merecia ter, que refiro:
   - Conta-rotações: não é indispensável, mas merecia (a DT tinha).
   - Travão de estacionamento.
   - 4 piscas para emergência (a DT tinha).
   - O indicador dos piscas devia ser duplo, uma seta para a direita outra para a esquerda. Como não se vêm os picas, e a luz avisadora pisca igualmente para os 2 lados não se sabe para que lado estão a piscar... (não me lembro se a DT tinha ou não, mas julgo que sim).
    - O curso do punho do acelerador pareceu-me demasiado longo, obriga a grande rotação do pulso, ou mudar a posição da mão!!!

Posto isto a minha conclusão é que para a cidade e "arredores" (até velocidades de 120 km/h) é indiscutivelmente uma belíssima scooter e não hesitaria na compra.
Já para viagens, nomeadamente em AE, parece-me que a protecção aerodinâmica do condutor deixa um tanto a desejar e não consegui apurar (dado o pouco tempo e distância percorrida) se o motor e aerodinâmica permitira velocidades de cruzeiro prolongadas em AE da ordem dos 130-140 km/h?
Assim sendo estou ainda hesitante, a precisar de melhor ponderação, se realmente não me irei arrepender de deixar a minha Honda CBF 600 SA (que já me pesa um tanto em manobras parada...) por esta scooter???...
 _convivio_
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2081
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #1 em: 26 de Fevereiro de 2019, 17:31 »
A DT300 já tinha um motor espevitado é normal que não notes grandes diferenças para a Beverly350.
Relativamente à troca da cbf600, irás ganhar um pouco de conforto e no peso, mas perdes muito motor.
Há que pesar a troca consoantes as tuas prioridades atuais.
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #2 em: 26 de Fevereiro de 2019, 19:02 »

A DT300 já tinha um motor espevitado é normal que não notes grandes diferenças para a Beverly350.
Relativamente à troca da cbf600, irás ganhar um pouco de conforto e no peso, mas perdes muito motor.
Há que pesar a troca consoantes as tuas prioridades atuais.
Eu pensava numa troca da CBF 600 dentro de talvez 1 ano, devido principalmente ao peso e alto centro de gravidade que já me vão dificultando algumas vezes em manobras parado. A andar não tenho qualquer problema. Por isso pensei na scooter, mas de roda alta para ser mais cómoda e maior estabilidade. Ora de roda alta com mais de 300 cc só estou a ver a Beverly 350 e parecida, mas com 300 cc, a Honda SH 300 (abaixo de 300 cc não estou interessado) . Mas a estética e a maior potência da Piaggio fez-me inclinar para esta e já há algum tempo tenho por hábito ver anúncios de Beverly 350 usadas, que raramente aparecem. Para ir para uma scooter de maior cilindrada e gabarito não quero, para isso manteria a minha actual moto.
Por acaso há poucos dias vi o anúncio de uma Beverly 350 com 4 anos e 14.000 km, duma cor que gosto, e telefonei para o anúncio só por curiosidade. Conversa puxa conversa e verifiquei que o vendedor está numa fase oposta à minha e queria passar para uma moto de maior potência. Sugeri uma eventual troca que por acaso lhe interessou. A grande vantagem do negócio é que não teria o trabalho de vender a minha primeiro, e apenas teria de desembolsar alguns €€, não muitos, pois minha CBF é de 2008 com 69.500 km e a Beverly é de 2014 com 14.000 km.
Não fora ser uma troca não pensaria em mudar já para uma scooter... Mas como não aparecem muitas Beverly 350 usadas, nem um negócio assim, acabei por me interessar. No entanto o dono da Beverly reside noutra ponta do País e não queria fazer uma deslocação grande sem ter a certeza de querer ir para a frente com o negócio. Para isso precisava de experimentar uma Beverly 350, o que só hoje consegui e por pouco tempo, dado não ter encontrado nenhum concessionários Piaggio com uma disponível para teste.
Mas com anteriormente referi não consegui ainda tomar uma decisão, por ter algumas dúvidas se a Beverly 350 me satisfará nas viagens/passeios que queira fazer, dado que estou reformado e grande parte da utilização é em passeio. No entanto eu não sou de grandes velocidades, nem gosto de viajar por AE, mas por vezes no final do dia de regresso, ou por alguma pressa, gostaria que a scooter rolasse bem a velocidades de 130 a 140 km/h, com ainda alguma folga, eventualmente algumas horas seguidas, e é este aspecto que me causa ainda algumas dúvidas, pois para a maioria da restante utilização satisfaz-me plenamente.
Posso referir que nunca ando com pendura e viagens maiores poderei fazer apenas umas 2 vezes por ano.
Mas tenho de resolver rapidamente para dar uma resposta ao vendedor da Beverly.

Enviado do meu WAS-LX1A através do Tapatalk

« Última modificação: 27 de Fevereiro de 2019, 15:12 por Ice »
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA

Offline JetSetWilly

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Mar 2013
  • Mensagens: 206
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Xciting 400i ABS
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #3 em: 26 de Fevereiro de 2019, 23:56 »
"gostaria que a scooter rolasse bem a velocidades de 130 a 140 km/h, com a ainda alguma folga"

Caro isto só consegues com uma scooter 400 ou 500.
Uma 300 ou 350 já estão demasiado perto do limite para serem ágeis nesse regime.
Só com roletes que diminuissem o arranque inicial e oferecessem velocidade de ponto. Ou seja aumentar o peso.

Talvez a Kymco 400, anda por ai uma a venda na net (não é a minha).
Ab
Pedro Fatal

Sym Symphony SRT 125 0-9100 kms
Kymco Xciting 400i ABS 4518 - ...

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #4 em: 27 de Fevereiro de 2019, 01:25 »

Mas eu tenho lido em todo o lado que a Beverly 350 Sport Touring tem a leveza e agilidade duma 125 e as performances duma 400!
Tudo me levava a crer que seria claramente superior a uma Kymco DT 300i em performances.
Fiquei a matutar se a Beverly 350 que experimentei não estaria com algum defeito. Por um lado, como referi, o ralenti parecia muito baixo e a scooter tremelicava muito parada, que diminuía bastante se apertasse a manete do travão de trás. E também experimentei acelerar com a scooter no descanso central com a roda no ar, e parecia-me que o motor desenvolvia muito mal, e até o barulho era muito fraco e pouco vibrante... Nada parecido com o "brum" que a minha antiga DT 300i fazia nas mesmas condições (tinha o escape absolutamente normal de origem)!
Estou com receio que o breve "teste drive" com aquela Beverly me possa ter induzido em erro...  _pensador_, mas nenhum concessionário da Piaggio que contactei tem actualmente uma Beverly 350 SP ara teste-drive.
Agradeço todas as vossas opiniões.
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2081
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #5 em: 27 de Fevereiro de 2019, 10:41 »
Mas eu tenho lido em todo o lado que a Beverly 350 Sport Touring tem a leveza e agilidade duma 125 e as performances duma 400!
Tudo me levava a crer que seria claramente superior a uma Kymco DT 300i em performances.
Fiquei a matutar se a Beverly 350 que experimentei não estaria com algum defeito. Por um lado, como referi, o ralenti parecia muito baixo e a scooter tremelicava muito parada, que diminuía bastante se apertasse a manete do travão de trás. E também experimentei acelerar com a scooter no descanso central com a roda no ar, e parecia-me que o motor desenvolvia muito mal, e até o barulho era muito fraco e pouco vibrante... Nada parecido com o "brum" que a minha antiga DT 300i fazia nas mesmas condições (tinha o escape absolutamente normal de origem)!
Estou com receio que o breve "teste drive" com aquela Beverly me possa ter induzido em erro...  _pensador_, mas nenhum concessionário da Piaggio que contactei tem actualmente uma Beverly 350 SP ara teste-drive.
Agradeço todas as vossas opiniões.

Efetivamente podia ser questão de afinação ou algum componente já com algum uso.
No nosso país  não é fácil encontrar Piaggio nova para testar. Na verdade, nem para comprar em usado, já que o volume de vendas tem sido diminuto face às marcas japonesas.
Relativamente à BV350 tenho ideia de ser uma boa máquina, resta saber se cumpre com as tuas necessidades.
Vai estando atento ao mercado de usados, pode ser que apareça uma mais perto e que esteja mais ao teu gosto.  _pol_
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #6 em: 27 de Fevereiro de 2019, 19:31 »

... E também experimentei acelerar com a scooter no descanso central com a roda no ar, e parecia-me que o motor desenvolvia muito mal, e até o barulho era muito fraco e pouco vibrante... Nada parecido com o "brum" que a minha antiga DT 300i fazia nas mesmas condições (tinha o escape absolutamente normal de origem)!
...

Já esclareci esta questão. Não há anomalia, é o sistema de controlo de tração (ASR) que não deixa o motor acelerar, pois detecta que a roda da frente está parada!!!

Hoje consegui também experimentar uma Piaggio X10 350 cc, que tem o mesmo motor que a Beverely 350 e ... gostei bastante. Embora a ciclistica e conceito seja muito diferente (maior envergadura, mais pesada, mais cómoda, mais estradista), tem o mesmo motor e deu para ver em AE como circula (facilmente) na velocidade 130 a 140 km/h. É uma óptima maxiscooter, mas foi descontinuada!?
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA

Offline petervivas

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Abr 2016
  • Mensagens: 427
  • Localidade: Amadora
  • Sexo: Masculino
  • Quem muito corre, pouco acerta!
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Downtown
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #7 em: 28 de Fevereiro de 2019, 14:31 »
Camarada apenas tenho uma coisa a dizer te das piaggio e dessa Beverly principalmente: É uma maquina, e ainda por cima é bonita!  _confuso_

Eu tenho uma Medley 125 em casa e aquilo é espetacular, a piaggio aprimora muito o rolar dos motores e acabamentos do material, aposto que nao te vais dar mal com essa 350!

Eu percebo a tua reticencia para o medo do motor nao desenrrolar, então vamos por partes e evidências:
- esse motor que experimentaste nem 2000 kms tinha, e normal estar preso
- o motor das piaggio nao e como as kymco, tambem tenho uma kymco alem da medley. A kymco faz barulho, vibra, "parece potente" (e é), já a piaggio é subtil, suave, mas igualmente poderosa e surpreende quem se monta nela.

Essa scooter está cheia de tecnologia, controlo tracao, potencia, beleza, qualidade construcao, manutencoes super espaçadas ... e na roda alta é a melhor que podes ter no mercado
Vai em frente, tens ai mota para dar e vender, e com esses quilometros, está nova!
« Última modificação: 28 de Fevereiro de 2019, 14:43 por petervivas »
Daelim S2 125i: 2016-2017-13000 kms < 3L/100
Macal 50 M70 Sport de 1990 (para sempre na garagem e atual ...)
Kymco Downtown 125i ABS: 07/2017 a ... +/- 3.3L/100
Piaggio Medley 125 ABS iGet S&S: 2/2019 - 900kms a...

Offline Arlindobar

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2014
  • Mensagens: 121
  • Localidade: Maia
  • Sexo: Masculino
  • Marca: PIAGGIO
  • Modelo: BEVERLY 350 ST ABS/ASR
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #8 em: 13 de Março de 2019, 09:31 »
Bom dia....
Uma das "desvantagens" da scooter que experimentas-te é que essa já obdece à norma euro 4.
Para o conseguirem retiraram uns 3cv e a programação do motor foi alterada.
Tenho como exemplo uma amigo que têm uma , também de 2014, e fez a actualização da centralina. Desde aí que se queixa que a scooter não responde com tanta potência, sentindo-a mais amorfa.
Com a minha, e tendo esse feedback, deixei-a como estava.
Em AE, de facto nota-se a falta de proteção aerodinâmica acima dos valores legais.
Mas , conforme escrito, nada que um "apêndice" aerodinâmico não ajude.
De resto...satisfeitissimo.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

De 09/2014 a 01/2017 - Piaggio Liberty 125 3V - 0 Km - 22289 Km.
De 02/2017 a 04/2018 - Piaggio Medley125 - 4425 Km a 17.200 Km.
De 04/2018 a .... - Piaggio BEVERLY 350 ST ABS/ASR - 7030Km a ...
" Vida boa não me abandones"

Offline carlospira

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Abr 2014
  • Mensagens: 549
  • Localidade: Montemor-o-Velho-Coimbra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: Medley 125
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #9 em: 13 de Março de 2019, 12:23 »
Boas companheiro,

Nada melhor que ires dar um passeio até onde reside o companheiro que quer vender...E aproveitas as duas coisas...Experimentas e fazes negócio se assim o entenderes E conheces melhor a máquina...
Juntas o útil,ao agradável...

Boa escolha e boas curvas..

 scooter_ scooter_ scooter_

 _scp_ _scp_ _scp_
Carlos Pires
Mama Sumae
Kymco Agility 125 -  32.000  kms
Piaggio Medley 125  - 0  kms  até... 48.000 kms para já.

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #10 em: 13 de Março de 2019, 14:34 »
Obrigado pelos vossos comentários e pelo interesse demonstrado.O eventual negócio com uma Beverly 350 no Algarve não se concretizou, mesmo sem me chegar a deslocar, por falta de interesse do vendedor.
Como este negócio não foi para a frente, e dado que me está ainda a custar muito largar a minha CBF 600 e baixar tanto de performances e prazer na condução da moto, vou adiar esta decisão talvez para o próximo ano (ou mais).
No que respeita a scooters a Beverly 350 ST está nas minhas preferências, mas também tenho olhado para a Kymco Xciting 400i ABS, que vão aparecendo usadas com 3 a 4 anos com valores interessantes...
 _convivio_
« Última modificação: 13 de Março de 2019, 14:35 por Ice »
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #11 em: 20 de Março de 2019, 15:35 »
Boa tarde a todos!
Venho dar notícias da minha intenção de vender a CBF 600 e adquirir uma scooter, que inicialmente tinha direccionado para a Beverly 350 Sport Touring.
Mas, conforme já referi, a troca por uma Beverly não se concretizou e  verifico que dentro do orçamento que defini por uma scooter usada, não conseguirei encontrar uma Beverly 350, até porque muito poucas aparecem nos usados.

Assim, e após bastante consultas a reviews e opiniões de fóruns referentes a scooters de 300 a 350 cc, conclui que para os meus objectivos (mais passeio, menos cidade diariamente) a recente Cruisym 300 seria a scooter desta categoria mais cómoda e com boa velocidade de cruzeiro, dentro do meu orçamento. Fiz um drive-test (scooter gentilmente cedida pela Lombas e curvas) e gostei bastante. Para ser o ideal para mim, gostaria que tivesse mais 5 ou 6 cv, mas nesta categoria têm quase todas o mesmo (27 a 29 cv), e só a Beverly 350 anterior a 2017 (norma euro 3) tem 33 cv, e não quis passar para a classe superior (400 cc) por variados motivos.

Ainda pensei na Kymco X-Citing 400 ABS, que teoricamente correspondia ás minhas pretensões, dado que aparecem algumas a bom preço nos usados, mas depois de experimentar coloquei logo de parte essa hipótese. Demasiado alta, suspensão trazeira demasiado dura, embora com performances do motor muito satisfatórias.

Como alternativas que colocaria em primeira escolha, tinha a Honda Forza 300, a Yamaha X-Max 300 e a Kymco Super Dink 350, mas os modelos mais recentes saíram após 2017 e não encontrei usadas dentro do meu orçamento pré-definido (máximo 4.000 €). E para modelos mais anteriores não fiquei interessado.

Surgiu-me assim uma Cruisym 300 de Nov./2017, impecável, com vários extras e pneus novos CityGrip, com cerca de 10.000 km. O negócio inspirou-me muita confiança e decidi avançar, confirmando esta aquisição.

Sei que vou ter muita pena de vender a minha Honda CBF 600 SA (que está impecável), pois vou passar para uma scooter com performances muito inferiores, mas que sei ser suficiente para a minha normal utilização. É uma opção racional, e não emocional...

Vou hoje colocar á venda a CBF 600  :(

Agradeço a todos os comentários e informações que gentilmente me prestaram.

 _convivio_

PS: Face ao referido neste último "post", deixo á consideração dos administradores a sugestão de mudar este tópico para "Assuntos diversos" ou outro que julguem mais apropriado, dado não se referir já exclusivamente á Piaggio Beverly 350.
« Última modificação: 20 de Março de 2019, 23:36 por Ice »
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA

Offline appalppamous@gmail.com

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Fev 2019
  • Mensagens: 1
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: Beverly 350 Sport Touring
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #12 em: 15 de Abril de 2019, 01:28 »
Companheiro, eu tinha uma X9 500 i.e. e troquei muito recentemente por uma Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR. Não fica nada atrás em performance relativamente à X9 com a grande vantagem de pesar quase metade assim como as suas dimensões serem significativamente menores o que se traduz numa excelente manobrabilidade, especialmente em cidade. Em estrada porta-se muito bem. Para alguém como eu, cota já com 54 anos que tinha já alguma dificuldade em "arcar" com o peso monstruoso da X9 foi a escolha acertada. Rápida, fiável, leve e muito segura.

Offline Ice

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 174
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: Cruisym 300
Re: Eventual compra de uma scooter Piaggio Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR
« Responder #13 em: 15 de Abril de 2019, 12:18 »
Companheiro, eu tinha uma X9 500 i.e. e troquei muito recentemente por uma Beverly 350 Sport Touring ABS/ASR. Não fica nada atrás em performance relativamente à X9 com a grande vantagem de pesar quase metade assim como as suas dimensões serem significativamente menores o que se traduz numa excelente manobrabilidade, especialmente em cidade. Em estrada porta-se muito bem. Para alguém como eu, cota já com 54 anos que tinha já alguma dificuldade em "arcar" com o peso monstruoso da X9 foi a escolha acertada. Rápida, fiável, leve e muito segura.

Obrigado pela partilha de opinião, que vem confirmar a opinião que já tinha formado sobre a Beverly 350 SP ABS/ASR.
Infelizmente não encontrei nenhuma usada com um máximo de 4 anos dentro do meu orçamente, e acabei por optar pela Cruisym 300 usada, como já referi.
 _convivio_
ex- BMW F650; ex-Kymco Downtown 300i ABS; ex-Honda CBF 600 SA