Autor Tópico: Coletes amarelos queimaram radares em França  (Lida 396 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2290
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Coletes amarelos queimaram radares em França
« em: 06 de Fevereiro de 2019, 18:05 »
Desde o lançamento do movimento de coletes amarelos em novembro passado, os radares de velocidade  têm sido amplamente visados ​​e sofreram numerosas degradações, desde o simples "envolvimento" até a destruição total, de modo que quase metade foi destruído.


Mas enquanto o custo dos danos e a perda de rendimentos é estimado em meio bilhão de euros , as condenações caem por vários autores desses delitos.

Em meados de janeiro, os coletes amarelos queimaram 11 radares na mesma noite, enquanto eles pretendiam desativar todos os dispositivos do departamento. O plano foi meticulosamente preparado, um cúmplice levou os telefones celulares dos autores para que eles fossem detectados virtualmente no outro extremo do departamento. Infelizmente para eles, ainda existem testemunhas oculares. Por meio de suas placas, seis pessoas, que formaram duas equipes, foram sentenciadas pela Corte Correcional de La Roche-sur-Yon por ter queimado dois radares durante a famosa noite.

Os participantes com registro criminal limpo receberam entre 6 e 8 meses de pena suspensa. Com antecedentes criminais, aquele apresentado como líder de um grupo de coletes amarelos levou 4 meses efectivos. Uma nova audiência está esperando por eles agora em maio, em caráter civil, para decidir sobre o reembolso de danos, no valor de 100.000 euros.

Uma situação semelhante com outros dois jovens do Loire presos no último final de semana no ato do fogo de um radar. Apresentados ao juiz, estes foram indiciados por "degradação da propriedade de utilidade pública por meios perigosos, em gangue organizada". Eles também são suspeitos de três outros casos semelhantes.

Lembre-se que a destruição de um radar automático pode levar a penas de até 5 anos de prisão e 75.000 euros em multas, excluindo fatores agravantes. A mera degradação das instalações (tag, pintura ...) pode ser punida com uma multa de até 15.000 euros e serviço comunitário.

http://www.lerepairedesmotards.com/actualites/2019/radars-incendies-condamnations-justices.php
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2019, 18:06 por moto2cool »
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

NunoMiguel

  • Visitante
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #1 em: 07 de Fevereiro de 2019, 16:43 »
Oooooooohhhhh, que pena, radares a arder... estou tão triste...

Offline Lourenço

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2018
  • Mensagens: 58
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: SH125
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #2 em: 07 de Fevereiro de 2019, 17:15 »
O problema vem depois. Cada radar duplo custa 35.000€ fora instalação.
Segundo alguns jornais dos 2400 deste tipo, 1200 foram danificados, mas pelo menos 20% destes estão completamente destruídos.

Estimativa de +- 20 milhões euros só em radares. Quem vai pagar? Todos com impostos, incluídos em pequena parte quem os destruiu através de condenações.

Fora as centenas de pessoas que ficaram, por exemplo com os carros e motas incendiadas, condomínios com aqueles contentores de lixo queimados que são caríssimos, lojas, e todo o tipo de propriedade privada, cujos seguros não indemnizam pela causa de vandalismo.

É justo? Merecem respeito ou consideração? Não, mesmo que tivessem causas justas, para mim passaram a ser um bando de criminosos. Por estas situações nunca poderei estar de acordo com a venda e posse livre de armas porque se visse um "colete amarelo" a incendiar-me o carro acho que aproveitava a confusão para o tingir de outra de cor á distancia. _palmas_

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2290
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #3 em: 07 de Fevereiro de 2019, 18:01 »
Oooooooohhhhh, que pena, radares a arder... estou tão triste...
Tenho a certeza que cada radar gerou receita muito superior ao seu custo mesmo que tenha que ser substituído várias vezes.
Pior foi o dano a particulares
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline scarreira

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Nov 2018
  • Mensagens: 64
  • Localidade: Portugal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Tmax
  • Modelo: 500
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #4 em: 07 de Fevereiro de 2019, 19:28 »
só tenho pena de estarem a levar o tópico para o lado que se calhar não seria o suposto, os radares fixos na minha opinião foi um bom investimento do governo em portugal, sim veio dos nossos impostos é verdade, geram uma receita brutal sim geram mas estes não têm desculpa estão identificados e só cai quem quer.

Um exemplo muito simples:
No tão conhecida estrada IC19
O de são Marcos tem evitado muitos despistes em especial nos dias de chuva (Sintra Lisboa)
O de Queluz veio EVITAR muitas mortes porque aquela zona era um ponto negro do nosso pais agora felizmente deixou de o ser, porquê,pelo simples facto de lá estar um radar  _pt_ _pt_

Oooooooohhhhh, que pena, radares a arder... estou tão triste...
este para mim é um infeliz comentário _thumbdown_

NunoMiguel

  • Visitante
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #5 em: 07 de Fevereiro de 2019, 20:02 »
Quem esteve na manifestação teve a oportunidade de ouvir: 80 milhões de euros inscritos no orçamento de estado só para multas. Radares que evitam acidentes são, a meu ver, inexistentes.

Online omcj

  • Moderador Global
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2013
  • Mensagens: 2176
  • Localidade: Queluz
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XJ600N
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #6 em: 07 de Fevereiro de 2019, 20:58 »

O de Queluz veio EVITAR muitas mortes porque aquela zona era um ponto negro do nosso pais agora felizmente deixou de o ser, porquê,pelo simples facto de lá estar um radar  _pt_ _pt_

Por isso ontem na descida para Queluz quem vem de Sintra estavam lá dois de pernas para o ar  _lol_ _lol_

Offline Lourenço

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2018
  • Mensagens: 58
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: SH125
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #7 em: 07 de Fevereiro de 2019, 20:59 »
Nuno não sou especialista na matéria e sei que há muito a fazer em Portugal na prevenção rodoviária, na formação dos condutores e das polícias e falta de meios, tudo situações por onde já se passou em alguns países há alguns anos e se inovamos em algumas coisas nesta somos mesmo do pior a nível Europeu.

Mas a evolução a que estamos destinados, para onde caminhamos, pode verificar-se precisamente nesses países, França, Alemanha, Bélgica, Holanda, para não falar na Suíça, UK, e países nórdicos.

Já circulei em boa parte deles. Nos primeiros meses e isto há mais de 25 anos, apanhei multas por tudo e mais alguma coisa. Em Genebra só faltou pagar multas por não conduzir, mas conheço uma portuguesa que apanhou por circular demasiado devagar para o ritmo da circulação em AE e consideraram que perturbava a normal circulação do transito e como tal condução perigosa.

Foi mudança de direção sem pisca, beata ou pelisca pela janela parado nos semáforos, faróis de nevoeiro com luar, avançar sem o peão acabar de atravessar completamente na passadeira, distancia ao veiculo da frente, eu sei lá. Aprendi e comecei a reparar que era um dos poucos a cometer aquela infrações. Não estava habituado e o meu diretor um dia disse-me: são todos assim vocês, todos os estagiários Portugueses tem um tempo de adaptação e com as multas aprendem depressa, também nós por cá eramos assim há 15 anos atrás.

Acho que até já falamos disto pessoalmente. Ah e lembrei-me agora, apanhei uma por passar a passadeira como peão no vermelho.

Atualmente há cidades onde cada semáforo tem radar com fotografia, passagem do vermelho, velocidade e ausência de pisca, completamente automático.
Videovigilância com zoom para multas á distancia por vezes a dezenas ou centenas de kms.

Radares que medem a velocidade e distancia entre veículos e que cobrem em simultâneo até 6 vias com capacidade de 3 disparos a cada 5 segundos, com envio automático via leitura de matricula em 48 horas para a morada ou email (empresas obrigatório) do cliente, cada sistema a 160.000€.

Em Londres, na primeira vez, andei com carro alugado, queria experimentar a direção á direita. Ficou cara a brincadeira em duas semanas 2 multas, pagas uma no momento outra o rececionista do hotel entregou-ma.

Em portugal até hoje e já tenho carta desde 1981 só apanhei praticamente multas de estacionamento e uma de via BUS, que me lembre agora.
Talvez por isto não fique chocado com o paraíso que somos, mas sei que para muitos faz falta porque enquanto não lhes forem á carteira não aprendem.

Nos Olivais há uma escola onde em frente é perigoso. passadeiras e muita circulação. Houve atropelamentos alguns graves. Instalaram umas lombas e foi estupidez como sempre. Considero que as lombas são a prova mesmo da inficácia do sistema, pagam todos pela mesma moeda. Instalaram um radar, continuam a acelerar até ao radar mas no radar abrandam e não houve mais atropelamentos.
« Última modificação: 07 de Fevereiro de 2019, 21:02 por Lourenço »

Offline Paulo Renato Ferreira

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2012
  • Mensagens: 1233
  • Localidade: Vila Franca do Rosário
  • Sexo: Masculino
  • "Não há duas, sem três..."
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: X10
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #8 em: 07 de Fevereiro de 2019, 21:01 »
Quem esteve na manifestação também teve a oportunidade de ver como é que, numa concentração com perto de 5.000 motards, com civismo, com respeito e sem necessidade de recurso a qualquer acto de selvajaria se consegue transmitir aquilo que por uma questão de justiça se pretende.
São estes exemplos que devem ser seguidos.

NunoMiguel

  • Visitante

Offline Lourenço

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2018
  • Mensagens: 58
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: SH125
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #10 em: 07 de Fevereiro de 2019, 21:25 »
A Suíça está rodeada vários países, França, Alemanha, Áustria, Itália. Eles, os Suíços, divertem-se todos os anos a estabelecer um podium por país pela receita de cada radar, talvez porque considerem que o país deles é mais seguro que os restantes e a fiscalização que eles pagam e referendam para que seja cada vez mais eficaz, funciona como um relógio...suíço.

O que está no link em baixo, de um jornal suíço, em França, foi onde eu em 2012 tambem fui apanhado, 230€.

Em 2011, segundo eles, do lado Francês, este radar que está mesmo antes de deixar a França e entrar na Suíça esteve em 4º lugar em toda a França.
155 582 multas num ano num só radar e ficou só em 4º lugar. 426 por dia. Depois de passar esta zona, em 36 kms de AE Suíça existem 12 radares fora a enormidade de meios banalizados.

É para isto que caminhamos, inevitávelmente, mas eles reduziram imenso a mortalidade e sobretudo as mortes de terceiros, ou seja dos que não estavam diretamente ligados á infração.

Enquanto não estamos lá, vamos reclamando mas temos de relativizar.


https://www.tdg.ch/geneve/france-voisine/Le-radar-de-Bardonnex-reste-l-un-des-plus-rentables-de-France/story/12561225


NunoMiguel

  • Visitante
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #11 em: 07 de Fevereiro de 2019, 21:58 »
Só para dizer que pelo facto de eu discordar de vocês, não faz como que vocês estejam certos e eu errado, e vice versa.
Mas confesso que pensei que era unânime que neste país não existe prevenção rodoviária absolutamente nenhuma. Mas enfim, pode ser que haja.
Se este ano passarem 100.000 carros em excesso de velocidade em determinado radar, e para o ano passarem 200.000, onde é que está a prevenção?

Bom, de qualquer maneira há cada vez menos acidentes e mortes na estrada... só que não. Em 2018 houve mais acidentes e mortos nas estradas... e mais multas.

Uma pergunta: o que seria mais eficaz, um radar ou a polícia na beira da estrada, visível?




Offline piedade

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Nov 2013
  • Mensagens: 577
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: MAXSYM400iABS
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #12 em: 07 de Fevereiro de 2019, 22:33 »


Uma pergunta: o que seria mais eficaz, um radar ou a polícia na beira da estrada, visível?

um de cada, assim pode render a dobrar! Afinal é esse o proposito da "prevenção"

aliás a campanha por encomenda que se anda a fazer nos meios de comunicação social sobre os acidentes/mortos nas estradas vai resultar certamente em "mais prevenção" muito em breve.

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2290
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: Coletes amarelos queimaram radares em França
« Responder #13 em: 08 de Fevereiro de 2019, 16:56 »
O problema da sinistralidade recente tem sido muito sobrestimado.
Existe uma evidente redução de sinistralidade ao longo dos anos, e um registo anormal contra corrente.
Penso que será mais avisado acompanhar os indicadores para perceber se é isolado ou uma tendência de aumento.
Até lá condução defensiva e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém :)
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"