Autor Tópico: Piaggio MP3 renovada  (Lida 266 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2290
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Piaggio MP3 renovada
« em: 24 de Dezembro de 2018, 11:33 »
Com um motor novo, a Piaggio MP3 350 apresenta-se com uma imagem mais fresca, melhores prestações, menor consumo, maior conforto e a segurança de sempre.



A Piaggio acaba de renovar a MP3, o primeiro modelo a chegar ao mercado com esta solução que possibilita a inclinação. Desde de 2006 já foram vendidos 170 mil unidades e esta renovação chega numa altura em que o mercado deste tipo de veículos tem uma nova atenção. Essa atenção vem da chegada ao mercado de uma moto de três rodas que oferece um tipo de utilização semelhante ao da MP3, a Niken da Yamaha. Para os responsáveis da Piaggio o aparecimento da Niken é bem visto, já que ajuda a promover o conceito de três rodas num segmento um pouco diferente do das MP3. Por outro lado é importante uma outra marca entrar neste conceito, já que o torna mais forte perante o mercado e facilita o desenvolvimento e a implantação da solução. Deixa de ser apenas uma marca a “lutar” por o fazer vingar. Para a marca italiana isso é mais importante que as possíveis perdas de venda com a “concorrência”. Até porque os modelos de três rodas da Yamaha e os da Piaggio diferem logo de base num aspecto muito importante. A Piaggio tem os seus modelos tecnicamente preparados para poderem ser conduzidos com carta de automóvel, com equiparação a triciclo, ao passo que a Niken não.


A renovação da MP3

Mas convém não ficar parado e a Piaggio acaba de apresentar as sua renovada linha MP3. Esta é agora compreendida pela versão 500, uma actualização, e a 350 que recebe uma motorização totalmente nova, o monociclíndrico de 350 cc da Piaggio que tão bons resultados tem tido noutros modelos do grupo. Esteticamente a MP3 recebeu uma nova grelha frontal, que se enquadra de uma forma diferente com as ópticas e redesenhados “piscas”, para garantir uma imagem mais moderna. Além de estar esteticamente alterado o novo ecrã tem um desenho que melhora a protecção aerodinâmica aumentando o conforto e ajuda a baixar os consumos. Para melhorar o conforto também o assento foi alvo de alteração, redesenhado com uma nova espuma. Estas melhorias juntamente com a ergonomia da posição de condução que já existia, vêm reforçar as boas qualidades da MP3 para o uso em estrada e deslocações diárias longas. O lugar do passageiro foi também alvo de melhorias no conforto, com o assento redesenhado com um novo encosto e duas pegas mais fáceis de alcançar. A posição do passageiro é mais descontraída.

Um novo coração

O motor 350 cc é a grande novidade deste modelo, vindo oferecer prestação muito superiores às do anterior 300. Face a esse a nova unidade tem mais 45% de potência, que subiu para 30,6 cv às 8500 rpm, e a velocidade máxima, segundo a Piaggio, passou de 118 km/h para 130 km/h. É uma unidade totalmente nova que além de melhores prestações consegue também ter consumos mais baixos. No desenvolvimento deste motor foi tido em conta a necessidade de reduzir a fricção interna e o peso. Uma novidade deste motor é a utilização de uma embraiagem multidisco em banho de óleo, a primeira vez que tal acontece numa scooter. A transmissão assenta ainda num variador continuo como “caixa de velocidades”. Na travagem destacam-se os discos recortados em forma de pétalas, quem tem a assistência de sistema ABS. No campo da electrónica há que contar também com o controlo de tracção ASR. A frente é marcada pela presença de duas rodas direccionais que permitem inclinação. O sistema é sobejamente conhecido e continua a ter a possibilidade de ser trancado, mantendo a moto “de pé” sem recurso a um descanso. Com alguma prática é possível parar e arrancar sem colocar os pés no chão.

Uma confiança muito especial

Sempre que se pega numa “moto” de três rodas ganha-se uma confiança muito diferente com a aderência extra da frente. Entra-se em curva com um à-vontade que não tem relação com o normal de uma moto. Seja qual for o piso ou o seu estado, asfalto ou empedrado, com ou sem pinturas escorregadias, a MP3 dá-nos segurança para entrar em curva sem grandes contenções. Podemos curvar até perto do limite de inclinação do sistema que é a roda traseira que escorrega primeiro. A travagem é outra das áreas em que a MP3 de diferencia, também pela confiança com que pode ser usada e a capacidade de desaceleração que apresenta com as duas rodas dianteiras. O travão de pé, que combina as unidades da frente com a de trás, poderia ser prático mas o tacto um pouco vago no início do curso e depois algo brusco, tornam-no um elemento quase dispensável, não fosse a legislação. O ASR, controlo de tracção, é muito sensível, estando sempre a entrar em acção à menor falha da roda traseira. Deverá ter utilidade com piso molhado, mas com piso seco optámos por mantê-lo desligado.

Despachado

O motor 350 mostra-se suficiente para levar a MP3 para a frente sem dificuldades de maior. Acelera de forma consistente sem ser estonteante, mas pouco perde para a unidade de 500 cc nos primeiros metros de arranque. Tem um funcionamento muito equilibrado, com poucas vibrações e uma resposta muito pronta da transmissão automática. Nas voltas por cidade durante este trabalho, com muitas paragens e arranques para fotos, apresentou uma media de consumo de 4,9 litros a cada 100 km, não muito longe dos 3,9 que a marca reclama. A posição de condução é boa, com espaço suficiente no assento mesmo para pernas compridas. O estrado para os pés é suficiente, mas o pedal do travão no lado direito retira parte de conforto. A protecção aerodinâmica pareceu-nos boa, embora o ecrã seja algo alto para uso citadino. Talvez merecesse uma unidade regulável. Sem cortar com o passado, a MP3 surge rejuvenescida, e mais madura mas é de facto o motor 350 que faz a grande diferença face às unidades anteriores

https://motojornal.pt/piaggio-mp3-conforto-e-seguranca/
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"