Autor Tópico: BMW C 400 GT  (Lida 682 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2290
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
BMW C 400 GT
« em: 20 de Novembro de 2018, 22:11 »



Trata-se de uma scooter destinada aos motociclistas que buscam conforto elevado a par com capacidades turísticas reforçadas.

A C 400 GT é motorizada pelo mesmo motor que equipa a versão X, um monocilindo que debita 34cv e cuja transmissão automática está a cargo de um variador CVT, assistida por controlo de tracção.

Também à semelhança da versão “X” o quadro da “GT” é fabricado em tubos de aço. A suspensão dianteira está a cargo de uma forquilha convencional e a roda traseira é suportada por dois amortecedores.

A iluminação integral em LED, um painel de instrumentos TFT a cores com 6,5 polegadas que responde ao multicontrolador instalado no punho esquerdo, revela toda a informação sobre a moto e sobre a viagem, e inclui um sistema de navegação simplificado. A bagageira conta também com o sistema "Flexcase". O sistema “Keyless Ride”, sem chave, é a cereja em cima do bolo.
O seu preço para Portugal ainda não foi apresentado

Notícia completa: https://www.andardemoto.pt/moto-news/40493-bmw-c-400-gt-uma-nova-scooter-gran-turismo/
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline Sergio-fininho

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Mai 2016
  • Mensagens: 1156
  • Localidade: Seixal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: pcx power by fininho
Re: BMW C 400 GT
« Responder #1 em: 22 de Novembro de 2018, 08:40 »
Não fosse o elevado valor era uma vela máquina.. o meu patrão tem uma 600/650 e foram 15 mil€ de mota!!!!

Enviado do meu T06 através do Tapatalk


Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 425
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: BMW C 400 GT
« Responder #2 em: 16 de Janeiro de 2019, 17:25 »
Será fiável a informação? Se confirmado a BMW C 400 X custará mais 1.000€ e sobretudo a GT mais 2.000€ que uma Forza 300. Embora com cilindradas e prestações algo diferentes parece-me uma diferença de preços grande. Em relação ás outras 400 não sei os preços.

Companheiro Lourenço, acredito que seja fiável essa informação. Depois, há que não esquecer, a BMW é como algumas marcas de automóveis: o preço deve ser considerado "a partir de...", isto é, se quiseres desfrutar de algumas coisas, triviais noutras marcas, a scooter sair-te-á muito mais cara que o preço indicado. A pergunta certa a fazer é: "Isso é chave na mão?"
Falaste do preço, comparando-a com a Forza 300. Os mil e poucos, dois mil euros, de diferença significam também a diferença entre os 20 e poucos cavalos da Honda (estou a escrever de memória) para os 34 cavalos anunciados pela BMW... e o peso da marca. Convenhamos, 20 e poucos e 34 cavalos não é a mesma coisa na estrada ou a rebocar um/a pendura. De qualquer forma, como eu costumo dizer: "'Os tuparuérs' andam pela hora da morte".
Admirado com o preço da BMW? Dá uma vista de olhos pelo preço da que veio render a Burgman 400 (https://www.suzukimoto.pt/pt/modelos/scooter/suzuki-burgman-400a)... Acredita, é mesmo verdade, uma scooter 400 pelo preço de um "canhão", se quiseres andar a meter mudanças...
As 400 sempre foram bem mais caras que as outras, sem qualquer tipo de proporcionalidade. A minha, nova, em 2014, foi cerca de 7500... um "ícone" que, apesar de vir com uns extras como protecção e aquecimento das mãos, foi caro. Alternativas então? A Honda SWT, mais cara, bicilíndrica está bem, mas bem menos equipada, já desaparecida, e a então recém-chegada Sym 400, também fora do catálogo, que não considerei por ser "recém-chegada".
Porque é que fui para a Suzuki? Se disser que a "razão" raramente preside à compra de uma mota... enfim, gostei, juntei e esperei.
Se puser a racionalidade a falar: as 400 são mais caras, consomem mais e são de manutenção mais cara. De "marca de elite" ainda se paga mais por ser-se recebido na oficina por senhores vestidos à moda da NASA... o logótipo também se paga. Mas, como eu costumo dizer, "O Amor é louco não faças pouco". Gostas? Força, investe. Mas não te esqueças das consequências. É que, convenhamos, andar sobre uma e passar a vida a sonhar com outra não traz felicidade a ninguém. Andas sempre naquela do "e se..." (ainda estou a falar de motas).
« Última modificação: 16 de Janeiro de 2019, 17:28 por karloxilva »
Duas rodas: o dobro da atenção