Autor Tópico: utilizar a faixa do bus  (Lida 22828 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Arlindobar

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2014
  • Mensagens: 119
  • Localidade: Maia
  • Sexo: Masculino
  • Marca: PIAGGIO
  • Modelo: BEVERLY 350 ST ABS/ASR
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #25 em: 18 de Abril de 2015, 20:47 »



Eis boas noticias para os membros do CPM (viva o Porto ).
Aumento dos corredores Bus :D.
Ainda falta um...  Rua Costa Cabral ^-^ isso é que era.  Ligação direta até só centro.  Fica-se a aguardar ::)

Um abraço

Arlindobar
« Última modificação: 18 de Abril de 2015, 20:48 por Arlindobar »
De 09/2014 a 01/2017 - Piaggio Liberty 125 3V - 0 Km - 22289 Km.
De 02/2017 a 04/2018 - Piaggio Medley125 - 4425 Km a 17.200 Km.
De 04/2018 a .... - Piaggio BEVERLY 350 ST ABS/ASR - 7030Km a ...
" Vida boa não me abandones"

Offline jcsc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2013
  • Mensagens: 279
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 125i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #26 em: 14 de Março de 2016, 19:29 »
A Câmara de Lisboa quer abrir três faixas bus à circulação de motociclos e ciclomotores, num projecto piloto com a duração de seis meses que poderá depois ser alargado a toda a cidade. O CDS congratula-se com a iniciativa mas acusa o executivo municipal de falta de “elegância política”.   

A Avenida Calouste Gulbenkian, a Avenida de Berna (entre a Praça de Espanha e o Largo Azeredo Perdigão) e a Rua Braamcamp (entre a Rua Rodrigo da Fonseca e a Rua Duque de Palmela) são as vias escolhidas.
Uma escolha que, segundo se diz na proposta assinada pelos vereadores Manuel Salgado e Carlos Castro, teve em conta “critérios de segurança na circulação, fluidez de tráfego e a ligação entre pontos de atracção, zonas residenciais, polos de emprego, redes de transporte público e interfaces”.

A proposta da câmara é que, durante um período de 180 dias, os motociclos e ciclomotores possam circular naqueles três corredores, até aqui reservados a táxis e autocarros
. Caso este teste seja “bem sucedido”, admitem Manuel Salgado e Carlos Castro na proposta à qual o PÚBLICO teve acesso, ele “poderá ser alargado ao resto da cidade”.

Num memorando da Direcção Municipal de Mobilidade e Transportes explica-se que a ideia deste projecto piloto é “avaliar os impactos” da medida, “pelo que será feita uma avaliação antes e depois da implementação da mesma, bem como a sua monitorização ao longo do período de avaliação”. No mesmo documento destaca-se que com esta iniciativa se irá “implementar um novo corredor bus na Rua Braamcamp, o qual beneficiará a circulação dos autocarros da Carris num ponto crítico de actual estrangulamento da sua rede”.

A possibilidade de se passar a permitir a circulação de motociclos e ciclomotores nos corredores bus da capital tinha sido discutida pela câmara em Fevereiro de 2015, por iniciativa do CDS. Na altura, o vereador João Gonçalves Pereira apresentou uma proposta (que foi aprovada por unanimidade) na qual defendia os benefícios da medida e propunha que os serviços municipais elaborassem, no prazo de seis meses, um estudo sobre a sua viabilidade.

Mais de um ano volvido, o vereador congratula-se com “o apoio da câmara à iniciativa do CDS”, mas critica aquilo que considera ser falta de “elegância política”. “Devia ter havido a cortesia, a elegância de pedir o contributo do CDS, eventualmente até para a redacção e subscrição do texto”, diz João Gonçalves Pereira, lembrando que foi ele o autor da proposta que esteve na base daquela que vai agora ser discutida.

Quanto ao projecto piloto, o autarca afirma que aquilo que vai ser feito “é poucochinho”. “A câmara podia ter tido outra ambição, ainda por cima tendo demorado tanto tempo a pôr a iniciativa em prática”, critica, defendendo que deveriam ser mais as faixas bus abrangidas pela experiência.

Já conhecida é a oposição da ANTRAL [Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros] e da Carris a este projecto.

Num parecer enviado à câmara, a associação que representa um conjunto de taxistas defende que a abertura das faixas bus a motociclos vai “inviabilizar o fim que esteve na origem da sua criação” e apela ao “bom senso” do município para que não concretize essa medida. Por sua vez a Carris fala num projecto “penalizador da velocidade comercial do transporte público”.

Ambas as entidades pronunciaram-se igualmente contra uma outra hipótese levantada pela câmara: a de no futuro também as bicicletas poderem circular nas faixas bus. Essa possibilidade é também rejeitada pela Federação Portuguesa do Táxi, que dá conta do seu “total e absoluto repúdio sobre tal pretensão”.  https://www.publico.pt/local/noticia/motas-vao-poder-circular-em-tres-faixas-bus-de-lisboa-1726117

« Última modificação: 14 de Março de 2016, 20:04 por jcsc »
SYM GTS 125i

2013 Sym Gts 125i
1990  Yamaha DT50 LC - 120.000 kms

interceptor

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #27 em: 14 de Março de 2016, 21:12 »
Mais uma guerra para os taxistas :/

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 1555
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #28 em: 14 de Março de 2016, 23:24 »
Parabéns aos companheiros de Lisboa  _palmas_, mais vale tarde que nunca.
O caso dos ciclistas é mais complicado por causa da velocidade média a que circulam.
Só um néscio pode considerar que o uso do corredor bus pelos motociclos atrasa os autocarros :) Ou será que os autocarros têm velocidade superior às motas/scooters?  queria ver  :)  _Rolley_
Eles nem precisam do regime experimental, venham ver ao Porto como coabitamos sem problemas  _careta_
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki SV650A "Back to Classics"
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline Arlindobar

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2014
  • Mensagens: 119
  • Localidade: Maia
  • Sexo: Masculino
  • Marca: PIAGGIO
  • Modelo: BEVERLY 350 ST ABS/ASR
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #29 em: 15 de Março de 2016, 00:22 »
Parabéns aos companheiros de Lisboa  _palmas_, mais vale tarde que nunca.
Eles nem precisam do regime experimental, venham ver ao Porto como coabitamos sem problemas  _careta_

E para além de coabitarmos com os "enlatados", ainda inovamos com a criação de corredor BUS, com horários para os ligeiros, caso da Avº Fernão Magalhães-Porto.
Pelos vistos, PORTO  >:D  sempre á frente.  _pol_

De 09/2014 a 01/2017 - Piaggio Liberty 125 3V - 0 Km - 22289 Km.
De 02/2017 a 04/2018 - Piaggio Medley125 - 4425 Km a 17.200 Km.
De 04/2018 a .... - Piaggio BEVERLY 350 ST ABS/ASR - 7030Km a ...
" Vida boa não me abandones"

raphha

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #30 em: 15 de Março de 2016, 09:24 »
Pelos vistos, PORTO  >:D  sempre á frente.  _pol_

Menos no futebol...  _lol_ _lol_ _lol_  _convivio_

Desculpem o off-topic mas não resisti  _careta_

Offline Arlindobar

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2014
  • Mensagens: 119
  • Localidade: Maia
  • Sexo: Masculino
  • Marca: PIAGGIO
  • Modelo: BEVERLY 350 ST ABS/ASR
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #31 em: 15 de Março de 2016, 10:26 »
:P>:D
O off topic é isso mesmo. Aproveitar a deixa para " espetar a faca ". Devagarinho ;)

Enviado do meu tmn smart a60 através de Tapatalk

De 09/2014 a 01/2017 - Piaggio Liberty 125 3V - 0 Km - 22289 Km.
De 02/2017 a 04/2018 - Piaggio Medley125 - 4425 Km a 17.200 Km.
De 04/2018 a .... - Piaggio BEVERLY 350 ST ABS/ASR - 7030Km a ...
" Vida boa não me abandones"

FARMOBOY83

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #32 em: 15 de Março de 2016, 13:43 »
Nunca percebi qual o fator de perigo associado a uma moto circular na faixa do bus. Aqui no Porto os taxistas diziam que nem pensar, que iam aumentar os acidentes e mais umas tretas do género. Passado mais de um ano andamos no bus sem problemas, não há motos a entupir a faixa para os taxistas ou autocarros e acidentes provocados por esta autorização desconheço completamente. Aos poucos avançamos e as leis parece que começam a reconhecer a existência destes estranhos veículos de duas rodas. Não percebo é o motivo de, sendo lisboa uma capital europeia, estas medidas serem arrancadas a ferro e a reboque de cidades "menores" como o Porto que pela calada e "com toda a tranquilidade" tomam a iniciativa e dão o exemplo.

Offline jcsc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2013
  • Mensagens: 279
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 125i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #33 em: 23 de Março de 2016, 21:42 »
Lisboa: Motas vão poder circular nas faixas do BUS ainda este ano

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou hoje, por unanimidade, a circulação experimental de motociclos nalgumas faixas de transportes públicos da cidade, o que o executivo pretende ver iniciado “ainda este ano”.

Em declarações à agência Lusa no final da reunião privada em que se aprovou o início do projecto-piloto nas avenidas Calouste Gulbenkian e de Berna (entre a Praça de Espanha e o Largo Azeredo Perdigão) e na Rua Braamcamp (entre a Rua Rodrigo da Fonseca e a Rua Duque de Palmela), fonte do gabinete de imprensa explicou que, antes, “há necessidade de fazer algumas obras físicas curtas e pinturas nos pavimentos”.

A autarquia espera iniciar esta experiência “o mais breve possível”, adiantou a mesma fonte, garantindo que isso acontecerá “ainda este ano”.

A proposta, assinada pelos vereadores Manuel Salgado (Urbanismo) e Carlos Manuel Castro (Mobilidade de Proximidade), explica que a alteração do Código da Estrada veio permitir esta aplicação, mediante deliberação municipal e que, por isso, a Direcção Municipal de Mobilidade e Transportes estudou essa possibilidade.

Desse estudo, “conclui-se que se deverá iniciar o processo de forma experimental sob a forma de um projecto-piloto, à semelhança de outros municípios, o qual, se bem-sucedido, poderá ser alargado ao resto da cidade”, apontam os autarcas.

A escolhida das vias teve por base “critérios de segurança na circulação, fluidez de tráfego e a ligação entre pontos de atracção, zonas residenciais, polos de emprego, redes de transporte público e interfaces”, justificam.

No final do encontro, o vereador centrista, João Gonçalves Pereira, que apresentou uma proposta para se dar início a esta experiência em Fevereiro de 2015, congratulou-se com a decisão, por “dar cumprimento à deliberação do CDS”.

Na altura, com o documento aprovado por unanimidade, ficou assente que a Direcção Municipal de Mobilidade e Transportes iria realizar em seis meses um estudo sobre a viabilidade do projecto.

Nessa ocasião, foi ainda aprovada uma proposta do PCP para que as motos tenham uma “caixa de paragem adiante dos outros veículos para poderem partir antes e não serem incómodas para o trânsito”, referiu o vereador comunista Carlos Moura, indicando que tal possibilidade vai agora ser avaliada pelos serviços.

Hoje, foi também aprovada por unanimidade a regularização contabilística das contas das empresas municipais de estacionamento (EMEL) e da gestão dos bairros sociais (Gebalis), para estarem de acordo com as contas da autarquia.

Já a proposta que visa a ratificação dos pagamentos de despesas de representação dos dirigentes da Câmara feitos há menos de um ano – que surgiu após dúvidas de legalidade por esta atribuição não ter tido aval da Assembleia Municipal –, foi aprovada por maioria.

A construção de um edifício multiusos numa área de 8.986 metros quadrados, com um hipermercado do grupo Sonae, um ‘fitness center’, escritórios, estacionamento e espaço verde na Avenida David Mourão Ferreira (Lumiar), foi aprovada com voto contra do PCP e abstenção do CDS-PP.

Para a reunião pública desta tarde, foi adiada a nova proposta de requalificação da Segunda Circular.
SYM GTS 125i

2013 Sym Gts 125i
1990  Yamaha DT50 LC - 120.000 kms

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 1555
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #34 em: 23 de Março de 2016, 21:46 »
Parabéns aos companheiros de Lisboa  _palmas_
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki SV650A "Back to Classics"
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline RRufino

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 1387
  • Localidade: Sobreda
  • Sexo: Masculino
  • Membro CPM nº 4
  • Marca: Honda
  • Modelo: X-ADV
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #35 em: 29 de Novembro de 2016, 11:55 »
Bom dia a todos,

Só para dar feedback que a Avenida Calouste Gulbenkian já tem, parcialmente, a pintura de motociclo na faixa BUS. Penso que a pintura ainda não está finalizada, fará sentido que vá até à Praça de Espanha, no entanto o que está pintado foi feito esta noite.


 _palmas_ CML

draculas_bride

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #36 em: 29 de Novembro de 2016, 12:19 »
Finalmente.
Mas o que me dava mesmo jeito era a avenida da liberdade. Apesar de eu andar em cima do risco que divide a faixa BUS :)

draculas_bride

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #37 em: 23 de Agosto de 2017, 11:15 »
Hoje deparei-me com o simbolo do motociclista pintado na faixa Bus na R. Joaquim Antonio de Aguiar, que vem das amoreiras ao marquês.
E ao que parece, já foi aprovada por unanimidade a circulação na faixa Bus pelos motociclistas, em Lisboa.
https://eco.pt/2017/06/23/motociclistas-conquistam-faixa-do-bus-em-lisboa/

Offline Rufido

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Nov 2013
  • Mensagens: 913
  • Localidade: Oeiras
  • Sexo: Masculino
  • Respeito, muito respeito pelos outros e pela máqª
  • Marca: Gilera
  • Modelo: Nexus 500
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #38 em: 23 de Agosto de 2017, 11:34 »
 _palmas_ demorou, mas apareceu  _pol_
Rui

Offline scarreira

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Mai 2017
  • Mensagens: 175
  • Localidade: Leiria/Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 125 ABS
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #39 em: 23 de Agosto de 2017, 13:23 »
mas segundo eu entendo da situação, só podemos andar quando a marcação do boneco lá estiver certo???
existe muita malta a utilizar tudo o que é estrada  livre... cuidado... eles  _policia_ _policia_ quando quiserem chapam na cara a fatura... :( :( :( :(
Acima de tudo Segurança!!!!!
Honda NX650 Dominator
Honda PCX 125 9800/13800 km`s  scooter_ scooter_
honda forza 125 abs 5225 km`s / ...

draculas_bride

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #40 em: 23 de Agosto de 2017, 15:24 »
na avenida liberdade vi hoje este sinal:
http://www.porto.pt/assets/misc/img/noticias/BUS1.JPG

draculas_bride

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #41 em: 23 de Agosto de 2017, 15:30 »
aqui está a publicação no site da CML e basta abrir o pdf mapa dos corredores bus + moto
http://www.cm-lisboa.pt/viver/mobilidade

Offline Americano

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2015
  • Mensagens: 1186
  • Localidade: Oeiras
  • Sexo: Masculino
  • CPM : 7337
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Enlatado
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #42 em: 23 de Agosto de 2017, 15:36 »
Bem, isto parece ser um projeto piloto mas é capaz de se espalhar pela cidade toda......vamos ver.  _Rolley_
Artur Santos

Offline omcj

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2013
  • Mensagens: 1683
  • Localidade: Queluz
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XJ600N
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #43 em: 23 de Agosto de 2017, 15:40 »
Se isto estive-se arrumada iam ver que não é nenhum projecto piloto, á muito que aos poucos vão abrindo as faixas do Bus para as motas,conforme se fala neste topico

http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,19014.0.html

Offline Americano

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2015
  • Mensagens: 1186
  • Localidade: Oeiras
  • Sexo: Masculino
  • CPM : 7337
  • Marca: Apeado
  • Modelo: Enlatado
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #44 em: 23 de Agosto de 2017, 16:07 »
Se isto estive-se arrumada iam ver que não é nenhum projecto piloto, á muito que aos poucos vão abrindo as faixas do Bus para as motas,conforme se fala neste topico

Tens razão Olivio mas foi isto que escreveram e já tem um ano este "prejeto piloto".



PROJETO PILOTO BUS+MOTO

 

Circulação de motociclos e ciclomotores em corredores BUS

Os corredores BUS+MOTO podem constituir uma solução favorável no âmbito do desempenho e gestão do tráfego rodoviário. No entanto, devem ser sujeitos a monitorização e avaliação, nomeadamente dos efeitos na gestão do tráfego e da segurança rodoviária, bem como a procura dos mesmos.

A decisão de permitir a circulação partilhada nas vias de trânsito reservadas à circulação de determinados transportes, nomeadamente públicos (faixas BUS) foi delegada em cada Município, tendo a autarquia de Lisboa com base nesta decisão elaborado a  Proposta nº 121/CML/2016 (1.6 MB). A proposta aprovada em Reunião de Câmara realizada em 23 de março de 2016, selecionou três segmentos da rede viária de Lisboa (2,3 Km) – Corredores BUS, com características diversas (Av. Calouste Gulbenkian, Av. de Berna e Rua Braamcamp) para um projeto-piloto que teve início em dezembro de 2016.

No decurso do projeto piloto e para avaliar a fase experimental foram realizados inquéritos aos utentes dos corredores BUS: motociclistas e motoristas de autocarros e táxis por forma a apurar-se o grau de satisfação e identificar eventuais problemas a resolver na transição para as novas condições de utilização dos corredores BUS.


Artur Santos

Offline Pianoman

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 1439
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC750 XD
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #45 em: 23 de Agosto de 2017, 16:22 »


existe muita malta a utilizar tudo o que é estrada  livre... cuidado... eles  _policia_ _policia_ quando quiserem chapam na cara a fatura... :( :( :( :(
Esse é o meu receio. Até agora, raramente militavam, só quando o abuso era grande. Talvez a partir de agora multem mais frequentemente com o argumento "ah e tal...vocês agora têm muitos corredores específicos...".

Daelim S3 125:Ago11->Jul12(14k);Maxsym 400i:Jul12->Mai13(21k);Maxsym 400i ABS:Jun13->Mai14(18k);Maxsym 600i ABS:Mai14->Jan15(12k)
Honda NC750XD
  

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 976
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #46 em: 12 de Setembro de 2017, 19:25 »
Alguém me pode esclarecer em relação esta duvida

Neste sabado pode verificar que na calçada de carriche existe o simbulo da mota na faixa do BUS no sentido descendente para Odivelas logo a seguir ao cruzamento do stand

https://www.google.pt/maps/place/Cal%C3%A7ada+de+Carriche/@38.777922,-9.1641679,147m/data=!3m1!1e3!4m5!3m4!1s0xd193296465920e1:0x4a99bb5f6ba9dcaf!8m2!3d38.780782!4d-9.1643812

Onde na foto aparece o BUS ( autocarro no mapa) é no cruzamento mais acima, só que depois do cruzamento a seguir não aparece mais nada, será que podemos circular na faixa do bus mesmo quase ate as bombas da galp?

Alguém já viu ?
« Última modificação: 12 de Setembro de 2017, 19:27 por PSH72 »

Offline scarreira

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Mai 2017
  • Mensagens: 175
  • Localidade: Leiria/Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 125 ABS
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #47 em: 12 de Setembro de 2017, 22:23 »
eu já por lá passei, e nessa faixa do bus não é em toda a extensão que se pode andar, não me lembro se tem sinal de transito como algumas zonas de lisboa a permitir os veiculos de 2 rodas...
segundo eu li, só estamos autorizados, aonde está pintada a mota ou onde está o sinal de transito (existem as 2 situações)
Acima de tudo Segurança!!!!!
Honda NX650 Dominator
Honda PCX 125 9800/13800 km`s  scooter_ scooter_
honda forza 125 abs 5225 km`s / ...

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 976
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #48 em: 13 de Setembro de 2017, 10:05 »
eu já por lá passei, e nessa faixa do bus não é em toda a extensão que se pode andar, não me lembro se tem sinal de transito como algumas zonas de lisboa a permitir os veiculos de 2 rodas...
segundo eu li, só estamos autorizados, aonde está pintada a mota ou onde está o sinal de transito (existem as 2 situações)

Mas logo no inicio está sinalizado o desenho da mota ( no mapa aparece Calçada Carriche 1283), mas onde está sinalizado sempre se pode usar aquela faixa pois é um desvio para desviar para quem quer ir para a estrada do desvio, mais abaixo onde continua a faixa bus ai é que não tem nada, por isso é que me faz confusão.

é que, se não se pode usar a faixa bus até ao fim não tem sentido terem colocado lá o símbolo, pois aquele cruzamento alem de dizer bus sempre serviu para todos os veículos para poderem ir para a estrada do desvio.

De onde diz no mapa Calça de Carriche 1283 nesse desvio onde está o novamente a dizer Calçada de Carriche 1283 os veiculos eram obrigados a desviar nesse desvio, e por sua vez ao lado esquerdo continua a faixa Bus até ao fim da calçada de carriche, só que junto a esse desvio onde aparece novamente o simbulo BUS, pelo menos no sabado não estava desenhado o simbolo do motociclo, isso é que me faz confusão.

https://www.google.pt/maps/dir/38.7769259,-9.1643755/38.7781426,-9.1642308/@38.7772932,-9.1643307,223m/data=!3m1!1e3!4m2!4m1!3e1

Offline davidsantos

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 429
  • Localidade: sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS EVO SE
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #49 em: 13 de Setembro de 2017, 19:16 »
Na Pontinha em frente ao Metro hoje já utilizei o corredor Bus estava devidamente assinalado com o Simbolo da mota pintado no chão . scooter_ _pt_