Autor Tópico: utilizar a faixa do bus  (Lida 24319 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

ninjaslb

  • Visitante
utilizar a faixa do bus
« em: 14 de Setembro de 2010, 16:13 »
alguém sabe se isto teve algum desenvolvimento?

http://www.motoclubevirtual.pt/images/newsimages/2010/bus.jpg
« Última modificação: 15 de Março de 2016, 15:44 por Admin16 »

Rui Bernardo

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #1 em: 14 de Setembro de 2010, 16:20 »
 scooter_
Companheiro
No Facebook tens um grupo que só fala disso mesmo, segue o link:
http://www.facebook.com/home.php?#!/group.php?gid=117236548301044

e tens também o do CPM
http://www.facebook.com/?sk=2361831622&s=0#!/group.php?gid=123869684300596

Estamos todos a torcer por isso _pol_

Offline Paulo Varela

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 1355
  • Localidade: Amadora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Monster
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #2 em: 14 de Setembro de 2010, 16:27 »
Eu posso dizer que participei na Iniciativa do PCP, onde fomos todos de scooter pela faixa BUS desde a Cidade Universitária até aos Restauradores!!
Eu, a Paty, a Cris, o Pardal e mais...

Sei que o PS pediu ao PCP mais tempo para a apresentação deste Projecto. Falámos isso no Aniversário do F125cc...

Mas está de pé...
« Última modificação: 14 de Setembro de 2010, 16:45 por Paulo Varela »
Gilera Stalker 50 - Yamaha X-Max 125i - Yamaha Majesty 400 - Honda NC700X - Triumph Bonneville SE - Triumph Bonneville Street Twin - Ducati Monster


Manhas

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #3 em: 03 de Fevereiro de 2015, 17:43 »
« Última modificação: 03 de Fevereiro de 2015, 21:23 por Manhas »

Offline jcsc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2013
  • Mensagens: 287
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 125i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #4 em: 03 de Fevereiro de 2015, 19:07 »
A CM de Almada em Março de 2014 tambem estava a estudar a coisa, mas ja se sabe que estes estudos demoram muito...

http://www.m-almada.pt/xportal/xmain?xpid=cmav2&xpgid=noticias_detalhe&noticia_detalhe_qry=BOUI=225299507&noticia_titulo_qry=BOUI=225299507

O Município de Almada está a estudar a possibilidade dos “velocípedes e motociclos” poderem vir a circular nas faixas BUS.
A circulação de veículos motorizados de duas rodas nas vias BUS do concelho é uma medida que está em estudo por parte da autarquia, tendo em vista assegurar a melhoria das condições de segurança da circulação.
 
O novo Código da Estrada também já contempla a possibilidade dos “velocípedes e motociclos” circularem nas vias destinadas aos transportes públicos (faixas BUS).
 
Para que esta medida possa vir a ser implementada, a Câmara Municipal de Almada esteve reunida, no passado mês de fevereiro, com a Federação de Motociclismo de Portugal.
 
A circulação de motociclos nas faixas BUS, uma realidade em diversas cidades da Europa, como são os casos de Barcelona ou Londres, entre outras metrópoles, contribui para diminuir o congestionamento de tráfego.
 
Além disso, a grande mobilidade dos veículos motorizados de duas rodas, permite que estes circulem nas faixas BUS, sem prejudicar a circulação dos transportes públicos.
13/03/2014
SYM GTS 125i

2013 Sym Gts 125i
1990  Yamaha DT50 LC - 120.000 kms

Offline Sanheiro

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 788
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • A (H)onda do Rio Sado
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC750D Integra S
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #5 em: 04 de Fevereiro de 2015, 01:01 »
Relativamente a esta temática, espero que a excepção passe á regra em todas as cidades, já que alem de os veículos de duas rodas ajudarem ao descongestionamento do transito também ajudam na redução da poluição nas cidades !!

Como tal não entendo a demora da Câmara de Lisboa já que andam MUITO preocupados com a poluição !!
Yamaha X-Max 125:Mai/12 a Dez/15- 0km aos 87 000km - Honda NC750D Integra: Dez/15 -  0Km aos 102 000km (por enquanto)

Offline Fros

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 48
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW - Sym
  • Modelo: BMW R1150R - Symphony 125
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #6 em: 09 de Fevereiro de 2015, 20:11 »
Companheiros Boas Notícias publicadas hoje :

Lisboa pode vir a imitar o Porto, cidade que desde Maio do ano passado permite a circulação de motos na faixa reservada aos transportes públicos. A Câmara de, de maioria socialista, discute na quarta-feira uma proposta apresentada pelo CDS-PP para que as motas possam circular nas chamadas faixas "bus".

Segundo o documento assinado pelo vereador do CDS-PP, João Gonçalves Pereira, o novo Código da Estrada permite esta alteração, que iria trazer "melhorias significativas na mobilidade e na eficiência energética da cidade de Lisboa, reduzindo os tempos de viagem, aumentando a segurança dos condutores dos motociclos, bem como incentivando a utilização deste tipo de transportes, em detrimento do automóvel".

O centrista defende a elaboração de um estudo sobre a viabilidade do projecto, que seria, numa primeira fase, implementado numa zona piloto a definir, indica a proposta, a que a agência Lusa teve acesso. O autarca sustenta também que se deve solicitar um parecer à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e ao Instituto de Mobilidade Terrestre, entidades que devem indicar qual a zona abrangida pela fase experimental.

Na reunião, vai também ser debatida uma proposta do PCP para que seja criada na cidade, "na linha da frente das faixas de rodagem e junto dos semáforos, uma caixa de paragem destinada a motociclos e a ciclomotores, pintada em cor adequada, como já existe em muitas cidades europeias".

Offline JGarcia

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2012
  • Mensagens: 752
  • Localidade: São Julião - Mafra
  • Sexo: Masculino
  • Adoro curvas ;)
  • Marca: Honda
  • Modelo: SH300i (2009)
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #7 em: 10 de Fevereiro de 2015, 11:04 »
 _lool_ _lool_ _palmas_ _palmas_

Só espero que não seja mais um"estudo" sem fim à vista...  _pensador_

Mas se se fala pode ser que dê em algo  _pol_ _pol_ _pol_
O que não te mata torna-te  mais... ATENTO!!;)Membro CPM nº. 2887
Experiências anteriores: "tucha50cc" - Honda 175cc - Honda CB500 - Honda Transalp - Honda SH125i - Honda SH300i ...

Manhas

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #8 em: 11 de Fevereiro de 2015, 15:01 »
« Última modificação: 11 de Fevereiro de 2015, 15:02 por Manhas »

Marco46

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #9 em: 11 de Fevereiro de 2015, 18:54 »

A proposta do CDS para circulação a veiculos de 2 rodas na faixas BUS foi aprovada por maioria hoje em assembleia Municipal. 
_palmas_


Agroa nao se espetem contra os autocarros  _lol_




saudações

 _convivio_
« Última modificação: 11 de Fevereiro de 2015, 18:56 por Marco46 »

interceptor

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #10 em: 11 de Fevereiro de 2015, 22:13 »
A seguir vêm já os taxistas reclamar desta medida... _Rolley_

Offline jcsc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2013
  • Mensagens: 287
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 125i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #11 em: 11 de Fevereiro de 2015, 22:33 »
A Câmara de Lisboa, de maioria socialista, aprovou hoje por unanimidade a proposta apresentada pelo CDS-PP para que as motas possam circular nas vias reservadas a transportes públicos, as chamadas faixas bus.

Assim, dentro de seis meses
, a Direção Municipal de Mobilidade e Transportes irá realizar um estudo sobre a viabilidade do projeto, que será, numa primeira fase, aplicado numa zona piloto a definir, explicou hoje à agência Lusa o vereador do CDS-PP, João Gonçalves Pereira.

Como defende o centrista na proposta, o novo Código da Estrada permite esta alteração, que iria trazer “melhorias significativas na mobilidade e na eficiência energética da cidade de Lisboa, reduzindo os tempos de viagem […], aumentando a segurança dos condutores dos motociclos”.

Esta situação já se verifica, por exemplo, no Porto.

O autarca sustenta também que se deve solicitar um parecer à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e ao Instituto da Mobilidade e dos Transportes, entidades que deverão indicar qual a zona abrangida pela fase experimental.

Na reunião foi também aprovada por unanimidade uma proposta do PCP para que seja criada na cidade, “na linha da frente das faixas de rodagem e junto dos semáforos, uma ‘caixa de paragem’ destinada a motociclos e a ciclomotores, pintada em cor adequada”.

Os vereadores João Ferreira e Carlos Moura salientam no documento que a Câmara de Lisboa deve realizar, através dos serviços de Mobilidade e Transportes, um estudo sobre a rede viária tendo em vista a melhoria das condições materiais e de circulação para motociclos e ciclomotores.

Os comunistas justificam que a utilização do ciclomotor e do motociclo potenciam a mobilidade urbana, pois “aumentam a fluidez do tráfego e diminuem os tempos de deslocação”.
« Última modificação: 11 de Fevereiro de 2015, 22:34 por jcsc »
SYM GTS 125i

2013 Sym Gts 125i
1990  Yamaha DT50 LC - 120.000 kms

Offline Sanheiro

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 788
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • A (H)onda do Rio Sado
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC750D Integra S
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #12 em: 11 de Fevereiro de 2015, 22:59 »

Já deveria ser amanhã !! Mas como não é para cobrar €€€€ nada pode ser para daqui a 6 meses !!
Yamaha X-Max 125:Mai/12 a Dez/15- 0km aos 87 000km - Honda NC750D Integra: Dez/15 -  0Km aos 102 000km (por enquanto)

Offline Paulo Renato Ferreira

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2012
  • Mensagens: 1046
  • Localidade: Vila Franca do Rosário
  • Sexo: Masculino
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #13 em: 13 de Fevereiro de 2015, 11:36 »
Taxistas não querem motociclistas na faixa "Bus"
A possibilidade de os motociclos virem a circular nas faixas reservadas aos transportes públicos na cidade de Lisboa merece a concordância dos motociclistas e a contestação dos taxistas.
A Câmara de Lisboa, de maioria socialista, aprovou na quarta-feira, por unanimidade, uma proposta no sentido de, dentro de seis meses, a Direcção Municipal de Mobilidade e Transportes tenha concluído um estudo sobre a viabilidade do projecto de circulação das motos nas vias reservadas a transportes públicos, que será, numa primeira fase, aplicado numa zona piloto a definir, como explicou à Lusa o vereador João Gonçalves Pereira, do CDS-PP.
O Moto Clube de Lisboa (MCL) considera que a medida, caso seja implementada, pode reduzir os acidentes com motociclistas, enquanto a Associação Nacional dos Transportes Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), que representa os taxistas, defende exactamente o contrário, argumentando que aquela possibilidade "deturpa o objectivo para o qual as faixas dos transportes foram criadas".
"A proposta já não é de hoje. Já há muitos anos que andamos a propor à Câmara de Lisboa que os motociclistas possam andar nas faixas de `bus`", disse Luís Vergasta, presidente do MCL, à agência Lusa.
Segundo este responsável, a medida pode evitar muitos pequenos acidentes com motociclistas, que actualmente "têm de se desenrascar como podem no meio do trânsito".
Luís Vergasta salientou, ainda, que desde a lei que permite aos condutores habilitados para automóveis ligeiros conduzir motos até 125 cc aumentou o número de pessoas que se deslocam naquele meio de transporte no centro da cidade de Lisboa.
"Os condutores às vezes têm receio dos motociclistas, às vezes não sabem como reagir, às vezes os motociclistas levam um espelho por outro. Se os motociclistas puderem andar na via `bus`, é mais seguro para todos", justificou.
Florêncio Almeida, presidente da ANTRAL, mostra-se, por outro lado, "completamente contra".
"Quando nós formos auscultados pela Câmara, a nossa posição vai ser dizer `não` e `nunca`. Os corredores foram concebidos para os transportes públicos e devem ser só para os transportes públicos. Se não, vamos acabar com os corredores e deixar que as pessoas circulem à vontade", afirma, destacando que a questão já não é de hoje. O responsável da ANTRAL considera que a medida poderá dar origem a mais acidentes em Lisboa.
"Uma mota deve ocupar uma faixa de rodagem e andar atrás das viaturas como outra viatura qualquer, não é andar pelo meio dos carros e cortar à frente dos carros como eles [motociclistas] andam, veja lá o que vai acontecer. Se eles já fazem isso sem ser permitido andar nos corredores infelizmente, há muitas pessoas que cumprem com o Código da Estrada, mas a larga maioria dos `motoqueiros` não cumpre", realça Florêncio Almeida.

Comentário Pessoal: olha quem fala… a moralidade dos taxistas…   _Zang_
O problema do “generalizar”… por uns pagam todos…  _pensador_
Os taxistas que são um modelo de cumprimento do Código da Estrada…  _Rolley_
« Última modificação: 13 de Fevereiro de 2015, 11:37 por Paulo Renato Ferreira »

Offline CarlMac

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 108
  • Localidade: Ericeira
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Deauville 700
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #14 em: 13 de Fevereiro de 2015, 12:01 »
De facto este país tem à frente de muitos organismos, instituições, cooperações... muitos mentcaptos que deveriam ser proibidos de proferir declarações em público. Quando este fenómeno, intelectualmente falando, presidente da ANTRAL, diz que "há muitas pessoas que cumprem com o Código da Estrada, mas a larga maioria dos ‘motoqueiros’ não cumpre” revela bem a imbecilidade que reina nestas mentes pequeninas que, por se encontrarem à frente de qualquer associação, se dão ao despudor de abrir a boca e dizer barbaridades destas... É verdade que há muitos motociclistas que não cumprem, mas percentualmente, entre os motociclistas que não cumprem e os taxistas que não cumprem... os motociclistas são um exemplo a seguir. E nos motociclistas também há, sem dúvida, indivíduos que nem a pé na via pública deveriam andar, mas daí até à generalização vai uma distância enorme. Muito provavelmente, até pelo aspecto que o finório revela, deve ter na família exemplos de motoqueiros que terão estado na origem do seu apareciemnto enquanto espécime raro, o que o terá traumatizado para sempre.
« Última modificação: 13 de Fevereiro de 2015, 12:10 por CarlMac »

interceptor

  • Visitante
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #15 em: 13 de Fevereiro de 2015, 13:00 »
Eu também tenho algum receio de partilhar estas e outras vias com alguns taxistas ::)

Offline toffy

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2014
  • Mensagens: 699
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: F650 gs
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #16 em: 13 de Fevereiro de 2015, 13:23 »
Carlmac.... não te rales com isso..... troca a palavra "motoqueiros" por "taxistas" e o teu texto já faz todo o sentido....   :-)


Sent from my iPhone using Tapatalk
Sym GTS 125 evo (2015 - 2017, 0 - 25.000 km)

BMW F625 gs (2017 - ..., 20.750 km - ...)

Offline PMarques

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Mai 2013
  • Mensagens: 291
  • Localidade: Santa Cruz - Torres Vedras
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC750X
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #17 em: 13 de Fevereiro de 2015, 14:13 »
há motocicliclas e motociclistas, tal como há condutores de automóvel e táxistas.....perdão...... e condutores de automóvel.
Não se precisa ter um curso para saber que em tudo há os que respeitam e os que não respeitam, seja quem conduz automóveis, camiões, táxis ou motas. Não podemos é generalizar. É certo que há taxistas que fazem o seu trabalho corretamente sem serem umas bestas na estrada como este senhor que os representa _thumbdown_ certamente foi ou é. Conheço muita gente com a 4ª classe com melhor postura e argumentos que este "senhor".
Como em tudo há bons e maus condutores, mas acredito que graças a esta lei das 125cc muitos dos novos condutores graças a esta medida são civilizados na condução utilizando a mota apenas como meio de transporte e não para fazer corridas.
Todos nós sabemos que o facto de podermos circular na faixa BUS não vamos atrapalhar ninguém, aliás, o trânsito acaba por fluir melhor. O problema provavelmente será mesmo esse, é o transito circular melhor e eles perderem clientes, ou será por perderem a sua "exclusividade"?  _pensador_ Não sei, mas que isso devia ser uma medida implementada não só em Lisboa e no Porto como em todo o país, disso não tenho dúvidas.
Boas curvas
Jet4 0km (06-2011) - 12694km (18-03-2014)
GTS 0km (18-03-2014) - 5600km (11-09-2014)
NC750X 0km (11-09-2014) < scooter_

Offline omcj

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2013
  • Mensagens: 2014
  • Localidade: Queluz
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XJ600N
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #18 em: 13 de Fevereiro de 2015, 14:15 »
Só apeteçe é sei lá o qué, como se esses senhores tivessem moralidade para falar dessa maneira, eles são como o Martini, é em qualquer lugar e a qualquer hora que param e se estiveres atrás deles e buzinares porque estão parados no meio da estrada a largar clientes ainda te chamam nomes feios  _Zang_ _Zang_ _Zang_

Offline B_Black

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 333
  • Localidade: S. António da Caparica / Costa da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • A rolar com style :P
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Downtown 125i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #19 em: 13 de Fevereiro de 2015, 16:04 »
Este senhor da ANTRAL em vez de vir falar dos outros e generalizar deveria em primeiro lugar arrumar a casa que tem. Desde que trabalho por turnos em Lisboa (+- 10 anos) que já observei táxistas à noite nas roulotes da Praça de Espanha em pleno horário laboral "ligeiramente" etilizados ao ponto de não se conseguirem afastar do balcão pois naquela área estava um pouco ventoso  _Rolley_ , táxistas a agredirem-se mutuamente pois um queria apanhar um cliente fora da praça e inclusive numa corrida desde o Aeroporto para a Gare do Oriente em que o percurso é sempre em frente pela Av. de Berlim o dito "profissional" quis entrar na Av. Infante D. Henrique e quando alertado para o facto de que eu conhecia Lisboa e questionado sobre o que pretendia fazer ainda me injuriou, estive a uma "unha" negra de lhe ir ao focinho.
O que é engraçado é que nunca vi nenhum "motoqueiro" fazer estas figuras.
O acidente que tive há quase 2 anos foi contra um táxi e foi o primeiro a sair do carro e a ajudar-me a levantar a scooter que tinha ficado por cima de mim, e como estava um pouco nervoso preencheu a declaração amigável e foi 5 estrelas, também é motociclista  _pol_ .
Obviamente também existem bons profissionais como táxistas, mas quem nunca errou que atire a primeira pedra e no meu ponto de vista este senhor deveria estar calado.

Cumprimentos
« Última modificação: 13 de Fevereiro de 2015, 16:08 por B_Black »
Membro CPM 2383
Fev. 2000 »»»»»» Honda SGX 50 Sky
Nov. 2012 »»»»»» Kymco DT 125i

Offline Guerreiro

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 1373
  • Localidade: Sacavém / Expo
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Sym
  • Modelo: Maxsym 400i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #20 em: 13 de Fevereiro de 2015, 16:09 »
Para tornar tudo mais seguro o melhor era permitir MOTOS e AUTOCARROS na faxa do BUS e proibir a mesma aos TAXIS.

Não penso assim na realidade, isto é só de raiva ao que a besta disse
Guerreiro

Offline Lone Wolf

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Out 2011
  • Mensagens: 766
  • Localidade: Amadora City
  • Sexo: Masculino
  • Com civismo cabemos lá todos...
  • Marca: Honda
  • Modelo: SD04
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #21 em: 13 de Fevereiro de 2015, 19:11 »
é deste "ilustre" que estamos a falar?!....

«Florêncio Almeida, presidente da ANTRAL, é acusado de ir à província comprar licenças de táxis para ter capacidade de dar resposta aos contratos que tem com seguradoras para o transporte de assistência médica»

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/licencas-de-taxis-geram-conflito-na-antral=f546559#ixzz3ReaKDcEq

Estudo? há ok alguém tem de ganhar umas "massas"...

Gostam tanto de "copiar" o estrangeiro... força não copiem só o que não se aplica em Portugal, experimentem por uma vez copiar algo exequível cá dentro....



O bom-senso é o ultimo dos sensos...
Sendo que a coerência é por vezes incoerente...

Offline jfreitas

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2014
  • Mensagens: 322
  • Localidade: sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: sym
  • Modelo: GTS 125I
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #22 em: 13 de Fevereiro de 2015, 19:37 »
já vem muito atrasado, mas e sempre bem vindo.





 _pt_ scooter_

Offline jcsc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2013
  • Mensagens: 287
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 125i
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #23 em: 14 de Fevereiro de 2015, 17:24 »
De facto este país tem à frente de muitos organismos, instituições, cooperações... muitos mentcaptos que deveriam ser proibidos de proferir declarações em público. Quando este fenómeno, intelectualmente falando, presidente da ANTRAL, diz que "há muitas pessoas que cumprem com o Código da Estrada, mas a larga maioria dos ‘motoqueiros’ não cumpre” revela bem a imbecilidade que reina nestas mentes pequeninas que, por se encontrarem à frente de qualquer associação, se dão ao despudor de abrir a boca e dizer barbaridades destas... É verdade que há muitos motociclistas que não cumprem, mas percentualmente, entre os motociclistas que não cumprem e os taxistas que não cumprem... os motociclistas são um exemplo a seguir. E nos motociclistas também há, sem dúvida, indivíduos que nem a pé na via pública deveriam andar, mas daí até à generalização vai uma distância enorme. Muito provavelmente, até pelo aspecto que o finório revela, deve ter na família exemplos de motoqueiros que terão estado na origem do seu apareciemnto enquanto espécime raro, o que o terá traumatizado para sempre.

Mais uma da Antral a proposito da proibicao para os veiculos de entrar em Lisboa - Florêncio Almeida, presidente da ANTRAL (Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros), garante que os táxis não cumprirão a lei, nem mesmo com esta moratória. E deixa uma ameaça: "A indústria não tem capacidade financeira para substituir as viaturas em um ou dois anos. Se não nos deixarem circular, vamos fazer barulho. Pomos 500 táxis à porta da Câmara."
SYM GTS 125i

2013 Sym Gts 125i
1990  Yamaha DT50 LC - 120.000 kms

Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: utilizar a faixa do bus
« Responder #24 em: 14 de Fevereiro de 2015, 19:56 »
Alguém não deu a medicação ao senhor da Antral  _lol_ _lol_ _lol_



Não percebo é esta camera... deliberou-se  _Rolley_ _Rolley_ fazer um estudo ???!!! para depois ter um parecer daqui por 6 ou 12 meses  _Zang_ _Zang_ _Zang_ para depois ainda se ir "experimentar" numa zona limitada (provavelmente 2 ou 3 quarteiroes de uma avenida qualquer _policia_)


É o alimentar da maquina burocrática... qualquer decisao tem que correr uma corrente de secretarias para acumular assinaturas e justificar a existência de meia-duzia de "tachos"  _Rolley_


Assim nao se faz nada... vai-se perder 1 ano ou 2, quando a medida já peca por tardia pois está experimentada e aprovada noutras Países  >:D