Autor Tópico: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes  (Lida 3990 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline JViegas

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 1675
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 300 ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #25 em: 10 de Janeiro de 2018, 10:09 »
Existem pessoas que nem de bicicleta, quanto mais com um enlatado nas mãos ou uma 125 ou uma 1000.

A lei das 125cc veio permitir que mais pessoas considerassem as duas rodas como meio alternativo às suas deslocações. Muitas pessoas vieram dos enlatados sem nunca terem tido qualquer contacto com este meio de transporte.

E isso faz com que sejam menos condutores?
Claro que não.
Já conheci pessoas que nunca conduziram motas na sua vida que têm comportamentos mais adequados do que quem anda "nesta vida" há mais de 30 ou 50 anos.

Apesar de uma 125cc não permitir velocidades astronómicas, permite uma ligeireza e rapidez nas deslocações que qualquer condutor de enlatado que esteja disponível para fazer a "passagem" gostará. A facilidade de fluir por entre o trânsito, a melhoria nas condições de mobilidade nos dias de hoje é como encontrar ouro no quintal lá de casa: mais tempo para estar coma família, mais tempo para descansar, para chegar ao trabalho/casa, etc. etc. Todos nós conhecemos os benefícios.

A questão está quando os comportamentos quer por falta de civismo quer por falta de experiência, não no controlo da máquina (não só mas também), mas a atenção no fluir do trânsito, no comportamento do enlatado que não nos vê ou faz de conta que não nos vê, entre outros fatores, é aí que residem, na minha opinião, alguns dos maiores riscos de acidentes para os motociclistas na cidade. O número de acidentes aumentou dentro das localidades.

Do número de acidentes com mortos em duas rodas, quais foram da responsabilidade do condutor?
Em que situações ocorreram os acidentes: estado da via, falta de visibilidade, etc. etc.

Penso que não basta "apenas" contabilizar as mortes em duas rodas, mas em que condições as mesmas acontecem.

O nosso governo reconhece os acidentes/mortes em duas rodas aumentaram, assim como os atropelamentos. Algo está mal, é certo, mas não é só porque os motociclistas têm comportamentos menos bons. Nada disso.

Quantos de vocês não estiveram já na iminência de um acidente com um enlatado que não vos viu ou ignorou?
Quantos motociclistas não morreram o ano passado por isso?

EDIT: seria interessante, para além de estudos da ANSR (que são importantes) e para além do choro dos centros de inspeção, seria interessante o antigo Instituto de Seguros Automóvel de Portugal, atual Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, promover algum estudo que permita apurar, através das indemnizações por reparação ou vida, foram atribuídas a vitimas de acidentes com duas rodas.

Ou seja  qualquer empresa sabe perfeitamente quais/quantos dos seus clientes em duas rodas tiveram culpa em acidentes em que estiveram envolvidos.

Será que a razão porque não nos fazem seguros contra terceiros é apenas pelo comportamento de alguns em duas rodas ou somos o elo mais fraco que fica debaixo de um carro?
« Última modificação: 10 de Janeiro de 2018, 10:18 por JViegas »

Offline carlos amaral

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Mar 2014
  • Mensagens: 37
  • Localidade: lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: sym
  • Modelo: 125 gts evo
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #26 em: 11 de Janeiro de 2018, 21:44 »
Boa noite

Tal como muitos Colegas, tendo ouvido e lido muitos comentários atribuindo à utilização da faixa bus por parte dos motociclistas e à possibilidade de conduzir sem carta de mota velocípedes com cilindrada até 125 cc, as causas do aumento de mortes na estrada.
Sem ter tido acesso a estatísticas rigorosas que confirmem estes dados, sobra a minha sensibilidade de alguém que conduz uma 125 em Lisboa diariamente e que, a "olho nu" lhe parece que tais conclusões são erradas.
Porém, uma mentira muitas vezes repetida pode parecer verdade e levar a decisões que prejudiquem os motociclistas e sobretudo assentem em dados especulativos.
Não seria aconselhável que as instituições ligadas ao motociclismo designadamente a Federação de Motociclismo e a nossa Associação exigissem às autoridades com competência nesta matéria, informação rigorosa sobre qual foi a forma e meios que foram utilizados para chegarem a essas conclusões?
Caso estas diligências já estejam em curso peço desculpa pela insistência,mas julgo que vale a pena não deixar passar isto em branco, sob pena de vermos alteradas regras que hoje facilitam a mobilidade nas cidades.

Boas curvas

Offline mlvtecpt

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2014
  • Mensagens: 173
  • Localidade: Algueirão
  • Sexo: Masculino
  • As 125 também lá chegam!
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Downtown 125i
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #27 em: 11 de Janeiro de 2018, 22:50 »
Este ano também morreram mais pessoas atropeladas... Logo deve-se proibir as pessoas de atravessarem a estrada! Boa lógica não, srs do Expresso?!?

Offline JViegas

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 1675
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 300 ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #28 em: 12 de Janeiro de 2018, 09:43 »
O Governo quer tornar obrigatória a carta de condução para quem conduzir motociclos de 125 cm3 de cilindrada, mesmo que tenha já carta de automóvel, e vai repensar os mecanismos de inspecção das motas.

Segundo uma entrevista do ministro da Administração Interna à Antena 1, o executivo vai repensar a dispensa de formação para quem conduza motas de 125cm3 de cilindrada.

“Temos de repensar aquilo que foi uma decisão que nos suscitou as maiores dúvidas, que foi a dispensa de qualquer formação para quem, tendo uma carta de ligeiros, possa comprar uma mota até 125 cm3 e imediatamente sair para a estrada”, afirmou o Eduardo Cabrita.

Na entrevista, o ministro diz que não será exigível uma total revisão do código, mas sublinha: “as condições de condução de motociclo são claramente diferentes daquelas que temos num veículo automóvel ligeiro”.


Fresquinho, hoje que se irá reunir a Comissão Interministerial para a Segurança Rodoviária.

Vamos ver o que dali sairá.

fonte: http://rr.sapo.pt/noticia/102799/carta-para-motos-de-125cm3-pode-vir-a-ser-obrigatoria

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 998
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #29 em: 12 de Janeiro de 2018, 09:59 »
Ia agora mesmo para colocar essa noticia, mas já foi colocada pelo nosso colega JViegas

Se assim for lá vão descer as vendas das 125cc  _lol_

Offline pjota

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2011
  • Mensagens: 216
  • Localidade: Lx
  • Sexo: Masculino
  • Kiss - Keep it simple, stupid!
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Majesty 400 ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #30 em: 12 de Janeiro de 2018, 11:19 »
Obviamente que não tenho dados, mas acho que interessaria analisar também a percentagem de acidentes causados pelos condutores dos automóveis. Ao volante de um carro cometem-se as maiores atrocidades, os telemóveis e os tablets são uma praga, e depois já se sabe, quem anda de mota acaba por correr o risco de ter maior probabilidade de ir parar com os costados ao chão. Já não se paga multa por ir a conduzir e ao telemóvel? É que é mais comum do que tremoços numa cervejaria.

Isto não desculpa os "artistas" que fazem da via pública pista de corridas. Mas isso sucede em qualquer tipo de veículo, desde o skate, à bicicleta, à mota ou ao automóvel. Trata-se de uma atitude irresponsável que deveria responsabilizar os próprios. O drama é que vivemos numa sociedade pouco dada à responsabilização individual, onde a chico-espertice compensa.

Fazer novas leis é a maneira mais barata de fingir que se faz qualquer coisa. Botam-se umas letras num papel e pronto. Milagre! O problema desapareceu. Ora se disponibilizassem meios para verificar o cumprimento das leis que existem antes de se porem a fazer leis novas é que era. Mas isso, tá quieto. Dá trabalho e custa dinheiro. Como os escritórios de advocacia precisam de ter lucros não sobra nada para a prevenção.

Portanto nada vai mudar no comportamento dos automobilistas. Vai continuar a ser preciso ter sete olhos e muita sorte para não termos o azar de ter um encontro com algum dos energúmenos que as fantásticas escolas de condução habilitaram a andar por aí a fazer vítimas todos os dias.

Se ter carta de condução resolvesse alguma coisa não haveria tantos acidentes de carro. As causas são mais profundas. Chamam-se falta de educação e de civismo mas isso não se compra nem está disponível no telemóvel. Lá está, dá trabalho! Nem sequer há esperança nas novas gerações, infoincluídas, mas funcionalmente analfabetas no que aos valores (a começar pelo valor da vida humana) diz respeito.

Andem com calma.
Spritmonitor.de" border="0

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 1684
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #31 em: 12 de Janeiro de 2018, 17:48 »
A campanha deu resultados  _mau_  por enquanto ganham as escolas e as inspecções, perdem os vendedores de motociclos e os motociclistas.
Veremos se fica assim  _confuso_
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki SV650A "Back to Classics"
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline Scooterado

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2010
  • Mensagens: 2061
  • Localidade: Barlavento-Algarve
  • Sexo: Masculino
  • Darwin e a evolução das espécies: T500 ---» T530
  • Marca: YAMAHA
  • Modelo: TMAX 530 ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #32 em: 13 de Janeiro de 2018, 02:10 »
Obviamente que não tenho dados, mas acho que interessaria analisar também a percentagem de acidentes causados pelos condutores dos automóveis. Ao volante de um carro cometem-se as maiores atrocidades, os telemóveis e os tablets são uma praga, e depois já se sabe, quem anda de mota acaba por correr o risco de ter maior probabilidade de ir parar com os costados ao chão. Já não se paga multa por ir a conduzir e ao telemóvel? É que é mais comum do que tremoços numa cervejaria.

Isto não desculpa os "artistas" que fazem da via pública pista de corridas. Mas isso sucede em qualquer tipo de veículo, desde o skate, à bicicleta, à mota ou ao automóvel. Trata-se de uma atitude irresponsável que deveria responsabilizar os próprios. O drama é que vivemos numa sociedade pouco dada à responsabilização individual, onde a chico-espertice compensa.

Fazer novas leis é a maneira mais barata de fingir que se faz qualquer coisa. Botam-se umas letras num papel e pronto. Milagre! O problema desapareceu. Ora se disponibilizassem meios para verificar o cumprimento das leis que existem antes de se porem a fazer leis novas é que era. Mas isso, tá quieto. Dá trabalho e custa dinheiro. Como os escritórios de advocacia precisam de ter lucros não sobra nada para a prevenção.

Portanto nada vai mudar no comportamento dos automobilistas. Vai continuar a ser preciso ter sete olhos e muita sorte para não termos o azar de ter um encontro com algum dos energúmenos que as fantásticas escolas de condução habilitaram a andar por aí a fazer vítimas todos os dias.

Se ter carta de condução resolvesse alguma coisa não haveria tantos acidentes de carro. As causas são mais profundas. Chamam-se falta de educação e de civismo mas isso não se compra nem está disponível no telemóvel. Lá está, dá trabalho! Nem sequer há esperança nas novas gerações, infoincluídas, mas funcionalmente analfabetas no que aos valores (a começar pelo valor da vida humana) diz respeito.

Andem com calma.

Assino por baixo   _palmas_ _pol_
Bom post pjota.
Scooterado  scooter_ _slb_
XMAX 125 de 30/11/2010 até 9/1/2013
Tmax 500 abs "Blackmax" 2009
com 23.000 Kms.-1ªmédia 4,82.última média 4,36 e deixei-a ir com 87778 km e com muito bom aspeto.
desde 9/12/2015 comprei 1  Tmax 530  preta   com 22.242 km.1ªmédia consumo 4,37/4,67 bem fixe!!

Easyrider70

  • Visitante
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #33 em: 13 de Janeiro de 2018, 19:59 »
Boas!

Isto não passará de conversa pois a lei das 125cc é directiva comunitária...
É mais um embuste de um estado falhado e oportunista que só vê € pois como sabem prevenção rodoviária em PT é bola!
Esse pulha chamado cabrita que tenha a coragem de apresentar quantos acidentes mortais ouve com motos 125cc que resultaram na culpa para os seus condutores?
Invistam na educação cívica de uma sociedade desprovida dos mais elementares valores apostando em melhores estradas e sinalização etc... e deixem-se de tretas.
O cabrita que vá dar banho ao cão e que não volte a pôr os GNR's na rua que lhe fazem segurança à sua quinta perto de Santarém.
A carta não ensina ninguém a conduzir o que quer que seja.

Cumprimentos
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2018, 20:06 por Easyrider70 »

Offline Paulo Renato Ferreira

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2012
  • Mensagens: 1045
  • Localidade: Vila Franca do Rosário
  • Sexo: Masculino
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #34 em: 13 de Janeiro de 2018, 20:48 »
Boas!

Isto não passará de conversa pois a lei das 125cc é directiva comunitária...

O Artº 6º da Directiva referida, quanto ao Ordenamento, Equivalência entre Categorias no seu nº 3 define que "Os Estados-membros PODEM CONCEDER para a condução no seu território, as seguintes equivalências:
al. b) Motociclos da Categoria A1 com uma carta de condução da Categoria B.



Easyrider70

  • Visitante
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #35 em: 18 de Janeiro de 2018, 23:15 »
...e ao fim de quase 9 anos vão deixar de poder por meio de um embuste que nos querem impingir. Deixe-me rir!

"Demagogia feita à maneira é como um queijo numa ratoeira"...

Abs
« Última modificação: 19 de Janeiro de 2018, 08:40 por Admin22 »