Autor Tópico: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes  (Lida 4523 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline omcj

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2013
  • Mensagens: 2013
  • Localidade: Queluz
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XJ600N

paulo1974

  • Visitante
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #1 em: 26 de Dezembro de 2017, 19:21 »
ja leram a noticia do expresso???

Offline NunoMiguel

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 332
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC 750x ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #2 em: 26 de Dezembro de 2017, 20:56 »
Eu gostava de ser inteligente como esta gente toda.
A começar pelo Carlos Barbosa que diz que colocar motociclos na faixa BUS é um erro, baseado em... Baseado na mesma coisa que eu bebo em excesso todos os Natais, provavelmente.

De resto, só espanta o texto não acabar a explicar que a culpa, afinal, é mesmo mesmo mesmo... Da falta de inspeções.
« Última modificação: 26 de Dezembro de 2017, 20:58 por Admin22 »
Não posso comprar a felicidade... Mas posso comprar cerveja, que é quase a mesma coisa.

Offline José Bairrada

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 1744
  • Localidade: Vila Franca De Xira/ ANSIÃO
  • Sexo: Masculino
  • Nunca trates a mota por TU!
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: DL650A
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #3 em: 26 de Dezembro de 2017, 21:23 »
Claramente que não foi a lei das 125, que fez disparar o número de mortes, pois conduzir uma 125 é melhor escola que qualquer uma escola de condução que apenas ensina a passar no exame e não ensina a conduzir.
Depois digam-me a diferença entre comprar uma 125 com carta de ligeiros e conduzir com as limitações, que todos reconhecemos nas 125 e ir ganhando calo ou tirar a carta de mota e (para não falar de marcas e modelos) comprar directo uma 1300cc, eu sei o que é pior. Como já referi noutro post, nos poucos eventos em que participei e em que participa um maior numero de pessoas da comunidade motociclista, eu vejo bem as atrocidades que se fazem, as que se dizem que se fazem e pouquissimos terão começado com a lei das 125 ou então vamos no Domingo ao cabo da roca e analisemos comportamentos das 125 e das outras...

Quanto á circulação na faixa do Bus, eu também não concordo, porque se a faixa é para os BUS, é para os Bus, qualquer dia circulam lá mais veiculos que nas outras faixas  _lol_  os motociclos já tem a facilidade de ir furando o trânsito, não necessitam da faixa do BUS, até porque sabemos que a grande maioria vai zigue zaguear entre faixas.
Nunca discutas com um idiota que ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.

Offline NunoMiguel

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 332
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC 750x ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #4 em: 26 de Dezembro de 2017, 21:48 »
Uma coisa é não concordar, outra é dar como adquirido que é mais perigoso ou que está na origem de mais mortes, com base em argumento nenhum  scooter_ _convivio_
Não posso comprar a felicidade... Mas posso comprar cerveja, que é quase a mesma coisa.

Offline zepedro

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2015
  • Mensagens: 121
  • Localidade: Carcavelos
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: NC750D Integra
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #5 em: 26 de Dezembro de 2017, 22:53 »
Esse artigo é uma patetice. Se me apresentarem números em que os acidentes ocorrem maioritariamente em 125s até poderei mudar de opinião. Até lá a inteligência prevalece:

1 - há muito mais motas na estrada
2 - foi um ano com muito menos chuva e portanto muitos mais kms rodados.

Proporcionalmente o número de mortes na estrada aumenta. Parece me uma assumpção lógica. Com base na ausência de outros dados mais específicos qq extrapolação para razões mais específicas é, no melhor dos casos, adivinhação e, no pior dos casos, demagogia.

Quanto há questão das motas poderem andar na faixa de bus, alegar que aumenta insegurança é da demagogia mais barata e reles. As motas não prejudicam a circulação de transportes públicos e andando nessa faixa além de aliviar as outras evitam rasantes a carros, que cria situações bem mais perigosas.

Tinha uma ideia bastante positiva do ACP, que nos últimos anos se tem vindo a desvanecer bastante. Logo desde que tirei a  carta de mota na escola deles.

Abraços.

ZeP


Abraços!

ZeP

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1151
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #6 em: 27 de Dezembro de 2017, 00:29 »
Eu ainda não me dei ao trabalho em ler esse artigo, mas baseando as respostas que vi, lembrei-me de um outro que a muito pouco tempo andou a circular e que houve logo alguns membros que disseram que a culpa era da nova lei das 125cc  _pensador_, mas eu não vi ainda nenhuma estatística em que venha a confirmar isso, mas por acaso em acidentes que vejo e na tv tb é tudo de cilindrada superior.

Mas também digo uma coisa, quer sejam carros ou motos, nenhum deles anda sozinho ( quer dizer já andam mas cá ainda contam-se pelas mãos ), mas o que quero dizer é que a pessoa que está ao volante se não tiver consciência da segurança e civismo na condução tanto faz ser uma 50cc ou uma 1500cc elas acontecem.

Haver se deixam de criticar a lei dos encartados poderem conduzir as 125cc porque o problema não vem dai.

PBarros

  • Visitante
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #7 em: 27 de Dezembro de 2017, 08:43 »
Esse artigo é uma patetice. Se me apresentarem números em que os acidentes ocorrem maioritariamente em 125s até poderei mudar de opinião. Até lá a inteligência prevalece:

1 - há muito mais motas na estrada
2 - foi um ano com muito menos chuva e portanto muitos mais kms rodados.

Proporcionalmente o número de mortes na estrada aumenta. Parece me uma assumpção lógica. Com base na ausência de outros dados mais específicos qq extrapolação para razões mais específicas é, no melhor dos casos, adivinhação e, no pior dos casos, demagogia.






Quanto há questão das motas poderem andar na faixa de bus, alegar que aumenta insegurança é da demagogia mais barata e reles. As motas não prejudicam a circulação de transportes públicos e andando nessa faixa além de aliviar as outras evitam rasantes a carros, que cria situações bem mais perigosas.

Tinha uma ideia bastante positiva do ACP, que nos últimos anos se tem vindo a desvanecer bastante. Logo desde que tirei a  carta de mota na escola deles.

Abraços.

ZeP


Abraços!

ZeP

Subscrevo totalmente !!!! _pol_
« Última modificação: 27 de Dezembro de 2017, 08:44 por PBarros »

scarreira

  • Visitante
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #8 em: 27 de Dezembro de 2017, 09:43 »
Noticias sem jeito nenhum só para meter medo e deitar a baixo o motard...

enquanto não sair o relatório anual da ANSR, nenhuma noticia tem fundamento!!!!

porque esse relatório reúne os acidentes registados pela GNR e PSP, por isso até não comento noticias... digam o que disserem... só lendo o que for emitdo pela ANSR...

Boa viagem a todos _careta_
 scooter_ _pt_ scooter_

Offline marb

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1191
  • Localidade: Santarém
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: R1200 GS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #9 em: 27 de Dezembro de 2017, 10:28 »
Não vou colocar em causa a notícia, de facto parece que houve mais mortos com motociclistas. No entanto contesto as razões apresentadas.

É claro que havendo mais motociclistas na estrada, a probabilidade de aumentar o número de acidentes é maior; se uma estrada tiver vazia, não há acidentes de certeza.

Não se pode apontar uma causa, mas várias causas. Ainda na semana passada, num pequeno trajeto de 6 km's na minha cidade, ia sendo abalroado 3 vezes:

  • Numa situação uma senhora que vinha de frente meteu-se para virar à esquerda e consegui travar a tempo pois ia devagar!!!
  • Noutra situação, um indivíduo que ia na faixa mais à direita numa rotunda, virou para a esquerda....
  • Noutra situação, um indivíduo que ia na faixa da esquerda muda para a direita sem pisca e perante um traço contínuo...

Quanto ao facto de se relacionar o facto com a possibilidade de andar de 125cc só com a carta de automóvel, não deixa de ser verdade, tal como aqueles que andam nos "papareformas" sem carta!

Seria importante os futuros motociclistas ou scooteristas terem alguma formação, específica para andar de moto. Não sei como é que hoje são ministradas as aulas para quem quer tirar licença para motos com mais de 125cc, mas no meu tempo, a principla preocupação era (para além de dar umas voltas) usar os braços para sinalizar as mudanças de direção, fazer oitos e outras tretas, ao invés de explicar onde não travar (passadeiras por exemplo), os perigos que a estrada pode ter (areia, óleo, etc...), a necessidade de usar equipamento, que travões usar, etc... é que tudo isso...aprendi aqui no fórum!!!!
10/2011-Honda Vision 110 (3600 km), 04/2012-Yamaha XMax 125A (8700 km), 07/2013-Yamaha XMax 250A (10000 km), 07/2014 Honda NC750D (18700 km),03/2016-Honda PCX 125 (8000 km), 04/2017-Honda CB500X (13400 km), 05/2018-Honda CBR650F (7170 km), 09/2018-BMW R1200 GS

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1151
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #10 em: 27 de Dezembro de 2017, 12:54 »
Cá para mim andam mas é ai uns interessados em denegrir os motars e ver se as inspecções as motas avançam, como se o problema fosse a cilindrada das mesmas e não os condutores.

No meu ponto de vista, e repito no meu ponto de vista, o facto de poder conduzir as 125cc para quem tem carta B, não é isso que faz com que aumente o numero de acidentes, mas nada como ver quando sair a estatística.

Offline José Bairrada

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 1744
  • Localidade: Vila Franca De Xira/ ANSIÃO
  • Sexo: Masculino
  • Nunca trates a mota por TU!
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: DL650A
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #11 em: 27 de Dezembro de 2017, 13:55 »


Quanto ao facto de se relacionar o facto com a possibilidade de andar de 125cc só com a carta de automóvel, não deixa de ser verdade, tal como aqueles que andam nos "papareformas" sem carta!

Seria importante os futuros motociclistas ou scooteristas terem alguma formação, específica para andar de moto. Não sei como é que hoje são ministradas as aulas para quem quer tirar licença para motos com mais de 125cc, mas no meu tempo, a principla preocupação era (para além de dar umas voltas) usar os braços para sinalizar as mudanças de direção, fazer oitos e outras tretas, ao invés de explicar onde não travar (passadeiras por exemplo), os perigos que a estrada pode ter (areia, óleo, etc...), a necessidade de usar equipamento, que travões usar, etc... é que tudo isso...aprendi aqui no fórum!!!!

Companheiro,

Não é um comparação justa, conduzir com carta de automóvel (que teve que tirar a carta e aprender o código) com os "papareformas" que nem formação tem.

Eu quando tirei a carta aprendi a fazer 8s e pouco mais.

No meu caso, conduzir 125 com carta de carro, foi a melhor escola que poderia ter tido.
Nunca discutas com um idiota que ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2042
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #12 em: 27 de Dezembro de 2017, 14:11 »
Infelizmente as pessoas sem escrúpulos aproveitam tudo para fazer passar a defesa dos seus interesses, mesmo situações conjunturais cujas causas podem ser várias. Gostaria de saber como a associação de escolas de condução ou de inspeção de veículos explica as mortes na estrada neste Natal, condutores sem carta? Veiculos que fugiram à inspeção? Deviam ter 6 rodas? Foram acidentes na faixa do bus?
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki SV650A "Back to Classics"
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline marb

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1191
  • Localidade: Santarém
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: R1200 GS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #13 em: 27 de Dezembro de 2017, 14:41 »
Companheiro,

Não é um comparação justa, conduzir com carta de automóvel (que teve que tirar a carta e aprender o código) com os "papareformas" que nem formação tem.

Eu quando tirei a carta aprendi a fazer 8s e pouco mais.

No meu caso, conduzir 125 com carta de carro, foi a melhor escola que poderia ter tido.

Companheiro, talvez não me tenha expressado da melhor maneira. É claro que quem tira a carta de automóvel está muito melhor preparado do que quem conduz os "papareformas".

O que pretendi dizer é que faz falta alguma formação para conduzir um motociclo de 125cc e provavelmente até para quem tira ou tirou carta de moto para cilindradas superiores.

Quando eu tirei a carta de moto (tirei-a em conjunto com a de carro), há mais de 20 anos, apenas andávamos na estrada, fazíamos uns 8 e tínhamos de ser rigorosos na sinalização com o braço para mudar de direção.

Eu aprendi muitas coisas aqui no fórum sem as quais teria tido acidentes pois há muita coisa importante que as escolas de condução não ensinam (ou ensinavam no tempo em que a frequentei)!
10/2011-Honda Vision 110 (3600 km), 04/2012-Yamaha XMax 125A (8700 km), 07/2013-Yamaha XMax 250A (10000 km), 07/2014 Honda NC750D (18700 km),03/2016-Honda PCX 125 (8000 km), 04/2017-Honda CB500X (13400 km), 05/2018-Honda CBR650F (7170 km), 09/2018-BMW R1200 GS

scarreira

  • Visitante
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #14 em: 27 de Dezembro de 2017, 16:19 »
... veículos explica as mortes na estrada neste Natal ...
Nunca vai ser explicado pk todos os dias à mortes na estrada... simplesmente os meios de comunicação social dão mais força às épocas festivas...
independentemente de ser de carro ou moto ou bike ou a pé seja como for... todos os dias há mortes na estrada, pk? não há uma explicação especifica, pk se houvesse, provavelmente poderiam atacar nessa explicação... mas existe sempre alguém que comete uma infração que leva a uma consequência às vezes só danos materiais outras vezes com danos corporais...

Offline JViegas

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 1720
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 300 ABS
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #15 em: 27 de Dezembro de 2017, 17:09 »
Mas as mortes devem-se a despistes? Manobras perigosas por parte dos motociclistas? Ou devido ao estado dos veículos?

E o número de mortos de acidentes de enlatados? Aumentou? Diminuiu?

Mais do que números é necessário apurar as razões.

A utilização de números para se alcançar um propósito: a necessidade de inspeção de veículos de duas rodas (pois é isso que se trata), deve ser conscientemente bem construída, por quem os analisa para apresentar resultados mas também por quem faz noticia.

Uma nota pessoal: é claro que uma morte é sempre de lamentar. E o risco de analisar pode dar a entender a frieza dos números e a falta de sensibilidade. São pessoas que morrem, não são números e independentemente de terem ou não responsabilidade.

Devem se apurar soluções e acredito que a inspeção de veículos seja uma delas, mas não só: formação, fiscalização (sem radares plantados), etc. etc.

 

Offline pjose

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Dez 2015
  • Mensagens: 313
  • Localidade: Oeiras
  • Sexo: Masculino
  • Marca: yamaha
  • Modelo: X-Max 400-ABS (Momo Design)
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #16 em: 27 de Dezembro de 2017, 22:22 »
Há muitos interesses e muita desinformação sobre a matéria.
Este artigo pareceu-me interessante.
https://www.facebook.com/fmpmototurismo/posts/2079573662301539


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Offline Branco

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Fev 2011
  • Mensagens: 891
  • Localidade: Vila Franca de Xira
  • Sexo: Masculino
  • Tenha uma vida equilibrada, ande em duas rodas.
  • Marca: HONDA
  • Modelo: NC 750X ABS DCT
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #17 em: 28 de Dezembro de 2017, 10:09 »
Acho que este artigo da FMP - Comissão Mototurismo, diz tudo:

"A VERDADE
VITIMAS MORTAIS/MOTOS E CICLOMOTORES
Fomos analisar números e esta tem sido a evolução dos últimos 23 anos em termos de vítimas mortais em acidentes com ciclomotores e motos:
1995 – 610 mortes / 1996-564 / 1997-522 / 1998-488 / 1999-444 / 2000-348 / 2001-321 / 2002-298 / 2003-325 / 2004-265 / 2005-258 / 2006-205 / 2007-189 / 2008-164 / 2009-152 / 2010-187 / 2011-173 / 2012-161/ 2013-129 / 2014-134 / 2015-115 / 2016-103 / até Out 2017-110 mortes
Vamos agora ver a evolução dos números do nosso parque de duas rodas com motor nos últimos 10 anos: em 2007 venderam-se 17559 veículos e a evolução tem sempre sido contínua, pois em 2012 venderam-se 20418 e neste ano (2017) até Novembro venderam-se 26666. Assim, temos que a venda de motos CRESCEU 52% apenas entre 2007 e 2017. Em igual período (2007/2017) os acidentes com vítimas mortais de moto DECRESCEU 41% e só uma hecatombe motociclista durante estes dois últimos meses do ano poderia alterar este valor de forma significativa; o que não aconteceu. E agora, senhores jornalistas arautos da desgraça encomendada, como vão interpretar estes números? Números que até são da ANSR e da ACAP e que nos dizem que em 10 anos tivemos uma subida de 52% de venda de motos e uma diminuição de 41% de mortes na estrada. Significativo, se pensarmos ainda que grande percentagem das motos vendidas neste período são as tais 125cc compradas por automobilistas... sim, aqueles que são apontados como os "grandes culpados" do alegado aumento da sinistralidade. Afinal vimos que não são... porque nem sequer há esse aumento, bem pelo contrário.
Perante estas evidências, obviamente que não podemos ficar indiferente a três situações: 1- que houve uma evolução muito positiva em termos de números de vítimas mortais de acidentes de moto nos últimos 23 anos, 2- que estes números ainda podem e devem baixar mais e que isso depende também muito de nós motociclistas 3- que a campanha “alarmante” que está a acontecer nos órgãos de comunicação social em relação a este assunto, não é mais do que algo encomendado e bem orquestrado contra as motos e os motociclistas. Bom Ano de 2018 para todos."
Júlio Branco

HONDA NC 750X ABS DCT

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1151
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #18 em: 28 de Dezembro de 2017, 10:14 »
Acho que este artigo da FMP - Comissão Mototurismo, diz tudo:

"A VERDADE
VITIMAS MORTAIS/MOTOS E CICLOMOTORES
Fomos analisar números e esta tem sido a evolução dos últimos 23 anos em termos de vítimas mortais em acidentes com ciclomotores e motos:
1995 – 610 mortes / 1996-564 / 1997-522 / 1998-488 / 1999-444 / 2000-348 / 2001-321 / 2002-298 / 2003-325 / 2004-265 / 2005-258 / 2006-205 / 2007-189 / 2008-164 / 2009-152 / 2010-187 / 2011-173 / 2012-161/ 2013-129 / 2014-134 / 2015-115 / 2016-103 / até Out 2017-110 mortes
Vamos agora ver a evolução dos números do nosso parque de duas rodas com motor nos últimos 10 anos: em 2007 venderam-se 17559 veículos e a evolução tem sempre sido contínua, pois em 2012 venderam-se 20418 e neste ano (2017) até Novembro venderam-se 26666. Assim, temos que a venda de motos CRESCEU 52% apenas entre 2007 e 2017. Em igual período (2007/2017) os acidentes com vítimas mortais de moto DECRESCEU 41% e só uma hecatombe motociclista durante estes dois últimos meses do ano poderia alterar este valor de forma significativa; o que não aconteceu. E agora, senhores jornalistas arautos da desgraça encomendada, como vão interpretar estes números? Números que até são da ANSR e da ACAP e que nos dizem que em 10 anos tivemos uma subida de 52% de venda de motos e uma diminuição de 41% de mortes na estrada. Significativo, se pensarmos ainda que grande percentagem das motos vendidas neste período são as tais 125cc compradas por automobilistas... sim, aqueles que são apontados como os "grandes culpados" do alegado aumento da sinistralidade. Afinal vimos que não são... porque nem sequer há esse aumento, bem pelo contrário.
Perante estas evidências, obviamente que não podemos ficar indiferente a três situações: 1- que houve uma evolução muito positiva em termos de números de vítimas mortais de acidentes de moto nos últimos 23 anos, 2- que estes números ainda podem e devem baixar mais e que isso depende também muito de nós motociclistas 3- que a campanha “alarmante” que está a acontecer nos órgãos de comunicação social em relação a este assunto, não é mais do que algo encomendado e bem orquestrado contra as motos e os motociclistas. Bom Ano de 2018 para todos."

E após isso mais levo a crer que isto é mesmo uma tentativa de jogada para ver se conseguem levar avante as inspecções para as motos e até que sabe poderem subir mais os seguros.

Só me faz confusão é não haver contra informação da parte de alguns jornalistas.

Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 421
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #19 em: 28 de Dezembro de 2017, 10:53 »
Acho que este artigo da FMP - Comissão Mototurismo, diz tudo:

"A VERDADE
VITIMAS MORTAIS/MOTOS E CICLOMOTORES
Fomos analisar números e esta tem sido a evolução dos últimos 23 anos em termos de vítimas mortais em acidentes com ciclomotores e motos:
1995 – 610 mortes / 1996-564 / 1997-522 / 1998-488 / 1999-444 / 2000-348 / 2001-321 / 2002-298 / 2003-325 / 2004-265 / 2005-258 / 2006-205 / 2007-189 / 2008-164 / 2009-152 / 2010-187 / 2011-173 / 2012-161/ 2013-129 / 2014-134 / 2015-115 / 2016-103 / até Out 2017-110 mortes
Vamos agora ver a evolução dos números do nosso parque de duas rodas com motor nos últimos 10 anos: em 2007 venderam-se 17559 veículos e a evolução tem sempre sido contínua, pois em 2012 venderam-se 20418 e neste ano (2017) até Novembro venderam-se 26666. Assim, temos que a venda de motos CRESCEU 52% apenas entre 2007 e 2017. Em igual período (2007/2017) os acidentes com vítimas mortais de moto DECRESCEU 41% e só uma hecatombe motociclista durante estes dois últimos meses do ano poderia alterar este valor de forma significativa; o que não aconteceu. E agora, senhores jornalistas arautos da desgraça encomendada, como vão interpretar estes números? Números que até são da ANSR e da ACAP e que nos dizem que em 10 anos tivemos uma subida de 52% de venda de motos e uma diminuição de 41% de mortes na estrada. Significativo, se pensarmos ainda que grande percentagem das motos vendidas neste período são as tais 125cc compradas por automobilistas... sim, aqueles que são apontados como os "grandes culpados" do alegado aumento da sinistralidade. Afinal vimos que não são... porque nem sequer há esse aumento, bem pelo contrário.
Perante estas evidências, obviamente que não podemos ficar indiferente a três situações: 1- que houve uma evolução muito positiva em termos de números de vítimas mortais de acidentes de moto nos últimos 23 anos, 2- que estes números ainda podem e devem baixar mais e que isso depende também muito de nós motociclistas 3- que a campanha “alarmante” que está a acontecer nos órgãos de comunicação social em relação a este assunto, não é mais do que algo encomendado e bem orquestrado contra as motos e os motociclistas. Bom Ano de 2018 para todos."

Muito bem "postado"! Obrigado pelos dados, companheiro Branco.
E parabéns à FMP, é com dados objectivos que se combate o "jornalismo" de faca e alguidar.
Um "jornalismo" que já nem se dá ao trabalho de confirmar e confrontar os dados das Fontes, para não ser manipulado e manter o seu principal capital, a Credibilidade, antes vive na ânsia dos cêntimos que amealha a cada "clique" num título bombástico.
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline davidsantos

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 673
  • Localidade: sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: CRUISYM 125
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #20 em: 06 de Janeiro de 2018, 11:51 »
Nos anos que há mais acidentes com automóveis então é do quê? Se calhar deviam ir a uma inspeção B uma vez que teem inspeção periodica anual....
Sym Gts SE 12/2013  5/2017 a 11/2018
 21500 Kms até 28500 kms

Sym Cruisym 125 11/2018

Offline moto2cool

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Mar 2015
  • Mensagens: 2042
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: SV 650 A
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #21 em: 09 de Janeiro de 2018, 19:35 »
Para conduzir carro acima dos 1000 cc devia ser preciso ter carta de mota :)
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki SV650A "Back to Classics"
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1151
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #22 em: 10 de Janeiro de 2018, 07:53 »
Para conduzir carro acima dos 1000 cc devia ser preciso ter carta de mota :)


Não era só ter carta, era andarem, na cidade e não só para terem uma noção do perigo que é, assim talvez rerspeitassem mais os outros.

Offline ruicosta

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 196
  • Localidade: Tomar
  • Sexo: Masculino
  • Procura-se kit de unhas...
  • Marca: Sym
  • Modelo: GTS 125 EVO
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #23 em: 10 de Janeiro de 2018, 08:19 »
Nem vou comentar toda a notícia porque as "patetices" são muitas.

Mas não posso deixar de comentar um ponto.
Eu tenho uma 125 e apenas carta de ligeiros e até concordo que para se conduzir as 125 deveríamos fazer pelo menos algumas aulas de condução de moto. Não digo quantas porque não tenho conhecimento técnico nem experiência suficiente para tal.

No entanto nos meus  2800km de moto e 24 anos de carro - quase 1 milhão de km's - as maiores asneiras que tenho visto têm sido realizadas por enlatados, ligeiros e pesados, pessoal "encartado" em motos acima de 125 e pessoal de entregas ao domicílio com acelerador a fundo (CTT, Telepizza, PizzaHut...).

Online mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 3089
  • Localidade: sintra-cascais
  • Sexo: Masculino
  • Mebro nº 5131
  • Marca: yamaha
  • Modelo: xmax 300
Re: Conduzir motos com carta de ligeiros abre caminho ao aumento de mortes
« Responder #24 em: 10 de Janeiro de 2018, 08:44 »
Não se pode por tudo no mesmo saco,eu por exemplo  tive 4 125cc por não querer tirar a carta .
Acho mais perigoso esses srs das rrrr armarem-se e mostrarem os cavalos e depois vemos as notícias os resultados.
Civismo ,somente é o que está em falta.
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves