Autor Tópico: O que fazias?  (Lida 440 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline António Teles

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 794
  • Localidade: Loures
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: MP3 400
O que fazias?
« em: 05 de Dezembro de 2017, 00:06 »


Não poderei ou não deverei para já contar o sucedido, o qual sempre que me lembro da resposta que levei me faz ficar a modos que...., mas vamos lá.

Entregaram-te a scooter e disseram-te: foi tudo visto, volte cá daqui a 5000kms.
Na semana a seguir vais trocar de pneus, pois os que vinham escorregavam um bocado e dizem-te, já não tem pastilhas. Fui ter com o stand vendedor, ........
As fotos são das pastilhas que lá estavam, andei com a scooter talvez uns 500kms
Qual deveria de ser o teu procedimento correcto e qual deveria de ser o procedimento correcto do stand vendedor.
Desculpem mas preciso de saber se estarei muito errado no meu julgamento da situação ou se pelo contrário.
Bem hajam
😀 a recomeçar a rolar

RCEu

  • Visitante
Re: O que fazias?
« Responder #1 em: 05 de Dezembro de 2017, 00:18 »
Companheiro:
Sendo esse material de desgaste, deve, na minha opinião existir algum bom senso da parte do vendedor.
Digo isto porque a primeira Buga que tive, ficou exatamente com o mesmo problema. Passados poucos Km fui lá porque de acordo com eles a maquina tinha sido toda vista e afinal...
Pelo bom senso deles, foi-me dito que apesar de ser material de desgaste, não tinha andado Km que justificassem tal situação.
Trocaram sem custos.
Imperou o bom senso.

Online Ccarvalho

  • Moderador Global
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2014
  • Mensagens: 786
  • Localidade: Amadora
  • Sexo: Masculino
  • Andar de moto causa dependência!
  • Marca: Honda
  • Modelo: Sw-T 400
Re: O que fazias?
« Responder #2 em: 05 de Dezembro de 2017, 00:26 »
Se as pastilhas estão assim, que é algo que se vê à vista desarmada, e os pneus vieram como vieram, como estará o líquido dos travões, o líquido de refrigeração, o óleo da transmissão, a vela, o filtro de ar...

Aperta com eles, companheiro, não te deixes enganar.
Carlos Carvalho
ATOM Leonly 125cc: 12/2014 (0 kms) -> 10/2015 (6.136 kms)
Honda Sw-T 400: 10/2015 (15.675 kms) -> ...

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 882
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: O que fazias?
« Responder #3 em: 05 de Dezembro de 2017, 09:15 »
Pelo que vejo afinal não foi nada visto como te disseram, eu apresentava uma reclamação se não te trocassem as pastilhas.

Já agora podes dizer qual a oficina assim é uma a riscar da lista.

Offline Americano

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2015
  • Mensagens: 951
  • Localidade: Oeiras
  • Sexo: Masculino
  • CPM : 7337
  • Marca: Malaguti
  • Modelo: Madison 125
Re: O que fazias?
« Responder #4 em: 05 de Dezembro de 2017, 09:25 »
Falando como comercial (que sou), ia ter com o vendedor e expor o problema com muita calma, ajuda imenso falar
como "vitima descontente" mas sem exigir ou gritar é muito provavel que te arranjem o que é preciso.
Pode não acontecer mas 87% das vezes funciona.


Artur Santos

Offline Ferro

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 1552
  • Localidade: Sobreda - Almada
  • Sexo: Masculino
  • Membro CPM nº2
  • Marca: Honda
  • Modelo: SW-T400 ABS
Re: O que fazias?
« Responder #5 em: 05 de Dezembro de 2017, 09:46 »
Compraste a maxi em segunda mão, correto?
Penso que deves reclamar com bom-senso como o Companheiro Americano já referiu... se não resultar pedes o livro de reclamações e reportas para a marca.
Boa sorte!

Offline JViegas

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 1601
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 300 ABS
Re: O que fazias?
« Responder #6 em: 05 de Dezembro de 2017, 10:01 »
Do que entendo:
1º A maxi foi à revisão.
2º A maxi realizou a revisão, pagaste e a próxima fica para os próximos 5000kms
3º Na semana seguinte ao mudar os pneus na mesma oficina, verificaram as pastilhas e substituíram-nas, por estarem já muito desgastadas.

Concluo que:
1º Não fizeram a verificação das pastilhas aquando da revisão.
2º Substituíram as pastilhas quando mexeram nos pneus.

Algumas perguntas (que faria junto do stand):
a) Porque não foram as mesmas verificadas nas revisão?
b) Se sim porque não foram logo substituídas?
c) Na fatura da revisão foi cobrada alguma "verificação geral". Se sim, porque não foram verificadas as pastilhas?

Se "apenas" não verificaram as pastilhas na altura da revisão e fizeram-no agora aquando da substituição dos pneus, uma vez, que "apenas" uma semana depois a máquina voltaria à oficina para trocar de pneus, provavelmente esperaram para mudar as pastilhas.

Assim, colocam-se outras questões:
d) Esperaram uma semana, para quando trocassem de pneus, aproveitavam e mudavam de pastilhas?
e) Se a máquina está ok após a revisão, porque é que foi necessário agora mudar as pastilhas?
f) As pastilhas duravam os 5000 kms até à próxima revisão? (claro que não devido ao estado em que estão).

Penso que o que falhou, na minha modesta opinião e dado que o companheiro assim a pede, a oficina falha quando apresenta uma viatura como pronta e apta a percorrer mais 5000kms sem avisar o cliente para ter atenção às pastilhas.

Uma chamada de atenção junto da oficina, para que apurem responsabilidades, tratando-se de uma questão de segurança, pois o cliente deve de sair da oficina com a garantia qua pelo menos a viatura vá parar.

Offline mpaneves

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 2442
  • Localidade: sintra-cascais
  • Sexo: Masculino
  • Mebro nº 5131
Re: O que fazias?
« Responder #7 em: 05 de Dezembro de 2017, 10:22 »
Se as pastilhas estão assim, que é algo que se vê à vista desarmada, e os pneus vieram como vieram, como estará o líquido dos travões, o líquido de refrigeração, o óleo da transmissão, a vela, o filtro de ar...

Aperta com eles, companheiro, não te deixes enganar.
Nada melhor do que mencionasse,ficam as perguntas no ar...
Aperta com eles ,deveriam ter visto isso e muito mais,mas para muitos mecânicos a revisão é a troca de óleo e filtros...
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400
Membro:5131
Marco Neves

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 882
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: O que fazias?
« Responder #8 em: 05 de Dezembro de 2017, 10:29 »
Nada melhor do que mencionasse,ficam as perguntas no ar...
Aperta com eles ,deveriam ter visto isso e muito mais,mas para muitos mecânicos a revisão é a troca de óleo e filtros...

E depois pagamos balurdios por trabalhos que nem fazem, por isso é que mudanças de oleos e manutenções simples sou eu que faço, quando for trabalho mecanico isso já levo a oficina.

Da ultima vez que levei a uma oficina para verem as rodas de uma pequena trupidação disseram que não tinha nada, fui andar e estava na mesma, mandei calibrar as jantes e mesmo assim igual.  Uns dias depois a montar a corrente de segurança na roda de traz quase me queimei no disco, achei estranho e pensei deven ter apertado isto com toda a força e as pastilhas não recuam como deve ser, é não é que me vi negro para desapertar, lá apertei com o aperto indicado e 5 estrelas até hoje, só a porca da roda é que não consegui desapertar por precisava de uma pessoa para estar em cima dela, é que eu sozinho a tentar desapertar a mota anda para a frente  _Zang_ imaginem como está ..

Offline NSilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Out 2016
  • Mensagens: 274
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 300i EVO
Re: O que fazias?
« Responder #9 em: 05 de Dezembro de 2017, 10:51 »
Estas situações por vezes acontecem  _thumbdown_
Nós próprios, no nosso dia-a-dia, somos capazes de errar.

Tenta lá voltar e de certeza que se vão prontificar a resolver a situação.
Boas curvas.

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 882
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: O que fazias?
« Responder #10 em: 05 de Dezembro de 2017, 10:54 »
Estas situações por vezes acontecem  _thumbdown_
Nós próprios, no nosso dia-a-dia, somos capazes de errar.

Tenta lá voltar e de certeza que se vão prontificar a resolver a situação.
Boas curvas.

Nunca mais lá volto aquela oficina, duas vezes que fui mal servido, a primeira cobraram 35€ por 1,5lts de oleo quando só leva 900ml e a 2ª foi a que referi em cima, como dou valor ao dinheiro essa ficou riscada da minha lista.

Mas não quer dizer que seja assim, talvez tenha sido eu que tivesse azar das duas unicas vezes que lá fui  _pensador_

Offline NSilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Out 2016
  • Mensagens: 274
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 300i EVO
Re: O que fazias?
« Responder #11 em: 05 de Dezembro de 2017, 10:56 »
PSH72 claramente a culpa não é tua de certeza  _pol_ Essa situação já foi falada antes.

Eu estava a referir-me à situação do companheiro António Teles

Boas curvas  _pt_

Offline n8rodriguez

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Out 2017
  • Mensagens: 5
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Downtown 125i
Re: O que fazias?
« Responder #12 em: 05 de Dezembro de 2017, 11:58 »
O primeiro passo é sempre questionar o sítio onde compraste. Eu apontava também ao desgaste que iria ter nos discos por confiar na palavra deles.

Infelizmente nos dias de hoje muitas vezes deixamos de contar a particular onde obtínhamos melhores negócios em busca da segurança dos stands , e da confiança que isso nos deveria passar no entanto mesmo nos stands verificamos inúmeros casos destes.

Sempre que compro algum veículo, mesmo com revisões feitas desconfio sempre e passo tudo a pente fino mal tenha oportunidade. Já vi casos de revisões feitas em que os filtros foram limpos. Pelo que lemos hoje em todos os sites levanto sempre desconfiança

Offline davidsantos

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 289
  • Localidade: sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS EVO SE
Re: O que fazias?
« Responder #13 em: 05 de Dezembro de 2017, 13:39 »
Companheiro a partir do momento em que visse as pastilhas assim , desconfiaria de toda a revisao efetuada , pois julgo que Houve falta de bom senso pois não tardaria muito a mandares tambem os discos para o lixo por causa de umas pastilhas no ferro , para andares descansado essa scooter precisa de uma revisao por uma entendidade da marca para que te digam o real estado da mesma e seus componentes de desgaste ,e depois confrontares o stand com o seu real estado.( Isto é apenas o que faria) .
Tambem comprei a minha usada e verifiquei tudo o que supostamente foi trocado ,no meu caso calhei com um stand profissional e que me entregou a máquina realmente toda revisonada .

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 882
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: O que fazias?
« Responder #14 em: 05 de Dezembro de 2017, 13:54 »
Companheiro a partir do momento em que visse as pastilhas assim , desconfiaria de toda a revisao efetuada , pois julgo que Houve falta de bom senso pois não tardaria muito a mandares tambem os discos para o lixo por causa de umas pastilhas no ferro , para andares descansado essa scooter precisa de uma revisao por uma entendidade da marca para que te digam o real estado da mesma e seus componentes de desgaste ,e depois confrontares o stand com o seu real estado.( Isto é apenas o que faria) .
Tambem comprei a minha usada e verifiquei tudo o que supostamente foi trocado ,no meu caso calhei com um stand profissional e que me entregou a máquina realmente toda revisonada .

Por vezes na propria entidade da marca passa-se o mesmo, ainda hoje recebi uma msg de um companheiro nosso que comprou uma forza e ficou escandalizado com o que fizeram no representante na primeira revisão, por isso eu acho que parte mesmo é saber onde fazem um trabalho honesto e com brio, que infelismente não existe em muitas oficinas e tanto se aplica em oficinas de motas como de carros.
« Última modificação: 05 de Dezembro de 2017, 13:55 por PSH72 »

Offline António Teles

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 794
  • Localidade: Loures
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: MP3 400
Re: O que fazias?
« Responder #15 em: 05 de Dezembro de 2017, 14:02 »
Obrigado pelas vossas resposta, apesar de eu ao pretender tornar-vos tão imparciais nas respostas, acabei por não explicar ou explicar de forma incompleta, pelo que vou adiantar um pouco mais.
Comprei usada, é de 2008 e tem 31000
A mota foi comprada num concesionario Piaggio
Importante: nao regateei preço, paguei o que vinha no anúncio.
Montei os pneus novos na Motocenter, casa onde sempre que me dão o melhor preço, vou lá.
O stand onde a comprei e levantei em 25 Novembro com menos aprox. 500kms é que efectuou a mudança das pastilhas e recebeu.
 Na próxima semana já devo ter isto resolvido, ou não.
Cumprimentos


😀 a recomeçar a rolar

Offline davidsantos

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 289
  • Localidade: sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS EVO SE
Re: O que fazias?
« Responder #16 em: 05 de Dezembro de 2017, 14:16 »
O ideal é sermos nós mesmos a confirmar como eu fiz ,mas nem toda a gente se ajeita ou tem competencias para tal por isso referi o concessionario da marca que como é logico á oficinas e oficinas uns mais serios que outros , neste caso era tentar ver o feedback da malta que tem Piaggios para tentar saber de uma oficina de confiança.

RCEu

  • Visitante
Re: O que fazias?
« Responder #17 em: 05 de Dezembro de 2017, 14:24 »
Obrigado pelas vossas resposta, apesar de eu ao pretender tornar-vos tão imparciais nas respostas, acabei por não explicar ou explicar de forma incompleta, pelo que vou adiantar um pouco mais.
Comprei usada, é de 2008 e tem 31000
A mota foi comprada num concesionario Piaggio
Importante: nao regateei preço, paguei o que vinha no anúncio.
Montei os pneus novos na Motocenter, casa onde sempre que me dão o melhor preço, vou lá.
O stand onde a comprei e levantei em 25 Novembro com menos aprox. 500kms é que efectuou a mudança das pastilhas e recebeu.
 Na próxima semana já devo ter isto resolvido, ou não.
Cumprimentos




Ok, António.
Depois deixa-nos algum feedback, que esperamos seja p+ositivo.
Boas curvas

Offline JViegas

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 1601
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 300 ABS
Re: O que fazias?
« Responder #18 em: 06 de Dezembro de 2017, 09:51 »
Ao adquirir a maxi disseram ao companheiro que a viatura estava OK e que poderia usufruir da mesma até à próxima revisão (+5000km).

Após 500kms de utilização e ao mudar os pneus (em outra oficina), foi verificado que as pastilhas estavam nas lonas.

As pastilhas foram mudadas no stand/oficina que vendeu a máquina... suportando o proprietário a despesa de substituição.

Dos poucos conhecimentos que tenho de mecânica, umas pastilhas não se desgastam assim tão depressa (500kms), logo, o stand/oficina ao vender um veículo, acondicionado e preparado para andar, deveria saber que as pastilhas deveriam ser substituídas para breve (e já não falo dos pneus pois os mesmos foram igualmente substituídos passado pouco tempo de a maquina ter sido adquirida).

Eu, apresentaria uma reclamação, por escrito (seja no livro ou por carta registada), solicitando o valor pelo menos da despesa com a substituição das pastilhas de travões.

A venda de um veículo em 2ª mão não deve ser menosprezada pelo stand/oficina no que diz respeito a sistemas de segurança como é o caso dos travões.
Ao vender uma viatura (seja mota, carro, bicicleta, etc.) é da responsabilidade do stand garantir o correto funcionamento da viatura, seja ela em 1ª, 2ª ou 3ª mão.

Espero que tudo se resolva, principalmente nos esclarecimentos que o stand/oficina devem dar sobre a venda de uma viatura quem em 500kms apresentava as pastilhas de travões desgastadas.

« Última modificação: 06 de Dezembro de 2017, 09:53 por JViegas »

Offline Xquim

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 519
  • Localidade: Póvoa de Santa Iria
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Kymco
  • Modelo: Downtown 300 I ABS
Re: O que fazias?
« Responder #19 em: 06 de Dezembro de 2017, 12:52 »
Aqui há cerca de 2 anos fui com a minha (ainda 125) à revisão.
Supostamente viram/substituíram tudo,óleo,filtros,níveis......tudo (incluindo uma roublavagem),e fiquei de voltar 3 ou 4 dias depois para substituir uma mola em forma de ----"chapa" no travão traseiro que na altura não tinham em stock.
Assim fiz. Qual é o meu espanto  _confuso_ quando ao ir pagar,tinha as pastilhas do dito travão em cima da mesa.
Perguntei só a mim:- Mas que raio de revisão é que foi feita??!  _martelada_ _Zang_ _martelada_ _Zang_
Resultado:- Paguei,não disse nada, e nunca mais voltei à Avenida do Brasil.
Se ouvires "apitar"é o XQUIM a cumprimentar!*
https://www.spritmonitor.de/fr/detail/707965.html
Downtown 125--AGosto2012--Jul2015--38.000 Km
Downtown 300I-ABS --08/Julho/2015.. 0km............

Offline António Teles

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Ago 2012
  • Mensagens: 794
  • Localidade: Loures
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: MP3 400
Re: O que fazias?
« Responder #20 em: 06 de Dezembro de 2017, 12:58 »
Ao adquirir a maxi disseram ao companheiro que a viatura estava OK e que poderia usufruir da mesma até à próxima revisão (+5000km).

Após 500kms de utilização e ao mudar os pneus (em outra oficina), foi verificado que as pastilhas estavam nas lonas.

As pastilhas foram mudadas no stand/oficina que vendeu a máquina... suportando o proprietário a despesa de substituição.

Dos poucos conhecimentos que tenho de mecânica, umas pastilhas não se desgastam assim tão depressa (500kms), logo, o stand/oficina ao vender um veículo, acondicionado e preparado para andar, deveria saber que as pastilhas deveriam ser substituídas para breve (e já não falo dos pneus pois os mesmos foram igualmente substituídos passado pouco tempo de a maquina ter sido adquirida).

Eu, apresentaria uma reclamação, por escrito (seja no livro ou por carta registada), solicitando o valor pelo menos da despesa com a substituição das pastilhas de travões.
.........

Espero que tudo se resolva, principalmente nos esclarecimentos que o stand/oficina devem dar sobre a venda de uma viatura quem em 500kms apresentava as pastilhas de travões desgastadas.


Exactamente. Mas atenção os pneus estavam com um rasto para muitos kms, portanto a troca dos pneus foi efectuada por meu entender.
Cumprimentos

Se aparecerem mais umas análises ao estado das pastilhas, sei que não se vê bem na foto,também agradeço.
😀 a recomeçar a rolar

Offline pjmartinho

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2015
  • Mensagens: 307
  • Localidade: Sesimbra
  • Sexo: Masculino
  • Bora nessa, ó Vanessa...
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: T-Max 500
Re: O que fazias?
« Responder #21 em: 06 de Dezembro de 2017, 19:58 »


Não poderei ou não deverei para já contar o sucedido, o qual sempre que me lembro da resposta que levei me faz ficar a modos que...., mas vamos lá.

Entregaram-te a scooter e disseram-te: foi tudo visto, volte cá daqui a 5000kms.
Na semana a seguir vais trocar de pneus, pois os que vinham escorregavam um bocado e dizem-te, já não tem pastilhas. Fui ter com o stand vendedor, ........
As fotos são das pastilhas que lá estavam, andei com a scooter talvez uns 500kms
Qual deveria de ser o teu procedimento correcto e qual deveria de ser o procedimento correcto do stand vendedor.
Desculpem mas preciso de saber se estarei muito errado no meu julgamento da situação ou se pelo contrário.
Bem hajam

Assim também eu sou mecânico... pois também sei olhar para uma mota/scooter e não sou cego!

O procedimento correcto do stand é, no minimo, trocarem as pastilhas e oferecerem uma revisão contigo a assistir, ou detalhada até porque, foste um cliente como não há muitos... não regateia o preço (pomposamente, não negoceia o preço) e paga o que lhe pedem.

O meu procedimento, e só posso falar por mim, ia ao stand para ver se resolviam a situação e, quer tivessem resolvido o problema, ou não ia meter a mota numa oficina de confiança para que lhe fizessem uma revisão geral... e nunca mais voltaria à primeira oficina. Eu sei que esta 2ª revisão poderá ser um gasto de dinheiro extra mas, pelo menos, ficas descansado e para ti é o "momento zero" da mota, e passas a fazer as revisões com base nessaa quilometragem.

Sempre fiz isto em todos os carros, e motas, que comprei usados. Nunca me fiei na palavra do vendedor uma vez que, para venderem, dizem tudo aquilo que os clientes querem ouvir... e nada melhor para os ouvidos de um cliente que um "foi tudo visto, volte cá daqui a 5000kms".
Cronologia:
08/2015 - 09/2016: Kymco Downtown 125i - 3.995 kms - Média: 3,4L
09/2016 - 05/2017: YAMAHA T-Max 500 ABS - 4.276 Kms - Média: 5,3L
05/2017 - ??/????: Honda Pan European ST1100 - 60013 Kms - ????? Kms - Média: