Autor Tópico: Nova PCX híbrida e elétrica  (Lida 8349 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline fapoc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 68
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: NMAX 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #25 em: 06 de Novembro de 2017, 15:30 »
Ninguém põe em causa a poupança no custo por km de um carro ou mota eléctricos, a questão é o tempo que se demora a amortizar o tombo inicial até alcançar a verdadeira poupança.

Uma C-Evolution custa na versão Long Range (160km anunciados) 15530€. Tem 26cv e 72Nm.
Uma X-Max 400 custa 7100€. Tem 36cv e 33Nm.

Vamos assumir que andarão equiparadas em termos de performance. A BMW tem bastante mais binário mas tem menos potência e está limitada a 129Km/h.

A diferença de preço são 8430€. Ao preço a que tem estado a gasolina, cerca 1,5€/L, compram-se 5620L de gasolina, se a Yamaha fizer consumos na ordem dos 5L/100Km a diferença de preço dá para fazer 112400km. Como a C-Evolution fará no máximo 150Km/dia precisará de 750 dias até compensar o investimento. Se andar 150km por dia, todos os dias, são dois anos e 20 dias!
Se andar 100km por dia, só em dias úteis, são quatro anos e quase 3 meses... E isto tudo assumindo que a BMW ia ser sempre carregada à borla em postos públicos.


Atenção eu acho que a electrificação é de certeza um dos caminhos a seguir, mas com estes preços a coisa ainda vai demorar um bocadinho de tempo a implementar-se!
Yamaha NMAX 125 2017 - 06/2017 a ??/???? - 0 a ??? kms

Offline Scooterado

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2010
  • Mensagens: 2069
  • Localidade: Barlavento-Algarve
  • Sexo: Masculino
  • Darwin e a evolução das espécies: T500 ---» T530
  • Marca: YAMAHA
  • Modelo: TMAX 530 ABS
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #26 em: 07 de Novembro de 2017, 03:30 »
...... Atenção que há que acrescentar às contas os custos de manutenção ( neste exº a Yamaha Xmax 400 poderia ser a minha Tmax 530 ) que são bem superiores aos do modelo elétrico, tudo bem calculado ( e sem pensar agora na parte ambiental ) a amortização elétrica versus gasolina
acontece bem + cedo do que os cerca de 4 anos do exemplo do companheiro fapoc e quando começarem a surgir modelos elétricos com preços + populares mas ainda assim com boas autonomias e performances a comparação será ainda + favorável para as elétricas.
Poder-se-ia perguntar, e então porque é que não compraste a C-Evolution em vez da Tmax 530 ? Resposta: Devido ao elevado preço de aquisição mas essencialmente devido à pequena autonomia da máquina da Bmw 100 km ( ainda não havia a long-range na altura ) versus 300 km+- ( e com o meu estilo condução ) da Yamaha. Se a C-evolution tivesse cerca de 300 km de autonomia com 1 carga mesmo custando os 15.000 € quase de certeza que seria a minha escolha ( de notar que faço com alguma frequência a rota Algarve-Lx-Algarve e daí a necessidade de cerca de 300Km de autonomia ).
Se esta PCX elétrica não tiver 1 preço proibitivo seria a motinha ideal para fazer o casa trabalho casa todos os dias e a 530 ficava para as viagens maiores, vamos ver as specs dela, está quase a ser conhecido.
1 abraço
Scooterado  scooter_ _slb_
XMAX 125 de 30/11/2010 até 9/1/2013
Tmax 500 abs "Blackmax" 2009
com 23.000 Kms.-1ªmédia 4,82.última média 4,36 e deixei-a ir com 87778 km e com muito bom aspeto.
desde 9/12/2015 comprei 1  Tmax 530  preta   com 22.242 km.1ªmédia consumo 4,37/4,67 bem fixe!!

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1208
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #27 em: 07 de Novembro de 2017, 07:42 »
Bem, não podem esquecer que apesar de ser bem espaçado, mas as electricas também têm alguma manutenção a lomgo prazo e ai á que fazer contas também aos valores que iram cobrar.

E realmente no momento a unica desvantagem alem dos valores será depois o tempo de carga que levará para quem possa estar com um pouco de pressa numa viagem, e aqui têm de se gerir o tempo em que se faz as viagens pois não iram encontrar postos de abastecimento de noite abertos, a gasolina mesmo fechados temos a hipotese de abastecer com o cartão multibanco.

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 147
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #28 em: 08 de Novembro de 2017, 19:09 »
Eu até acredito que ao fim de uns anos compense, mas e até lá? Ainda por cima agora as cargas em postos públicos vão deixar de ser gratuitas...

Os únicos posos que se vão passar a pagar serão os de carga rápida, sendo que postos de carga normal que mais vemos por continuarão gratuitos.
Em Portugal só existe 1 mota elétrica com carga rápida e é uma 'super-bike'.

A minha carrega na tomada do telémovel do trabalho, ou seja, tenho 30.000 km a custo zero.
Se tivesse que carregar em casa seriam os 2.558 kWh consumidos * 0,10€ (por kWh já com IVA) = 255€, ou seja um custo de 0,85€ para cada 100 km.
« Última modificação: 08 de Novembro de 2017, 19:10 por t3lmo »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12406
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #29 em: 08 de Novembro de 2017, 19:41 »
Esses 30.000kms se fosse em gasolina....davam um número bem expressivo por comparação a meros €255 de electricidade.

Respect.  _pol_

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 147
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #30 em: 08 de Novembro de 2017, 20:18 »
Já fiz as contas aqui: http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,27414.msg90152252.html#msg90152252

     740 dias
30.000 km percorridos
  2.558 kWh consumidos para andar
     311 kWh regenerados nas travagens
  4.019 km realizados com a energia regenerada
27.803 minutos a andar
     463 horas a andar
    92% de estado da bateria (SOH)

Gastei...

232€ num conjunto de pneus
72€ em 3 revisões anuais

Poupei...

1.500 litros de gasolina (mota equivalente)
2.100 € em combustível
4.020 kg de CO²
1.080 € em revisões (mota equivalente)

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12406
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #31 em: 08 de Novembro de 2017, 20:26 »
I. M. P. R. E. S. S. I. O. N. A. N. T. E.  ;)

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 3384
  • Localidade: sintra-cascais
  • Sexo: Masculino
  • Mebro nº 5131
  • Marca: YAMAHA
  • Modelo: XMAX 300
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #32 em: 08 de Novembro de 2017, 20:33 »
Era isso mesmo que se precisava ouvir Telmo, obrigado.
Ao ver as tua contas ,e vendo aqui os dados da minha aplicação fico a pensar .....como o Isaac , impressionante!!
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1208
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #33 em: 08 de Novembro de 2017, 21:28 »
Épah isso é uma grande poupança.   _pol_

Offline fapoc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 68
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: NMAX 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #34 em: 09 de Novembro de 2017, 09:51 »
Já fiz as contas aqui: http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,27414.msg90152252.html#msg90152252

     740 dias
30.000 km percorridos
  2.558 kWh consumidos para andar
     311 kWh regenerados nas travagens
  4.019 km realizados com a energia regenerada
27.803 minutos a andar
     463 horas a andar
    92% de estado da bateria (SOH)

Gastei...

232€ num conjunto de pneus
72€ em 3 revisões anuais

Poupei...

1.500 litros de gasolina (mota equivalente)
2.100 € em combustível
4.020 kg de CO²
1.080 € em revisões (mota equivalente)

Ou seja, 3180€ a menos que numa equivalente a gasolina, certo?

E essa eléctrica custou quanto a mais que a equivalente a gasolina?
Yamaha NMAX 125 2017 - 06/2017 a ??/???? - 0 a ??? kms

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 147
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #35 em: 09 de Novembro de 2017, 09:56 »

Offline fapoc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 68
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: NMAX 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #36 em: 09 de Novembro de 2017, 10:12 »
A C650 não é bem equivalente da C Evolution...

Resumindo, porque esta "discussão" já dura há posts a mais. Ninguém (acho eu) põe sequer em causa a mais valias económicas que a utilização de uma moto (ou carro, já agora) eléctrica traz, mas o preço de entrada neste mundo ainda é um entrave para muita gente.
E até vou aqui excluir as fobias com as cargas e a autonomia porque eu já estou mais que resolvido quanto a isso e é uma questão de tempo até o "condutor comum" ficar também.

Penso que cabe aos construtores e aos governos fazerem aquele esforço extra para que cada vez mais pessoas possam ter acesso à tecnologia eléctrica na mobilidade, as nossas cidades e carteiras agradeceriam bastante!
Yamaha NMAX 125 2017 - 06/2017 a ??/???? - 0 a ??? kms

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2155
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #37 em: 09 de Novembro de 2017, 10:15 »
No caso concreto das pcx, a diferença entre valores será naturalmente diferente.
O modelo hibrido poderá ser mais interessante para alguns, mas talvez a diferença de consumo não seja muito significativa face ao valor de aquisição.
No entanto já vi o anuncio de uma Hero hibrida com consumo anunciado de 1lt/100kms
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline ruilebs

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jul 2019
  • Mensagens: 10
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: Medley
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #38 em: 10 de Julho de 2019, 10:17 »
Retomando este tópico...
Alguém já viu alguma perspetiva de quando a PCX Elétrica poderá chegar à Europa?
Tenho andado a varrer a net e... n-a-d-a. O que se percebe, mal eles digam uma data as vendas da atual mergulham.

Offline ruilebs

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jul 2019
  • Mensagens: 10
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: Medley
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #39 em: 10 de Julho de 2019, 10:20 »
+ 2.600€... e também muito mas muito mais prazer a conduzir!

http://www.andardemoto.pt/motos-novas/p-126/bmw-c-650-sport/
http://www.andardemoto.pt/motos-novas/p-877/bmw-c-evolution/

Queres resumir o "muito mais prazer a conduzir" ? Já muito se tem dito, mas gostava de ouvir da tua experiencia.
Uma coisa importante é o ruído (a ausencia dele). Embora seja muito relaxante e interessante enquanto conceito, a verdade é que em particular nas motas se coloca e de que maneira o tema da segurança. Infelizmente na tourada que sao as nossas estradas é muito importante fazermo-nos ouvir.
O que tens achado da tua experiencia quanto a este tema?
Obrigado desde já!
« Última modificação: 10 de Julho de 2019, 10:21 por ruilebs »

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 147
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #40 em: 10 de Julho de 2019, 10:31 »
Esse é um dos mitos que ainda se tem.
Em 9 anos de mota elétrica nunca precisei de me fazer ouvir para sobreviver no transito da cidade, e passo pelos piores locais (IC19, A5, 2ª circular).
Se fizeres um test-drive, percebes o que estou a dizer.
Quem vem da combustão, acha que não, mas o barulho (que ainda têm) e presença é suficiente.
https://www.youtube.com/watch?v=ud-dJyRzlAM

Offline ruilebs

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jul 2019
  • Mensagens: 10
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: Medley
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #41 em: 10 de Julho de 2019, 10:38 »
Esse é um dos mitos que ainda se tem.
Em 9 anos de mota elétrica nunca precisei de me fazer ouvir para sobreviver no transito da cidade, e passo pelos piores locais (IC19, A5, 2ª circular).
Se fizeres um test-drive, percebes o que estou a dizer.
Quem vem da combustão, acha que não, mas o barulho (que ainda têm) e presença é suficiente.
https://www.youtube.com/watch?v=ud-dJyRzlAM
obrigado pela partilha, e grande vídeo!  _pol_ passar assim no meio dos carros (eu sei que é em fast forward lol) até arrepia  :o
eu estou rendidíssimo ao elétrico, e a sonhar com o dia em que a pcx-eletric chegue.
neste momento tenho essa grande dúvida, se espero, ou se compro (a normal) e depois troco  _pensador_
« Última modificação: 10 de Julho de 2019, 10:40 por ruilebs »

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2155
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #42 em: 10 de Julho de 2019, 12:27 »
Retomando este tópico...
Alguém já viu alguma perspetiva de quando a PCX Elétrica poderá chegar à Europa?
Tenho andado a varrer a net e... n-a-d-a. O que se percebe, mal eles digam uma data as vendas da atual mergulham.

Espero que não te desiludas muito quando forem anunciado o seu lançamento e preço.
Acho que sonhei, mas fiquei com um ideia de 7K.

Os valores anunciados para o Japão são muito mais simpáticos, mas não valem para nós, europeus.

O que vendo bem não está distante duma vespa elétrica, equivalente 50cc, ou da próxima, já equivalente a 125cc
Podes ver aqui o artigo da vespa http://exameinformatica.sapo.pt/noticias/mercados/2019-02-21-A-Vespa-eletrica-ja-chegou-a-Portugal

Claro que é expextável que os valores possam baixar um pouco no futuro e as novas propostas chinesas e indianas irão provocar mossa nesta monstrusidade de valores pedidos.

Temos ainda a nova área de negócio, que são os postos de carregamento para veiculos elétricos.

Gosto de ver novas opções de mobilidade mas, infelizmente, scooter elétrica ainda não realiza o meu programa com um custo equiparável.

Venham mais novidades  _pol_
   
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 147
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #43 em: 10 de Julho de 2019, 14:54 »
Custo equiparável é ter poupado quase 8.000 € em 3,5 anos e 50.000 km na minha elétrica atual, com a manutenção, gasolina e impostos comparando com um modelo equivalente da mesma marca :))
Existe quem só faça contas ao valor inicial e não contabilize o TCO de uso.

Já na minha 1º elétrica em 2011 poupei 3.600 € em 4 anos e 34.000 km (ou 9.600 € se contar com estacionamento que pagava em Lisboa antes de ter scooter): http://goo.gl/fwcAV

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2155
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #44 em: 10 de Julho de 2019, 16:08 »
Certamente que teremos aqui centenas de comoanheiros com capacidade de fazer contas de "sumir", incluindo amortizações, manutençâo, juros, desvalorização, etc.
Cada qual deverá fazer as suas contas para melhor decisão.

No meu caso levar automóvel para centro de lx seria  uma aventura à base de xanax, mesmo tendo direito a estacionamento gratuito.
Assim a minha alternativa seria a rede de transportes publicos e, mais uma vez, utilizo um transporte apenas com a frequência a cada 10m.

Como já reportei aqui, a cbf125 com a qual fiz 40K teve um consumo médio de 1,7lts/100kms, permitiu uma poupança de 150€/ano.
Para um veiculo de 2500euros, por ex, precisaria de +15 anos para amortizar o investimento.

Caso fosse um VE, poderia amortizar bem mais rápido, em especial se nâo pagasse carregamentos, parqueamentos, etc.
O óbice é que um VE equivalente custa, no momento, 2-4x mais caro que o exemplo dado.
Imagine-se que não gasto 350euros/ano em gasolina por comprar um VE de 7500€... Olhando apenas para a desvalorização do veiculo diria que é um mau negócio.
No entanto, se poupasse 100euros/mês a análise seria diferente, eram apenas 75meses.

Pelo meio existem muitas outras variáveis, como subida dos preços dos combustivel e eletricidade, estacionamento deixar de ser livre e passar a ser pago, fim dos beneficios fiscais para aquisição de VE, inspeções a motociclos, etc.

Como indicado anteriormente, e no meu caso, não vejo vantagem econômica.

Compete a cada um escolher o que quiser e que achar melhor para o seu programa, sem dúvida alguma.
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline Mercurio

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Out 2013
  • Mensagens: 541
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Xmax 300
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #45 em: 10 de Julho de 2019, 19:03 »
Isto de viaturas electricas é, também, mais que matemática.
Desde Maio que sou um (muito) feliz proprietário de um Modelo 3 e a experiência tem sido simplesmente única.
Sei que fiz mau negócio. Além da espera de um ano, com o mesmo orçamento teria comprado um BMW ou semelhante.
No entanto há algo difícil de verbalizar no uso de uma viatura eléctrica. Não tem rodagem, não é necessário aquecer o motor, não há questões de que lubrificante usar ou 95 ou 98 octanas.
É só chegar ao carro e... andar.

Confesso que ao princípio sofria de "range anxiety" , sempre atento ao alcance, sempre a conduzir com pé leve.
Depois de me habilitar, já desenvolvi uma relação muito mais saudável com o carro.
Já fiz Lisboa-Faro a conduzir normalmente a sobrar muita carga.

A condução é realmente única. Diferente de tudo. Sei que o Akrapovic soa bem mas, sem dúvida, o silêncio é de ouro.
Fazer a estrada Sintra-Colares com os vidros abertos e em silêncio absoluto é, desculpem, melhor que qualquer som de V12. Não vou voltar atrás...

Assim que houver uma opção viável nas duas rodas, com um preço realista, como  esta nova PCX, não vou hesitar.
Um alcance de 120/150km, para o meu uso, chega.
Aqui entre nós, apenas peca por tardia.
« Última modificação: 10 de Julho de 2019, 19:27 por Mercurio »

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2155
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #46 em: 11 de Julho de 2019, 11:47 »
Isto de viaturas electricas é, também, mais que matemática.
Desde Maio que sou um (muito) feliz proprietário de um Modelo 3 e a experiência tem sido simplesmente única.
Sei que fiz mau negócio. Além da espera de um ano, com o mesmo orçamento teria comprado um BMW ou semelhante.
No entanto há algo difícil de verbalizar no uso de uma viatura eléctrica. Não tem rodagem, não é necessário aquecer o motor, não há questões de que lubrificante usar ou 95 ou 98 octanas.
É só chegar ao carro e... andar.

Confesso que ao princípio sofria de "range anxiety" , sempre atento ao alcance, sempre a conduzir com pé leve.
Depois de me habilitar, já desenvolvi uma relação muito mais saudável com o carro.
Já fiz Lisboa-Faro a conduzir normalmente a sobrar muita carga.

A condução é realmente única. Diferente de tudo. Sei que o Akrapovic soa bem mas, sem dúvida, o silêncio é de ouro.
Fazer a estrada Sintra-Colares com os vidros abertos e em silêncio absoluto é, desculpem, melhor que qualquer som de V12. Não vou voltar atrás...

Assim que houver uma opção viável nas duas rodas, com um preço realista, como  esta nova PCX, não vou hesitar.
Um alcance de 120/150km, para o meu uso, chega.
Aqui entre nós, apenas peca por tardia.

Claro que sim, companheiro.
Acima de tudo que nos sintamos bem com as nossas opções, quaisquer que sejam e dos motivos que nos levaram a isso.
Venham mais opções para nos livrarmos do fumo  _pol_
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 426
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #47 em: 15 de Julho de 2019, 17:24 »
Alguém reparou e eu sublinho: "25 de Outubro de 2017, 12:43".
2017!, foi quando foi aberto o tópico.
Uma Honda assim iria "abanar" muito a movimentação em duas rodas nas cidades. Sendo da marca que é (não é uma "desconhecida" representada por desconhecidos), e se o preço não fosse pornográfico, é preciso incluir este "pormaior", haveria muita gente que deixaria a mota/scooter "grande" na garagem e usaria um modelo assim no dia-a-dia, como eu.

Até lá, junta-se àquela Burgman a células de hidrogénio que desde há anos aparece em todas as feiras internacionais.
"Estão a ver o que poderíamos fazer se quiséssemos?" (ou se nos deixassem...)

No caso das eléctricas, parece-me que há marcas europeias, e até chinesas, que estão a levar mais a sério o conceito.
Empresas que procuram ocupar "nichos" antes que as grandes acordem e entrem a matar no mercado... ou, talvez, com menor número de accionistas ligados aos interesses do Petróleo...
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2155
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #48 em: 16 de Julho de 2019, 11:39 »
Sem dúvida que as grandes marcas já mostraram que tém know-how para fazer veículos elétricos.

No entanto, na minha leitura, é que procuram explorar e rentabilizar o mais possivel o motor térmico até não ser mais possível de o fazer.
No caso concreto da pcx, creio que já vamos na 5 versão para a europa, sempre evoluindo mas também aumentando o seu preço de forma significativa.

Será um cenário diferente em novos contrutores, iniciam com esse tipo de veiculo, ou de paises cuja realidade elétrica já tem uma componente muita forte. Menciono China e Índia como os grandes casos de estudo.
Na europa temos na Alemanha e Holanda marcas com conhecimento e consumidores esclarecidos e exigentes, mas têm pouca capacidade de expansão noutros mercados.

Segundo o que li a pcx elétrica já está a ser comercializada na ásia, mas em regime especial para empresas.
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

Offline ruilebs

  • MaxiScootard Júnior
  • *
  • Join Date: Jul 2019
  • Mensagens: 10
  • Localidade: Porto
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: Medley
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #49 em: 18 de Julho de 2019, 16:07 »
Como já reportei aqui, a cbf125 com a qual fiz 40K teve um consumo médio de 1,7lts/100kms, permitiu uma poupança de 150€/ano.
_confuso_
nao tinha ideia desses consumos. Fooonix.