Autor Tópico: Nova PCX híbrida e elétrica  (Lida 7026 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline fapoc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 68
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: NMAX 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #25 em: 06 de Novembro de 2017, 15:30 »
Ninguém põe em causa a poupança no custo por km de um carro ou mota eléctricos, a questão é o tempo que se demora a amortizar o tombo inicial até alcançar a verdadeira poupança.

Uma C-Evolution custa na versão Long Range (160km anunciados) 15530€. Tem 26cv e 72Nm.
Uma X-Max 400 custa 7100€. Tem 36cv e 33Nm.

Vamos assumir que andarão equiparadas em termos de performance. A BMW tem bastante mais binário mas tem menos potência e está limitada a 129Km/h.

A diferença de preço são 8430€. Ao preço a que tem estado a gasolina, cerca 1,5€/L, compram-se 5620L de gasolina, se a Yamaha fizer consumos na ordem dos 5L/100Km a diferença de preço dá para fazer 112400km. Como a C-Evolution fará no máximo 150Km/dia precisará de 750 dias até compensar o investimento. Se andar 150km por dia, todos os dias, são dois anos e 20 dias!
Se andar 100km por dia, só em dias úteis, são quatro anos e quase 3 meses... E isto tudo assumindo que a BMW ia ser sempre carregada à borla em postos públicos.


Atenção eu acho que a electrificação é de certeza um dos caminhos a seguir, mas com estes preços a coisa ainda vai demorar um bocadinho de tempo a implementar-se!
Yamaha NMAX 125 2017 - 06/2017 a ??/???? - 0 a ??? kms

Offline Scooterado

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2010
  • Mensagens: 2054
  • Localidade: Barlavento-Algarve
  • Sexo: Masculino
  • Darwin e a evolução das espécies: T500 ---» T530
  • Marca: YAMAHA
  • Modelo: TMAX 530 ABS
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #26 em: 07 de Novembro de 2017, 03:30 »
...... Atenção que há que acrescentar às contas os custos de manutenção ( neste exº a Yamaha Xmax 400 poderia ser a minha Tmax 530 ) que são bem superiores aos do modelo elétrico, tudo bem calculado ( e sem pensar agora na parte ambiental ) a amortização elétrica versus gasolina
acontece bem + cedo do que os cerca de 4 anos do exemplo do companheiro fapoc e quando começarem a surgir modelos elétricos com preços + populares mas ainda assim com boas autonomias e performances a comparação será ainda + favorável para as elétricas.
Poder-se-ia perguntar, e então porque é que não compraste a C-Evolution em vez da Tmax 530 ? Resposta: Devido ao elevado preço de aquisição mas essencialmente devido à pequena autonomia da máquina da Bmw 100 km ( ainda não havia a long-range na altura ) versus 300 km+- ( e com o meu estilo condução ) da Yamaha. Se a C-evolution tivesse cerca de 300 km de autonomia com 1 carga mesmo custando os 15.000 € quase de certeza que seria a minha escolha ( de notar que faço com alguma frequência a rota Algarve-Lx-Algarve e daí a necessidade de cerca de 300Km de autonomia ).
Se esta PCX elétrica não tiver 1 preço proibitivo seria a motinha ideal para fazer o casa trabalho casa todos os dias e a 530 ficava para as viagens maiores, vamos ver as specs dela, está quase a ser conhecido.
1 abraço
Scooterado  scooter_ _slb_
XMAX 125 de 30/11/2010 até 9/1/2013
Tmax 500 abs "Blackmax" 2009
com 23.000 Kms.-1ªmédia 4,82.última média 4,36 e deixei-a ir com 87778 km e com muito bom aspeto.
desde 9/12/2015 comprei 1  Tmax 530  preta   com 22.242 km.1ªmédia consumo 4,37/4,67 bem fixe!!

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1154
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #27 em: 07 de Novembro de 2017, 07:42 »
Bem, não podem esquecer que apesar de ser bem espaçado, mas as electricas também têm alguma manutenção a lomgo prazo e ai á que fazer contas também aos valores que iram cobrar.

E realmente no momento a unica desvantagem alem dos valores será depois o tempo de carga que levará para quem possa estar com um pouco de pressa numa viagem, e aqui têm de se gerir o tempo em que se faz as viagens pois não iram encontrar postos de abastecimento de noite abertos, a gasolina mesmo fechados temos a hipotese de abastecer com o cartão multibanco.

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 141
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #28 em: 08 de Novembro de 2017, 19:09 »
Eu até acredito que ao fim de uns anos compense, mas e até lá? Ainda por cima agora as cargas em postos públicos vão deixar de ser gratuitas...

Os únicos posos que se vão passar a pagar serão os de carga rápida, sendo que postos de carga normal que mais vemos por continuarão gratuitos.
Em Portugal só existe 1 mota elétrica com carga rápida e é uma 'super-bike'.

A minha carrega na tomada do telémovel do trabalho, ou seja, tenho 30.000 km a custo zero.
Se tivesse que carregar em casa seriam os 2.558 kWh consumidos * 0,10€ (por kWh já com IVA) = 255€, ou seja um custo de 0,85€ para cada 100 km.
« Última modificação: 08 de Novembro de 2017, 19:10 por t3lmo »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12395
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #29 em: 08 de Novembro de 2017, 19:41 »
Esses 30.000kms se fosse em gasolina....davam um número bem expressivo por comparação a meros €255 de electricidade.

Respect.  _pol_

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 141
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #30 em: 08 de Novembro de 2017, 20:18 »
Já fiz as contas aqui: http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,27414.msg90152252.html#msg90152252

     740 dias
30.000 km percorridos
  2.558 kWh consumidos para andar
     311 kWh regenerados nas travagens
  4.019 km realizados com a energia regenerada
27.803 minutos a andar
     463 horas a andar
    92% de estado da bateria (SOH)

Gastei...

232€ num conjunto de pneus
72€ em 3 revisões anuais

Poupei...

1.500 litros de gasolina (mota equivalente)
2.100 € em combustível
4.020 kg de CO²
1.080 € em revisões (mota equivalente)

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12395
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #31 em: 08 de Novembro de 2017, 20:26 »
I. M. P. R. E. S. S. I. O. N. A. N. T. E.  ;)

Offline mpaneves

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 3144
  • Localidade: sintra-cascais
  • Sexo: Masculino
  • Mebro nº 5131
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #32 em: 08 de Novembro de 2017, 20:33 »
Era isso mesmo que se precisava ouvir Telmo, obrigado.
Ao ver as tua contas ,e vendo aqui os dados da minha aplicação fico a pensar .....como o Isaac , impressionante!!
casal k 50--sis saschs 50--yamaha target 50--yamaha aerox 50--yamaha neos50--yamaha aerox 50--yamaha bws 125--yamaha xcity125--honda cbf 125--kymco kxct125
kymco xciting400--benelli trk 502--yamaha xmax 300
Membro:5131
Marco Neves

Offline PSH72

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jan 2017
  • Mensagens: 1154
  • Localidade: Odivelas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: SYM
  • Modelo: 125i GTS ABS Start/Stop
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #33 em: 08 de Novembro de 2017, 21:28 »
Épah isso é uma grande poupança.   _pol_

Offline fapoc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 68
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: NMAX 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #34 em: 09 de Novembro de 2017, 09:51 »
Já fiz as contas aqui: http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php/topic,27414.msg90152252.html#msg90152252

     740 dias
30.000 km percorridos
  2.558 kWh consumidos para andar
     311 kWh regenerados nas travagens
  4.019 km realizados com a energia regenerada
27.803 minutos a andar
     463 horas a andar
    92% de estado da bateria (SOH)

Gastei...

232€ num conjunto de pneus
72€ em 3 revisões anuais

Poupei...

1.500 litros de gasolina (mota equivalente)
2.100 € em combustível
4.020 kg de CO²
1.080 € em revisões (mota equivalente)

Ou seja, 3180€ a menos que numa equivalente a gasolina, certo?

E essa eléctrica custou quanto a mais que a equivalente a gasolina?
Yamaha NMAX 125 2017 - 06/2017 a ??/???? - 0 a ??? kms

Offline t3lmo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 141
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: C Evolution
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #35 em: 09 de Novembro de 2017, 09:56 »

Offline fapoc

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Jun 2017
  • Mensagens: 68
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: NMAX 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #36 em: 09 de Novembro de 2017, 10:12 »
A C650 não é bem equivalente da C Evolution...

Resumindo, porque esta "discussão" já dura há posts a mais. Ninguém (acho eu) põe sequer em causa a mais valias económicas que a utilização de uma moto (ou carro, já agora) eléctrica traz, mas o preço de entrada neste mundo ainda é um entrave para muita gente.
E até vou aqui excluir as fobias com as cargas e a autonomia porque eu já estou mais que resolvido quanto a isso e é uma questão de tempo até o "condutor comum" ficar também.

Penso que cabe aos construtores e aos governos fazerem aquele esforço extra para que cada vez mais pessoas possam ter acesso à tecnologia eléctrica na mobilidade, as nossas cidades e carteiras agradeceriam bastante!
Yamaha NMAX 125 2017 - 06/2017 a ??/???? - 0 a ??? kms

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2032
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Nova PCX híbrida e elétrica
« Responder #37 em: 09 de Novembro de 2017, 10:15 »
No caso concreto das pcx, a diferença entre valores será naturalmente diferente.
O modelo hibrido poderá ser mais interessante para alguns, mas talvez a diferença de consumo não seja muito significativa face ao valor de aquisição.
No entanto já vi o anuncio de uma Hero hibrida com consumo anunciado de 1lt/100kms
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida