Autor Tópico: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4  (Lida 2774 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 414
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Por curiosidade, e para que se aperceba o impacto que a nova Norma Euro 4 (norma europeia que pretende reduzir a poluição emitida pelos motociclos e ciclomotores) está a ter entre os construtores, uma modesta contribuição: uma tentativa de tradução e adaptação de um artigo da revista "Moto-Station" sobre as "dores" da Suzuki.
Com a devida vénia, o original está disponível em http://www.moto-station.com/article110353-suzuki-euro-4-2017-les-motos-qui-partent-et-qui-arrivent.html
Não sou "expert" em francẽs para além de umas aulas e notas razoáveis há muitos anos.
Se houver algo que tenha passado mal, antes de atirarem pedras indiquem o caminho sobre elas.
Abro aspas:


Suzuki Euro 4 de 2017: As motos que partem… e que chegam!

Publicado em: 2016/05/31 13:13


Depois da Yamaha, a Suzuki faz o ponto da situação com a [revista] Moto-Station sobre a sua gama 2017 e os seus modelos Euro 3 que não passarão a nova norma [Euro 4]. A partir do próximo 1 de Janeiro, 10 Suzuki deixarão de existir... mas outras chegarão.

Mesmo seja progressiva e anunciada há vários anos, a chegada da nova norma anti-poluição Euro 4 não se faz sem agitação no seio das gamas actuais. Esta nova restrição inclui a sentença de morte da velha geração de 4 cilindros. Para a Suzuki, a primeira vítima é a Bandit 650 (a GSX650N), que já saiu de cena desde a última actualização do catálogo da gama nipómica em Março passado.
Na sua esteira, a peso-médio Bandit será seguida pela sua variante estradista GSX650F, mas isso não é tudo! De facto, os grandes 4 cilindros de Hamamatsu que impulsionavam as 1250 S ABS e ABS GSX1250F não vão ter  futuro no Euro 4. Com 4 modelos de alta-cilindrada a menos, a gama das Roadsters/Estradistas da Suzuki em 2017 terá pouco a ver com o presente! No entanto, como confidenciou Dominique Li-Pat-Yuen (Marketing e Comunicação Suzuki França), em entrevista exclusiva, numerosas inovações Suzuki são esperadas a partir de 2017. Nesta família em particular, uma nova gama de motas mais em sintonia com a mais recente geração GSX-S de última geração.

Suzuki_GSF_650_Bandit_2009_ac3gz
Suzuki Euro 4: A última valsa para a Gladius e Intruder 1800

A única moto Euro 4 hoje presente na gama Suzuki em 2016 (espera-se a futura GSX-R 1000 anunciada para o final do ano!), a SV650, substitui a "mal-amada" Gladius. Enquanto durarem os “stocks”, ainda encontraremos a Gladius, este ano e possivelmente em 2017, uma vez que a legislação permite aos fabricantes venderem 10% do volume de 2016  ou 100 unidades no máximo. A SV650S, ou seja, a ex-SV carenada, não será renovada em 2017! Em contraste, uma versão S da nova SV650 é fortemente esperada.

Outro V-Twin Suzuki para sair das estantes: o ponta de lança da gama “custom”  nipónica, que alimenta a actual Intruder M1800R e M1800R Boss. Esta grande “caldeira” de 1.783 cm3 não passará a norma Euro 4, ao contrário das suas versões de 1462 cm3 (Intruder C1500T) e 805 cm3 (Intruder C800 e M800).

Suzuki Intruder M 1800
Suzuki Euro 4: GSR 750, DL 650 V-Strom de 2017 notícias?

Segundo as nossas informações, o “twin” DL 650 V-Strom 2017 baterá ao ritmo da SV650 de 2016, uma vez que a “trailer” de média cilindrada herdará o bicilíndrico Euro 4 estreado na estradista. Mas será revisto para reforçar a união. As DL 1000 V-Strom, GSX-S 1000, S GSX-1000F deverão obter a nova homologação, como a GSX-R 750 e 600, assim como a GSX-R 1300 Hayabusa em que o motor deverá, contudo, sofrer grande actualização, que não se fará sem afectar a sua potência máxima!

E o que dizer da “best-seller” da gama Suzuki-moto em França, a “roadster” dinâmica GSR-750? A sua actualização completa está a chegar, como já confirmou Li-Pat-Yuen. E, de acordo com as nossas informações, uma outra carenada inédita que será obviamente Euro 4  será a GSR 2.0 que possuirá (dentre outros!) suspensão invertida assim como pinças de travão de fixação radial.

Suzuki GSR 750 Euro 04 de março
Suzuki Euro 4: gama Burgman e VanVan 2017

125, 200, 400 e 650, a família inteira Burgman mudará gradualmente para o novo Euro 4 a partir de 2017. E como a mais antiga da gama continua a ser a 400 (no limite depois de 10 anos!), é aposta segura que uma nova versão (Euro 4, é claro!) da maxi-scooter será revelado nas próximas feiras de Outono.

No entanto, parece claro que a VanVan está a ver suas últimas horas em 2016. A Suzuki France ainda não confirmou, mas de acordo com as nossas informações, colocando em paralelo as vendas europeias da VanVan com o custo que resultaria da poluição dos motores de 125 e 200 esta terá pouco interesse comercial. Se os fãs do espírito neo-retro ainda hesitam em virar-se para a estampa da pequena “vintage”, então que decidam agora, porque a partir de 2017 será demasiado tarde!
Suzuki Euro 4: Modelos que desaparecerão progressivamante em 2017:

Bandit GSF650N
GSX650F
Bandit 1250S ABS
GSX1250F ABS
Gladius
SV650S
Intruder M1800R
Intruder M1800R Boss
VanVan 125
VanVan 200

Editado:
Conforme se pode verificar aqui http://www.globalsuzuki.com/motorcycle/moto/scooter/uh125_200/99999-A0355-131.pdf
"Exhaust catalyzer keeps emissions well within the strict Euro 3 regulations." Isto é, confirma-se que as Burgmans 125/200 são Norma 3 e também terão os motores revistos a breve prazo.
A crer no artigo acima, espera-se ainda uma "novidade" para substituir a decana das scooters, a Burgman 400. (espero que melhorem e não estraguem)
« Última modificação: 25 de Julho de 2016, 16:20 por karloxilva »
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2080
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4
« Responder #1 em: 25 de Julho de 2016, 16:06 »
Nao vai ser so a Suzuki... este é o ultimo ano para as motos que ainda nao cumprem o Euro IV  _pol_ _pol_ _pol_ _pol_

FARMOBOY83

  • Visitante
Re: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4
« Responder #2 em: 25 de Julho de 2016, 19:57 »
Por isso é que vou manter a minha bandit 1200. Graças ao exagero das normas ambientais vamos perder motores que se mostraram super fiáveis e emotivos para motores castrados, controlados pela eletrônica e pela noia das emissões. É de qualquer forma o futuro e ainda vai chehar o tempo em que nem hipótese de sescolher um motor de combustão vamos ter lá. Aproveitemos agora...

Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 414
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4
« Responder #3 em: 25 de Julho de 2016, 20:44 »
Por isso é que vou manter a minha bandit 1200. Graças ao exagero das normas ambientais vamos perder motores que se mostraram super fiáveis e emotivos para motores castrados, controlados pela eletrônica e pela noia das emissões. É de qualquer forma o futuro e ainda vai chehar o tempo em que nem hipótese de sescolher um motor de combustão vamos ter lá. Aproveitemos agora...

Boas! E faz muito bem manter a Bandit porque é uma mota icónica. Quanto à "nóia da das emissões" eu vejo a coisa de outra forma. Chove em França, há calores desusados noutros locais, derretimento das calotes de gelo nos pólos e inundações em países que não "beneficiam" das emissões antes sofrem as consequências. É tempo de levar as alterações ambientais provocadas pela Humanidade a sério. Percebo que se entenda estas normas como algo foclórico para disfarçar o que não se faz nas grandes indústrias poluentes, principalmente depois do que se passou com o grupo Volkswagem - e logo com os "moralistas" da Europa! Deste modo, não tenho grande esperança que sobre mundo de jeito para as gerações futuras. O problema está noutro lado: não querem investir em motores mais limpos e preferem andar a mudar chapas e plásticos apresentando "novidades" que de facto não o são. Gastam mais dinheiro em publicidade do que no aperfeiçoamento daquilo que já há (motores de combustão), enquanto os seus "lobbies" políticos sabotam todas as tentativas de investimento na pesquisa científica das alternativas.
« Última modificação: 25 de Julho de 2016, 20:48 por karloxilva »
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline antoniopat

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Fev 2014
  • Mensagens: 753
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
  • Sexo: Masculino
  • Membro nr6120
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XJ600S Div
Re: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4
« Responder #4 em: 28 de Julho de 2016, 00:18 »
Tinha ideia de que a Suzuki ia deixar de fabricar a Hayabusa pena é a GSX650F uma mota bonita e aparentemente boa espero que seja bem substituida.
Ex Vespa PX 125 T5
Ex Piaggio X7 125 21.000 km desde 04-2014 até 08-2016 39.000 km
Ex Gilera Nexus 500 31K desde 02-2017 a 5-18 46.000 km
Yamaha XJ600S Diversion 93 33k

Offline JViegas

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 1701
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 300 ABS
Re: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4
« Responder #5 em: 28 de Julho de 2016, 10:17 »
2017 irá ser um ponto de viragem para os fabricantes.
A Suzuki, atendendo às mudanças referidas neste artigo, irá provocar uma grande revolução na sua linha.

Tenho pena que alguns modelos cheguem ao fim, mas acredito que novos modelos surgirão tecnologicamente fiáveis e agradáveis.

Será que assistiremos a uma maior aposta nos veículos elétricos ?

Offline pedroareias

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Abr 2013
  • Mensagens: 808
  • Localidade: Torres Vedras && Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: cbf 1000 f (2012 - MK II)
Re: A Suzuki "abate" modelos (e prepara outros) em nome da Norma Euro 4
« Responder #6 em: 28 de Julho de 2016, 12:10 »
A Suzuki tem modelos que, cumprindo a norma Euro4, não estão atrás dos antigos em "sensações" ou "potência", antes pelo contrário. Um exemplo? A GSX-S1000F está a anos-luz da GSX-1250F com menos cilindrada e poluição.

Podemos discutir as normas, mas com a sobrevivência do planeta não se brinca. Claro que pode haver aldrabice e truques para cumprir as normas, mas recordo-me do cheiro intoxicante dos carros antigos e claramente isso já não ocorre.

É pena que desapareçam as Suzuki 1800? É, mas vão ser substituidas rapidamente. A própria Harley-Davidson tem agora um novo motor 1750cc multiválvulas para satisfazer as normas ambientais.


Offline cross

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jul 2014
  • Mensagens: 704
  • Localidade: Montijo
  • Sexo: Masculino
  • When the going gets tough, the tough get going...
  • Marca: Honda
  • Modelo: Crossrunner(VFR800X)
Sem stress. É pedir a Bosch que eles fornecem logo um upgrade para a mota. Se estiver a mota sem mover-se corta na centralina a injeção e se estiver em movimento abre a goela toda....

Até é fácil de pedir e tudo.... :)
Ao telefone. ".... ah...pois...como se chama aquilo mesmo...hummm....olhe sabe é igual aquela coisa que fornecem para a VW pós carros e tal... é só para fazer menos fumo nos centros de teste devido aos trabalhadores que lá trabalham coitados... na rua a andar já não é preciso...."

Lol