Autor Tópico: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?  (Lida 13653 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline santos466

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 1370
  • Localidade: Damaia/Torres Novas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Fazer 600
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #25 em: 27 de Janeiro de 2016, 00:43 »
Não me expliquei bem.
Como é que vão saber se é de origem?
Há motos que saem com escapes de rendimento.

Num sei!   _pensador_
Ainda não tive o prazer de ir buscar uma assim ao Stand.   Se vier assim de origem, talvez venha anotado no livrete, tal como nos carros quando se legaliza medidas diferentes de pneus e vidros fumados ...será!?  _pensador_
 
Passo a palavra a alguém que saiba resposta , também estou curioso.
"...façam o que vos dá prazer e ponham de lado o que vos faz sentir mal ! " - By JorgeVaz 

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12386
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #26 em: 27 de Janeiro de 2016, 01:13 »
Companheiro Santos466, gostei muito de ler a análise que fizeste e que se encontra mais atrás neste tópico e que, voluntariamente ou de forma inadvertida, ramificaste muito bem para outros temas. Gostei...directo e conciso na forma de expressr a opinião!  _pol_

Offline cross

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jul 2014
  • Mensagens: 704
  • Localidade: Montijo
  • Sexo: Masculino
  • When the going gets tough, the tough get going...
  • Marca: Honda
  • Modelo: Crossrunner(VFR800X)
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #27 em: 27 de Janeiro de 2016, 08:11 »
Num sei!   _pensador_
Ainda não tive o prazer de ir buscar uma assim ao Stand.   Se vier assim de origem, talvez venha anotado no livrete, tal como nos carros quando se legaliza medidas diferentes de pneus e vidros fumados ...será!?  _pensador_
 
Passo a palavra a alguém que saiba resposta , também estou curioso.
Em Espanha as peças não tem que ser originais só tem que ser homologadas.
Os veículos têm fichas tecnicas.
 Não sei que idiotices vem por aí para estas inspecções mas certamente será mais do mesmo.... €€€€

Sent from my Nexus 5 using Tapatalk


Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #28 em: 27 de Janeiro de 2016, 10:39 »
Como devem ja ter percebido, não aprecio modificações que mudem as linhas gerais da scooter, pelo que não é por esse motivo que discordo das inspecoes para motos e concordo que piscas e espelhos sejam para manter pois sao elementos de segurança.


O que não concordo com esta nova medida, é que é mais uma camada de burocracia e mais um imposto para a população. As inspecoes "per se" não irão trazer qualquer adicional de segurança pois as infracções que para mim podem detectar, podem ser detectadas a olho nu por qualquer agente da autoridade  _Rolley_


O facto de um veiculo de 2 rodas precisar de ser conduzido de uma forma muito mais activa e da boa saúde dos seus órgãos de segurança depender a integridade física de quem o conduz, leva a que automaticamente os proprietários sejam muito mais atentos ao desgaste de pneus e travões do que as pessoas que conduzem automóveis.

Isto para não falar no facto de que na sua quase total maioria, quem possui uma ou mais moto fa-lo por gosto conduz por gosto e prazer,  enquanto que quem tem um carro, na maioria das vezes apenas o tem por mera necessidade e conduzir é algo que fazem apenas por obrigação e para a qual não tem grande aptidão... mas isso ja é outra conversa  ;)



voltando ao assunto: apesar de concordar com quase tudo do companheiro Santos, discordo com a observação que ele relatou do inspector: Eu posso meter o escape que quiser e me apetecer na minha maquina... basta que este esteja homologado  _pol_  _pol_ _pol_


A maioria dos acessórios para automóvel e moto que violam a lei, tem quase sempre a indicação "NOT FOR ROAD USE", e é precisamente este argumento que invalida aquela cassete ja bem gasta da malta dos tunning "ah, os acessórios pagam IVA porque é que não posso meter no meu carro??? (nao pode porque não é proibido estar a venda e alguém pode sempre comprar para um veiculo de competição ou de exposicao).


Para evitar a mudança de escape teria de haver uma lei especifica a proibir a instalação de escapes "aftermarket", mas isso nunca podia acontecer pelo simples facto que o primeiro gajo minimamente esperto a ser multado, contestava a multa com a argumentação que tinha deixado cair a moto e precisou de mudar o escape. (e ganhava!!!!)

Ninguem te pode proibir de substituir uma peça no teu veiculo desde que esta esteja de acordo com as normas  _pol_  ;) ate porque grande parte das peças não são feitas pelo construtor... o que farias se não pudesses trocar pastilhas, lâmpadas, pneus, oleo, etc????



Mas voltando aos escapes, o escape tem que ter a homologação CE e esse numero tem de estar presente no escape, e é isto que os inspectores provavelmente irao olhar:



ficha de homologação:

http://www.akrapovic.it/vecchipdf/0713(5)(9).pdf



Se o vosso nao tem...  _Rolley_ _Rolley_ _Rolley_ ou tiram, ou entao armam-se em "espertos"  _lol_ e arranjam uma fita de metal e vao a a um ourives pare eles vos gravar um numero de homologação (procuram na net um escape semelhante  _Rolley_). Cravam a a fita com 2 rebites no escape e prontos...  está despachado  _lol_ _lol_ _lol_


 

A grande vitima destas inspecoes serao as cafe racers, muitas delas até projectos muito bem feitos mas que dada as alterações (irreversíveis) que as distanciam dos modelos originais, já não poderão circular mais...  _thumbdown_ _thumbdown_ _thumbdown_ é uma pena!



« Última modificação: 27 de Janeiro de 2016, 10:46 por TMaxer »

madds

  • Visitante
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #29 em: 27 de Janeiro de 2016, 11:49 »
Bem observada essa questão das café racers companheiro tmaxer.

Já tinha pensado nisso do escape, visto que tenho um Leo vince na minha mp3. É homologado.

Relembro os colegas que não chegou aos centros de inspeção (até duas semanas atrás) qualquer indicação coerente dos pontos a analisar. Saiu um despacho com o equipamento que deveria ser comprado e montado.

A formação que os inspecionadores vão ter é que vai apresentar os pontos a rever.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Offline interceptor

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2011
  • Mensagens: 2242
  • Localidade: Queluz Bxº
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Transalp XL700V
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #30 em: 27 de Janeiro de 2016, 22:00 »
santos466 com essa passado pecaminoso aqui não chegas a membro honorário de certeza... _lol_

Offline santos466

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 1370
  • Localidade: Damaia/Torres Novas
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Fazer 600
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #31 em: 27 de Janeiro de 2016, 22:02 »
santos466 com essa passado pecaminoso aqui não chegas a membro honorário de certeza... _lol_

E se contasse o resto nem membro era ...  _Rolley_   ;)
"...façam o que vos dá prazer e ponham de lado o que vos faz sentir mal ! " - By JorgeVaz 

Marco46

  • Visitante
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #32 em: 28 de Janeiro de 2016, 00:32 »


Entao eu agora contra argumento.

e se fores mandado parar com escapes de origem e que emitam mais decibeis que o permitido?? eles sabem distinguir o que vem de origem e o que é comprado à posteriori. Como é que eles fazem?  _Rolley_ _Rolley_

Digo isto porque mandei vir agora este exhaust pipe que substitui o de origem que tem o katalizador. O que faz??

alem de eliminar o katalizador, fica directo, da-te mais potencia e uma sonoridade bem mais elevada, sem teres de trocar a linha de escape original.

100% STAINLESS CONSTRUCTION removes the stock catalyst, better performance, improved pickup and better sound
Note that removal of the catalyst will mean a less restrictive exhaust - but also a higher db level






temos sempre forma de enganar esses artistas repressivos do estado. ;)



saudaçoes

 _convivio_
 

Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #33 em: 28 de Janeiro de 2016, 10:07 »

Enquanto estamos aqui a discutir "p*****s" como diria o Catroga... No Reino Unido  _Rolley_ _Rolley_ _Rolley_


https://www.youtube.com/watch?v=xjVfCInHCnQ



Ah pois é... Austin Racing GP "shorty".... até faz pipocas para o caso de irem ao cinema   ;) ;)

https://www.youtube.com/watch?v=kBtaMrpOV7Y


 _lol_ _lol_ _lol_ _lol_

Offline interceptor

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2011
  • Mensagens: 2242
  • Localidade: Queluz Bxº
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Transalp XL700V
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #34 em: 28 de Janeiro de 2016, 12:18 »
Estes países tem uma cultura automobilística e motociclista diferente do nosso... São incomparáveis...

Enviado do meu E2105 através de Tapatalk


Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 395
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #35 em: 28 de Janeiro de 2016, 16:00 »
Respondendo ao companheiro CagerOnForza.
Se der uma vista de olhos ao "Certificado de Matrícula" do sua scooter , verá na página central algo como "Nível sonoro estacionário (dB/A). No caso da Burgman 400 vem 87,0 - não sei qual será o da sua.
Qualquer escape que coloque, homologado, bem entendido, não pode ultrapassar esses valores.
Se for abordado pelas autoridades e tiver uma medição superior está sujeito a pagar a coisa cara.

Como aconteceu a este:
http://www.cbrportugal.com/t24174-multado-ontem-as-3-00-da-manha-por-causa-do-escape

"Às 3 da manhã", 98dB, "só" mais 10 do que a homologação. 60 euros de multa (em 2012).
O rapaz ficou muito ofendido com o polícia, mas desconfio que as pessoas que moram lá ao pé não concordam com ele.

Para "chamar a atenção"... para que serve a o raio da buzina?
Garanto que ainda hei-de ver alguém com uma sirene de um Stuka montada na sua mota.
https://www.youtube.com/watch?v=LCB8ZVxKqyI

Para quem não sabe, os Stuka, nome por que ficaram conhecidos os Junkers Ju 87 alemães da Luftwaffe na II Guerra Mundial, caças de ataque ao solo, tinham montadas umas sirenes que eram accionadas sempre que "picavam" sobre tropas inimigas os refugiados nas bordas das estradas. O som horripilante das sirenes semeava o terror, cumprindo a função para que foram inventadas.
Quando vejo ("vejo"? oiço a quilómetros!) alguns "motoqueiros" na estrada, é dos Stukas que me lembro. E da falta de uma anti-aérea.
« Última modificação: 28 de Janeiro de 2016, 16:05 por karloxilva »
Duas rodas: o dobro da atenção

CagerOnForza

  • Visitante
Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #36 em: 30 de Janeiro de 2016, 01:52 »
Respondendo ao companheiro CagerOnForza.
Se der uma vista de olhos ao "Certificado de Matrícula" do sua scooter , verá na página central algo como "Nível sonoro estacionário (dB/A). No caso da Burgman 400 vem 87,0 - não sei qual será o da sua.
Qualquer escape que coloque, homologado, bem entendido, não pode ultrapassar esses valores.
Se for abordado pelas autoridades e tiver uma medição superior está sujeito a pagar a coisa cara.

Como aconteceu a este:
http://www.cbrportugal.com/t24174-multado-ontem-as-3-00-da-manha-por-causa-do-escape

"Às 3 da manhã", 98dB, "só" mais 10 do que a homologação. 60 euros de multa (em 2012).
O rapaz ficou muito ofendido com o polícia, mas desconfio que as pessoas que moram lá ao pé não concordam com ele.

Para "chamar a atenção"... para que serve a o raio da buzina?
Garanto que ainda hei-de ver alguém com uma sirene de um Stuka montada na sua mota.
https://www.youtube.com/watch?v=LCB8ZVxKqyI

Para quem não sabe, os Stuka, nome por que ficaram conhecidos os Junkers Ju 87 alemães da Luftwaffe na II Guerra Mundial, caças de ataque ao solo, tinham montadas umas sirenes que eram accionadas sempre que "picavam" sobre tropas inimigas os refugiados nas bordas das estradas. O som horripilante das sirenes semeava o terror, cumprindo a função para que foram inventadas.
Quando vejo ("vejo"? oiço a quilómetros!) alguns "motoqueiros" na estrada, é dos Stukas que me lembro. E da falta de uma anti-aérea.


Nem 8 nem 80.
Uma scooter é demasiado silenciosa, e no meio do trânsito é perigoso para os automobilistas que não usam os espelhos.

Neste momento ando com silenciador e faço-me ouvir. Mas não ando aí a assustar velhinhas.

Neste momento emite 91db ao relanti. Nada do outro mundo.

A buzina para que serve? Para situações de perigo eminente, o barulho do escape serve para evitar essas mesmas situações. E resulta.

Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
« Última modificação: 30 de Janeiro de 2016, 01:53 por CagerOnForza »

Offline MRider

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2014
  • Mensagens: 167
  • Localidade: Ilha da Madeira
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Erider
  • Modelo: Thunder 9kw
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #37 em: 30 de Janeiro de 2016, 07:37 »
Vocês todos estão mal habituados lol.

Deveriam de andar de eléctrica.  Aí sim temos de ter cuidados a dobrar e  a triplicar hehe.  scooter_

Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #38 em: 30 de Janeiro de 2016, 12:36 »
Nao haja duvidas que o ruído dos escapes salva muita gente... sejam eles peões, automobilistas e sobretudo os próprios motociclistas. Penso que mesmo a malta das 125 (e sobretudo) notou uma atitude e uma percepcao completamente diferente por parte dos outros automobilistas quando fizeram o upgrade ao "sonoro"  _lol_ _lol_


Por isso é que se vê tantas vezes repetido o motto "loud pipes save lifes" que dada a quantidade de gente que hoje em dia anda com  nariz enfiado em cima dos ecrãs tacteis em vez de ver o que se passa à sua volta é cada vez mais uma realidade.  _Rolley_




Tambem não consegui perceber a relação entre o acto de guerra de desmorarizacao do inimigo, e a utilização de um ligeiro incremento de ruído como elemento de segurança, para não falar que tambem se trata de uma forma de expressão individual .  Sera mais bonito estar a usar constantemente a buzina com acontece por exemplo em São Paulo???  _pensador_ _thumbdown_



Todos fazemos coisas no nosso dia-a-dia que irritam os outros, umas vezes somos nós que irritamos, outras sao os outros que nos irritam... ha que ter um pouco de tolerancia.

 Isto o transito mexe um bocado com as pessoas, talvez pela transformação do tal individuo que nos irrita num estereotipo e na sua fácil categorização num grupo ao qual temos algum tipo de preconceito e para o qual não temos qualquer tipo de inibição em descriminar ou em hostilizar  _Rolley_ _Rolley_ _Rolley_



Querem um conselho: VIVAM E DEIXEM OS OUTROS VIVER




Cager: tens de medir isso as 3/4/5 mil rotações e a uns 2 metros... de fores ate aos 95/96 não há qualquer problema. Deves ter um valor de nível sonoro no livrete... mais 5 ou 6 DBs não tem qualquer problema, nem te trará problemas para o caso raríssimo e verdadeiramente excepcional (deve ser mais fácil sair-te o euromilhoes  _Rolley_) de serem mandado parar pela policia e  te medirem o ruido

Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #39 em: 30 de Janeiro de 2016, 12:40 »
Desculpem lá insistencia: agora este topico fez-me lembrar uma frase do martin niemoller:




Quando os nazis vieram buscar os comunistas,
eu fiquei em silêncio;
eu não era comunista.

Quando eles prenderam os sociais-democratas,
eu fiquei em silêncio;
eu não era um social-democrata.

Quando eles vieram buscar os sindicalistas,
eu não disse nada;
eu não era um sindicalista.

Quando eles buscaram os judeus,
eu fiquei em silêncio;
eu não era um judeu.

Quando eles me vieram buscar,
já não havia ninguém que pudesse protestar

 _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_

Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 395
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #40 em: 30 de Janeiro de 2016, 19:50 »
Desculpem lá insistencia: agora este topico fez-me lembrar uma frase do martin niemoller:


Quando os nazis vieram buscar os comunistas,
eu fiquei em silêncio;
eu não era comunista.

Quando eles prenderam os sociais-democratas,
eu fiquei em silêncio;
eu não era um social-democrata.

Quando eles vieram buscar os sindicalistas,
eu não disse nada;
eu não era um sindicalista.

Quando eles buscaram os judeus,
eu fiquei em silêncio;
eu não era um judeu.

Quando eles me vieram buscar,
já não havia ninguém que pudesse protestar

 _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_

Exactamente, companheiro Tmaxer,  é um poema muitas vezes erradamente atribuído ao poeta alemão Bertold Brecht (que aliás tem um parecido denominado "Intertexto") mas pertence ao pastor protestante alemão Martin Niemöller, um conservador que começou por ter esperanças em Hitler mas acabou num campo de concentração até ao final da guerra.
É um belo poema que devia ser percebido por quem não liga ao dramas deste mundo. Todavia, o que trata não está ao nível da liberdade de andar de escape livre.

O ruído, o do trabalho e do tráfego dos cidades, é responsável por muitas doenças de diversos géneros que estão comprovadas e descritas num "post" que coloquei aqui há dias. Está provado que a exposição continuada ao ruído do local de trabalho, que obriga ao uso de abafadores, também não é coisa sã quando se faz uma viagem com uma mota de goela aberta.
Fazer ruído não traz segurança. Segurança? Se virmos, a maioria veste de preto, não tem critério na escolha das cores das roupas e capacetes, acha "mariquice" os reflectores e depois faz barulho "para ser ouvido"?
O nosso problema não é o de não sermos ouvidos é o de não sermos vistos!
Saberá melhor que eu, que a maior parte das vezes os motociclistas "escondem-se" na zona escura do retrovisor dos carros, uma patetice! Neste caso, a única coisa que o condutor do carro ouve é um ruído que nem sabe de onde vem, nas cidades com o eco dos edifícios isso ainda é mais notório.
Como se não bastasse, a maioria dos que optam pela "solução sonora" para serem vistos, aparecem de repente ao lado dos carros sem previamente se fazerem anunciar visualmente porque confiam demasiado no escape.
Eu costumo conduzir no enfiamento da roda esquerda do carro da frente - permite-me olhar para frente do caro e antecipar o vai lá à frente. Dou-lhe espaço, se não o quiser ultrapassar, para não o confundir.
Se quiser ultrapassá-lo, dou-me a ver de pisca ligado. Não olho para o carro, olho para o condutor.
Noto que cada vez mais condutores, mesmo com traço contínuo, se encostam à direita e dão-me passagem. Quase sempre agradeço o gesto, toda agente gosta de ver agradecida uma cortesia. Também há os que se encostam à esquerda, os que odeiam motas, a esses deixo-os ir até poder ultrapassar em segurança. É nesta manobra que interessa "ter motor" (aproveito: quando quiserem pôr outros pesos no variador da vossa scooter, preocupem-se mais com a aceleração proporcionada em ultrapassagem do que com a velocidade máxima).
Por isso, a questão de retirar os silenciadores (até os catalizadores! Esta então nem me debruço...) não é uma questão de liberdade individual. Acho que tem mais a ver com a forma como respeitamos o próximo. Comparo-a com aquele vizinho que tem um "lulu" que não pára de ladrar. Não deixa ninguém descansar no prédio, e aos que lhe chamam a atenção acusa-os de não gostarem de animais.
Noutra analogia, o fumar. Nunca precisei de nenhuma lei para me proibir e fumar em recintos fechados, quando me apercebi que incomodava as outras pessoas pura e simplesmente deixei de fumar à sua frente.
E depois, qual é o limite para o "som"? O bom senso de cada um? É que já o Descartes dizia que "O bom senso é a coisa mais bem distribuída do mundo, ninguém quer mais do que aquele que já possui".

Isto vai longo, mas serve para se desenganar quem diz que a "malta das motas" não se discute. Da minha parte, que retirem o estereótipo de "maluquinhos" se fazem favor.
Despeço-me com uma adaptação de uma que encontrei no "Repair des Motards":

Um motoqueiro acabou de adquirir uma super-desportiva. Cheio de orgulho e ansioso por experimentá-la, saiu para um passeio.
Mas rapidamente ficou hipnotizado pela sensação de força que o rugido da mota lhe transmitia:
Nada a ver com a 125 de onde viera. VVVRROOOM-VVVRROOOM, sentia-se como o leão da selva de asfalto.
Entretanto, chega a um sinal vermelho.
Olha para o lado e vê uma pequena scooter. Aperta a embraiagem e dá-lhe gás, VVVRROOOM-VVVRROOOM!, "Isto é outro campeonato!"
Logo que o sinal fica verde, VVVVRRRRRROOOOOOOOOOOOM, lá vai ele.
Lançado, olha pelo espelho retrovisor... e vê a pequena scooter quase ao seu lado.
Dá com outro semáforo, pára, VVVRROOOM-VVVRROOOM, e a scooter ao seu lado.
A luz fica verde, e ele VVVVRRRRRROOOOOOOOOOOOM que nem um tiro.
Olha pelo retrovisor... a scooter continua a segui-lo!
Começa a sentir-se diminuído.
Mais um semáforo vermelho, VVVVRRRRRROOOOOOOOOOOOOOOOOOOUUUUUUM!,  e a scooter no retrovisor.
Passado do juízo vira-se para o da scooter:
"- Que raio puseste na tua máquina?!"
E o outro:
"Por favor, paaare! Fez-me uma tangente à bocado e fiquei preso ao seu espelho retrovisor!"
« Última modificação: 30 de Janeiro de 2016, 19:56 por karloxilva »
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline Diogo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Nov 2014
  • Mensagens: 134
  • Localidade: Pombal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Kawasaki
  • Modelo: Gpz 500 S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #41 em: 30 de Janeiro de 2016, 20:22 »
Gostei da descrição karloxilva.
Tb temos por vezes de ter atitudea mais correctas e agir da melhor maneira possivel tomando sempre a decisão mais acertada em  certos tipos de situaçoes.
Ser.mos cautelosos evita por vezes muitos acidentes desnecessarios sem recorrer ao dito escape  scooter_

Offline cross

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jul 2014
  • Mensagens: 704
  • Localidade: Montijo
  • Sexo: Masculino
  • When the going gets tough, the tough get going...
  • Marca: Honda
  • Modelo: Crossrunner(VFR800X)
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #42 em: 30 de Janeiro de 2016, 22:40 »
Acho que aqui a discussão é outra. Existe legislação sobre o ruído e cabe as autoridades fazer a fiscalização e penalizar quem não cumpre.

Existe o outro lado da questão respeitante ao civismo de cada um.
Obviamente de noite não podemos "buzinar" mas se calhar o motor não tem que andar no red line quando anda nas zonas habitacionais.

Se os escapes estão homologados, podem ser utilizados.

Sobre a visibilidade e isto de quem usa sempre um capacete amarelo Hi-viz porque acha que ainda é mais importante à distância do que um escape existe situações em que o escape certamente ajuda e por isso também uma questão de segurança.

Falamos de apitar também. Muitos aqui fazem o upgrade das buzinas com autênticas sirenes vindas de um camião, ou de um quartel de bombeiros  certamente será muitos decibéis acima do legalmente permitido.

Experimentem conduzir na Índia em Mumbai ou Bangalore e a ver não preferiam os escapes ao apitar sem parar!


Sent from my Nexus 5 using Tapatalk


Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #43 em: 30 de Janeiro de 2016, 23:14 »
Sem duvida que o mais importante é sermos vistos mas para tal acontecer temos de estar no campo de visão de quem nos deve ver, o que nem sempre acontece...  como temos mais sentidos, há que explorar todos por forma a termos mais visibilidade na estrada  _pol_. As ambulancias por exemplo também são amarelas mas não dispensam o uso da sirene.  ;)



Citei a frase do Niemoller porque para mim, este é mais um caso da ameaça à liberdade pessoal. Repare que eu não defendo casos extremos nem radicais, defendo sim, uma liberdade moderada em respeito pelos direitos tanto de quem gosta, como por de quem não gosta....


O exemplo do cao está bom, mas relembrou-me algo que li ha dias, um casal tinha um bebe com problemas para dormir (geralmente há uma idade em que desenvolvem cólicas ou aparecem os problemas dos dentes)... os vizinhos tinham chamado a PSP devido ao ruído do bebé. Imagine o que é para um pai estar a tentar adormecer e acalmar um bebé e aparecer-lhe 2 PSPs a bater à porta de casa para os informar que tinham recebido uma queixa devido ao ruido...

É esta sociedade intolerante que queremos?  _pensador_ É que depois chegamos aos extremos... é gajos a defender os animais que chegam a ameaçar humanos de morte... (Ver crônica do jovem conservador de direita  _pol_)


As pessoas precisam de estravazar, está na nossa natureza... é ver as claques de futebol e o seu comportamento quase tribal, vamos proibir a bola? Vamos proibir as pessoas de ir a discotecas? De ouvir música alta no carro? De sair a rua após as 10 da noite??? Se calhar em certas zonas não era má ideia pois o ruído nas zonas de diversão é um problema

Se a discussao continua-se de certeza que ia ja aparecer alguem a dizer que la fora é que é tudo civilizado... ok, temos por exemplo os nordicos que nao tem putos de boné com Citroen Saxos rebaixados e com filtros de ar K&N... pois, mas depois fecham autoestradas para dar umas gazadas com carros com milhares de cavalos  _Rolley_ _Rolley_




Cá o problemas dos azeiteiros era facilmente resolvido se o estado, numa das suas muitas infraestruturas que tem abandonadas, a coloca-se ao dispor daqueles jovens... metiam os gajos todos aí numa avenida daquelas que não vai ter a lado nenhum, metiam lá umas roulotes e os rapazes iam para lá e curtiam até partir os carros todos... era bom para toda a gente  _pol_ mas nao... as infraestruturas que ha, tem de ter uma utilizacao elitista  _Rolley_ as pessoas nao tem dinheiro nem cabeca e depois fazem o mais facil  _Zang_ _Zang_


Na minha opiniao pessoal, meter estes assuntos na mão do estado, só tem  alimentado o monstro satirizado por Orwell em 1984. O estado está-se a marimbar para isto e não passa de uma oportunidade de negocio como são  muitos outros aspectos da nossa vida. Não há lobistas nesta área pelo que um dia que haja necessidade de legislar proíbe-se tudo e aplicam-se multas elevadas e ta depachado


Talvez esteja a achar os outros mais ingénuos, mas... o que é mais perigoso... é o azeiteiro que decidiu meter mais 3 centímetros de borracha em cada canto do carro, ou é o cidadão "sr modesto" que decidiu equipar o seu Mercedes 190D com uns maravilhosos pneus "cheng shing" porque fez um grande negocio. (mau exemplo pois o carro dá 80 a descer  _lol_ _lol_ _lol_).

O Xuning no dia da inspecao mete as jantes de origem e passa sem anotações e depois anda na "fezada", o sr modesto é que no dia que precisar de travar ou de virar, vai estragar a lata e possivelmente até pode estragar também a vida de alguém... mas aos olhos do estado está legal  _thumbdown_ _thumbdown_ _thumbdown_



De resto, até acho que no geral estamos de acordo, eu até nem fumo, tenho catalizador e ando com DB killer  _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ ... apenas não estamos de acordo na solução  _pol_ _pol_ _pol_
 
« Última modificação: 31 de Janeiro de 2016, 00:03 por TMaxer »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12386
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #44 em: 30 de Janeiro de 2016, 23:36 »
 _palmas_ _palmas_ _palmas_ _palmas_

Estou apenas e só a aplaudir esta troca de opiniões e que, mesmo sem uma concordância geral no que toca àquilo que fez urgir este debate, mostra com clareza que os membros do CPM são pessoas com um sentido humano e de respeito ao próximo de elevado nível...e que, confidencio... me enche de grande orgulho por o ver neste espaço virtual.

Quanto ao tema em si...nã m'aptece dizer nada!

O meu escape excede a própria exigência da homologação no que toca aos decibéis...e provavelmente não me faria ouvir.  ;)

Offline TMaxer

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Out 2014
  • Mensagens: 2083
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Ducati
  • Modelo: Multistrada 1200S
Re: Escape sem silenciador: existe legislação sobre os decibéis?
« Responder #45 em: 31 de Janeiro de 2016, 00:58 »
Já tinha procurado estes vídeos que tinha visto há uns bons tempos atrás:


https://m.youtube.com/watch?v=iHo-lZ5Hf1k



https://m.youtube.com/watch?v=Kvwl4kl7sxI


A polícia nas montanhas Eiffel a autuarem devido à falta de dB killer  _pol_ _pol_ _pol_