Autor Tópico: Forza 125 (2015)  (Lida 831101 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Rodrigues

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #150 em: 06 de Outubro de 2014, 22:18 »
Sempre admirei a Honda, inclusive conduzi algumas como a Cbx 1000, e fui dos primeiros a experimentar a Honda 50 em 1969 que tanta fama granjeou, por isso acredito que irá ser um produto bem concebido como é apanágio da marca, mas desta vez a estética não me convence, nunca gostei de linhas retas e robotizadas, gosto mais da fluidez das carenages curvas, também me parece demasiado estreita com pouca protecção frontal.

O preço também não será nada simpático para uma 125 com 14 cv tendo em conta a concorrência das 300 com preços aproximados.

Se a intenção é poupar tendo em conta a economia da Forza, 1000 euros de diferença para a Sym, Kimco ou similares 125, no meu caso daria para 23.000 kms


Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #151 em: 07 de Outubro de 2014, 00:06 »
Amigo Rodrigues, estive a ler atentamente o que escreveste e, depois de te ter conhecido pessoalmente e ter falado contigo, sei que és uma pessoa altamente conhecedora em questões técnicas e que se encontram bem distantes dos meus parcos e verdadeiramente humildes conhecimentos mecânicos.

Mas....parte daquilo que escreveste está a fazer-me um pouco confusão.  _Rolley_

Passo a explicar...

Dizes portanto que, na tua óptica a Honda Forza 125 não tem um valor simpático para uma 125cc com 14cv (que são ligeiramente mais, na realidade) e que tem uma diferença de €1.000 para as concorrentes da Sym e da Kymco.

Ora como é bom de perceber, as contas não se podem resumir à potência apresentada, a qual é já de si bastante boa e, não bastasse estarmos a falar de uma Honda e de um modelo claramente concebido para entrar directamente para o top da categoria, também será importante mencionar que estamos a falar de um produto que se faz acompanhar da melhor engenharia actualmente ao dispor neste segmento, com uma ficha técnica e características que não se compadecem com uma colocação unicamente num nível intermédio...este é um produto focado para disputar o que de melhor se faz na indústria das 125cc de cariz GT.
A Honda tem vindo a conseguir nos últimos anos preços verdadeiramente concorrenciais, mesmo tendo-se bem presente o logotipo que os seus modelos ostentam. Mas neste caso em particular, não se pode p.ex. pensar no preço praticado para uma PCX e esperar vê-lo aplicado neste novo modelo...

Outra coisa amigo Rodrigues...ao referires uma diferença de €1.000 para a Sym e para a Kymco, vi-me de alguma forma impelido a fazer uma busca pelos sites das referidas marcas e, como esperava, não existe tal diferença! A não ser que, p. ex. no caso da SYM, te estejas a basear no preço proposto para o antigo modelo da GTS, não para o novo...o que constituiria uma comparação sem justiça.

A qualidade paga-se e claramente a engenharia e tecnologia colocada a bordo desta Forza de aspecto futurista é, também ela, merecedora de uma reconhecida mais valia.

Quanto à questão do design e ao facto de a estética não te convencer, meu caro amigo....nesse campo nem eu me bato por qualquer explicação, pois essa é uma temática muito pessoal e cada um tem o seu gosto.  _pol_

Um grande abraço de amizade Rodrigues e não leves a mal aqui o meu expressar de opinião.
Eu ao pé de ti sinto-me um leigo em tantas matérias, que nem sequer saberia por onde começar...

PS1: temos de voltar a fazer juntos aquela estrada sob 40º de temperatura (que cheguei a ver marcados à sombra!)...
PS2: Amigo Interceptor, acho que me consegui manter dentro do tema do tópico.  ;)
« Última modificação: 07 de Outubro de 2014, 00:20 por Sapiens21 »

Offline twin-pt

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mai 2013
  • Mensagens: 2860
  • Localidade: Alcabideche - Cascais
  • Sexo: Masculino
  • Scooter por opção...
  • Marca: Honda
  • Modelo: X-ADV 750
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #152 em: 07 de Outubro de 2014, 01:08 »
Permitam-me ainda focar alguns pontos que penso que não foram debatidos referente às 125cc onde esta nova oferta da Honda pode e fará "estragos"...

1. Nem todos os potenciais clientes estão interessados ou querem adquirir cilindradas superiores! Ou porque não querem tirar a carta A, ou porque não conseguem, mesmo que provisoriamente, ou porque não precisam de mais cc's nas suas deslocações diárias ou mesmo porque economicamente não se lhes justifica subir de escalão!

Para estes clientes, sejamos francos, a Honda nao tinha oferta e estava claramente a perder uma franja de negócio que estava a ser aproveitado principalmente pela Yamaha e mais recentemente pelas marcas de Taiwan!

A PCX cobre, e bem, o segmento "inferior" das citadinas, mas no segmento mais alto e logo MAIS LUCRATIVO a S-Wing já não era competitiva! Com a Forza a Honda volta a ter, pelo menos no papel, uma oferta concorrencial!

2. Não se esqueçam que o mercado português não é, nem de perto nem de longe, o mercado alvo da Forza! Logo esqueçam qualquer paralelismo com a nosso mercado e até a nossa mentalidade do quanto maior melhor!

Acham que foi por acaso que a apresentação foi realizada em Paris quando em simultâneo existia um salão de 2 rodas em Colónia, Alemanha, no que penso que é talvez o maior mercado europeu?

É que no mercado Francês, provavelmente o principal mercado de scooters europeu, as scooters GT são rainhas e senhoras, e a Honda quer destronar a Yamaha e a Piaggio do pódio!

Não se esqueçam que se para nós o custo de aquisição de uma Forza representaria quase um ano de trabalho bruto (face ao ordenado mínimo), na Franca não chega a 4 meses... E isso tem um impacto brutal na altura de escolher um modelo! Por isso é que em Paris, por exemplo, quase não se vê PCX's ou mesmo GTS's ou DT's, só X-Max e X9's! Mesmo com o elevado "handicap" do seus preços elevados!

Haverão outras razões, mas para já ficam estas para dormirem sobre as mesmas...

Sent from my Nexus 7 using Tapatalk
« Última modificação: 07 de Outubro de 2014, 08:40 por twin-pt »
João Mestre / twin-pt
Espirito Scootard, uma maneira de estar e viver as duas rodas.
X-ADV 750 (RC95):
PCX125 -- X-MAX 125 ABS (link consumos)

vicente

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #153 em: 07 de Outubro de 2014, 08:40 »
Permitam-me ainda focar alguns pontos que penso que não foram debatidos referente às 125cc onde esta nova oferta da Honda pode e fará "estragos"...

1. Nem todos os potenciais clientes estão interessados ou querem adquirir cilindradas superiores! Ou porque não querem tirar a carta A, ou porque não conseguem, mesmo que provisoriamente, ou porque não precisam de mais cc's nas suas deslocações diárias ou mesmo porque economicamente não se lhes justifica subir de escalão!

Para estes clientes, sejamos francos, a Honda nao tinha oferta e estava claramente a perder uma franja de negócio que estava a ser aproveitado principalmente pela Yamaha e mais recentemente pelas marcas de Taiwan!

A PCX cobre, e bem, o segmento "inferior" das citadinas, mas no segmento mais alto e logo MAIS LUCRATIVO a S-Wing já não era competitiva! Com a Forza a Honda volta a ter, pelo menos no papel, uma oferta concorrencial!

2. Não se esqueçam que o mercado português não é, nem de perto nem de longe, o mercado alvo da Forza! Logo esqueçam qualquer paralelismo com a nosso mercado e até a nossa mentalidade do quanto maior melhor!

Acham que foi por acaso que a apresentação foi realizada em Paris quando em simultâneo existia um salão de 2 rodas em Colónia, Alemanha, no que pensdo que é talvez o maior mercado europeu?

É que no mercado Francês, provavelmente o principal mercado de scooters europeu, as scooters GT são rainhas e senhoras, e a Honda quer destronar a Yamaha e a Piaggio do pódio!

Não se esqueçam que se para nós o custo de aquisição de uma Forza representaria quase um ano de trabalho bruto (face ao ordenado mínimo), na Franca não chega a 4 meses... E isso tem um impacto brutal na altura de escolher um modelo! Por isso é que em Paris, por exemplo, quase não se vê PCX's ou mesmo GTS's ou DT's, só X-Max e X9's! Mesmo com o elevado "handicap" do seus preços elevados!

Haverão outras razões, mas para já ficam estas para dormirem sobre as mesmas...

Sent from my Nexus 7 using Tapatalk


Boas a todos , subscrevo por completo, são as minhas palavras tb. só acrescentando , que a PCX não serve para comparar com nada.
Boas curvas

Rodrigues

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #154 em: 07 de Outubro de 2014, 09:41 »
Citar
Amigo Rodrigues, estive a ler atentamente o que escreveste e, depois de te ter conhecido pessoalmente e ter falado contigo, sei que és uma pessoa altamente conhecedora em questões técnicas e que se encontram bem distantes dos meus parcos e verdadeiramente humildes conhecimentos mecânicos.

Mas....parte daquilo que escreveste está a fazer-me um pouco confusão.  _Rolley_

Passo a explicar...

Dizes portanto que, na tua óptica a Honda Forza 125 não tem um valor simpático para uma 125cc com 14cv (que são ligeiramente mais, na realidade) e que tem uma diferença de €1.000 para as concorrentes da Sym e da Kymco.

Ora como é bom de perceber, as contas não se podem resumir à potência apresentada, a qual é já de si bastante boa e, não bastasse estarmos a falar de uma Honda e de um modelo claramente concebido para entrar directamente para o top da categoria, também será importante mencionar que estamos a falar de um produto que se faz acompanhar da melhor engenharia actualmente ao dispor neste segmento, com uma ficha técnica e características que não se compadecem com uma colocação unicamente num nível intermédio...este é um produto focado para disputar o que de melhor se faz na indústria das 125cc de cariz GT.
A Honda tem vindo a conseguir nos últimos anos preços verdadeiramente concorrenciais, mesmo tendo-se bem presente o logotipo que os seus modelos ostentam. Mas neste caso em particular, não se pode p.ex. pensar no preço praticado para uma PCX e esperar vê-lo aplicado neste novo modelo...

Outra coisa amigo Rodrigues...ao referires uma diferença de €1.000 para a Sym e para a Kymco, vi-me de alguma forma impelido a fazer uma busca pelos sites das referidas marcas e, como esperava, não existe tal diferença! A não ser que, p. ex. no caso da SYM, te estejas a basear no preço proposto para o antigo modelo da GTS, não para o novo...o que constituiria uma comparação sem justiça.

A qualidade paga-se e claramente a engenharia e tecnologia colocada a bordo desta Forza de aspecto futurista é, também ela, merecedora de uma reconhecida mais valia.

Quanto à questão do design e ao facto de a estética não te convencer, meu caro amigo....nesse campo nem eu me bato por qualquer explicação, pois essa é uma temática muito pessoal e cada um tem o seu gosto.  _pol_

Amigo Isaac ( Sapiens21 )

Redobro todo o respeito que tens por mim, assim como valorizo bastante o teu contributo para com o fórum, mas como sabes nunca contrariei ninguém nem gosto de entrar em conflitos, a minha contribuição tenta sempre de alguma forma ser construtiva, sei que não sou perfeito e porventura já fiz algumas gafes mas sempre sem intenção de ferir susceptibilidades.

Neste caso em particular, eu não me referi a assuntos de mecânica, ( também sou um curioso, qualidade que me faz aprender um pouco mais, apenas isso ), nem tão pouco á qualidade da Scooter que decerto será do melhor que irá sair da linha de montagem da Honda, disso não tenho dúvidas, apenas dei a minha opinião em relação ao preço exagerado que se tem falado, que a ser verdade considero demais para o nosso País em comparação com outras até mesmo de cilindrada superior.

Quantos estarão a ler este tópico e a fazer contas de cabeça se valerá a pena tirar a carta gastando apenas 350 € ( conforme as escolas ) em vez de darem mais 1000 € ( aproximadamente ) por uma 125,.. que, por mais vanguardista que seja, ficará sempre limitada pelos 14 cv e quem anda sempre com pendura decerto se vai arrepender por ter dado tanto dinheiro por uma "Joia" que não satisfaz em termos de performance, eu sou um desses, já fiz as contas e nunca daria 4000 € por uma 125 por muito boa que seja, desculpa a frontalidade, mas é apenas o meu ponto de vista e deve ser respeitada como tal.

Quanto á estética, gostava que me dissessem o que é o aspeto futurista, porque francamente eu não sei,..o que parecia ser futurista á 10 anos hoje está ultrapassado, é um conceito em constante mutação.

Como tinha afirmado, eu adoro Hondas, conduzi algumas e sei que a qualidade se paga, mas não nos podemos esquecer da realidade no nosso País, se estivéssemos na Alemanha ou França decerto que eu já não falaria assim, daria de boa vontade mais 1000 € ( atenção que este é um número especulativo e aproximado tendo em conta a diferença entre as marcas ) por uma 125 de superior qualidade, mas infelizmente não é o nosso caso, por esta razão não entendo tanto entusiasmo em torno de um fruto proibido para a maioria dos Portugueses, e a prova é que apenas se venderam muito poucas MaxiSym 600 no nosso País apesar do enorme entusiasmo inicial, e as que se venderam se deve em grande parte á divulgação através dos DB no CPM.

Mas vamos esperar por mais resultados

Citar
PS1: temos de voltar a fazer juntos aquela estrada sob 40º de temperatura (que cheguei a ver marcados à sombra!)...

Nem penses  _Rolley_ só vou para o Alentejo na primavera e no próximo fim de semana  _careta_

Abraço


« Última modificação: 07 de Outubro de 2014, 10:41 por Rodrigues »

Offline Paulo Silveiro

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1502
  • Localidade: Cacém
  • Sexo: Masculino
  • The MAX is never enough, Scootard Spirit
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Tmax 530 ABS
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #155 em: 07 de Outubro de 2014, 10:38 »
Permitam-me ainda focar alguns pontos que penso que não foram debatidos referente às 125cc onde esta nova oferta da Honda pode e fará "estragos"...

1. Nem todos os potenciais clientes estão interessados ou querem adquirir cilindradas superiores! Ou porque não querem tirar a carta A, ou porque não conseguem, mesmo que provisoriamente, ou porque não precisam de mais cc's nas suas deslocações diárias ou mesmo porque economicamente não se lhes justifica subir de escalão!

Para estes clientes, sejamos francos, a Honda nao tinha oferta e estava claramente a perder uma franja de negócio que estava a ser aproveitado principalmente pela Yamaha e mais recentemente pelas marcas de Taiwan!

A PCX cobre, e bem, o segmento "inferior" das citadinas, mas no segmento mais alto e logo MAIS LUCRATIVO a S-Wing já não era competitiva! Com a Forza a Honda volta a ter, pelo menos no papel, uma oferta concorrencial!

2. Não se esqueçam que o mercado português não é, nem de perto nem de longe, o mercado alvo da Forza! Logo esqueçam qualquer paralelismo com a nosso mercado e até a nossa mentalidade do quanto maior melhor!

Acham que foi por acaso que a apresentação foi realizada em Paris quando em simultâneo existia um salão de 2 rodas em Colónia, Alemanha, no que penso que é talvez o maior mercado europeu?

É que no mercado Francês, provavelmente o principal mercado de scooters europeu, as scooters GT são rainhas e senhoras, e a Honda quer destronar a Yamaha e a Piaggio do pódio!

Não se esqueçam que se para nós o custo de aquisição de uma Forza representaria quase um ano de trabalho bruto (face ao ordenado mínimo), na Franca não chega a 4 meses... E isso tem um impacto brutal na altura de escolher um modelo! Por isso é que em Paris, por exemplo, quase não se vê PCX's ou mesmo GTS's ou DT's, só X-Max e X9's! Mesmo com o elevado "handicap" do seus preços elevados!

Haverão outras razões, mas para já ficam estas para dormirem sobre as mesmas...

Sent from my Nexus 7 using Tapatalk

Perfeitamente de acordo, atenção que em França o preço da Honda forza está estimado em cerca de 4.500 euros, muito alinhado com a xmax, que é a mais vendida nas suas várias motorizações.
Honda PCX - Maio/2013 a Outubro 2014
XMAX - Outubro 2014 a Novembro de 2015
Tmax - Novembro de 2015;Yamaha D'elight 110 - 2016;Vespa Primavera 125 - Julho de 2018...
Scootard Spirit, o direito à diferença, nas duas rodas

Offline twin-pt

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Mai 2013
  • Mensagens: 2860
  • Localidade: Alcabideche - Cascais
  • Sexo: Masculino
  • Scooter por opção...
  • Marca: Honda
  • Modelo: X-ADV 750
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #156 em: 07 de Outubro de 2014, 10:47 »
Perfeitamente de acordo, atenção que em França o preço da Honda forza está estimado em cerca de 4.500 euros, muito alinhado com a xmax, que é a mais vendida nas suas várias motorizações.

Sim, eu sei, mas o ordenado mínimo são cerca de 1.250€. E  tenho ideia que os valores incluem a documentação e taxas!

Sent from my Nexus 7 using Tapatalk

« Última modificação: 07 de Outubro de 2014, 10:47 por twin-pt »
João Mestre / twin-pt
Espirito Scootard, uma maneira de estar e viver as duas rodas.
X-ADV 750 (RC95):
PCX125 -- X-MAX 125 ABS (link consumos)

tparracho

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #157 em: 07 de Outubro de 2014, 11:34 »
Como o Twin e o Sapiens têm referido e bem, há mercado para esta nova Forza.

Agora, se a dimensão desse mesmo mercado é superior em alguns países, acho que todos concordamos que sim, será superior sobretudo em países onde há uma maior cultura de andar em 2 rodas e onde o nível salarial é superior.

Mas cá em portugal também há mercado, prova disso é as várias X-max que costumo ver todos os dias.

E concordo que a Honda fez muito bem em substituir a sua já envelhecida S-wing por este novo modelo que traz alguns novos atributos para esta categoria de maxis, que em principio dará que falar, sobretudo pelo preço comparativamente a ofertas dentro da mesma categoria.

Quem sabe se esta Forza não será o começo de uma nova linha de maxis mais potentes da Honda...

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #158 em: 07 de Outubro de 2014, 12:59 »
.....mas como sabes nunca contrariei ninguém nem gosto de entrar em conflitos....

Oh meu caro amigo, nem sequer está isso em causa.
Somos aqui no fórum meros opinantes das temáticas que por cá vão aparecendo e julgo que nenhum de nós tem nos testes/comparativos/contactos de motos ou maxiscooters, a sua vida profissional alicerçada.

Todos temos sim, a nossa opinião e respeitar-mo-nos todos é que é bonito de se ver num fórum.
Sobre quem tem mais razão também é um caminho sobre o qual não vale a pena ninguém bater-se, pois o que aqui versam são opiniões e quem nos lê poder assim tirar as suas próprias conclusões.
Espero continuar a ler por cá as tuas opiniões e que como já disse e não tendo qualquer complexo em repetir-me, reconheço que partem de um pessoa bastante conhecedora do meio!  _convivio_

-------------------------------------------------

Quanto à questão do design futurista e para evitar que o Interceptor (...estou sempre a brincar com ele  :) ) veja neste post unicamente informação dispensável...aqui vai. >:D

Eu mencionei que este modelo tem um design futurista pelo que apresenta, pelas suas linhas (sobretudo secção frontal) e por fazer uso de full LED, conferindo-lhe um ar avançado.

O dizer que determinado modelo se apresenta de alguma forma futurista, faz-se no presente momento, em virtude de em apenas alguns anos e com a consequente massificação de propostas com a mesma linguagem estilística, acabarem por ditar que o que era antes, seja nessa altura apenas comum.  Mas agora, ou seja, no presente momento e olhando para o panorama das maxiscooters 125cc, esta parece-me ter um design futurista.

E naquela coloração branco-azul...acho que vai derreter muitos corações e promover muita atenção...That´s just my opinion.  _Rolley_

Venham de lá mais opiniões....  _convivio_

speed78

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #159 em: 07 de Outubro de 2014, 16:51 »
E aproveitando a deixa das "cores", aqui está mais uma oportunidade para deixarmos as nossas rua, avenidas e estradas mais coloridas!! Eu tenho uma mota preta porque foi um bom negócio pois a Bourdeux é mais bonita hehe.
Esta nova combinação de cores da honda é um show :) e que venham mais desse genero.
Adoro as novas cores tb da nova PCX  ;)

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #160 em: 07 de Outubro de 2014, 17:47 »
Sem dúvida, totalmente de acordo.  _pol_

A adopção deste tipo de cores, nomeadamente o juntar de duas tonalidade diferentes como no caso da azul-branca, dá uma aura completamente diferente aos modelos.

Mesmo nas restantes, a Honda parece ter deliberadamente conjugado as cores para ter como resultado um gosto mais consensual do seu cliente-alvo.

Basta ver as fotos colocadas no início deste tópico iniciado pelo Twin-PT e constatar isso mesmo.

Como disse o Speed78, "que venham mais desse género" e abarquem mais modelos.  ;)

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #161 em: 08 de Outubro de 2014, 13:39 »
Antevê-se um braço de ferro que, no topo das GT's consideradas premium, ainda vai dar muito que falar....


Offline Paulo Silveiro

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1502
  • Localidade: Cacém
  • Sexo: Masculino
  • The MAX is never enough, Scootard Spirit
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: Tmax 530 ABS
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #162 em: 08 de Outubro de 2014, 14:00 »
Eu aposto no empate técnico. Mas desportiva a XMax mais confortável a forza.

E já agora podem também defrontar-se nos pesos pesados:

Honda CTX vs Yamaha VMAX   >:D _mau_
« Última modificação: 08 de Outubro de 2014, 14:05 por Paulo Silveiro »
Honda PCX - Maio/2013 a Outubro 2014
XMAX - Outubro 2014 a Novembro de 2015
Tmax - Novembro de 2015;Yamaha D'elight 110 - 2016;Vespa Primavera 125 - Julho de 2018...
Scootard Spirit, o direito à diferença, nas duas rodas

Offline daniel

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Mai 2010
  • Mensagens: 334
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: CB650F '17
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #163 em: 11 de Outubro de 2014, 00:48 »
Vi à um momento atrás na net uma imagem publicitária do Salão de Paris com a nova Forza 125 e sendo este um modelo que tem despertado tanto interesse, decidi colocá-lá aqui.



Gosto muito do look deste modelo e parece-me ser uma boa substituta da S-Wing.  _pol_

vicente

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #164 em: 11 de Outubro de 2014, 05:10 »
Boas, esta gente anda toda equivocada, substituto da SW ou será a substituto como o nome indica da FORZA , que já está mais que ultrapassada.

Bem  _convivio_

Offline daniel

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Mai 2010
  • Mensagens: 334
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: CB650F '17
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #165 em: 11 de Outubro de 2014, 08:16 »
Eu mencionei que esta Forza é uma boa substituta da S-Wing, porque é a própria imprensa especializada que o refere também.
Se o companheiro Vicente acha que não, eu não discuto a sua convicção.

Offline fastnet

  • Assembleia Consultiva
  • MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2013
  • Mensagens: 2171
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: honda
  • Modelo: cbf 125
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #166 em: 11 de Outubro de 2014, 08:50 »
Já li que apesar da vinda do novo modelo a swing125 vai continuar disponivel, fonte dos sites especializados...
Não sei se será assim ou apenas numa fase inicial para escoamento de stock com boas promoções.
Ter os dois modelos 125 para venda, com preços semelhantes e onde o novo parece ter melhorias assinaláveis e um design mais consensual , não parece trazer um longo futuro para a swing.
A menos que haja uma diferença interessante de preço...

Para já são apenas especulações ou intenções.

A nós o que interessa é a qualidade do produto, preços e posicionamento no mercado.

Vamos esperar para ver,em breve vamos ter montes de testes à nova máquina e preços definitivos.

Entretanto teremos a resposta da concorrência, a sym anunciou a gts sport (15cv) e é normal que outros marcas desçam os preços.
« Última modificação: 11 de Outubro de 2014, 14:43 por fastnet »
Sym Symphony 125s, Honda S-Wing 125, Bmw f650 funduro, Honda cbf 125
Honda pcx, a sair da casca Spritmonitor.de" border="0
CB500s, a tímida

speed78

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #167 em: 11 de Outubro de 2014, 09:55 »
A swing é uma scooter à parte hehe ( ex-dono babado)  lol
Era menino pra voltar a comprar uma SW nova com um preço de arromba caso isso venha a acontecer.
A nova Forza, creio eu vem para dar um salto a nova imagem da Honda no mundo das scooters, pois acho que o Design da actual Forza 300 não teve o sucesso que se pretendia e com este nossa imagem, ui ui, como muitos dissem, vai dar muito trabalho a concorrência :)
Já li que apesar da vinda do novo modelo a swing125 i continuar disponivel, fonte dos sites especialiados...
Não sei se será assim ou apenas numa fase inicial para escoamento de stock com boas promoçõew.
Ter os dois modelos 125 para venda, com preços semelhantes e onde o novo parece ter melhorias assinaláveis e um design mais consensual , não parece trazer um longo futuro para a swing.
A menos que haja uma diferença interessante de preço...

Vamos esperar para ver,em breve vamos ter montes de testes à nova máquina e preços definitivos.

Entretanto teremos a resposta da concorrência, a sym anunciou a gts sport (15cv) e é normal que outros marcas desçam os preços.

vicente

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #168 em: 11 de Outubro de 2014, 14:05 »
Eu mencionei que esta Forza é uma boa substituta da S-Wing, porque é a própria imprensa especializada que o refere também.
Se o companheiro Vicente acha que não, eu não discuto a sua convicção.

Boas, ok Daniel, eu não li nada tirando só as especificações ciclística etc. da nova Forza 125, porque eu já á alguns anos não acredito em muita coisa que a imprensa escreve, prefiro muitas das vezes fazer o julgamento por mim próprio baseado numa experiência de vida, e como já disse aqui várias vezes a Honda irá lançar um modelo que será o substituto da SW, agora não sei se terá o mesmo nome, agora não estou recordado uma marca estar a rebatizar uma linha que já tinha batismo e muito sucesso, mas claro este meu julgamento é baseado en análises feitas do historial das marcas .

Boas curvas _convivio_
« Última modificação: 11 de Outubro de 2014, 14:07 por Clemente Vicente »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #169 em: 11 de Outubro de 2014, 19:38 »
.......ou será a substituto como o nome indica da FORZA , que já está mais que ultrapassada.

Oh amigo Vicente, mas a Forza a que te referes (NSS300) saiu no mercado à pouco mais de 1 ano!!!
Portugal poderá não ser de todo o melhor exemplo...mas ainda assim tem tido vendas consistentes. Mas noutros mercados tem recebido uma enorme aceitação, pelo que não vejo a Honda a descartar um modelo que acaba de sair e cujo ciclo de vida nem sequer irá a meio.

Quanto à Forza 125 poder vir a catapultar o aparecimento de outras motorizações, usando a designação "Forza"...sim, tudo é possível.
Não digo que será exactamente com esta base, mas não é de descartar uma Forza mais perfomante e de maior porte, que siga +/- o mesmo design desta e com as baterias apontadas a um segmento ainda mais desportivo.  Quem sabe uma Forza 500 Sport  _Rolley_

vicente

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #170 em: 11 de Outubro de 2014, 20:41 »
Uma Forza não, um SW 500, talvez.
E a Forza atual que tu te referes Sapiens, é uma Forza velha () pois só os plásticos e pouco mais são novos o chassi , e todo o resto é tudo baseado na antiga.
« Última modificação: 11 de Outubro de 2014, 20:43 por Clemente Vicente »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #171 em: 11 de Outubro de 2014, 20:48 »
Seja aquilo que for, esta grande casa japonesa não costuma fazer a coisa por menos e normalmente lança produtos extremamente inovadores e que se batem com a melhores.

Quanto à Forza 125, anseio bastante por novidades vindas do Salão da EICMA, nomeadamente pela possibilidade de ver fotos/imagens da mesma com condutor(a) em cima e assim ter uma ideia mais concreta das dimensões gerais do modelo.
É uma apreciação sempre subjectiva eu sei, mas sempre dá para se ficar com uma ideia do porte e da protecção frontal oferecida quando  se vê alguém sentado em cima.

vicente

  • Visitante
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #172 em: 11 de Outubro de 2014, 20:51 »
Seja aquilo que for, esta grande casa japonesa não costuma fazer a coisa por menos e normalmente lança produtos extremamente inovadores e que se batem com a melhores.

Quanto à Forza 125, anseio bastante por novidades vindas do Salão da EICMA, nomeadamente pela possibilidade de ver fotos/imagens da mesma com condutor(a) em cima e assim ter uma ideia mais concreta das dimensões gerais do modelo.
É uma apreciação sempre subjectiva eu sei, mas sempre dá para se ficar com uma ideia do porte e da protecção frontal oferecida quando  se vê alguém sentado em cima.

Eu tb gosto muito de Honda, mas este modelo com um garfo de menos 41 como ela tem , não pode montar lá um motor mais do que 300 cc. ou então têm que lá colocar outro garfo e com certeza reforçar  o quadro . o tamanho mais ou menos é da sym 125 e 300
« Última modificação: 11 de Outubro de 2014, 20:52 por Clemente Vicente »

Offline Sapiens21

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2010
  • Mensagens: 12407
  • Localidade: Évora
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: DN-01 - " O Tubarão"
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #173 em: 11 de Outubro de 2014, 22:03 »
Vicente, é questão de esperar mais 3 semanitas e ver se na EICMA em Itália, a Honda se lembra de lançar outra cartada.

Voltando à Forza 125, no papel as dimensões são de facto aproximadas às que tem p. ex. a GTS 125/300, mas dependendo do design de cada modelo assim também a ideia transmitida ao vivo se torna um pouco diferente.

Estou muito curioso de a ver ao vivo e confesso ter uma pontinha de inveja de quem vai ter a oportunidade de a ver antes de todos, já no Salão de Itália...  ::)

Offline José

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Set 2010
  • Mensagens: 3157
  • Localidade: Mem Martins - Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Membro CPM nº 858
  • Marca: Yamaha
  • Modelo: XMax 125/2018
Re: Forza 125 (2015)
« Responder #174 em: 12 de Outubro de 2014, 03:25 »
21/01/2019   2,6 lts aos 100 kms