Autor Tópico: Estacionar num local com parquimetro em Lisboa  (Lida 11259 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline toffy

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Dez 2014
  • Mensagens: 690
  • Localidade: Charneca da Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: F650 gs
Re: Estacionar num local com parquimetro em Lisboa
« Responder #25 em: 09 de Setembro de 2016, 15:50 »
Nos passeios, não há dúvida!!!


Sent from my iPhone using Tapatalk
Sym GTS 125 evo (2015 - 2017, 0 - 25.000 km)

BMW F625 gs (2017 - ..., 20.750 km - ...)

Offline Grandpa

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Abr 2015
  • Mensagens: 196
  • Localidade: Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: Forza 125 a Pipoca Saloia
Re: Estacionar num local com parquimetro em Lisboa
« Responder #26 em: 09 de Setembro de 2016, 18:52 »
Da leitura que fiz resultou o seguinte: Motas, ciclomotores, etc. o estacionamento é grátis nos espaços a eles reservados; é pago nos locais onde estão os parquímetros.

Porque tenho que me deslocar com alguma frequência a Lisboa e nem sempre tenho disponível local grátis, uso o ePark e até agora não tive qualquer problema ou multa - o fiscal da Emel tem acesso à matricula e valida que a mota ocupando o lugar do carro tem esse estacionamento devidamente regularizado. Estaciono habitualmente na zona do Saldanha; Campo Grande e na Baixa.
A alternativa seria: recolher o papelinho do parquímetro após ter pago (claro); havendo coima (o fiscal também tem dificuldade em deixar o aviso), contestava-a apresentando o bilhete de pagamento (o que me obrigava a guardar papeis durante muito tempo (na top casa que chegou a parecer um caixote). Das duas situações que tive foram solucionadas desta forma e a Emel aceitou (nem sempre pacificamente) a justificação - algumas das conversas tidas com a Emel foram surreais: "cole no vidro!"; "deixava preso num sitio visível"; " tem que comprar uma bolsinha transparente para por o comprovativo" ou, a mais caricata " mota não é carro".
Há muitas opiniões sobre o assunto mas é muito cada cabeça sua sentença e pouca certeza (ou informação correcta dada aos próprios funcionários da Emel)
Travel to know the world