Autor Tópico: Com ou Sem ABS  (Lida 24295 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline _AXE_

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 3400
  • Localidade: SACAVEM
  • Sexo: Masculino
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #50 em: 31 de Julho de 2014, 16:36 »

E dizes ironicamente porque é que as motos de competição precisariam de ABS? Pois bem, se o ABS é accionado em travagens fortes, na competição vais dos 300 aos 50 em menos de 300mtrs, queres melhor justificação para um ABS sem as rodas bloquearem com a força brutal que é aplicada na travagem?


Marco 46

Se fosse assim tão facil, com ou sem ABS, não haveria sequer pilotos de competição, todos conseguíamos fazer o que eles fazem....

Repito-me..... será que se atravessassem carrinhas à frente assim do nada tbm não precisariam do ABS ?

........ afinal ele é treinado para saber quando travar, ele é quem decide.....

Acho que com isso dizes muita coisa....

Quem é que no quotidiano é treinado para saber quando travar ?

Só a ocasião, nada mais que isso!! E é aí que o ABS salva as vidas dos que andam diariamente de mota, sempre a fugir, desviar, evitar acidentes, mais ou menos graves, sabendo-se que qualquer toque pode causar lesões sérias para o resto da vida.

Marco46

Eu tenho a mesma opinião que tu, no que diz respeito aos mais inexperientes e menos destemidos, esperando no entanto que nunca venham a fazer uso dele! Nem eles, nem os mais experientes  _Rolley_

Uma queda/acidente, por mais pequeno que seja, só para reparar uma lateral de uma mota pode ascender até os 1000€, e um ABS é mais barato que isso, para não falar nas marcas permanentes no corpo ......

Tenham ou não tenham ABS, .........vão devagar, não se atrasem....... _pol_

Boas curvas


Nota:

Eu não consegui ler em lado algo que o ABS aumenta a distância de travagem!!!


Limpinho

Não precisas de ler em lado nenhum especificamente, antigamente e em algumas situações sim, o ABS aumentava e bem a distância de travagem, basta falar com alguém com mais idade e experiência de aventureiro

Hoje em dia isso está muito mais perfeito  _pol_

Abraço
         


Vai devagar, não te atrases.....

Offline Jorge Valente

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2012
  • Mensagens: 799
  • Localidade: Lisboa
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Honda
  • Modelo: NSS 300 Forza
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #51 em: 31 de Julho de 2014, 16:55 »
Viva,

Parece-me que os que supostamente sabem andar de mota acham que conseguem controlar as travagens de emergência e perceber se existe óleo água com lama etc. na estrada e sabem quando lhes vai aparecer um imprevisto o que está sempre a acontecer em pista, como é de todos sabido os pilotos profissionais nunca caem e nunca morrem em pista pois têm o controlo total sobre a máquina.

Para quem não sabe, o ABS só funciona quando a roda inicia o bloquear da mesma e não existe nenhum ser humano que consiga ter sensibilidade suficiente para responder mais rápido que o dito.

Ora depois do que escrevi chega-se á conclusão que para os ditos grandes pilotos deste Portugal o ABS nunca funciona, pois, sabem dosear a travagem sem que a roda chegue a bloquear, para os ditos aselhas mas que gostam do seu corpinho o ABS é uma mais valia em caso de aflição.

Um abraço a todos,
Keeway Hurricane 6.500kms - 12.780Kms
Honda NSS 300 Forza 0Kms - 18.256Kms
Honda NSS 300 Forza 15.202Kms espero que desta vez muitos mais...

rui.goncalves

  • Visitante
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #52 em: 31 de Julho de 2014, 18:05 »
Caro companheiro _AXE_

O que as motos de competição têm, sao apenas modos de repartidores de travagem, e de força da mesma, aplicada ao gosto de cada piloto, nada mais do que isso.

E dizes ironicamente porque é que as motos de competição precisariam de ABS? Pois bem, se o ABS é accionado em travagens fortes, na competição vais dos 300 aos 50 em menos de 300mtrs, queres melhor justificação para um ABS sem as rodas bloquearem com a força brutal que é aplicada na travagem?

Mas é evidente que nao usam pelo simples facto que:

- ABS atrapalharia o piloto, afinal ele é treinado para saber quando travar, ele é quem decide, e o ABS atrapalharia por completo toda e qualquer intenção que o piloto tenha. Actualmente para se fazer curvas os pilotos fazem drift, e saiem de punho enrolado que até entorta aquele chassis, o ABS torna esse recurso e essa forma de pilotar impossível.
Por ultimo o sistema ABS acaba por aumentar os espaços de travagem, daí o ABS não equipar motos de competição.


Mas eu volto a frizar, se voçes acham que devem ter equipado nas vossas montadas, tenham, e aconselho até ao mais inexperientes e menos destemidos, esperando no entanto que nunca venham a fazer uso dele!
Para mim a nao ser que ja venha equipado, nunca optarei por esse extra, pois o azar se tiver de acontecer acontece!!


Saudações

 _convivio_


Boas pessoal,

Aproveito para dar também minha opinião acerca do ABS.

Primeiro ponto nem todos nós somos pilotos, além de que o sistema ABS salva vidas, não sou eu que o digo, são as estatísticas. Reduz as distancias de segurança em situações de emergência...significativamente...e percam a ideia que o sistema de ABS aumenta a distância de travagem em piso seco, é mito e está provado...Em estudos não diminui mas mantém a mesma distância sem deixar que as rodas bloqueiem e nos atirem ao tapete, e já me aconteceu...TODOS NÓS SABEMOS QUE ÀS VEZES É UMA QUESTÃO DE 1 METRO ÀS VEZES ATÉ 50 CM, e o ABS (principalmente em piso molhado) reduz bem mais do que isto...E se alguém disser o contrário é porque não anda de mota...(Peço desculpa pela frontalidade).

Ponto 2: Motas de competição: Concordo com o MaARCO46. Não utilizam sistemas de ABS pois, aumenta o peso, logo reduz a relação peso/potência, não ajuda nas curvas e como disses-te bem a maioria dos pilotos já atravessam as motas um pouco como se faz nas corridas de karts e com o ABS isso não seria possível...Não é uma questão de segurança. Agora pergunto-te MARCO46, na via pública somos pilotos? atravessamos as motas a curvar?? É ou não pouco seguro?? Todos nós gostamos de não nos aleijarmos e de manter todos os ossos no corpo...Eu pelo menos não quero cair, não posso ficar de baixa, tenho uma casa para pagar, mulher em casa que não iria gostar muito de me ver cair porque ando na via pública a PILOTAR E NÃO A CONDUZIR...Quero pilotar vou para o Autódromo...

Ponto 3: Passo a informar que mesmo os pilotos de competição já tem sistemas de ajuda à condução ao contrário do que as pessoas pensam...Um dos maiores sistemas é o ESP, para quem não sabe como funciona, simplesmente é um sistema que regula a potência que é transmitida à roda traseira, se sentir que a roda está a derrapar, reduz a potência à roda, e assim que sinta que o pneu já não está a patinar, volta a dar a potência que está a ser transmitida pelo acelerador...
Como é que as rodas no MOTO GP derrapam perguntam vocês?? Percentagem que é atribuída ao sistema mais baixo, quero dizer com isto que este sistema entra em acção mais tarde do que numa mota de stock...Prova disto é a nova BMW 1000 RR apenas considerada a melhor mota de competição até agora fabricada de stock...Para permitir as entradas agressivas de lado e as saídas a derrapar...Mas podem ter a certeza que se o piloto cometer um erro o sistema vai ajudar...

Mais um vez desculpem a frontalidade...

Boas curvas.

Offline macanudo

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 175
  • Localidade: Santa Iria de Azoia
  • Sexo: Masculino
  • macanudo = Carlos
  • Marca: S
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #53 em: 31 de Julho de 2014, 19:59 »
É pá estão a comparar o incomparável!
Motos de competição com motos de venda ao publico?
Pilotos de competição com Motociclistas de estradas, ruas e avenidas ...
E os pneus? e as suspensões? e os quadros? e por ai fora... tudo isso é parte interveniente no processo de travagem e não só!
Será que nós conseguimos andar no circuito, com mota de circuito e dizer: ainda bem que não tem abs?
E os pilotos andam com as motas de circuito na rua?
E caso tenham mota para uso particular a mesma tem ou não abs?(eu desconheço)

Desejo a todos os Motociclistas que não tem abs nunca os ouvir dizer que se tivessem abs provavelmente, e repito provavelmente o desfecho da situação teria sido outro.
Aos Motociclistas que felizmente puderam despender de uns €uros já tenho ouvido dizer que o extra adquirido foi fundamental, SEGURANÇA em primeiro plano, isto claro numa condução normal por estradas e caminhos mundo fora.

Ha quem goste e há quem dispense, esta minha primeira maquina com abs já me levou a concluir que o mesmo será sempre presença nas futuras aquisições, excepto se for um negócio irrecusável e dependendo do fim a que se destina.
(E sim também já me levantei do chão mas nunca teve a ver com a discussão em questão)
Em Portugal circula-se á direita !!
         E os Portugueses ??

Offline José Luís Ferreira

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Fev 2011
  • Mensagens: 764
  • Localidade: Charneca de Caparica
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Piaggio
  • Modelo: X8
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #54 em: 31 de Julho de 2014, 23:04 »

No meio de tanta opinião o pessoal já percebeu que o ABS só entra em acção se o condutor falhar no controlo da força aplicada aos travões de tal forma que a queda é garantida? Nestas circunstâncias (queda garantida) agradeço toda e qualquer ajuda, seja ou não do ABS. Leram o post do Barcas?


NunoM

  • Visitante
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #55 em: 01 de Agosto de 2014, 12:04 »

Boas pessoal,

Aproveito para dar também minha opinião acerca do ABS.

Primeiro ponto nem todos nós somos pilotos, além de que o sistema ABS salva vidas, não sou eu que o digo, são as estatísticas. Reduz as distancias de segurança em situações de emergência...significativamente...e percam a ideia que o sistema de ABS aumenta a distância de travagem em piso seco, é mito e está provado...Em estudos não diminui mas mantém a mesma distância sem deixar que as rodas bloqueiem e nos atirem ao tapete, e já me aconteceu...TODOS NÓS SABEMOS QUE ÀS VEZES É UMA QUESTÃO DE 1 METRO ÀS VEZES ATÉ 50 CM, e o ABS (principalmente em piso molhado) reduz bem mais do que isto...E se alguém disser o contrário é porque não anda de mota...(Peço desculpa pela frontalidade).

Ponto 2: Motas de competição: Concordo com o MaARCO46. Não utilizam sistemas de ABS pois, aumenta o peso, logo reduz a relação peso/potência, não ajuda nas curvas e como disses-te bem a maioria dos pilotos já atravessam as motas um pouco como se faz nas corridas de karts e com o ABS isso não seria possível...Não é uma questão de segurança. Agora pergunto-te MARCO46, na via pública somos pilotos? atravessamos as motas a curvar?? É ou não pouco seguro?? Todos nós gostamos de não nos aleijarmos e de manter todos os ossos no corpo...Eu pelo menos não quero cair, não posso ficar de baixa, tenho uma casa para pagar, mulher em casa que não iria gostar muito de me ver cair porque ando na via pública a PILOTAR E NÃO A CONDUZIR...Quero pilotar vou para o Autódromo...

Ponto 3: Passo a informar que mesmo os pilotos de competição já tem sistemas de ajuda à condução ao contrário do que as pessoas pensam...Um dos maiores sistemas é o ESP, para quem não sabe como funciona, simplesmente é um sistema que regula a potência que é transmitida à roda traseira, se sentir que a roda está a derrapar, reduz a potência à roda, e assim que sinta que o pneu já não está a patinar, volta a dar a potência que está a ser transmitida pelo acelerador...
Como é que as rodas no MOTO GP derrapam perguntam vocês?? Percentagem que é atribuída ao sistema mais baixo, quero dizer com isto que este sistema entra em acção mais tarde do que numa mota de stock...Prova disto é a nova BMW 1000 RR apenas considerada a melhor mota de competição até agora fabricada de stock...Para permitir as entradas agressivas de lado e as saídas a derrapar...Mas podem ter a certeza que se o piloto cometer um erro o sistema vai ajudar...

Mais um vez desculpem a frontalidade...

Boas curvas.


Faço minhas as palavras deste nosso companheiro.

Boas curvas,
 _convivio_

letmegetsome

  • Visitante
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #56 em: 27 de Agosto de 2014, 23:37 »
Especificamente no caso das 125cc é rara a q tem ABS. Falo do q o pessoal compra, n necessariamente do q o mercado oferece (sempre vai oferecendo qqr coisinha, especialmente nas maxiscooters). Acho q a maioria das pessoas n esta disperta para este tópico.

Offline Filipe Pombo

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2013
  • Mensagens: 1877
  • Localidade: Albarraque-Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Não conduzas + rápido que o teu anjo da guarda voa
  • Marca: BMW 1200GS
  • Modelo: VStrom 650
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #57 em: 28 de Agosto de 2014, 09:45 »
Especificamente no caso das 125cc é rara a q tem ABS. Falo do q o pessoal compra, n necessariamente do q o mercado oferece (sempre vai oferecendo qqr coisinha, especialmente nas maxiscooters). Acho q a maioria das pessoas n esta disperta para este tópico.

Isso é quase verdade,  na realidade as  125 são motos de entrada de gama, parte delas tentam ser económicas ao máximo, as marcas, essas, tentam retirar os extra para conseguir preços competitivos. No caso da PcX um exemplo de relação preço -qualidade , no modelo anterior ao 2014, até o relógio foi dispensado, que falar do Abs  _Rolley_. ?

Nas Maxiscooters 125  topos de gamas, onde a estabilidade, conforto, segurança são prioritárias face ao preço baixo,  o ABS já surge nem que seja como opção  _pol_

Espirito Scootard

Offline cristina

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Dez 2009
  • Mensagens: 2525
  • Localidade: Cacém
  • Sexo: Feminino
  • ... a juntar moedas para comprar o Kit de unhas!
  • Marca: SYM
  • Modelo: GTS 300i
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #58 em: 28 de Agosto de 2014, 13:19 »

Eu não consegui ler em lado algo que o ABS aumenta a distância de travagem!!!


Podes ler aqui: O ABS aumenta a distancia de travagem!

E verdade! aumenta mesmo! ainda esta semana passei ao lado de um peão numa passadeira, porque o ABS actuou, e em vez de conseguir parar antes da passadeira (ainda que com dificuldade, e indo um bocado de rasto) simplesmente fui parar depois da passadeira, e em vez de assustar o peão parando, ou caindo ao lado dele, assustei-o passando em frente dele  _lol_

Claro que só tem piada a contar aqui, e só mesmo porque não aconteceu nada, mas bricadeira áparte, e já que ainda não paga impostos, vou partilhar a minha opinião sobre o dito:

Alguns sabem que em Março troquei uma mota nova por outra exactamente igual, ainda mais nova, e a razão porque o fiz, foi exclusivamente o ABS que a GTS 300 não tinha em 2013 e passou a ter em 2014.
Não foi por vontade minha, mas sim uma quase imposição do meu marido, e confesso que nem gosto muito daquilo, mas como eu sou marreta nisto, aceito o que os entendidos me dizem, e eles dizem que o ABS salva vidas  _pensador_

Felizmente só tive oportunidade de sentir o ABS actuar por duas vezes. A primeira foi com a IZzi (Yamaha Magesty 400) e a 2ª foi esta semana com a OLga (Sym GTS 300). Em ambas as situações fui apanhada desprevenida, porque não senti quelquer deslizamento da mota, mas pelos vistos a mota sentiu por mim, e actuou. Em ambos os casos, fiquei com a sensação que estorvou mais do que ajudou, mas será mesmo assim?
A verdade é que não sei, e na dúvida, aceito o que me diz quem sabe.

Aliás, eu conduzo á alguns anitos  _corado_ ( também não são tantos assim  _careta_ ) e o meu carro é um excelente exemplo de veículo com muita potência de aceleração e pouca potencia de travagem: o (Maxi)Lupo 1400 TDI (o meu tem AC para ajudar á travagem  _lol_ )

Á 14 anos que deslizo com ele, e estou tão habituada a dosear a travagem e a soltar o travão para logo de seguida calcar de novo á mínima sugestão de derrape, que quando pego noutro carro, no primeiro cruzamento só costumo parar depois  _Rolley_

Claro que quando regresso ao Lupo, na primeira travagem quase saio pelo para brisas, mas isto tudo é só para dizer que na mota travo da mesma forma, por instinto e por habituação de alguns anos de travagem sem qualquer assitência (o primeiro carro, era tão velhote que nem tinha travões  _confuso_ ) e acredito que consigo quase sempre dosear a travagem, mas o que me dizem é que em derrapagem, seja no carro, ou seja na mota, não conseguimos controlar a direcção do veículo (e isso eu sei que é verdade  _corado_ ) e com o ABS, segundo os entendidos, já conseguimos  _pensador_ . Como felizmente ainda não tive oportunidade de testar, acredido que seja verdade, mas confesso que depois de tantos anos, duvido que eu tenha a capacidade de aproveitar essa benesse para fazer alguma coisa.

Espero nunca vir a saber  _Rolley_

Limpinho

  • Visitante
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #59 em: 28 de Agosto de 2014, 15:53 »
Podes ler aqui: O ABS aumenta a distancia de travagem!

E verdade! aumenta mesmo! ainda esta semana passei ao lado de um peão numa passadeira, porque o ABS actuou, e em vez de conseguir parar antes da passadeira (ainda que com dificuldade, e indo um bocado de rasto) simplesmente fui parar depois da passadeira, e em vez de assustar o peão parando, ou caindo ao lado dele, assustei-o passando em frente dele  _lol_

Claro que só tem piada a contar aqui, e só mesmo porque não aconteceu nada, mas bricadeira áparte, e já que ainda não paga impostos, vou partilhar a minha opinião sobre o dito:

Alguns sabem que em Março troquei uma mota nova por outra exactamente igual, ainda mais nova, e a razão porque o fiz, foi exclusivamente o ABS que a GTS 300 não tinha em 2013 e passou a ter em 2014.
Não foi por vontade minha, mas sim uma quase imposição do meu marido, e confesso que nem gosto muito daquilo, mas como eu sou marreta nisto, aceito o que os entendidos me dizem, e eles dizem que o ABS salva vidas  _pensador_

Felizmente só tive oportunidade de sentir o ABS actuar por duas vezes. A primeira foi com a IZzi (Yamaha Magesty 400) e a 2ª foi esta semana com a OLga (Sym GTS 300). Em ambas as situações fui apanhada desprevenida, porque não senti quelquer deslizamento da mota, mas pelos vistos a mota sentiu por mim, e actuou. Em ambos os casos, fiquei com a sensação que estorvou mais do que ajudou, mas será mesmo assim?
A verdade é que não sei, e na dúvida, aceito o que me diz quem sabe.

Aliás, eu conduzo á alguns anitos  _corado_ ( também não são tantos assim  _careta_ ) e o meu carro é um excelente exemplo de veículo com muita potência de aceleração e pouca potencia de travagem: o (Maxi)Lupo 1400 TDI (o meu tem AC para ajudar á travagem  _lol_ )

Á 14 anos que deslizo com ele, e estou tão habituada a dosear a travagem e a soltar o travão para logo de seguida calcar de novo á mínima sugestão de derrape, que quando pego noutro carro, no primeiro cruzamento só costumo parar depois  _Rolley_

Claro que quando regresso ao Lupo, na primeira travagem quase saio pelo para brisas, mas isto tudo é só para dizer que na mota travo da mesma forma, por instinto e por habituação de alguns anos de travagem sem qualquer assitência (o primeiro carro, era tão velhote que nem tinha travões  _confuso_ ) e acredito que consigo quase sempre dosear a travagem, mas o que me dizem é que em derrapagem, seja no carro, ou seja na mota, não conseguimos controlar a direcção do veículo (e isso eu sei que é verdade  _corado_ ) e com o ABS, segundo os entendidos, já conseguimos  _pensador_ . Como felizmente ainda não tive oportunidade de testar, acredido que seja verdade, mas confesso que depois de tantos anos, duvido que eu tenha a capacidade de aproveitar essa benesse para fazer alguma coisa.

Espero nunca vir a saber  _Rolley_

Quando li que passas-te ao lado peão a primeira coisa que me veio ao pensamento foi que não apertaste o travão com força suficiente. Quando se sente o ABS a actuar devemos efectivamente aumentar a força no manipulo.

As distâncias de travagem podem parecer maiores mas na realidade, em situações de pouca aderência, o espaço que demora a parar é efectivamente o necessário, atenção sem cair,  pois com ABS podemos perceber quando o pneu perdeu aderência.

Mas respeito todas as opiniões.

cumps

Offline karloxilva

  • MaxiScootard Júnior
  • **
  • Join Date: Set 2013
  • Mensagens: 429
  • Localidade: Setúbal
  • Sexo: Masculino
  • Marca: Suzuki
  • Modelo: Burgman AN400AZ ABS (Fev.2014)
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #60 em: 28 de Agosto de 2014, 17:56 »
Olá a todos e a todas.

Com ou sem ABS?
Começo por deixar aqui um sugestivo vídeo com origem na Kymco:

http://www.autobild.es/videos/kymco-prueba-diferencia-frenar-una-moto-con-sin-abs-186201

Elucidativo, não é?

Depois, sobre a travagem com ABS, lembro que nos testes feitos pelas boas revistas uma das coisas que costumam apreciar é a sensibilidade do ABS. Isto é, a regulação de fábrica do sistema de anti-bloqueio dos travões. O ABS, "Antiblockier-Bremssystem", na origem alemã, mas mais conhecido por "Anti-lock Breaking System", não é igual em todas as marcas, é aqui que aparece o termo "intrusivo" (lembram-se?) quando se acciona demasiado cedo e prega sustos ao pobre do condutor que só queria dar "toque".

E uma estória.

Ias na tua, tudo calmo à tua frente, nem um carro estacionado suspeito de abrir as "asas" de repente ou de arrancar sem avisar (há coisas que põem nos carros só para lhes aumentarem o preço, aquela alavanca do lado esquerdo do volante é uma delas), népia de possibilidade de peões abordarem a passadeira à "kamikaze", e nem sequer um "street racer" para te dar uma abada e cantar vitória com a embraiagem do motão. Tudo calmo.

De repente saiu-te um grunho armado de um automóvel que procura comprovar a teoria segunda a qual "a distância mais curta entre dois pontos é uma linha recta", ou explicado de outra forma: passa sobre um separador de faixas para entrar numa rua perpendicular.

Ias na tua e não esperavas por esta, o gajo atravessou-se à tua frente. Travas a fundo, nem te lembras bem como, nem tens tempo para te lembrares que percentagem da "Travagem Combinada" se faz à frente e atrás, só sabes que a scooter ganhou vontade própria e desapareceu debaixo de ti e tu caíste para o lado e bateste com o braço e ombro direito no chão - olha se não lavasses o casaco com protecções, o tal que faz os "motards" de fim-de-semana de sol e "T-shirt" a condizer olharem para ti com desdém... "maricas!".
Só uma semana depois é que te lembraste que ficaste no chão a ver a tua linda 125 cair sobre um lado e depois sobre o outro... até parecia que tentava ir atrás do enlatado que fugiu, e te conseguiste recordar que a levantaste  do chão sozinho porque a adrenalina fez os 150 quilos pesarem como penas... e que enquanto o fazias pensares com os teus botões qual seria a cotação dos plásticos laterais da Suzuki.

Afinal por que caíste? Até nem ias depressa... A perspectiva de ires bater fez-te travar com os dois a fundo? Ah, pois, o manual diz "travar com os dois ao mesmo tempo" mas refere-se a uma situação normal, e esqueceste que a Travagem Combinada, os tais 80% à frente e 20% atrás, não substituem saberes que se deve travar sempre com mais força à frente e compensar com o traseiro... e ter fé que nada bloqueie.

Caíste porque terás doseado mal a travagem, coisa que e a travagem combinada não emendou, só pode ter sido... e a roda traseira bloqueou. Fez-te falta um sistema que evitasse o bloqueio das rodas.
Alguns conselhos que te dou: aprende a travar porque a mota não faz tudo sozinha, treina isso até mecanizares (lembra-te: se costumam colocar dois discos de travões à frente isso quer dizer qualquer coisa, certo?). E para a próxima se quiseres poupar dinheiro não poupes no ABS. O ABS, aprendeste na escola de condução, é uma elemento de Segurança Passiva. A Segurança Activa é o teu comportamento, não o que tu pensas que sabes mas o que tu fazes e nem dás por isso.


Já com ABS na nova montada, só o conheci uma vez: olhava para o espelho retrovisor para controlar um automóvel atrás e quando olhei para frente o condutor do carro dianteiro havia parado por uma razão inexplicável qualquer (as razões inexplicáveis são aquelas que nos fazem cair) travei com o da frente, compensei com o traseiro, "tac-tac", firme e hirto. "Afinal és tu o ABS, prazer em conhecer-te".
« Última modificação: 28 de Agosto de 2014, 17:59 por karloxilva »
Duas rodas: o dobro da atenção

Offline Filipe Pombo

  • MaxiScootard
  • ****
  • Join Date: Dez 2013
  • Mensagens: 1877
  • Localidade: Albarraque-Sintra
  • Sexo: Masculino
  • Não conduzas + rápido que o teu anjo da guarda voa
  • Marca: BMW 1200GS
  • Modelo: VStrom 650
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #61 em: 28 de Agosto de 2014, 22:11 »
Excelente texto ... _pol_

parabéns pela prosa! Espero que seja assim mesmo porque a minha nova montada vem com ABS e tal como aos AirBags, espero não vir a conhecê-los  _Rolley_ _Rolley_

Pelo menos o video é elucidativo relativamente aos comportamento e vantagens do ABS.


Lembro que quando os carros começaram com o ABS também houve algumas teorias contra, e de facto na altura o ABS estava no "very begining"  :-?  e de vez em quando dava umas travagens bem longas, embora hoje ninguém se queixe...acho que nas motas será o mesmo, tecnicamente estão mais evoluídos daí os resultados mais garantidos... _palmas_
Espirito Scootard

Offline _AXE_

  • Super MaxiScootard
  • *****
  • Join Date: Ago 2011
  • Mensagens: 3400
  • Localidade: SACAVEM
  • Sexo: Masculino
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #62 em: 29 de Agosto de 2014, 11:57 »

Bem, eu até ja escrevi neste tópico, mas agora vou fazer-lo ironicamente esperando que ngm venha cá desdenhar nada  _Rolley_

Ao ver este VIDEO ABS KYMCO ou este VIDEO RACING KYMCO (clicar nos videos para os ver)

Vendo o desfecho final de cada um, e depois de todos os relatos que se lê, apenas posso concluir uma coisa.....  _pensador_

ABS KYMCO são os melhores do Mundo ..................................  _lool_ _lool_ _lool_ _lool_ _lool_ _lool_


OS das outras marcas não travam ...........................  _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_ _lol_


Agora mais a sério ......!!

Já disse isto várias vezes, mas vou repetir.
Quem compra uma mota com ABS, vindo de uma mota sem ABS tem de "aprender" a travar com ela.

Quem está habituado a andar com motas sem ABS, já interiorizou que não pode travar ao máximo senão caí e o instinto constante faz com que nunca trave o Máximo!! (quanto mais anos, mais se interiorizou)
Por isso, quem passa para uma mota com ABS ....TÊM MESMO DE APRENDER A TRAVAR O MÁXIMO para que pare rapidamente..... se mantiver a manete naquela posição de "chove e não molha" a mota não agarra o suficiente para travar, mas o ABS não para de funcionar..... travem a fundo mesmo !!!!

Devem fazer "praticas" de travagem em cima de areia, em cima de água e em piso seco para saberem o que fazer em caso de perigo! Isso é o mais importante fazerem...


Usem e abusem diariamente e frequentemente do ABS para aprenderem!


Boas curvas

         


Vai devagar, não te atrases.....

Offline marb

  • MaxiScootard
  • ***
  • Join Date: Jun 2013
  • Mensagens: 1192
  • Localidade: Santarém
  • Sexo: Masculino
  • Marca: BMW
  • Modelo: R1200 GS
Re: Com ou Sem ABS
« Responder #63 em: 14 de Setembro de 2014, 16:42 »
 _pol_
10/2011-Honda Vision 110 (3600 km), 04/2012-Yamaha XMax 125A (8700 km), 07/2013-Yamaha XMax 250A (10000 km), 07/2014 Honda NC750D (18700 km),03/2016-Honda PCX 125 (8000 km), 04/2017-Honda CB500X (13400 km), 05/2018-Honda CBR650F (7170 km), 09/2018-BMW R1200 GS